segunda-feira, 31 de março de 2014

Erros a mais e alguns de capela


A visita à choupana constituía um exame ao novo FCP que neste jogo mostrou demasiados vícios antigos para acreditar que os sinais de bonança, manifestados em alguns jogos anteriores, vinham para ficar de forma duradoura. O resultado e a exibição da primeira parte demonstram que não basta mudar de treinador para tratar da saúde da equipa. O FCP apresentou-se abúlico e incapaz de sair com a bola para além do meio campo, como tem ocorrido em boa parte do campeonato, nomeadamente na primeira fase de construção. A defesa com erros posicionais, pôs-se sempre a jeito do contra-ataque do adversário. Aquela desorganização posicional que permitiu ao Nacional chegar ao segundo golo, constatei-a demasiadas vezes em jornadas anteriores. Os jogadores movimentam-se de forma anárquica como se não houvesse um guião, sustentado em rotinas, processos e métodos que deveriam estar assimilados. Só por uma vez poderíamos ter chegado ao golo na primeira parte, enquanto o Nacional fartou-se de nos inquietar nas transições, com o nosso meio campo perdido e em que as ajudas raramente funcionaram.

No segundo tempo com um golo madrugador, perdemos rapidamente esse efeito de galvanização ao sofrer, poucos minutos depois, um novo golo que moralizou o adversário. Demos o ouro ao bandido e Quaresma e o árbitro apressaram a derrota. Muita vontade do Nacional que fechou todos os caminhos para a baliza, mais suor da nossa parte, mas continua a faltar força e intensidade. Provavelmente a equipa estará fatigada, possivelmente alguns jogadores ainda cometem erros próprios da juventude e reconheço que há que ter alguma paciência e não desatar a tudo pôr em causa e a diabolizar todos os directores e actores envolvidos neste desnorte. Apesar disso, é constrangedor e inquietante esta fragilidade e incompetência para ultrapassar este tipo de equipas que se entrincheira e que se ri nas nossas barbas pela tibieza como as combatemos. Mais: a equipa pareceu alheada da qualidade do adversário e não se preveniu para que os seus pontos fortes prevalecessem, como aconteceu na primeira metade em que não controlámos a bola, o ritmo, sem velocidade, muitos passes transviados e demasiado duelos feitos de choque que raramente vencemos. Apenas reagimos e raramente bem. Perderam-nos o respeito.

O melhor que nos poderia ter acontecido esta semana foi o Estoril ter perdido: não fora isso e aproximar-se-ia perigosamente do terceiro lugar. Individualmente, apenas Martinez esteve a um nível alto. Quintero mexeu no jogo, revelou qualidades, mas a sua acção não foi tão continuada como carecíamos. A arbitragem esteve ao nível do Capela de outras ocasiões. Péssima e que muito nos penalizou. Nenhuma surpresa. Quaresma entrou em delírio com aquela trapalhada já depois do apito final e o treinador tem que o saber conter e não hesitar em substituí-lo quando passa a ser um problema e não a solução. Devemos não aligeirar os erros do árbitro e muito menos esconder os nossos.

Falta muito para fechar a época, mas continuo muito pessimista. Esperemos que a equipa recupere, que os sócios apoiem e que a nossa direcção comande o clube de forma competente. E preparar a próxima época como deve ser para não entrarmos em plano inclinado.

41 comentários:

meirelesportuense disse...

Tem razão, hoje jogou-se mal, cometeram-se muitos erros especialmente defensivos que poderiam ter acentuado a tendência de derrota.Mas independentemente disso, perdemos por erros exteriores à equipa, o golo inicial é ilegal e o presumível 2º golo do Porto é lícito...O Penaltie, resultou num amarelo que nada afectou o Nacional...Portanto mesmo jogando mal e olhando apenas para os aspectos objectivos do jogo, o Nacional deveria ter registado apenas um golo e o Porto deveria ver dois golos no placard, o que equivaleria a um resultado final de 1-2.Simples.Beneficiários destas circunstâncias?Aparentemente apenas o Nacional, objectivamente o Nacional, o Benfica e o Sporting...E aí bate o SISTEMA do Regime.
Depois o Quaresma:-Tem que ganhar juízo e deixar de entrar por caminhos menos elegantes, mas também não podemos escamotear -segundo soubemos o perseguido de Quaresma foi expulso- que a responsabilidade não é apenas dele, para além do Quaresma havia naquela barafunda muita gente...Mas já é habitual, o culpado é sempre do Porto.Dizia o Huguinho que é quase meu vizinho:-Apenas devemos esperar por saber qual será o castigo a aplicar a Quaresma!
Segundo este videirinho, o Quaresma foi o único envolvido, era ele, atrás dele próprio e a dar má imagem do jogo...Como foi diferente a sua atitude quando JJesus deu umas "palmadas" num Polícia...

meirelesportuense disse...

