domingo, 23 de março de 2014

Quintero derruba torre(s) de Belém

14': Jackson Martínez isola-se em direção à baliza do Belenenses. O árbitro auxiliar levanta a bandeirinha e Carlos Xistra, erradamente, interrompe a jogada e marca fora-de-jogo.

27': Jackson Martínez salta mais alto e cabeceia para o fundo das redes defendidas por Matt Jones. Carlos Xistra decide anular o golo e marcar falta ao ponta-de-lança colombiano. (só em Portugal é que se anula um golo em que há um contacto natural entre dois jogadores que disputam uma bola de cabeça).
2º golo anulado ao FC Porto nos últimos dois jogos disputados no Estádio do Dragão (FC Porto x Nápoles e FC Porto x Belenenses), com o resultado ainda em 0-0. Em contrapartida, em Alvalade, foi validado um golo (contra o FC Porto!) precedido de um fora-de-jogo claro. É tudo a "ajudar"...

30': Varela cabeceia, Matt Jones "defende com os olhos" e a bola vai ao poste.

32': Ghilas faz um bom cruzamento, Carlos Eduardo saltou mas não conseguiu cabecear em condições (a imagem seguinte mostra porquê).


37': Remate cruzado de Fernando Ferreira ao poste da baliza defendida por Fabiano. Única oportunidade de golo da equipa do Restelo em todo o jogo.

44': João Afonso carrega Jackson Martínez pelas costas à entrada da área, quando o colombiano iria ficar isolado e, naturalmente, é expulso.

Intervalo: Luís Castro troca Josué por Juan Quintero.

Se nos primeiros 45 minutos o Belenenses tinha defendido com os 11 jogadores atrás da linha da bola, com o 1º remate à baliza do FC Porto (de fora da área e à figura de Fabiano) a ser feito ao minuto 35 (!!!), a 2ª parte foi um "massacre", com o FC Porto a "empurrar" os azuis do Restelo (vestidos de cor-de-laranja) para a sua grande área.
De facto, a jogar com menos um, o Belenenses recuou ainda mais e, durante longos minutos, os 10 jogadores da equipa do Restelo estiveram remetidos aos últimos 25-30 metros do relvado.

Apesar do jogo ter sido interrompido umas 5 ou 6 vezes, para os jogadores do Belenenses respirarem... perdão, serem assistidos pela sua equipa médica (só em Portugal é que esta estratégia é usada de forma tão recorrente e com a complacência dos árbitros), o caudal ofensivo do FC Porto não parou de aumentar e sentia-se que o golo estava iminente.


Aos 74' Carlos Xistra não viu Gonçalo Brandão puxar o braço esquerdo de Jackson (mais um penalty por assinalar a favor do FC Porto), mas quatro minutos depois, o homem do jogo - Juan Quintero -, com um "passe para a baliza", fez o resultado final (1-0).


Daí até ao fim, Quintero ainda haveria (na marcação de um livre) de mandar uma bola à trave, novamente com Matt Jones completamente batido.
Nos últimos quatro jogos (Nápoles, Sporting, Nápoles, Belenenses), os dragões enviaram cinco vezes a bola aos postes da equipa adversária (e ainda há quem ache que Luís Castro é um treinador com sorte...).

Num jogo em que Ghilas foi titular e Luís Castro utilizou Ricardo, Reyes e Kelvin (com Paulo Fonseca andavam pela equipa B), o resultado foi muito escasso para tanto domínio e tantas oportunidades criadas (principalmente na 2ª parte).
Ataques: 60 / 17
Remates: 23 / 4

20 comentários:

rbn disse...

Por que será que os guarda-redes fazem o jogo da vida deles contra nós?

Por que será que Carlos Eduardo e Varela ainda conseguem ser titulares?

Por que será que é tão difícil pra nós meter a bola num retângulo com redes, com 7 metros de largura por 2 de altura?

A verdade é que sem Quaresma e Fernando, somos banais...

