domingo, 27 de abril de 2014

Já não há adjectivos...

O JOGO, 10-01-2014
Depois de mais um confronto contra o slb, depois de mais um teste ao valor desta pseudo “equipa”, já não há adjectivos para classificar a mediocridade que é este FC Porto 2013/2014. Hoje salvaram-se Maicon e Herrera, o MVP deste jogo (fez 4 assistências na 1ª parte, duas para Jackson, uma para Varela e uma para Defour), porque o resto…

Até aos 32 minutos, beneficiando da presença em campo de Steven Vitória e das “liberdades” dadas a Herrera, o FC Porto criou três ou quatro excelentes oportunidades, que só o cansaço / má forma / displicência de Jackson Martinez impediram se se transformar em golo.

A partir daí, com o slb a jogar com 10, Jorge Jesus colocou Garay em campo, mandou Ruben Amorim marcar Herrera e as coisas tornaram-se mais difíceis. Mesmo assim, o FC Porto deveria ter chegado ao intervalo a vencer por 2 ou 3 a zero, não fosse a inacreditável incompetência que revelou na finalização.

Jackson Martinez, não sendo um ponta-de-lança do nível do Jardel ou do Radamel Falcao, já mostrou ser um ponta-de-lança de qualidade, mas o que temos visto em muitos jogos (demasiados jogos!) desta época é um Jackson irreconhecível, uma sombra do Jackson da época passada.
Porquê? Por não ter saído no final da época passada nem, depois disso, a SAD ter renovado o seu contrato?
O que é certo é que um ponta-de-lança da sua categoria, que tem a ambição de ser titular da Colômbia no Mundial do Brasil e aspira a uma transferência milionária para um dos “tubarões” europeus, não pode falhar quatro golos feitos, como os que falhou nos primeiros 45 minutos deste jogo. E já nem falo da forma, que me abstenho de qualificar, como marcou o seu penalty.

E o que se passou com Quaresma, que eu me tenho fartado de elogiar?
Hoje fez o seu pior jogo desde que regressou ao FC Porto. Com bola e sem bola, a sua exibição foi de uma nulidade quase total (em 70 minutos dentro do campo, salvou-se um cruzamento de letra para Jackson, que o ponta-de-lança colombiano “cabeceou” com… o ombro!). E ainda expressou admiração quando foi substituído…

A jogar em casa, contra um slb cheio de segundas escolhas, reduzido a 10 jogadores desde os 32’ e que tinha jogado contra a Juventus na passada quinta-feira, a 2ª parte desta equipa de “andrades”, liderada por um amorfo Luís Castro, é inenarrável e irá ficar na história como uma das páginas negras da história do FC Porto dos últimos 35 anos.
A melhor e uma das poucas oportunidades criadas nos segundos 45 minutos foi, mais uma vez, através de Herrera, que falhou por pouco a baliza de Oblak.
E quanto a Luís Castro, de cada vez que mexeu, a equipa piorou.

Depois de tudo o que se passou esta época, depois do que vimos neste jogo (principalmente na 2ª parte), depois do que vimos em dois jogos contra um slb em poupanças e que jogou reduzido a 10 durante cerca de uma hora, não posso deixar de dizer o seguinte: que saudades que eu tenho do FC Porto de Vítor Pereira e da forma como essa equipa “enfadonha” jogava contra o “fabuloso” slb de Jorge Jesus.

79 comentários:

Hélder disse...

Medíocre, é o que melhor define este FC Porto.

rbn disse...

Concordo.
DOIS JOGOS CONSECUTIVOS A JOGAR CERCA DE 60 MINUTOS CONTRA 10, e ser ELIMINADO EM AMBOS é obra!!!

Estou completamente desiludido, esta época, ou melhor, este verdadeiro SUPLÍCIO nunca mais acaba e ainda corremos o risco deles igualarem a época AVB...ao contrário...já imaginou o que seria aturá-los???
Nem quero imaginar...e ainda temos a última jornada, e do jeito que andam bafejados pela sorte, PQP!!!

Filipe Sousa disse...

Luís Castro, tão mau ou até mesmo pior, que o Fonseca. Competência zero. E são as pessoas que escolheram estes dois, que vão escolher o próximo?

Miguel Ângelo VR disse...

Não temos jogadores velozes com qualidade suficiente para desequilibrar. O jogo do nosso FCP é previsível, qualquer equipa, desde que bem fechada lá atrás, pode-nos ganhar. Somos inofensivos ofensivamente, anda tudo à procura de passar ao Jackson, e acabamos por não ter ideias nem rapidez, nem qualidade para criar perigo.

Que raio de 2ª parte foi esta que acabei de ver? Uma equipa a jogar com mais 1, e a precisar de vencer, limita-se a trocar a bola calmamente? Acabam o jogo a passar a bola de pé para pé na defesa? Bom, é tudo muito mau e, infelizmente, é bem real. Tem sido o ano inteiro nisto. Na 5ª jornada íamos em primeiro e já eu dizia que os maus resultados eram uma questão de tempo; eram por mais evidentes as nossas carências (e a sorte, na altura) a todos os níveis.

O SLB, é certo, nada fez a não ser defender... Outra coisa não seria de esperar, e acabou por vencer porque nós somos maus em todos os aspectos - até a marcar grandes penalidades.

O Benfica tem sido competente, e tem mostrado qualidade, mas muitas das vezes nem precisa de o fazer, pois os outros facilitam-lhe o trabalho... Claro que eles não têm culpa disso, limitam-se simplesmente, e bem, a aproveitar as nossas dádivas (como nós o fizemos quando eram eles os incompetentes).

Uma nota para um lance... O Varela, dentro da área leva com um joelho na cabeça e não é grande penalidade? Só porque os guarda redes podem jogar a bola com as mãos, é-lhes permitido entrar assim sobre os jogadores? Então por que é que marcam faltas aos empurrões (com as mãos) dos jogadores? Não é parecido? Até se torna menos perigoso: uma coisa é saltar com o joelho em riste para cima de um jogador, outra coisa é empurrar, utilizando as mãos, outro jogador. Isto para mim é muito estranho. Mais estranho ainda, é ouvir os comentadores dizerem que não é falta. Obviamente que não foi por causa disso que perdemos, só gostava de referir esta situação que me parece ter sido bem evidente.

Bom, parabéns aos vencedores. E espero para saber novidades sobre a próxima época... A direcção não diz nada? Para que raio serve a TV do FCP? Enfim, tudo isto é muito mau para ser verdade...

P.S.: Mais um bom jogo do Herrera, para muitos é o patinho feio, para mim, é apenas um dos melhores;

Pedro disse...

Quaresma pareceu-me lesionado desde meio da 1ª parte, devia ter saido. De resto, perder um jogo em que podiamos ter goleado é fustrante, mas também revelador dum plantel sem chama e de um treinador que voltou a errar de forma sistemática. Ghilas não é médio-ala!!