E não vou dizer muito mais sobre o jogo.Espero que o LCastro leia bem estas questões e escolha as melhores opções dentro dos elementos disponíveis em cada momento, mas eu considero que com Ghilas e Jackson na frente, sem posições fixas, ganhamos largura e poder de fogo.

Jorge Vassalo disse...

A meu ver o Porto entrou a pensar em Sevilha. No fundo deixemo-nos de coisas: o campeonato já não contava antes.

Quanto a Licá, Castro deu-lhe um espaço que o Licá parecia poder reconquistar, porque quando entrava agora até estava benzinho. Não foi, Castro não o voltará a pôr.

Abdoulaye era a unica solução num plantel curto. Mas prefiro o Mangala quieto do que este tipo a mexer-se!

Os laterais não estão cansados: estão exaustos! Para mim, a minha maior preocupação para Sevilha. Não há alternativa na A.

Reyes jogou muito bem, jogou por dois (3?4?). Há que dizê-lo com sinceridade. Se uma coisa culpo a SAD é na defesa! Isto é confrangedor.

Fernando não estava cá, bem como Herrera e Defour.

Quaresma foi bom e mau, mas continuo a dizer - pelo menos é Portista. Aquele fim não é das minhas coisas preferidas, mas dada a personalidade entendo, ele foi muito mal tratado no jogo.

Fabiano fez as já costumeiras boas defesas mas, hey, não é central.

Ghilas entrou bem, mas prefiro ve-lo no meio.

Jackson foi um herói, a jogar atrás (!!) e à frente, a tentar fazer de médio e de avançado. Mais não se lhe podia pedir.

Quintero, a mim, não convence como a muitas outras pessoas, mas já que é tão bom, pode jogar no 11.

O Carlos Eduardo teve uma entrada boa no jogo.

Acredito em Luis Castro. Agora, lá porque perdeu, não é uma merda. Continua a ser responsável pelo fôlego que vejo na minha equipa - sim, porque isto para mim foi o intervalo. Não se pode estar bem em todas as frentes, quando já não se estava bem.

Fomos roubados? Fomos. Mas um Porto a sério tinha metido as bolas lá dentro que chegassem pelo jogo, os árbitros, a comissão disciplinar e a FIFA.
E depois ganhava na mesma. Nunca me vão ver desculpar-me com arbitragens.

José Correia disse...

"o Nacional deveria ter registado apenas um golo e o Porto deveria ver dois golos no placard, o que equivaleria a um resultado final de 1-2"

É isso mesmo.
Sem os ROUBOS... perdão, erros de arbitragem, o resultado final teria sido 1-2 e não 2-1.

José Correia disse...

"Abdoulaye era a unica solução num plantel curto. Mas prefiro o Mangala quieto do que este tipo a mexer-se!"

O plantel do FC Porto tem 4 defesas-centrais e, para azar do treinador, os dois que, teoricamente, formariam a dupla titular estavam (estão) ambos lesionados.

José Correia disse...

"Os laterais não estão cansados: estão exaustos!"

Com os calimeros a 8 pontos, penso que em alguns dos próximos jogos do campeonato poderia/deveria jogar o Ricardo (ou o Victor Garcia) em vez do Danilo e o Quinones em vez do Alex Sandro.

José Correia disse...

"Reyes jogou muito bem, jogou por dois (3?4?)"

Se dúvidas houvesse, este jogo mostrou por que razão a SAD teve de gastar cerca de 5 milhões de euros em 50% do passe do Reyes, em vez de apostar em defesas centrais da formação portista (Abdoulaye ou Tiago Ferreira).

José Correia disse...

"Quintero, a mim, não convence como a muitas outras pessoas"

Quintero ainda não está física, mental e tacticamente preparado para jogos desta intensidade, disputados fora de casa e com este tipo de arbitragem.

José Correia disse...

