quarta-feira, 2 de abril de 2014

A emissão será retomada dentro de momentos...

...enquanto aguardamos confirmação que os elementos da SAD do Porto, foram todos raptados por alienígenas, e substituídos por uns clones desmiolados mas de aparência semelhante.

(in tsf.pt)

P.S.: "Em breve, me ocuparei...", diz Miguel Sousa Tavares - as piadas de 1º de Abril, têm piada no dia 1 Abril, não "em breve".

21 comentários:

Madureira disse...

Se realmente se confirmar este processo é uma vergonha!! Cada um é livre de dar as suas opinoes e dizer o que pensa!!

Tanta gente a maltratar o clube todos os dias e isso aceitamos caladinhos e com o rabinho entre as pernas e vamos instaurar um processo a um portista que se muitas vezes faz criticas para o interior do clube, tem todo o direito de as fazer, outras defende o clube de unhas e dentes!

Sinceramente é incompreensível esta situação, incompreensível, lamentável e vergonhosa!

José Correia disse...

Pensei que era uma mentira do 1 de Abril, mas hoje o jornal i publica o seguinte artigo:
http://www.ionline.pt/artigos/desporto/fc-porto-pede-indemnizacao-milhao-euros-ao-portista-miguel-sousa-tavares

Donnie Darko disse...

Bom dia. Tenho mais vergonha disto do que ficar em quarto ou quinto lugar no campeonato e ser goleado pelos lampiões. Relembre-se à SAD que durante o Apito Dourado o MST foi o UNICO portista que deu a cara pelo clube. FOI o UNICO que desmontou semanalmente o Apito Dourado . Não concordo com muitas das opiniões dele mas fodasse.... Que vergonha

DC disse...

A direcção do Porto já devia, há muitos anos, ter-se pronunciado sobre MST, reiterando que não se identificava com o que ele escreve e até condenando tanta mentira e estupidez ditas por ele. Devia, definitivamente ter esclarecido o distanciamento face a esse cronista e que, apesar de no jornal o símbolo do Porto aparecer associado a MST, ele não representava em nada o clube.

Agora um processo? A não ser que tenha sido afirmada alguma coisa realmente grave é lamentável. Se for só pela estupidez na análise aos jogos então abre-se um precedente grave.

Mefistófeles disse...

A ser verdade, é simplesmente incompreensível e inaceitável. Está tudo doido ?

LG disse...

è verdade, é a ação 2189/13.0TVLSB, na 5.ª Vara Civel de Lisboa, foi uma prenda de natal de 1,05 milhões.
Outros réus são o jornal e o diretor vitor serpa

http://www.citius.mj.pt/Portal/consultas/ConsultasDistribuicao.aspx

Não é novidade na atuação do Porto, é uma das formas de limitar as críticas: o clube/SAD têm sempre dinheiro para pagar advogados e custas, os jornalistas nem por isso.

Mesmo que o processo seja arquivado ou se chegue a acordo, a coação fica.

Pedro ramos disse...

È também por causa de situaçoes como esta que alguns adeptos se afastam do clube. Eu sinto vergonha, muita vergonha. Tanta vergonha que perdi a vontade de ver o jogo amanha.
É a mesma direcçao que quando um ex-jogador veio afirmar que se dopava no clube nao mexeu uma virgula para defender o bom nome do clube (o clube que se lixe), mas porque MST apenas disse o que tantos adeptos pensam, que tal como eu, nao acredita em certos negócios que o clube faz e se interroga para onde vai tanto dinheiro e para pagar o quê, como no negócio Ghilas, aí já esta muito preocupada em defender o bom nome dos directores da SAD.

Pedro Correia disse...

A confirmar-se a notícia, é verdadeiramente lamentável esta atitude da SAD do Futebol Clube do Porto!! Como adepto, não me revejo neste tipo de atitudes, principalmente a um dos ''nossos''!! Não concordo muitas vezes com a opinião do Miguel Sousa Tavares, mas não posso esquecer, que ele foi um acérrimo defensor do FC Porto nos processos do Apito Dourado e Apito Final. Lamento que a SAD não tenha a mesma atitude para com certos ''paineleiros'' da televisão portuguesa bem como para certos jornalistas e jornais lisboetas!