M. Teixeira disse...

Só espero que a proxima epoca esteja a ser prearada à muitos meses... vamos comecar MUITO atras do Benfica!! Nao temos treinador, nao temos plantel e acima de tudo falta LIDERANÇA na SAD.

Creio que precisamos do melhor PdC de sempre para dar a volta a esta catastrofe... confesso me muito pessimista quanto ao futuro de curto prazo! Os sinais de instabilidade sao recorrentes e cada vez piores. A ver...

Madureira disse...

Vergonhoso! Mas quem devia ter vergonha eram os próprios jogadores! Não á nada neste Porto, nem qualidade nem ambição, nem entrega, NADA! Vamos ter de assistir ás conquistas dos vermelhos e por culpa nossa, 2 jogos contra 10 e mesmo assim conseguimos ser eliminados... tudo isto é mau demais, veremos qual o caminho a seguir porque mais no fundo do que já estamos não podemos ir!!

rbn disse...

O erro grave foi já em Coimbra, o Fonseca devia ter ido de vela já após aquela derrota.
Pelo menos, havia muita margem de manobra para um novo mister tentar consertar a cagada e tentar dar a volta naquele futebol miserável...
Devemos lembrar desta época sempre....para que nunca mais seja repetida...

João Carreira disse...

O PF não prestava ... o Luís (Castro ) até parecia que queria fazer algo de diferente... Conseguir manter uma linha de QUATRO DEFESAS contra o Cardoso, é arrepiante ! ... Porém e dê-se-lhe o desconto que merece por isso : quem tem um ponta de lança (Jackson Martinez ) como nós temos ,a falhar na cara do golo e no pénalty como ele ,Jackson, FALHOU ... Não Há Luís /Pedro/Paulo/ Mou / ou JESUS (mesmo o de Belém ! das palhinhas ...), que nos valham ! Rendo-me também e acho que é de toda a justiça fazê-lo da "banhada " de táctica com que o J. J . nos mimoseou este ano : (Não fossem os tiques e espalhafato que -ainda- o caracterizam e diria que o gajo é ,actualmente , o MELHOR ,que por aí anda ( e alargo o conceito para o mapa -mundo ...) . A César o que é de César a JESUS o que lhe pertence ! O NOSSO FCP , infelizmente, é uma caricatura de uma equipa de futebol .Que a época acabe bem depressa .Saudações Portistas .
João Carreira

Miguel Ângelo VR disse...

Subscrevo. Aliás, o Quaresma não gostou de ter sido substituído, e eu não gostei nada da sua atitude. Demonstrou pouca humildade e, já agora, por que não poderia ser ele a sair? É assim tão melhor que todos os outros?

DC disse...

Acho injusto dizer que Varela esteve mal. Foi dos poucos que esteve bem, sempre a jogar simples e com sentido de baliza.
De resto, dou a mão à palmatória pela boa exibição do Herrera. Mas, por outro lado, fica explícito que com médios desta qualidade, sem um pingo de criatividade, que baseiam o seu futebol no suor e não na qualidade, qualquer equipa medíocre com 10 jogadores chega para não sofrer golos.

A equipa que cá veio hoje, este bando de mancos que não têm outro nome, seria goleada na época passada com tranquilidade. Hoje saiu daqui com um empate.
Outro pormenor, nunca vi o Varela marcar um penalti. Mas alguém achou que o penalti decisivo devia ser dum central limitadíssimo tecnicamente.

Agora, se houvesse humildade na nossa direcção, iam à Arábia de joelhos e davam um contrato em branco ao VP para ele preencher com o valor que quisesse para voltar. Como não há, provavelmente para o ano cá estaremos a dizer coisas parecidas.

Quanto a Quaresma não vou bater mais, ele hoje até nem fez dos piores jogos com a camisola do Porto. Ainda tentou na primeira parte jogar simples duas ou três vezes.

DC disse...

Não. Medíocre significa mediano, dentro da média digamos. Este Porto é horrível!

DC disse...

O Luís Castro veio porque era o homem que estava à mão. Se não viesse ele vinha o José Guilherme ou o Capucho. Veio porque a direcção não fazia a mínima ideia de quem contratar e eu desconfio sequer se fará actualmente.

DC disse...

Mas os adeptos do Porto adoraram aquilo. Hoje em dia para ser ídolo no Porto basta fazer birra para sair, andar 5 ou 6 anos no estrangeiro, pelo meio dizer que se ama o Sporting e que se aceitaria jogar no 5LB, e depois voltar aos 30 anos, com mensagens de "sou do Porto desde pequenino" e a bater no escudo como se tivesse nascido na Ribeira.
Hoje andou com a braçadeira de capitão. É este o nível a que chegamos.

miguel.ca disse...

Pois... Isso é que é de facto arrepiante.

DC disse...

Não, JJ não é o melhor que aí anda. Porque no ano passado andava por aí quem lhe desse banhos tácticos destes, quem nunca tenha perdido com ele para o campeonato e quem tenha ido à Luz duas vezes sem James (uma vez veio de jacto privado para jogar 20min) empatar e ganhar.
Mas não servia...

Bruno disse...

José Correia, este não foi o pior jogo do Quaresma, mas sim um dos vários que fez em que foi um autêntico entrave ao jogo ofensivo da nossa equipa. Tirando o jogo em Nápoles e outras assistências de trivela esporádicas, o Quaresma pouco fez, aliás só demonstrou que acabou para o futebol: está lento, está pior a fintar, hoje perdeu várias bolas, está conflituoso, só quer picardias com os adversários, quer sempre marcar as bolas paradas e decide sempre mal, enfim estou muito apreensivo caso continue para a próxima época, acho que não seria boa ideia, nem ele nem Varela deviam ficar.
O Porto precisa de extremos rápidos, não de trintões em final de carreira, o nosso jogo ofensivo e construção de jogo são uma vergonha. Fica aqui o aviso.

rbn disse...

No meio desta mediocridade geral que foi 2013-2014, havemos de lembrar uma coisa muito importante, dita por quem é o responsável máximo por sermos tão exigentes e mal(ou bem) acostumados:

mais vale perder de vez em quando do que ganhar de vez em quando.

Vamos esperar que este suplício acabe e pra próxima época, venha um Porto...à Porto, é o mínimo que se pede.

miguel.ca disse...

Esta Sad e muito menos Pinto da Costa sozinho, não me transmitem um minimo de confiança ou esperança numa reviravolta. Foram eles que destruiram em dois anos tudo o que de bom se fez nos 30 precedentes. Esta SAD, este modelo de gestão, este rumo caducou, terminou a validade e so gente nova, com vontade e pica para começar um novo projecto concentãneo com a nossa realidade e ambição nos poderá colocar de novo não rota perdida em 2004.
Eleições o quanto antes e Baía a Presidents.

Saci Pererê disse...

Mas o que é que vocês queriam que o homem fizesse?
Eu gostava de perceber como pode um treinador agarrar numa equipa que foi dizimada moralmente e em termos de confiança por um inepto, mais do que tem feito o Luís Castro. Dizer que o homem é pior que o Fonseca é de uma falta de honestidade intelectual ao nível de um lampião.
Gostava que me dissessem o que queriam que o homem fizesse, porque parece-me que a culpa é toda menos dele.