"Fomos roubados? Fomos. Mas um Porto a sério tinha metido as bolas lá dentro que chegassem pelo jogo, os árbitros, a comissão disciplinar e a FIFA"

Este tipo de afirmação é frequente sempre que o FC Porto perde e tem razões de queixa da arbitragem.
Não concordo.
A arbitragem foi decisiva neste jogo, como já tinha sido decisiva no Estoril x FC Porto, no slb x FC Porto e no sporting x FC Porto.

Madureira disse...

Um onze que tem Licá, Herrera, Addoulaye, Deffour é uma vergonha! Esta época é mais que merecida, pensa-se que qualquer um é jogador no Porto, que qualquer jogador serve e não é bem assim!!

Uma administração que não tem sede de vitória, contenta-se com o mínimo que é ganhar o campeonato e nada tem feito nos últimos anos para melhor o plantel. A 3/4 anos que se destrói o plantel com a venda sistemática dos melhores jogadores por verbas extraordinárias que servem para tudo menos para reforçar o plantel!

Resumindo, esta é a época que merecemos nada mais!!!

DC disse...

Esquecendo a arbitragem, a 1a parte foi vergonhosa e o Nacional merecia estar a vencer por mais que 1-0 até.
Mas se calhar, ainda bem que isto aconteceu. Porque já via por aí muita gente eufórica a dizer que o Luís Castro era o treinador ideal. Não, não é. Não chega nem nunca chegará para vencer JJ. Se queremos ser campeões terá que ser com um treinador de topo.

Quanto a Quaresma, não me venham com tretas. Ele não ficou aziado pela arbitragem. Ficou aziado porque comprometeu a equipa no penalty e porque depois não conseguiu passar uma única vez pelo Marçal. É uma vergonha para o clube as figuras idiotas que fez e quem criticou JJ tem que o criticar também. Espero que seja exemplarmente castigado porque não quero ouvir as bocas que nós mandamos ao JJ várias vezes. E com uma direcção a sério era castigado também pela quantidade INACREDITÁVEL de cartões que já acumulou desde que chegou. Vai conseguir em 6 meses ser o jogador com mais cartões do campeonato?
Ainda noutro dia quando marcou um golo em Nápoles apareceu tudo a dizer que não podia ser alvo de críticas. Ele é isto, pode resolver num lance, nos outros 80% dos lances compromete a equipa. Foi o pior em campo contra o 5LB e voltou a sê-lo hoje. Haja tomates para o tirar de campo, por favor!

P.S. Herrera, nossa senhora que jogador tão mau! É assim tão complicado acertar um passe?

Hugo disse...

Já agora porque Luis Castro não é o treinador ideal? Não chega para vencer JJ? Quarta feira viu-se...

Carlos Jorge disse...

Bom dia a todos.

Ontem foi um dia em que voltamos a não ganhar!

É verdade que não nos deixam ganhar, é verdade que nos empurram mais para baixo, mas será que fazemos tudo o que devemos para ganhar?!

Confesso que depois de 4ªfeira, pensei que as coisas fossem entrar nos eixos,... afinal... Qual é o Porto que é verdadeiro?

Sabemos que temos que jogar sempre mais para ultrapassar as forças que nos empurram,... sempre foi assim e sempre será. Com exibições como as de ontem não vamos lá. No máximo merecíamos o empate... temos que ser justos.

O Sevilha será prova de fogo, mas eu acredito em LC.

Saudações Portistas

reine margot disse...

Ao Quaresma saltou-lhe a tampa, porque foi falta do Marçal quando ele levou erradamente o amarelo... depois de tanto trabalho deve custar ver um pateta a rir-se...
Quanto ao castigo, DC, o JJ envolveu-se e bateu; o Quaresma tentou, mas pararam-no: - o que é bem diferente!

DC disse...

Não se viu não.
Não chega pelas razões que já enunciei acima e essencialmente porque é um treinador algo limitado. Bom para esta transição e não lhe imputo qualquer responsabilidade no que se está a passar, mas muito longe do que deve ser um treinador duma equipa de topo.

DC disse...

Reine, não me interessa se fez ou deixou de fazer. O Porto já foi roubado muitas vezes, os jogadores já foram provocados muitas vezes mas só este pateta alegre é que faz destas coisas.
Se não o segurassem como era? O rapaz tem 18 anos ou tem 31? Precisa de aprender a comportar-se com esta idade?
Eu ao Josué ainda admito alguns exageros tendo em conta que é a primeira época de Porto agora a este? Chega, faz o que quer, marca tudo o que é bola parada (marca, ponto e vírgula, claro), um dia destes é capitão e o Porto anda nisto.