Madureira disse...

Quanto ao artigo que MST e que causa esta ação, eu concordo em tudo com o que ele escreveu!!

Alguém acredita que o Porto pagou 3,7M por 50% do passe do Ghilas ao Moreirense quando este tinha uma clausula de 3 M??? E as comissões chorudas são alguma mentira?? Agora ninguém quer saber mas se um dia estivermos 3 ou 4 anos aí sim as pessoas já se vão interrogar destas negociatas que enchem os bolsos a uns mas que em nada beneficiam o clube!

Mário Faria disse...

Todos os clubes cometem erros no momento da contratação de jogadores e alguns ficam muito dispendiosos porque o retorno é demasiado curto relativamente ao investimento feito. E esse facto faz adensar o mistério. Ninguém põe em causa, hoje, os vultuosos investimentos com Hulk, Moutinho, Martinez ou Mangala porque apesar de terem sido caros, tem ou tiveram um alto rendimento desportivo e já renderam ou vão render interessantes mais valias.O FCP vive acima das suas posses e a SAD vive num esplendor que o acionista de referência consente e admira, conforme os votos de louvor propostos e votados favoravelmente em todas as AG´s. A vida continua próspera para os directores, com os pequenos sobressaltos decorrentes da renúncia dos dois últimos directores financeiros.
MST é duro, grosso, vaidoso e arrogante. Mas, ainda assim um livre-pensador que deve ser respeitado porque faz parte de um grupo em vias de extinção. Faz coisas próximo do insuportável como foi quando, convidado pelo clube, aproveitou a oportunidade para zurzir grosseiramente sobre o treinador porque tinha ousado render Vítor Baia por Helton nas balizas, à revelia da sua vontade. MST é assim e sempre lhe “perdoei” esses disparates, pela defesa intransigente do FCP e dar a cara por ela.
Não percebo este disparate da SAD. Ainda que admita que a nossa direcção tem direito à indignação, tanto quanto qualquer cidadão ou instituição, parece-me, tenho a certeza, que o caminho para a demonstrar seguiu o pior caminho. Não conheço os contornos e muito menos se a SAD procurou junto de MST que se retratasse pelas “mentiras e ofensas” declaradas. Seja como for, acho que este processo poderá ter um efeito boomerang que não interessa a ninguém e muito menos ao FCP. Um disparate. O ano horribilis do FCP não se fica na desastrada carreira desportiva da equipa, infelizmente. Esperemos que uma réstia de bom senso entre as partes ainda vá a tempo para evitar a mixórdia que se avizinha.

José Lopes disse...

Excelente comentario, Mario.

Toda a gente tem direito ao bom nome e por muito que o Sousa Tavares tenha escrito o que muitos pensam (incluo-me no grupo), e' preciso compreender que imputar coisas fraudulentas a terceiros pode acabar mal. O que nao se entende aqui e' porque razao a SAD decidiu agir contra o Sousa Tavares e mantem-se calada quando outros insultam (sem insinuacao sequer) o clube, o presidente ou toda a SAD. Desde corruptos, alegacoes a fruta, senis, etc., ja de tudo se ouviu e nao houve sequer resposta. Porque entao esta susceptibilidade contra o Sousa Tavares? E' pelo tema (negocios e comissoes)? E' por ser ja de ha muito uma voz portista incomoda, muitas vezes disparatada mas que e' ouvida e lida? E' por terem acordado mal dispostos?

O Sousa Tavares e' deselegante, ofensivo contra jogadores e treinadores do Porto, mas se se ficar pela liberdade de expresssao decorrente de um pais democratico, tem direito a dizer disparates. Aqui foi mais longe, mas nao tanto como outros que sao (e bem) ignorados. Seria bom que houvesse um bocadinho de vergonha e memoria com o reconhecimento consequente da defesa que o Sousa Tavares faz do Porto seja contra arbitragens, rivais, processos em tribunal, etc. Ele fala mais e defende melhor o clube que os proprios dirigentes.