DC disse...

Quando disse "Varela a marcar um penalti" queria dizer falhar um penalti, claro. Recordo aquele jogo em Belém em que foi o único jogador a marcar os dois penalties face ao número absurdo de penalties que esse desempate provocou.

DC disse...

O Varela não te rebenta com um balneário, podes estar tranquilo. Nem que fique no banco, não pia e continua a correr. Já o Quaresma...

fcastro disse...

Quero muito ler o "o jogo" amanha. Do apoio incondicional a PF ate ' a' historieta da reconversão do JJ e agora mais recentemente a explicação do dinheiro do Benfica. Ora bolas, então quando e que isso serviu de desculpa? O jogo tem uma linha editorial q anda aos ziquezagues.

DC disse...

Essa frase é muito bonita mas cheira a desculpa esfarrapada. O PdC disse-a e o que fez desde então além de perder? Se não vencermos para o ano vai continuar com a mesma cantiga?
E este ano, vai falar e pedir desculpas pelos erros gritantes?
Numa época em que a única coisa necessária ao sucesso era a continuidade das duas épocas anteriores, vai dizer que arriscou e falhou redondamente? Ou vai continuar a dizer que já ganhou isto e aquilo? É que quem dizia isso muitas vezes eram aqueles que antes ganhavam pouco e esta época nos ganharam tudo. Quando começamos a falar do passado alguma coisa vai muito mal.

DC disse...

Baía? LOL
Um curso tirado à pressa no ISMAI e um divórcio ruinoso chegam para ser presidentes do Porto?

meirelesportuense disse...

O que ficou demonstrado é que o Porto não tem equipa nem jogadores à altura das suas ambições...Hoje fomos eliminados por incompetência pura dos jogadores.Perderam 4/5 oportunidades claras de golo ainda com 11 contra 11, depois, pioraram e nunca mais acertaram.O jogo arrastou-se até ao final como no estádio da Luz...Dizer que Herrera foi o melhor mostra bem a qualidade deste plantel.Na segunda parte estourou.E o Benfica sentiu.se nas suas quintas foi esperar pelo final e pela sorte que afinal está quase sempre do seu lado.Mas hoje foi confrangedor ver Jackson. Até impediu remates á baliza colocando-se de permeio!....Herrera fez uma satisfatória primeira parte e depois erro tático de Castro, tirou Defour e devia ter susbstituido Herrera, que quando foi marcado directamente por Amorim acabou.Ainda por cima já tinha dado o estouro de forma evidente.
Ainda bem que não houve situações de benefício para o Porto, senão era o pior de tudo, o culminar de uma série de situações mal resolvidas!
O Benfica passou e mereceu pela entrega, solidariedade e esforço entre todos os seus jogadores.É preferível assim.A verdade nua e crua!

meirelesportuense disse...

Jogadores + hoje: Varela, Mangala, Herrera e Fabiano.

Carlos disse...

Menos ansia de falar mal e mais atenção a quem usou a braçadeira de capitão.
Maicon capitão
Mangala sub-capitão

Paulo Moreira disse...

O mais triste é ver a passividade com que tudo acontece, depois do que se passou na Taça e a jogar novamente contra um Benfica B reduzido a 10, Luis Castro não é capaz de, no minuto seguinte, tirar um central e meter Ghilas ao lado Jackson. Se não tem médios para transportar o jogo (que desilusão este Quintero nem para engraxar as chuteiras do João Moutinho) e se os extremos não conseguem criar desequilibrios (logo hoje o Quaresma não deu uma para a caixa), que joguem futebol directo, que chutem à baliza de meia distância, que encostem às cordas uma equipa banal reduzida a 10. Passar 45 minutos sem criar uma oportunidade. Ninguém se enerva, ninguém dá um berro, ninguém sente aquela camisola, que tristeza. Que sirva de lição a quem manda, tenho dúvidas que ainda seja o PC, já não é uma questão de treinador, nem de jogadores, nem de sistema de jogo. É uma questão de atitude, profissionalismo e respeito por um clube que não está habituado a passar por estas vergonhas. Lembro que em 2004/05 tivemos 3 treinadores, perdemos o campeonato para o SLB e ficamos a seco na taça e na supertaça. No ano seguinte chegou cá o Sr. Co Adrianse, que fez muitas asneiras, mas se há algo em que não falhou foi em por ordem na casa e a arrumar com os amuados. E apesar de termos feito uma liga dos campeões vergonhosa, tudo voltou à normalidade com mais um campeonato e uma taça para a colecção.
A escolha do próximo treinador vai ser, talvez, a decisão mais importante que a SAD vai tomar nos próximos anos. O FCP necessita de um treinador com créditos firmados, experiente, vencedor e com capacidade de poder impor algum critério nas aquisições, num ano em que é quase certo que vamos perder Mangala, Fernando e Jackson. Dou 3 sugestões de treinadores com este perfil que estão disponíveis e que poderiam aceitar um convite do nosso FCP: Jupp Heynckes, Guus Hiddink, Luciano Spalletti. São caros ? são, mas quem gasta 2.082.516 € para comprar um Quinones para a equipa B também pode pagar 2 ou 3 M€ por época a um treinador em condições.

DC disse...

Fui enganado então pelos comentadores que referiram que ele tirou a braçadeira ao ser substituído. Mas reflectindo, provavelmente terá tirado a braçadeira de luto pelo Professor Hernâni.
De qualquer forma, com a saída de Fernando, é uma questão de tempo até ele a usar.

Paulo Moreira disse...

Coitado do Baia está falido:
http://www.dn.pt/especiais/interior.aspx?content_id=2583585&especial=Revistas+de+Imprensa&seccao=TV+e+MEDIA
Nem o dinheiro que ganhou no futebol soube administrar quanto mais o FCP:

Unknown disse...

Se Oblak não tocasse na bola seria penalty. Assim não, aquela era a zona dele.

Nuno Fonseca disse...

Desta vez concordo. atitude nojenta do quaresma. por momentos ainda pensei que se ia recusar a sair. luis castro não tem culpa. pode não ser o homem ideal para o ano, mas já muito fez ele. hoje não ia mudar nada fosse qual resultado fosse e acho que não foi assim tão mal jogado. o desfecho final é que custa a aceitar. a mim o que mais me custou foi ver Fernando e Maicon para a escolha de penaltis e ver aquele penalti do jackson que honestamente até pareceu de proposito.
Há coisas mto boas no porto, espero que não se perca a sensatez e se comece a por tudo em causa na próxima época, mas que se consiga filtrar bem os cancros dentro e fora de campo.

DC disse...

Já agora, o VP este ano vai disputar mais finais da taça que o Porto.

Tiago Silva disse...