Curiosidade, quando ele chegou tínhamos uma derrota e estávamos empatados com o 5LB. Hoje estamos como estamos. Veio ajudar de caraças, realmente!

Nuno Fonseca disse...

Bem, nem sei por onde começar! Pode ser por Luis Castro.
Para quem defende o Vítor Pereira (e bem) como ninguém aqui no blog, não percebo o porquê de Luis Castro não poder ser treinador à altura do Porto. Tem mais curriculo que o VP antes de chegar ao Porto. Em tempo record, conseguiu pegar numa equipa completamente destroçada psicologica e fisicamente e fazer bons resultados e boas exibições contra equipas muito difíceis. Eu também não gosto de me desculpar com árbitros mas a verdade é que os 2 jogos que perdeu foi muito prejudicado.
Quaresma compromete em 80% dos jogos a equipa? Quaresma, pelo menos desde a chegada de LC, tem feito grandes jogos, mesmo quando não faz aqueles malabarismos no ataque. Contra o Nápoles em casa por exemplo, fez um jogo brilhante no ataque e na defesa, jogando na raça e com inteligência. Em alvalade brilhou, e em Nápoles nem se fala. Contra o benfica esteve mais apagado, mas não comprometeu a equipa. Varela e Quintero podem ter comprometido com falhanços incríveis. Ontem falhou um penalti e perdeu a cabeça.
Agora DC, faça uma análise justa e pense na frase que disse:" Haja tomates para o tirar de campo, por favor!". Há pessoas que têm ódios de estimação e se esquecem que Quaresma veio para substituir Licá.

Jorge Vassalo disse...

Também se embandeira em arco pela negativa. A única sugestão que se pode dar a Castro é que trabalhe com o Tozé, o Paciência, o Garcia, o Quiñones, o Mikel, o Kayembe, o Ivo Rodrigues e o Kelvin! Tudo jogadores que podem render bem jogadores da A cansados para um campeonato a feijões e que podem muito bem - como se provou com o Reyes - ser alternativa credível a Herreras, Defours, Varelas, Sandros e Danilos- para já nem falar no Licá! - que não estão bem, ou para sentar um Quaresma que não funcione. Mas, será que ele decide isso sozinho? Hm....

Agora Castro é responsável pelo novo ânimo e novo fôlego que se vê numa equipa reavivada - reanimada - depois do Apocalipse Fonsequês. Não é mau nada. Por mim fica. Não é incompetente.

Nightwish disse...

"A meu ver o Porto entrou a pensar em Sevilha. No fundo deixemo-nos de coisas: o campeonato já não contava antes."

Não, mas o terceiro lugar dá um jeitaço.

DC disse...

Ora bem, vamos por pontos:

- "Tem mais curriculo que o VP antes de chegar ao Porto."
PF também tinha. Grande coisa... VP não chegou a treinador principal do Porto graças ao currículo mas sim graças ao trabalho efectuado anteriormente no clube. Não é, definitivamente, por aí.

- "a verdade é que os 2 jogos que perdeu foi muito prejudicado."
E nas últimas épocas quantas vezes fomos prejudicados e quantas vezes perdemos? Mais uma vez, não imputo responsabilidades ao Luís Castro pelo que está a acontecer, mas os méritos também têm que ser bem medidos.

- "mesmo quando não faz aqueles malabarismos no ataque."
malabarismos ele faz sempre. Correrem bem é que é mais raro.

- "fez um jogo brilhante no ataque e na defesa"
ainda há-de chegar o dia em que o Quaresma esteja brilhante na defesa. Infelizmente ainda não chegou. E estar brilhante na defesa também é não perder a bola estupidamente quando a equipa está em transição e ainda mal posicionada.

- "Há pessoas que têm ódios de estimação"
Sim, tenho ódios de estimação a jogadores que prejudicam a equipa. E a treinadores, dirigentes e tudo o mais. Dou oportunidade a todos para mudar. Se Quaresma mudar estarei aqui para o elogiar.

- "e se esquecem que Quaresma veio para substituir Licá"
Veio? Então mas o Licá não jogou ontem? E se tivesse vindo para substituir um jogador ainda pior? Por o outro ser fraco o da mesma posição não é criticável? E o Licá quando chegou teve direito a marcar todas as bolas paradas e a jogar sempre 90min? E o Licá quantos amarelos e vermelhos tem no campeonato?