E quanto a insinuacoes, comissoes e negociatas, lembre-se as palavras do Pinto da Costa sobre a venda do Roberto pelo Benfica ("milhoes da treta"). Nao ha aqui uma insinuacao? Porque entao esta alergia a um comentario sobre uma contratacao que e' obviamente estranha pelos valores que envolveu?

Miguel Lourenço Pereira disse...

Este não é o meu clube. Não é o meu Presidente.
Com a época que estamos a fazer, com os inimigos a afiarem as navalhas, fazer algo assim, mesmo que tivessem toda a razão do mundo, é mandar um sinal claro aos adeptos de que, para estes senhores, o FCP já não vem em primeiro lugar!

Bluesky disse...

Miguel Sousa Tavares quando fala para fora é um génio... quando fala para dentro é bem pior que todos os nossos inimigos juntos...
Sou contra a divisão entre portistas mesmo que se trate de afirmações que não gostamos, mas algo de podre vai no reino do Dragão!!!!
Agora não me lixem é que quando tudo corre bem, o presidente é o maior, quando tudo corre mal, e falo da saída de Angelino Ferreira, da contratação falhada de Bernard sem ter havido alternativas crediveis, da porca miséria da epoca Paulo Fonseca, do atraso em constatar que PF era uma carta fora do baralho... e aí a culpa já não é do presidente, mas sim do Antero, do Caldeira, do Alexandre e da prima do roupeiro!!!!!

Pedro Albuquerque disse...

Antes de mais vamos a factos e depois dou as minha opiniões (se não se importarem e peço que leiam o que escrevo do principio ao fim antes de me crucificarem):

- O FC Porto pode processar quem bem entender, quer tenha razão nesse processo ou não, afinal de contas julgo (espero eu para o bem de todos nós) estarmos num Estado de Direito.

- O FC Porto processar quem quiser, independentemente de ser seu sócio ou simpatizante.

- O FC Porto no seu R&C indica que o "Valor Total de Aquisição do Passe" do Ghilas por 50% foi de 3.800.000€ não referindo quaisquer "Encargos Adicionais".

- A Dezembro de 2013, o FC Porto tinha ainda a pagar 2.550.000€ aos Moreirense.

Agora vamos às minhas opiniões:

- Caso o FC Porto tenha razão no que diz, acho bem que processe MST, mas em vez de perseguir o pagamento da multa de 1 milhão de euros, devia chegar a acordo com MST, mas não com o jornal A Bola e Vitor Serpa.

- Caso o FC Porto não tenha razão no processo, acho que é um GRANDE passo em falso, pois estes processos arriscam-se a ser fumo sem fogo. Para já e a olhar para o R&C parece-me dar razão ao FC Porto.

- A Clausula de Rescisão só é accionada se for adquirido o passe do jogador a 100%, algo que não foi feito. Se não quiseram comprar a pronto pela clausula só posso pensar que não tinham dinheiro para tal, o que me cheira muito mal.

- Dito tudo isto, algo vai mal financeiramente para os lados do Dragão e estão a tentar desviar atenções processando os próprios adeptos. Algo que não concordo.

José Lopes disse...

Sem tirar nem por. Quando as coisas correm mal, aparecem logo mil vozes a culpar as mas companhias do Pinto da Costa... Faz lembrar o branqueamento que muitas vezes se ve de ditadores e gente do genero dos quais se sente dependencia. As pessoas que acordem e chamem os bois pelos nomes. E maior erro que a contratacao do Paulo Fonseca foi a manutencao dele ate marco!!!

João Carreira disse...

REALMENTE ! É demasiado confrangedor uma coisa destas ...Somos vítimas de todas as chacotas ,por mor de acções (impensáveis ! ) como esta ...Quem teria sido a alarve cabecinha donde saíu uma "monstruosidade como esta ? Processar uma das MAIORES FIGURAS (pensadoras e livres ...) do clube ,daria direito a, no mínimo , fazer sentar no banco dos réus o "autor" de tamanha jumentice ...ou será que já temos por lá lídimos representantes do Paulinho das feiras ou do passitos ?!... O CLUBE é nosso: dos simpatizantes, dos adeptos , dos sócios,dos accionistas ...Tivesse eu dinheiro e quem seria a pôr o cu no mocho seria a SAD Portista ,por tamanha inversão de valores ...ESTE TAMBÉM NÃO É O MEU CLUBE ,carago !