Foi mais um prego no caixão desta humilhante época.
O diagnostico é fácil fazer-se e já há muito que vem sendo aqui descrito, ainda que por vários posts a vários artigos, pelo DC, José Correia e M. Lourenço.
A planificação desta época ao nível da constituição do plantel foi absolutamente equívoca e reveladora da incompetência dos seus responsáveis.
Contratou-se um jovem com potencial (e que lhe reconheço muita valia) por 7 milhoes de euros para uma posição que não era carenciada. Contratou-se, por 8 milhoes, um médio para substituir J. Moutinho que, continuo a dizer, não tinha lugar em qualquer dos outros 2 grandes e que revela flagrantes dificuldades ao nível do passe (a 2 parte de hoje foi um fartote de asneiras e de falta de qualidade). Necessitávamos de dois extremos com qualidade e, após a novela Bernard, fomos contratar o " ninguém" e em Janeiro fomos repescar Quaresma com quase 31 anos e com todos os defeitos que lhe reconhecemos. Não se lembraram de contratar nenhum substituto para Danilo e Alex Sandro e jogamos com estes 2 toda uma época inteira. A cereja em cima do bolo foi a escolha de P. Fonseca para treinador. Se tudo isto já era suficiente para avaliar e julgar a capacidade do(s) responsável(eis), eis que os mesmos se lembram, em Janeiro, de aceder às saidas de Lucho e Otamendi (apenas um dos nossos melhores médios e o nosso melhor central). Os resultados estão à vista. Numa empresa normal era tudo despedido por justa causa. No Porto ainda vão receber o prémio previsto por terem obtido o 3 lugar. Relembro que já nas duas épocas anteriores, os erros ao nível da constituição do plantel já haviam sido evidentes ( quem não se recorda de na primeira época de VP, o Porto jogar metade da época com Kleber a pl (era o único), e Hulk no resto da temporada? O que valeu a estes incompetentes encartados foi a competência de VP que serviu para ocultar muita coisa (lembro-me do banco que tínhamos no jogo do ano passado na Luz e de havermos jogado com Defour a extremo e fico com vontade de rir; lembro-me ainda dos Liedson's, dos Izmaylov's e dos Kelvin's e de terem sido estes peças fundamentais na conquista do título face ao SLB mais forte dos últimos 20 anos). Como disse o DC, era obrigar estes infelizes a irem à arábia de joelhos pedir a VP para regressar com um contrato em branco e com plenos poderes para constituir o plantel. Em alternativa, sempre podemos levar com um Fernando Santos para vermos como o poço ainda é mais fundo...

António Teixeira disse...

Oh DC o Quaresma hoje foi mesmo dos melhores jogos, que até nem levei a mal o que fez no fim. Mas repara que a maioria do pessoal vai dizer que hoje foi dos piores jogos do Quaresma. De resto, concordo, basta olhar para o plantel do regime e para o nosso e torna-se impossível culpar um Varela que prontos, não dá mais, um Herrera que não dando mais tenta, um Alex Sandro que já nem respirar consegue, um Danilo que tenta tenta tenta, um Maicon que é central para o Braga, um Jackson que deve ter um estado psicológico mais volátil que um bipolar, e um Quintero que, no meio disto tudo, sempre que tenta partir as duas linhas, o colega não sabe dominar a bola. Enfim.

Nuno Fonseca disse...

acho que Varela marcou o 5º penalti. de qlq forma concordo, maicon e fernando a bater penaltis? isso é pedi-las. Ricardo, alex sandro podem ter menos frieza mas sao melhores tecnicamente. mas quando temos um craque colombiano a mandar a bola para a vci já nem digo nada

António Teixeira disse...

Enfim DC, enfim. E o Quaresma hoje nem o culpo apesar do que fez no fim porque jogou mais ou menos... Pena pelo Quintero... E a SAD nunca vai fazer isso, mesmo que o Vitor Pereira seja o yes man que é.

José Correia disse...

Declarações de Jorge Jesus no final deste jogo:

"O FC Porto jogou com a sua melhor equipa. O Benfica atuou com um onze forte, mas sem Markovic, Maxi, Garay, Nico, Rodrigo, Salvio no onze... É muita gente."

"Podíamos falar na teoria que a nossa segunda linha é melhor que o 11 do FC Porto, mas provámo-lo em jogo e vencemos. Passámos a jogar com 10 e contra o melhor 11 do FC Porto."

[Acerca das vitórias sobre o FC Porto]: "Não faço um juízo de valor por esta época. É preciso ver o que o FC Porto era antes e o que é agora. E o Benfica também."

Madureira disse...

Completamente de acordo!!

DC disse...

Pior é ver que na equipa B temos actualmente um puto que deve ser melhor que qualquer médio do plantel principal, com 20 golos marcados, e que não é chamado.
E que temos Victor Garcia, Rafa e Quino mas os pobres Danilo e Alex andam a ser espremidos.

Tudo o resto já é deprimente, mas ver o próprio ex-treinador da equipa B a não conhecer o Tozé? Honestamente, em que é que ele, actualmente, é pior que Herrera, Quintero, etc?

Pedro ramos disse...

Eu nao tenho nenhuma dúvida que na próxima época o mais importante é a escolha do treinador. Tao importante que sempre disse que LC nao poderia ser sequer uma opçao. Continuo na esperança que se perceba que é necessário sair do raio de conforto da SAD e que nao se escolha alguém como Fernando Santos pois isso seria "matar" a próxima época ainda antes dela começar. É necessário para além dum treinador competente, um "vendedor de ilusoes" para que os adeptos voltem a acreditar.

Continuo na esperança que quanto maior for a humilhaçao nesta época menor será a arrogancia dos dirigentes para a próxima época.
Como impera um qualquer código de silencia para os adeptos fico também em silencio espera duma resposta do clube no momento de anunciar o próximo treinador.

Pedro ramos disse...

É engraçado que num jornal qualquer em Janeiro, numa altura em que aparentemente a Académica estava interessada no empréstimo de Tozé, a desculpa para recusar o pedido, foi que o plantel da b era muito curto e a sua saída poderia comprometer a performance da equipa. Talvez por isso vi esta época tantos adeptos portistas satisfeitos com a performance da equipa b e tao encantados com LC.

Miguel Ângelo VR disse...

Não concordo. Desde que um guarda redes toque na bola com as mãos pode dar pontapés aos adversários? Uma coisa é jogar a bola com as mãos, outra, é jogar bola com as mãos e colocar um pé à frente impedindo os outros jogadores de a tentarem jogar. E o lance foi fora da pequena área, salvo erro.

Miguel Ângelo VR disse...

Ah! E que tal? Gostaram do sempre obrigatório 4-3-3? O treinador tira o Quaresma e coloca um ponta de lança na posição de extremo, é mesmo para rir. Volto a repetir, este 4-3-3 está para o FCP, como a cruz estava para Jesus Cristo (se é que ele existiu).

Nuno Fonseca disse...

o treinador esteve bem. recuperou Defour, e muitas perfomances como ghilas, quintero, herrera melhoraram. não se pode pedir a um treinador que chega na fase final e decisiva da época que aposte nos jovens da B. isso seria para os queimar. pedia-se que não inventasse e fizesse o melhor possivel.