DC disse...

"Agora Castro é responsável pelo novo ânimo e novo fôlego que se vê numa equipa reavivada - reanimada - depois do Apocalipse Fonsequês."

Jorge, concordo em absoluto com esta frase. Não concordo que Castro sirva para uma época inteira. Mas a palavra, para o bem e para o mal, será da direcção.

Luís Vieira disse...

A pedra de toque deste jogo esteve na motivação...que não houve. Deu a nítida sensação que os jogadores entraram para fazer o frete, por não acreditarem estar ainda em disputa algo de relevante. Só assim se compreende a disparidade exibicional e de atitude para os jogos com o Nápoles e com o Benfica. Espero que este lado B do Porto de Luís Castro só se revele mesmo no campeonato e que o foco esteja concentrado nas competições que ainda podemos vencer. No entanto, se isto for assim, que se faça uma rotação mais profunda, poupando jogadores sem alternativa evidente (a saber: Danilo, Alex Sandro, Fernando, Quaresma e Jackson). A derrota é penosa, por agudizar o registo negativo no campeonato, mas não teve grandes consequências práticas, porque, depois da derrota em Alvalade, o 2º lugar tornou-se uma miragem. Quanto à arbitragem, nada de novo, vinda de quem vem, no seguimento de outras que demonstram o desrespeito que paira sobre o FCP, actualmente, no futebol nacional. É preciso obviar a isto, sob pena de ficarmos para trás perante aqueles que procuram fazer as coisas "por outro lado". Por último, o tema Quaresma: já adivinhava que os vampiros atacassem à primeira oportunidade/falha. É curioso notar que quando o homem brilha se calam como ratos, escondidos nos seus preconceitos rígidos, incapazes de elogiarem/reconhecerem o óbvio, mas quando falha estão na linha da frente da crítica (destrutiva?), reduzindo-o à sua insignificância. Tremendo! O Quaresma falhou um penálti (natural, acontece a todos), não jogou particularmente bem (na linha de muitos outros) e, cereja no topo do bolo, descontrolou-se emocionalmente, depois de um jogo que lhe correu mal (bem como à equipa). É um comportamento no limbo entre o arruaceiro e o portista indefectível. Para uns censurável, para outros elogiável, mas que faz parte do futebol (como bem assinalaram os dois treinadores), não havendo necessidade de se mover um auto de fé (ser-se-ia tão lesto na condenação caso se tratasse de um Jorge Costa, de um Fernando Couto ou de um Paulinho Santos?). Espero é que na 5ª se volte a entrar nos eixos e se consiga um bom resultado para encarar a 2ª mão tranquilamente.

Jorge Vassalo disse...

Nightwish, o terceiro lugar não está perdido nem nada que se pareça. Mais, saiba que o marcador como devia ter ficado dava uma vitória, não uma derrota e, se o Porto tem ainda um calendário ambicioso, o Estoril não lhe fica atrás.

Jorge Vassalo disse...

DC, obrigado pela sua observação. No entanto, para mim só se poderia avaliar Castro na sua plenitude com um plantel que ele ajudasse a escolher e uma época preparada por si mesmo. E os anos da casa, a sobriedade, elevação e nível do discurso e a garra que ele está a ajudar a equipa em, vá, 80% do tempo a ter por mim dá-me o benefício da dúvida.

Achará por ventura que um qualquer Marco Silva faria melhor?

DC disse...

Não Jorge, depois do experiencialismo com PF tenho medo de Marco Silva (tal como tive do risco PF). Queria um treinador com provas dadas e o meu preferido era, até há bem pouco tempo, o Van Gaal. Esse pelos vistos está comprometido com o Tottenham, infelizmente.

Daí, eu não tenho uma grande base de dados sobre treinadores, mas a nossa direcção se não tem, devia ter. Vou esperar pela decisão da SAD, mas por muito boa gente que o Luís Castro seja (e eu acho mesmo que é e também gosto de o ouvir falar) não me parece que esteja ao nível do JJ e do LJ. E para o ano temos que ter os melhores para evitar o bi-campeonato do 5LB.

António Teixeira disse...

Concordo em quase tudo com o DC

Nuno Fonseca disse...

"VP não chegou a treinador principal do Porto graças ao currículo mas sim graças ao trabalho efectuado anteriormente no clube. Não é, definitivamente, por aí. "

Luís Castro também. Ou o primeiro lugar da equipa B e os anos de casa não são valorizados?