Miguel Ângelo VR disse...

A SAD do FCP não anda bem.

Quer dizer, todas as semanas se ouvem insultos, e é bombardeada com insinuações da pior espécie, nomeadamente por parte de comentadores em programas desportivos (na Bola TV, CMTV, SIC Notícias, RTP Informação e TVI 24, por exemplo). E o que é que a SAD do FCP faz? Nada. O MST, cronista de um jornal, diz, possivelmente de uma forma irónica, que não acredita nos valores gastos num determinado jogador... E é processado?

Eu não estou a defender o MST, apenas acho que é ridículo processarem-no por uma coisa destas, quando todas as semanas são ofendidos e acusados de coisas bem piores. Enfim...

meirelesportuense disse...

Eu acho que se o MST tem ou tinha tanta certeza de que os negócios que ele critica não foram REAIS não tem que ter receio de nada, agora se foram somente bocas foleiras para atacar terceiros, tem que se sujeitar a ter que provar o que afirma.Para mim a Democracia é isto, não vale apenas lançar bocas para o ar é preciso ter provas!
Dizer que um jogador não custou o valor que foi indicado, significa afirmar que alguém ficou com a diferença e com isso prejudicou o Clube e os seus sócios, portanto é uma afirmação difamatória...Tem que se saber bem o que se afirma!

António Martins disse...

É dos poucos comentários com alguma clareza no discurso. Então este tipo faz insinuações e o clube deixa-as passar? Mas cabe na cabeça de alguém?
A mim se me vierem processar por algo que escrevo ou afirmo publicamente, não tenho problema nenhum. Se o MST agora dá o dito por não dito, que se retrate.
Para terminar dizer que este foi quem desmontou o apito dourado, é falso, o melhor defensor do FC Porto publicamente nessas épocas foi o professor Jesualdo Ferreira.
Há anos que este MST é um desonesto intelectual em temas internos. É óbvio que a direcção do FC Porto deve ser escrutinada, criticada e controlada pelos adeptos, mas isso não passa pela calunia, insinuação e pela suspeita, passa sim por factos, e mais quando o fazemos publicamente e com a visibilidade que ele tem. Quanto ao pasquim da Queimada, paguem eles também.
Tenho pena que o clube não actue mais vezes assim.

Alexandre Burmester disse...

Já o simples facto de o FC Porto processar um portista por alegados actos praticados nessa precisa qualidade de portista é de muito mau gosto e deveras lamentável. Mas pior vai ser o julgamento. Miguel Sousa Tavares é um "futebolista" completo: joga bem ao ataque, mas também joga bem à defesa. Como ele próprio já deu a entender, irá ao tribunal sem meias-palavras. Imagino o gáudio dos media lisboetas perante o que irá passar-se nas sessões do julgamento, e o destaque que lhe darão.. Passávamos bem sem esse espectáculo.

Daniel Gonçalves disse...

O Rui Gomes da Silva, comentador benfiquista da SIC Notícias no programa desportivo, também se referiu, indirectamente, a manobras financeiras obscuras - no sentido de ilegítimas - por parte do FC Porto na aquisição de jogadores, penso que falando no caso Ghilas, e lançando outras insinuações foleiras sobre o nosso clube. Porque não processar a referida personalidade? A Administração quer dar um sinal de que só tem força para os nossos? Não pode haver dois pesos e duas medidas, se se processa o Miguel ST também se tinha de processar comentadores adeptos dos clubes rivais. A Administração quer dar um sinal para os comentadores benfiquistas/sportinguistas que se tecerem comentários e insinuações sobre o FC Porto não fundamentados em provas concretas e, portanto, susceptíveis de serem levados à Justiça para prova e julgamento serão processados? Se sim escolheu um péssimo exemplo, havia inúmeros comentadores que constamente, nos media, lançam insinuações infundadas sobre o FC Porto e que seriam passíveis de levar a Tribunal.