DC disse...

O Porto jogava em 4-4-2 losando na época passada. Não é obrigatório. Convém é saber moldá-lo de acordo com as características dos jogadores. VP quando perdeu Hulk, adaptou-o de forma a colocar James no meio, na ponta do losango.
Mas para isso, era preciso que tivéssemos um treinador no banco.

Pedro disse...

O Benfica passou, mas dizer que mereceu é algo de tão ridiculo que até doi. Só não levou 4 ou 5 por incompetência do Porto. Não é mérito do SLB, é demérito biblico do FCP.

meirelesportuense disse...

Fazendo ainda uma análise complementar e fria, o Porto jogou sempre contra pelo menos mais um jogador...Até aos 33 minutos jogou com 10 contra 12 e depois desse minuto 33 passou a jogar contra 11.O jogador que esteve -embora equipado de azul e branco- sempre a favor do Benfica foi Jackson Martinez!...Nunca vi coisa igual.

miguel.ca disse...

Lol, se é o Presidente que administra os recursos financeiros da SAD, o quê que o Angelino Ferreira andou lá a fazer estes anos todos???
Discorde-se... Mas com razoabilidade.

Miguel Ângelo VR disse...

Pois é, DC, tens toda a razão.

Louro disse...

Um Jackson aselha que falha 3,4 golos cantados, salva a pele de um adversário que, sem rematar á baliza , passa uma eliminatória com toda a injustiça!!
Cada vez que o Jorge Jesus vem ao Dragão traz o autocarro da Carris , só que desta vez teve sorte e teve a aselhice do Jackson de seu lado!
Recordo o recente Atlético - Chelsea para a liga dos campeões , no qual a imprensa Espanhola e Inglesa acusou o Mourinho de levar um autocarro para Madrid..
O que diz a imprensa portuguesa?.. grande Benfica, claro!..
Pois..mas no ano passado correu bem até ao minuto 92...
É verdade que muita coisa tem de mudar, é preciso meio plantel e um treinador estrangeiro ( Lucescu, Hiddink)..mas este jogo não serve de exemplo para o resto da temporada---tantos comentários a bater no Porto , quando só uma equipa jogou algum (pouco) futebol!

Jorge Vassalo disse...

Bem, pelo menos já não há mais desculpas nem ilusões. Já ninguém é mais superior e ignorado. Já ninguém mais é "salvador da pátria".
Li no Facebook (sim, eu sei a fonte), que Mourinho queria trocar Jackson por Demba Ba. Viesse ele! Agora, depois de todas as injustiças, vamos a factos:

Quintero não é o que dizem que é. Pelo menos não ainda. Herrera é melhor do que dizem que é, mas tem de ser posto a jogar com inteligência. Quaresma não deve ser titular, devia ir arrefecer a cabeça. Jackson já não está cá desde o ano passado. Defour é o que é. Varela é o que é. Ghilas não é extremo. Danilo e Alex Sandro estão esgotados.

Agora, é bom que se perca e seja humilhado. Assim, não há desculpas nem atenuantes. Tem de vir alguém que cerre os dentes e os ponha a jogar com garra. Não há dinheiro? Bs para a A: Tozé, Quiño, Rafa, Kayembe, Victor, Tozé, Gonçalo Paciência, Mikel. Para que andam jogadores a formar-se no Porto?

Para o ano contratava o Lucho. Nem que jogasse 10 minutos em cada jogo. Quem é o capitão aqui, carago? O Quaresma? Não me façam rir! De resto, só temos de ter PdC consciente e o resto vai lá dar.

Agora, não me lixem! O Benfica foi melhor? Como, melhor? A jogar à Paços de Ferreira? Woopty Doo! Defendeu com 10, fez um ataque em toda a segunda parte! UM! E o Herrera da primeira parte não partiria as pernas ao Luisão? Ao Gaitan? Quê? Agora os mouros tem a segunda vinda de Cristo? Um Porto competente ontem tinha dado uma goleada.

Deixem sair quem quer sair, como disse quando saiu o Jardel, o Hulk, etc o Porto não é um jogador. É uma equipa. Desde que os ponham a jogar, que saibam ler os gajos que tem na frente e onde/como jogam melhor, um Porto à Porto joga à Porto.

Deixemo-nos de manias, ainda bem que levamos na pá. Assim não se cria a noção de que podemos ter qualquer treinador, quaisquer jogadores, jogar sem capitão e sem modelo de jogo e rotinas organizadas! Vitor Pereira era competente? Sim! Agora, Portistas, 2,3 anos mais assim? A ganhar à nesga? A perder na Champions? É isso que querem?

Please!

José Correia disse...

Jorge Vassalo disse: "Vitor Pereira era competente? Sim! Agora, Portistas, 2,3 anos mais assim? A ganhar à nesga? A perder na Champions? É isso que querem?"

"A ganhar à nesga?"
O FC Porto ganhou o campeonato com 24 vitórias, 6 empates e 0 derrotas! (70-14 em golos)

"A perder na Champions?"
Na época passada, o FC Porto disputou 8 jogos para a Liga dos Campeões: 5 vitórias, 1 empate e 2 derrotas.

Veremos daqui a quantos anos é que o FC Porto (ou outro clube português) fará melhor, quer no campeonato, quer na Liga dos Campeões.

Jorge Vassalo disse...

O José dir-me-á se era indefectivelmente a favor de VP, se não achava o futebol dele enfadonho e se, bem lá no fundo, não acredita que estamos em queda desde que ganhamos a Liga Europa.

Obviamente não comparo com esta época! Isto é mau demais. Agora, gostaria de ver um Porto à Porto. Garra, luta, atitude!

José Correia disse...

"O José dir-me-á se era indefectivelmente a favor de VP"

Eu divido a análise ao trabalho de Vítor Pereira em dois períodos: antes e depois da limpeza de balneário feita em Janeiro de 2012.

Por exemplo, em 29-01-2013, escrevi o seguinte:
«Deixo para o fim o treinador Vítor Pereira. Tão criticado na época passada (incluindo por mim), está a fazer um excelente trabalho esta época. Sem o jogador mais marcante das últimas quatro épocas do campeonato português (Hulk), com um plantel curto, com poucas soluções ofensivas (Ismaylov e Liedson chegaram agora e ainda estão a conhecer os cantos à casa), tendo de enfrentar lesões prolongadas em jogadores-chave (Fernando, Alex Sandro, Maicon e James), Vítor Pereira tem sabido ultrapassar todos estes obstáculos, muitas das vezes sendo obrigado a recorrer à adaptação de jogadores (exemplos: Mangala a defesa-esquerdo ou Defour em vez de James).»

José Correia disse...

Jorge Vassalo disse:
"se não achava o futebol dele enfadonho"

Futebol enfadonho?
(Re)leia o artigo 'Jogar à Barça', que eu escrevi em 29 de Janeiro de 2013
http://www.reflexaoportista.pt/2013/01/jogar-barca.html

Jorge Vassalo disse...