"ainda há-de chegar o dia em que o Quaresma esteja brilhante na defesa. Infelizmente ainda não chegou. E estar brilhante na defesa também é não perder a bola estupidamente quando a equipa está em transição e ainda mal posicionada."

Nos jogos em que esteve bem neste aspecto você não falou. Eu critiquei quando esteve mal e elogiei quando esteve bem. Assim é que deve ser e não pegar num jogo e extrapolar para todos só porque convém. No fundo faz-me lembrar o MST que critica o Varela quando este não rende tanto. Mas quando é o melhor em campo nem o menciona e ainda chega ao rídiculo de dizer que marcou por sorte algumas vezes.

"Veio? Então mas o Licá não jogou ontem? E se tivesse vindo para substituir um jogador ainda pior? Por o outro ser fraco o da mesma posição não é criticável? E o Licá quando chegou teve direito a marcar todas as bolas paradas e a jogar sempre 90min? E o Licá quantos amarelos e vermelhos tem no campeonato?"

Já aqui escrevi, na parte dos amarelos e ter de marcar todas as bola paradas concordo consigo.

DC disse...

"Nos jogos em que esteve bem neste aspecto você não falou."

Não falei exactamente por ele nunca ter estado bem, na minha opinião, nesse aspecto.
Eu já elogiei o Quaresma aqui, das poucas vezes em que mereceu ser elogiado. Que culpa tenho que ele jogue em 90% dos lances para ele e só depois para a equipa? Que culpa tenho que ele contra o 5LB não tenha feito um passe de 1a ou de 2a ou de 3a, tendo sempre que vir a fintar (normalmente para trás) antes de soltar a bola? O Quaresma que jogue com a inteligência do James, do Deco, do Anderson, do Alenitchev, do Lucho, etc e terá todos os meus elogios. Pés ele tem, agora cabeça?

Costa disse...

Olha lá ó 'portista':

Onde estava quando o gajo do nacional CUSPIU na cara do RQ7 ?!

Tinhas ido à casa de banho...

glorigozo 5lb disse...



off topic:
"isto" é grave, «penso eu de que»...

Abr@ço
«e quem não salta é lampião»

RS disse...

O Quaresma joga "à Quaresma" e quem não entende isso e espera que ele um dia seja um Deco ou um Lucho, é bom que espere sentado.

DC disse...

Estava no mesmo sítio onde estava quando o Quaresma lhe foi meter a mão na cara antes disso (que não vi sinceramente cuspidela mas admito que possa ter acontecido).
Se calhar sou menos portista que o Costa por preferir ter jogadores concentrados no jogo em vez de na conversa com o adversário, mas nem todos podemos ser grandes portistas...

DC disse...

RS não disse que o queria a jogar como o Lucho ou o Deco. Disse que queria inteligência. Basta a dum Capucho, se preferir.
Mas eu também já estou mentalizado para esperar sentado.

Miguel Ângelo VR disse...

O Herrera é mau? Bom, é uma opinião. Não me parece é que seja o único jogador a errar passes... Aliás, qual o jogador que menos passes erra?

RS disse...

DC, eu percebi a ideia. Mas o Quaresma não é o tipo de jogador que faça da inteligência em campo uma arma... nunca foi e não será agora aos 30 anos que vai mudar. O Quaresma é aquilo que todos conhecemos e que ora criticamos, quando se perde em rodriguinhos inúteis, ora aplaudimos de pé, quando finta 3 defesas e remata ao ângulo da baliza. Dali podemos esperar tudo, desde o muito mau, a uma obra-prima. Pessoalmente prefiro tê-lo em campo sabendo que a qualquer momento pode tirar da cartola um momento de magia, ainda que isso signifique que eu tenha de passar 90 minutos com os cabelos em pé.e a dirigir-lhe todo o tipo de impropérios. Agora não diabolizemos o Quaresma, por favor.

José Lopes disse...