Antonio Silva disse...

Bem, é dificil manter o Estoril a 4 pontos de distância...

Pedro Albuquerque disse...

Acho que o Varela é muito injustiçado. Tem 7 golos em 2014 e mais umas quantas assistências. Hoje podia muito bem ter marcado mais um golo, mas teve pontaria a mais.

Quintero tem que ser titular para o lugar do Carlos Eduardo. Carlos Eduardo acabou o jogo de rastos. Quando Quintero entra move a equipa e esta ganha mais ideias. E com o Kelvin e Quintero na mesma zona de jogo é uma diferença enorme.

Pi disse...

Os desiquilibrios. O Porto era até à vinda de quaresma uma equipa coxa. Varela durante jogos a fio foi o único jogador a dar profundidade à equipa. O que tornava muito fácil de marcar e anular. Porque procurava-se o desiquilibrio por ele. E sendo o único, em muitos jogos chegava à exaustão muito cedo. Ainda para mais com um meio campo mais longe na altura do PF. Os médios encostados à defesa, e lucho a passo. Defende muito, compensa os médios e os laterais. Aparece na zona de concretização, cria desiquilibrios e abre espaços ora para os médios ou laterais nos espaços vazios que deixa ao flectir.. Dá equilíbrio e dá profundidade. E é competitivo.

Joao Goncalves disse...

Enoja-me certos comentários e certos blogs portistas (não me refiro à Reflexão)...

Hoje desde cedo, encosta-mos o Belenenses às cordas e a partir dos 15m de jogo então aumentamos a velocidade e qualidade/quantidade de possibilidades de jogo.

O Belenenses fez o 1º remate à baliza do meio da rua e sem qualquer intenção de perigo e teve uma bola no post somente porque o seu atleta fez um magnifico trabalho da recepção e remate de uma bola perdida num ângulo apertadissimo e onde nós já tínhamos tido uma bola no post e um Golo Anulado numa decisão, digamos, polémica (e refiro-me somente à 1ª parte por haver jogo de 11vs11).

Ver blogs portistas a dizerem que não jogamos nada, que não melhoramos nada com o Luis Castro, que continuamos iguais ao Porto de PF, enoja-me muito mesmo...

Jorge Vassalo disse...

Absolutamente de acordo com o João Gonçalves!

Eu não sei que querem mais!

Eu sei que sou um optimista crónico mas gostei muito do que vi! Vi que não temos um plantel assim tão curto, adorei ver a segurança do Reyes e do Ricardo, acho que a defesa está muito mais sólida e que falta pouco para ficar tudo bem.

Gostei do Quintero, do Jelvin e do Licá!

Gostei do Ghilas e da raça e da atitude! Acho que ele pode estar no lugar do Jackson que precisa, vamos lá dizer, de descansar. Não é extremo mas estou certo que um 4-4-2 assenta bem ao lado de um Jackson seguro ou no lugar do mesmo num 4-3-3 clássico.

E tenho a certeza que Castro vai ser sensível a isso, como é, inegavelmente, ao jogo.

O Belenenses estacionou o autocarro e não deixou jogar. Fartou-se de fazer faltas duras e cortes no limite. Fez penalties. Viu golos mal anulados ( Sim, agora é suposto o Jackson não ter braços? Que raio de "falta" é aquela?) Viu bolas ao poste.

Não se esqueçam também que tivemos um super jogo na quinta. Que esgotou, fisica e psicologicamente, os nossos jogadores! Querem o quê? Sempre 200%?

Há um blog da nossa Bluegosfera que se dedica categoricamente a malhar no Porto constantemente. Amigo, se não gostas entrega o teu cartão de sócio(?) e faz-te à vida... Confio no treinador, no querer dos jogadores e na vontade de mudar. Estamos em pré-época. Não podemos fazer melhor.