*suspiro* ok concordo. Fiquei triste a lembrar-me do Comandante. Para mim, o Porto deste ano morreu quando ele saiu. Se PF tivesse saido antes, se ainda tivessemos um Comandante no balneário.... mas sabe José, dá uma certa esperança saber que, tendo um treinador como VP à frente, pode ser que haja um regresso... ainda acredito no potencial.

DC disse...

Eu não queria mais duas ou três épocas assim. Por mim vp seria o nosso Ferguson!

Alberto Silva disse...

Ontem foi mau de mais...até tivemos o azar de o arbitro expulsar o Steven. O Jogo do Porto é muito previsível, tirando o Herrera que o torna vertical o resto é enfadonho...o Quaresma nos melhores 30min não se viu..e nem se vai ver...e tornar-se á um problema e não uma solução...mas o problema é os mecanismos as rotinas de treino, os apoios as coberturas as diagonais, as transições, os espaços, e muito mais..muito mais...torna-se triste falar em VPereira( conhecia como ninguém os momentos de jogo, não agradava? pois veio no opôs Vilas Boas ) enfim..

RS disse...

Lá diz o ditado: o que nasce torto, tarde ou nunca se endireita. Deste FCP, tal como foi preparado no inicio da temporada, nem num universo paralelo poderiamos esperar que se endireitasse. A grande conquista esta época foi não termos sido (demasiado) humilhados/goleados pelo nosso principal rival. Ironia das ironias, talvez devamos agradecer esse facto ao mestre chicletes.

Alberto Silva disse...

Perder 2 eliminatórias a jogar contra 10...não anda longe de humilhação...penso eu de que...

Barba azul disse...

"Não há dinheiro? Bs para a A: Tozé, Quiño, Rafa, Kayembe, Victor, Tozé, Gonçalo Paciência, Mikel. Para que andam jogadores a formar-se no Porto?": tenho alguma esperança que o forçoso apertar do cinto (espero que ninguém encontre alguma solução desesperada, à segunda circular...) obrigue a isso; e que, por outro lado, "secando" a mama, algumas das sanguessugas da SAD abandonem o barco, à procura de melhor mama. Prefiro alguns anos dum Porto "à Porto", ainda que possívelmente menos competitivo, do que uma equipa internacional, incaracterística, sem alma, sem chama, "apátrida". Quero o meu Porto, vençam ou não.

Mefistófeles disse...

Proponho uma troika para salvar o FCP: o Miguel Lourenco Pereira, o Filipe Sousa e o DC.

M. Teixeira disse...

Fosse Vitor Pereira o unico exemplo... os mesmos adeptos que semanalmente asobiavam o VP (que SO FOI BICAMPEÃO em dois anos com planteis bem mais curtos e desiquilibrados que o rival Benfica) tambem "odiavam" o "mouro" Jesualdo Ferreira que SÓ FOI TRICAMPEÃO em quatro anos (e defendeu de forma memoravelo o nosso porto quando todos os restantes nao pidiam falar).

A linha que separa a exigencia dos adeptos da perfeita estupidez é, na minga opiniao, muito tênue.

Luís Negroni disse...

Pensando no jogo de ontem, diga-se o que se disser, com Vítor Pereira ao barulho (que saudades, eu que também tanto mal pensei e disse dele) e Luís Castro idem, só duas palavras surgem e tornam a surgir no meu pensamento com a intensidade de marteladas: JACKSON MARTINEZ!

Como é possível, como foi possível, um ponta de lança dito de categoria mundial, falhar tantas oportunidades de golo feito, de baliza aberta, quase sobre a linha de golo, só com o guarda redes pela frente, etc. etc.? como foi possível ser tão desajeitado? Pelo menos 6 escandalosas falhou, contei eu, fora o penalti falhado de propósito, só pode ter sido, dada a forma como o "marcou" e a expressão facial que evidenciou logo após. O Porto jogou muito mal? Não sei. Só sei que dominou por completo o jogo, em todas as vertentes, contra onze e contra dez, criou pelo menos uma dezena de oportunidades de golo, entre o flagrante e o flagrantíssimo, contra zero do slb. E que só não deu uma goleada de 5 ou 6 a zero porque jackson martinez não quiz. Até de defesa do slb serviu. A cereja no topo do bolo do mau profissionalismo foi a marcação vergonhosa do penalti. Surgiram rumores nos jornais de que para PC, ou ele ou Mangala para sairem, nunca os 2 ( o que na prática equivale a dizer que ele fica) e logo ele fez a pior exibição, de longe, desde que está no FCPorto. Ele que até já andava a fazer boas exibições, com bons golos, a fazerem lembrar os bons velhos tempos da época passada. Deve ter sido só coincidência. Mau carácter e mau profissional é o que ele é, e em vez de lhe ser dado o prémio da saída para uma liga melhor, como aconteceu com outro mau profissional chamado Otamendi, devia era ser-lhe dado o prémio de ir durante muito tempo para a bancada, já a começar esta época, ou melhor ainda, de treinar sózinho. Desvalorizava-se ele, valorizava-se outro que jogasse no lugar dele. Só sei é que já não posso sequer ouvir falar no nome dele. E isto não é de maneira nenhuma querer encontrar um bode expiatório.

Ricardo disse...

O problema do Porto já vem de trás e só muda quando um jogador chegar ao Porto e sentir que está a atingir um ponto alto na sua carreira. Particularmente nos estrangeiros.

Criou-se a ideia (e verdadeira) do clube ser um trampolim para grandes clubes europeus (M United, Real Madrid, ...) e para contratos chorudos.

Temos até um presidente de um país que agradeceu ao Porto o que fez pelos seus jogadores (Colômbia). Bom em notoriedade, mau em gestão de expectativas. Jackson Martinez, Guarin, Álvaro Pereira, Otamendi nos últimos anos, Iturbe e outros chegam cá já a pensar para onde vão. Se não saem ao fim de 2 anos desmotivam imediatamente.

Se a estratégia passa por comprar e vender como nos últimos anos, então há que ter um treinador "rijo" e com personalidade, que faça a gestão de expectativas.

Finalizando, o problema do Porto é mais para mim de ordem psicológica dos jogadores do que outra coisa.

Pedro Moreira disse...