A primeira parte nao foi digna do clube que somos. Por muito que ja saibamos que o campeonato esta perdido ha muito e que o segundo lugar tambem esta entregue, ha uma camisola a defender e adeptos que sofrem pela equipa e aos quais depois se pede apoio nos jogos que (ainda) interessa ganhar. Haja mais brio, por favor. Fora isso, o treinador nao esteve bem na escolha do onze. O Lica tem entrado bem vindo do banco, mas ja deu para perceber que nao e' extremo e precisa de espaco. Teria sido melhor apostar de inicio no Ghilas mais perto do Jackson ou no Kelvin. O trio do meio-campo tambem nao resultou. Tivemos pouco espaco (como era de esperar), por isso exigia-se um criativo. Gostei de ver duas substituicoes ao intervalo, mas acho que pelo menos uma devia ter sido feita durante a primeira parte. Dou de barato o golo precedido em fora-de-jogo; e' um tipo de lance dificil para o fiscal e que a defesa do Porto devia ter resolvido de qualquer forma.

Quanto ao resto, inacreditavel como se sofre o segundo golo em transicao logo a seguir a empatar, tal como e' inacreditavel anular-se aquele golo ao Jackson. E nao, nao se pode desvalorizar a influencia de erros de arbitragem destes, por muito que o Quaresma tenha cavado um penalty.

Em relacao ao Quaresma, perdeu a cabeca, o que nao e' aceitavel para alguem com a experiencia dele. Interessa pouco o que o jogador do Nacional fez, preocupo-me com os nossos. Quanto a ser ele quem bate todas as bolas paradas, a culpa nao e' dele, mas de quem (nao) manda... O Quaresma nao vai mudar nesta altura, mantera as suas virtudes e defeitos, os mesmos que o fizeram nao vingar noutros clubes. Certamente rendera mais com alguem que saiba doma-lo e que tenha autoridade para tira-lo do campo (e ja agora, com alternativas validas no banco). Seja como for, dizer-se que a equipa nao ganhou nada com ele e usar o numero de derrotas como argumento, ou e' cegueira ou ma-fe. Gostava de saber se teriamos chegado aos quartos-de-final da Liga Europa sem o Quaresma, decisivo (e comprometido com a equipa) quer em Frankfurt, quer em Napoles. Esteve tambem bem na primeira parte contra o Sporting e Benfica e ja com varios outros bons momentos. Para o bem e para o mal, ninguem quer mais ganhar do que ele, tem a raca que se pretende. Nunca sera um jogador completo, portanto haja forma de tornar o seu brilho mais constante e de tira-lo quando pode prejudicar a equipa.

José Lopes disse...

Concordo inteiramente com o ultimo comentario do RS.

Jose Luis Andrade disse...

Eu nao oercebo quem critica o Hererra. Esta ali um craque que so precisa que se continue a apostar nele. Grande intensidade, rapido, dois bons pés. Ninguem pode jogar gem se so jogar de 2 em 2 meses. Foi considerado o melhor jogador da seleccao mexicana que ganhou o torneio de toulon. Ha que ter paciencia.

MMF45 disse...

Amigos portistas eu estou de acordo que o FC Porto tem sido prejudicado.mas temos de reconhecer que com o miserável futebol que jogamos não merecemos mais do que o lugar onde estamos.E a culpa todos nós sabemos de quem é porque quem joga com Lica,Defour,Danilo,Herrera,Abdou,Reyes Carlos Eduardo, na equipa principal não merece mais do que isto,e para mais só mandaram embora o aprendiz imcompetente quando já estava o campeonato perdido.Eu não comprendo como gente com tanta experiencia pode deixar a equipa cair tão baixo ,mas isso já vem a acontecer desde que saiu Vila Boas.

DC disse...

RS, a única razão para eu "diabolizar" o Quaresma é o estatuto de privilegiado de que ele goza.
Já alguém o viu a ser substituído quando joga mal? Já alguém viu o treinador a repreendê-lo? A repreender a estupidez de discutir com tudo e com todos?
Eu vejo o Josué a ser estúpido e a ficar na bancada. Vejo o Quaresma a ser estúpido e a ser titularíssimo e, aposto aqui o que for preciso, a ser capitão na próxima época. O problema é só esse. Antes era preciso suar e trabalhar para vestir a camisola do Porto. Agora, joga quem tem estatuto, pelos vistos...

Jorge Vassalo disse...

Caro DC. O Quaresma tem quase 1 golo por jogo de média. Foi também, junto com Castro, alguém que devolveu garra e atitude ao Porto.

Como com Fernando Couto, precisa de um Robson que o ponha a correr à volta da pista de vez em quando. Agora, é dequlibrador sem dúvida. O Porto fica mais pobre sem ele. (Não digo que tenha de ficar 90'').