Finalmente digo que uma pessoa que escreve isto "#somosporto Hoje não fomos os melhores, mas mesmo assim conseguimos os 3 pontos apesar da desvantagem sobre o 1º lugar !
Tentamos explorar algumas tácticas de ataque mas também de contra-ataque algumas com sucesso outras sem sucesso !
Com o tempo vamos melhor !

E vocês o que acharam deixem a vossa opinião nos comentários." ou alguém por ele, merece a nossa consideração e respeito, merece bem que lhe dêmos latitude, que o deixemos trabalhar e experimentar soluções. Ainda só perdemos com os calimeros, e por um roubo de igreja.

Somos Porto!

Carlos Jorge disse...

Bom dia a todos!

Meus caros, estou no geral de acordo. A exibição ontem foi muito fraca.
Quintero entrou, mexeu com o jogo e até marcou.
Mas será que ninguém percebeu que estávamos a jogar contra 10 e que estávamos a jogar contra o ultimo classificado??!!
Até o Reyes jogou bem!!
Quero ver se contra 11 será igual...
O Jackson deve ter alguma dificuldade em estar sentado porque ninguém o mete no banco??!!
Na quarta-feira vamos ter que jogar bem mais.
Saudações Portistas

José Correia disse...

"Enoja-me certos comentários e certos blogs portistas (não me refiro à Reflexão)... Ver blogs portistas a dizerem que não jogamos nada, que não melhoramos nada com o Luis Castro, que continuamos iguais ao Porto de PF, enoja-me muito mesmo..."

Caro João Gonçalves, se o que lê nesses blogues o enoja, por que razão perde o seu tempo em ler o que eles escrevem?

O que os outros escrevem na blogosfera, portistas ou não, só tem a importância que nós lhe quisermos dar.

José Correia disse...

"estávamos a jogar contra 10 e que estávamos a jogar contra o ultimo classificado??!! (...) Quero ver se contra 11 será igual..."

Eu prefiro jogar contra 11, desde que...
... os árbitros não cortem lances (por fora-de-jogo inexistente) com jogadores do FC Porto isolados;
... os árbitros não anulem golos limpos ao FC Porto;
... os árbitros assinalem penalty, se os jogadores do FC Porto forem carregados pelas costas quando estão no ar.

Nainho disse...

O lápis azul... tambem existe aqui? ... fogo se queremos ser diferentes dos outros temos de ser honestos... Jogou mais do que suficiente para ganhar tranquialamente não conseguiu... E o arbitro erros sim fez asneiras mas não apenas as que estao referidas no post ... Mangala Power... Ok não vai ser publicado mas lido será...

José Correia disse...

Os seus comentários são publicados, quer os envie com o nickname "Nainho", "Tom Sawyer" ou outro, desde que, obviamente, não use a caixa de comentários para ofender ou atingir os autores do RP.

Brandon Salvador disse...

Esta equipa, com este novo treinador, tem muitas similitudes com a de Vitor Pereira. Dominio avasaldore mas falta algo para matar os jogos... faltão extremos de qualidade.

Mas tenho mais confianca com o LC que o VP.

O LC aposta nos jovens, (fiquei muito feliz pour ver o Quintero jogar 45min et ainda mais pour ver Kelvin que tinha desaperecido repentivamente...) o que lhe fez ganhar o jogo.

Penso que o LC pode dar mais a equipa, que esta fase é so temporaria para que a equipa possa recuperar a tatica e todo o que os treinadores do FC Porto fizerao em muitos anos e que PF tentou destruir pour teimosia.

Pedro ramos disse...

" acho que a defesa está muito mais sólida e que falta pouco para ficar tudo bem."

Nao podia estar mais em desacordo. Que existem algumas melhorias, isso é óbvio, até porque LC tem revelado sobretudo bom senso e uma leitura adequada no decorrer dos jogos, mas dizer que já está quase tudo bem vai uma enorme distancia.

Temos de estar preparados para avanços e recuos até ao final da temporada, e nao podemos esperar conseguir recuperar em semanas o que foi destruido em meses.