Nem as derrotas sucessivas e as exibições miseraveis desviam o alvo deste site, que será sempre o treinador. Paulo fonseca será sempre culpado de tudo nos proximos anos digo eu e confirma-se o culto de Vitor Pereira, menosprezando-se a importancia de Moutinho e de James e exaltando-se a qualidade deste plantel (o outro era mau mas estava o milagroso Vitor, este excelente afundado pelo Paulo). E tudo começou com o milagre de Kelvin após uma epoca muito sofrivel de exibições cinzentas e de derrotas inesperadas na taça, na champions e na final da taça da liga (como é que é possivel que se critiquem os adeptos que assobiaram a equipa de VP, apesar de ter jogado péssimamente!!!!). Ficou o campeonato ganho com mérito, com a ajuda de Jesus e já agora com o pobre e fraco Moutinho a defender, a corrigir lapsos, a organizar o meio campo, a começar o ataque. Mas não interessa, este plantel é bem melhor que o anterior porque há mais jogadores, há mais opções...espero que para o ano PC fique com mais de 30 craques da B porque está visto que qualidade e quantidade por estes lados andam a par. Eu insistirei que só poderemos melhorar identificando-se o problema e este reside fundamentalmente da miséria do plantel que temos, sem obviamente desprezar a necessidade de escolher bem o treinador. A pergunta que se impõem: quem jogou este ano abaixo do esperado? Pois para mim muito poucos: Helton fez uma boa epoca, foi decisivo em alguns jogos e, que me lembre, não falhou muito. Não desiludiu portanto. Danilo manteve o nivel: fez bons centros, alguns golos, tem estilo mas falha sucessivamente a defender, mete agua por todos os lados, não sabe posicionar-se, não marca bem, dá fifias (o jogo em Sevilha é um otimo exemplo). Assim sendo este é o Danilo que conhecemos desde que o contratamos, jogou dentro das expectativas, não desiludiu. Dentro dos centrais Mangala manteve o nivel habitual: imperioso fisicamente, bom no jogo aereo, faz golos. Teve as paragens cerebrais do costume que custaram caro. Também não creio que tivesse desiludido. Otamendi e Alex sim, jogaram uns furos abaixo do esperado e a equipa pagou, embora no caso do lateral brasileiro sempre me pareceu que andava a ser excessivamente valorizado. Depois Maicon não foi aproveitado. No meio campo Fernando manteve o seu nivel habitual, dentro da excelencia. Defour que foi sempre suplente chegou finalmente à titularidade e claro não desiludiu porque nunca tinha iludido ninguém. Não é jogador para o Porto. Chegaram Quintero, a preço de saldo para o nivel que se julgou ter, desvalorizado por um clube secundário Italiano, Carlos Eduardo, que iniciou a epoca a suplente no Estoril e depois fez uns joguitos bons e Herrera, que veio como um craque mas habituado ao campeonato do México, com outro grau de exigencia. Para mim nenhum desiludio porque não os conhecia e tinha duvidas neste primeiro ano. No ataque Kelvin só desiludiu a quem não percebe nada disto: não é nem será futebolista para este nivel, pelo menos nos proximos tempos. Ghilas antes de tocar na bola era o novo Derlei ou o novo Lisandro e homem apenas tinha marcado uns golitos no Moreirense. Fez uma epoca apenas sofrivel mas a mim não me desiludiu porque no Porto a exigencia é outra. Varela sim esteve abaixo do que esperava, pelo menos faltou mais consistencia e Jakson sim foi quem mais desiludiu. Andou o ano a pensar em dinheiro e em transferencias e esqueceu-se que era profissional e devia tudo ao clube. Para mim o primeiro que deveria sair, como bem se pode comprovar no jogo de ontem.

Pedro Moreira disse...

Meus amigos este plantel não desiludiu, não esteve abaixo do que se esperava, vale exatamente o que jogou e não tem qualidade para mais. O treinador era mau, claro que sim, mas se fosse melhor os resultados seriam parecidos. Neste site passaram as semanas a inventarem craques (aproveitaram jogos com o ramaldense para comparar Eduardo com Deco, Ghilas com Derlei, Quintero com Messi...), a constuir estrelas onde só havia mediania, a discutir táticas estereis. Acho que todas as taticas pedidas e os 11 onze sonhados aqui foram testados no campo, todas falharam rotundamente, mas mesmo assim os jogadores são otimos e o Fonseca é que era mau e agora mantém mau olhado, digo eu. Esta SAD sabia o plantel que tinha mas preferiu encher os bolsos e arriscar. Sabia que provavelmente iria perder mas não pensou em sofrer sucessivas humilhações que para mim poêm em causa o futuro da instituição. Li uma entrevista de Mano Menezes onde dizia que tinha tudo acertado com o Porto mas a vitoria no campeonato permitiu que a SAD arriscasse com um treinador mais jovem e inexperiente. Foi isso que andaram a fazer a arriscar, debilitando vergonhosamente o plantel e, temo eu, permitindo a muitos enriquecerem com os negocios chorudos. O problema é que a pressão agora é grande e a paciencia tem limites. Essa é a minha esperança. E por favor, ao contrario do que defendem muitos dos que por aqui escrevem a solução não esta na equipa B, esta em contratar 5-6 jogadores sólidos para titulares e sim manter os jovens com qualidade para com calma e apoio se tornarem a curto prazo em craques preparados para manter o clube no topo.
Como continuo a não ofender ninguém espero não ser novamente alvo de censura.

Alexandre Burmester disse...

Caro Pedro Moreira,

Nem isto é um site (mas sim um blogue) nem o alvo é o Vítor Pereira, pois cada um dos autores escreve o que pensa e não há aqui "linha editorial". Eu, por exemplo, não tenho saudades nenhumas do Pereira e não alinho no ditado segundo o qual "atrás de mim virá quem bom de mim fará".

Cumprimentos e obrigado pela sua participação

DC disse...

Eu acho então, e tendo em conta que o James esteve ausente várias vezes por lesão e até por opção, que devíamos vender 15 jogadores e contratar o Moutinho. Porque os outros, estão cá todos. E de 0 derrotas passamos para uma enorme série delas. Portanto, Contrate-se o Moutinho de novo e ponha-se o homem ao lado dos júniores ou até dos sub-12. Afinal o treinador não fazia nada, era tudo o Moutinho e o James. Os outros 9 titulares que ficaram andavam lá para lhes apertar as botas apenas...

Ricardo disse...

Concordo com a análise da questão do treinador. Aliás, acho mesmo que a incerteza do fim de época no que se refere ao treinador foi tudo menos uma "gestão à Porto".

Na minha humilde opinião foram na história de ver se o JJ renovava ou não (caíram na esparrela). Espero que este ano não façam o mesmo, já que é óbvio que esse clube vai fazer novamente bluff se renova ou não.

Pensemos com a nossa cabeça, antecipando as decisões, já que a pré-época este ano vai ser mais cedo.

Pedro Moreira disse...

Caro DC eu punha o VP só com juniores porque é evidente que o meio campo formado por Fernando, Moutinho e Lucho não tiveram qualquer relação com o titulo, nem James muito bem substituido por Licá. Os meus parabens, tem a solução para o problema do clube: VP mais os Bês e somos campeões, Moutinhos não servem para nada...o problema é que ainda temos o maldito Fernando, rua com ele que o Pedro Moreira vem com força. Francamente comparar este onze com o de VP é uma anedota: este é muito melhor claro que sim, tivesse VP continuado e amanha estariamoa a jogar a meia final da champions...

Alberto Silva disse...

o VP iniciava o seu trabalho com o que lhe tinha dado o titulo e conhecia mais que ninguém os seus processos( defour no lugar do Moutinho, eu sei que não é a mesma coisa, mas de inicio também serviu), pro lugar do James é que não veio ninguém de jeito...mas apenas saiu o Moutinho e James e ainda ficou o Defour(12º jogador) e Maicon (13º), dava para fazer melhor, pelo menos defender melhor, o lucho so abandonou no final de janeiro...e com o tempo ia metendo os mais novos...depois de ter a equipa a jogar bem e com os processos bem adquiridos, tirar jogador A meter B, é mais fácil...o que se viu de inicio foi troca de jogadores constantes quer em tatica quer em posições( falo por exemplo no Josue que jogou em falso ala, a 10 e a 8)...fazer isto sem que a equipa tenha adquirido os processos de jogo é complicado...por isso vemos na Luz qualquer jogador a substituir outro e mesmo mais fraco cumpre...porque as rotinas de equipa estão lá...mas claro que concordo consigo quando diz que falta qualidade, mas com o que havia, podia se fazer melhor....e durante um ano( época) não se viu crescimento...e não me diga que com esta equipa limitada é verdade não dava pelo menos para criar modelo de jogo e rotinas de jogo...tvz faltou tirar o coelho da cartola e colocar o Danilo no lugar do Moutinho,etc etc...agora não reconhecer mérito ao VP que venceu um dos melhores benficas dos últimos tempos...não compreendo..

DC disse...

Entre este 11 e o que foi à luz no ano passado a ÚNICA diferença é mesmo Moutinho. Todos os outros jogadores começaram a época. Portanto, ou o Moutinho é o melhor jogador da história do futebol ou não percebo o que se passa. Tira-se um jogador e o Porto acaba? Eu vi Barça sem Messi ganhar, eu vejo Real sem Ronaldo ganhar, eu vejo Chelsea sem Hazard ganhar, mas tira-se Moutinho do Porto e acaba o Porto.
Ou isso, ou então foi a outra coisa que se tirou ao Porto. Mas não, é o Moutinho de certeza que faz toda a diferença...

Já agora no 5LB o Matic também fazia a diferença toda, mas eles vêm ao Dragão com Gomes, Amorim, Cavaleiro e Sulejmani no meio-campo e não perdem. Às tantas o Amorim e o Gomes são os novos Moutinhos...

Paulo Moreira disse...

Vê-se mesmo que és um crente, pergunta lá ao Angelino porque é que foi embora. Um financeiro limita-se a gerir os recursos, mas as decisões de fundo, as escolhas (comprar o jogador A ou B, vender o C ?, etc) quem as toma, em última instância é o presidente. Quando falo que o Baia não soube administrar quero dizer que não foi capaz de fazer as melhores escolhas na gestão do seu próprio património, daí as minhas dúvidas que seja capaz de comandar um clube como o FCP.

Paulo Moreira disse...

Fala-se do Boloni. Já não sei o que pensar. Se por um lado conhece bem o campeonato português e é tido como um treinador que faz um bom aproveitamento da formação, por outro lado nunca passou de clubes medianos e recentemente com pouco sucesso. Será o treinador que o nosso FCP necessita ?

meirelesportuense disse...

Fala-se muito de CEduardo e negativamente imenso, mas eu vi marcados por ele os melhores golos do Porto desta época!

Tone da Eira disse...

Discutem-se e sugerem-se nomes de treinadores para o ano mas Bielsa já foi, Luis Enrique também, Van Gaals etc não quererão vir para o Porto. Sinceramente acham que JNPC actualmente saberá encontrar uma pérola rara num campeonato qualquer que virá a ser um milagreiro no Porto ? Eu sei que isto é cruel mas vocês confiavam num piloto de avião de 78 anos com problemas de coração ? Acham esse piloto vai lendo as últimas actualizações que vêm da fábrica e treinando nos últimos simuladores, ou que ele considera que lhe chega a experiência para decidir e o resto são pormenores? Na minha opinião com JNPC ao leme vamos ter outra solução dentro da sua « comfort zone » (Marco Silva, Nuno ES, Fernando Santos, treinador estrangeiro secundário soprado por um empresário). Já sei que dirão que foi JNPC que escolheu AVB ainda há 5 anos mas aí em situação de desespero tudo correu bem (bom treinador, bem recebido pelo plantel, bons jogadores, muita sorte em momentos fundamentais dos jogos europeus). Mas 5 anos foi já há muito tempo quando se está em fase de declínio e as escolhas que tivemos a seguir foi VP (competente mas quanto baste), PF (tiro na água) e LC (nada melhorou). Pergunto-me : haverá alguém na estrutura que prepare competentemente os dossiers ou nem vale a pena o esforço pois no fim é JNPC que decide ? Será que decide a tempo ou adia ? Quer um bom treinador ou um treinador maleável ?
E jogadores suspeito que vai ser a mesma história – muitos nomes com potencial mas pouca qualidade final, como no passado 18 milhões (de treta ou reais ?) por um defesa banal (OK mas se for posto a médio vais ser espetacular, é pena nenhum treinador ainda ter visto isso !) mas nada de extremos capazes.
Já agora off-topic : não sei se já reparam mas quando o Porto se interessa por um jogador (lembro-me do Iturbe, do Danilo, do Herrera) a imprensa (O Jogo) leva-o aos píncaros. Foi fundamental no jogo tal, no título ou no 2o lugar ou no último, marcou, assistiu, o seleccionador considera-o essencial, o ex-treinador diz que é um novo Maradona, há pelos menos mais 4 clubes ingleses, italianos e espanhóis interessados para além do eterno Benfica, finalmente e por causa de tudo isto (aparentemente) o Porto compra-o pela claúsula de rescisão multiplicada por dois. Mais umas fotos e entrevistas laudatórias, uns joguitos fracotes com a desculpa da adaptação mas depois em plena época temos dificuldade em reconhecer nesse jogador o que era descrito. Acreditam que o Danilo ou o Iturbe há 3 anos eram tão fundamentais no Santos ou Peñarol (ou lá o que era) como eram pintados, quando no Porto sempre foram banais ? Como simples leitor e adepto acho que somos manipulados para que essas contratações pareçam aceitáveis. Já repararam quantos jogadores brazileiros com valor para jogar no Porto jogam na Europa, e que eram valores já reconhecidos no Brazil e que quando foram transferidos para a Europa nunca se falou no interesse do Porto neles ? Certo que o Porto não pode contratar 10 jogadores por época mas parece-me demasiada coincidência que dos jogadores de que se fala que o Porto está interessado uma boa % se venha a concretizara transferência, o que demonstra que não há muita concorrência real entre clubes pelos jogadores disponíveis. Dá-me a ideia que o mercado está cartelizado : Jogadores do clube « x « e/ou empresário /fundo « y » só podem ir para aqui ou para ali e por isso o sucesso das contratações depende muito das relações entre o FCP e essas outras entidades. Parece-me que actualmente não temos « sorte » pois o que temos recebido do Brazil nos últimos anos são os Ibsons e Souzas medianos que já não foram baratos, para além dos exorbitantes Alex e Danilo.