Czarli disse...

Ora aqui está a posição certa para o Defour. Sempre o disse que ele pode fazer a diferença na posição 6... obviamente que enquanto lá morar o sr Fernando, ninguém sonhará com isso, mas caso seja vendido no final da época, e se o belga se mantiver, temos a posição ocupada.

Gostei muito do Reyes. Acho que merece a titularidade.

O Ricardo é uma boa opção ao Danilo, apenas precisa de crescer e de minutos.

O Jackson merece banco. Há um lance na 1ª parte que após dominar tinha mais que tempo para disputá-la... ao invés encolheu-se e permitiu o corte para canto. Ora se está a resguardar-se para o Mundial, que fique no banco por alguns jogos e logo vemos se a atitude se mantêm.

O Castro enganou-se no meio campo. O C Eduardo (a começar este jogo de inicio) deveria ter jogado a puro 8 e o Josué mais avançado. De qualquer forma a minha ideia inicial era o Herrera a jogar de inicio e o brasileiro no banco.

Todos falam muito do Quintero como o salvador (ontem foi) mas geralmente não o é. Concordo que precise de minutos, muitos mais minutos, mas ainda não é jogador para ser sempre titular.

O Varela será sempre o patinho feio, mas pessoalmente acho que é um jogador muito útil, mesmo não tendo feito um jogo muito famoso mas bem melhor do que contra o Nápoles (pior seria impossível).

O Alex Sandro está a milhas do que já mostrou esta época. Espero que volte rapidamente à intensidade conhecida.

Mangala imperial! Ghilas esforçado e com melhor desempenho do que o Jackson. Acho que merece a titularidade em prol do colombiano.

Continuam a falar mal do Licá mas ele continua a dizer presente sempre que entra. O PF quase o queimou com aquelas titularidades consecutivas quando deveria ter começado a época no banco (mesmo tendo estado em grande no inicio) e ir jogando. Acredito que não seja fácil para um jogador português, que não drible 4 jogadores numa assentada, jogar num clube como o Porto.

Conquistamos os 3 pontos e foi isso.

José Correia disse...

"Temos de estar preparados para avanços e recuos até ao final da temporada, e nao podemos esperar conseguir recuperar em semanas o que foi destruido em meses."

Exactamente.

Carlos Jorge disse...

Meu caro José Correia,

eu pergunto, se isso de que fala relativamente à arbitragem, a não ter acontecido, faria a exibição do FC Porto melhor??
Temos que ser justos por muito que nos custe...

José Correia disse...

"se isso de que fala relativamente à arbitragem, a não ter acontecido, faria a exibição do FC Porto melhor?"

Contra equipas como o Belenenses, que vêm defender com 11 jogadores e que recorrem a todo o tipo de expedientes para interromper e quebrar o ritmo de jogo, é MUITO diferente marcar o 1º golo aos 25' ou aos 80'.

Carlos Jorge disse...

Meus caros,

se bem me lembro o nosso clube nunca foi de procurar justificações ou desculpas... muito pelo contrario. O lema sempre foi que "apesar de" ou "mesmo assim nós ganhamos".
Jogamos sem 4 titulares, é verdade... mas os vermelhos mudam aos 4 e 5 de cada vez e continuam a jogar e a ganhar!!?? O plantel é curto em qualidade e a responsabilidade é de quem o construiu... Demasiado sul americano de qualidade duvidosa...

Joao Goncalves disse...

Pedro, cingindo-me à 1ª parte do jogo com o Belenenses, esta foi a defesa mais sólida que vi no nosso Porto desde Novembro ou mesmo antes...

E quando falo de defesa é da equipa a defender e não de apenas 4 elementos.

Nuno Fonseca disse...

porque é apostar nos jovens é melhor? apostou em Kelvin porque não havia quaresma. LC em poucos jogos já dá algumas garantias, mas não nos precipitemos a comparar com o treinador que deu 2 campeonatos.