terça-feira, 15 de abril de 2014

Querido, mudei o jogo!


Eram quase horas, testava-se a radiofonia e eis que surgiu, à porta de um vestiário verde, aquele personagem de perfil anafado e rosto luzidio. Tinha estado no exterior a incendiar as massas e, durante essa semana, proclamou os princípios, as nobres causas e a missão de uma organização com brasões e pergaminhos, atirando sempre o odioso para cima do “velho senil” – a origem de todos os males. E teve alguma habilidade para o conseguir, embora com a mesma elegância e grau de civismo de um javardo bosqueiro.

Abriu a porta e deu de caras com alguém que lhe era familiar e que logo exclamou:
Bruno!
Com a educação que lhe é cara e a voz de bagaceira velha respondeu:
Meus senhores, bom jogo! – e ainda aproveitou para atirar:
Vi-te lá… no coiso… Estavas a… (mãozitas para a frente e para trás, como quem está a correr)
Estavas lá Bruno?
Estava… Adeusinho. Bom jogo!
Obrigado Querido! 
Já agora, qual é a ementa para hoje?
Que tal Polvo no espeto?
Gosto disso!… Bom jogo!
Bom jogo!

O jogo foi bom. Finalmente foi possível assistir a um desafio em que a verdade imperou do princípio ao fim.

Esquecendo a ficção e voltando à realidade: já se sabe quem vai estar na 2ª mão da meia-final da Taça de Portugal?

8 comentários:

J.P. Gonçalves disse...

Estejam descansados.
Com Proença o Benfica nunca venceu o FCP.
Não será pelo árbitro...

Soren disse...

Nao será pelo árbitro diz este artista descansado.
Quando o Porto ganhou 2-3 na Luz, há 2 anos, onde foi vergonhosamente roubado com agressoes de Javi Garcia a Lucho (pontapé na cabeça quando estava caido) e Maxi Pereira a James (Proença termina o jogo no segundo seguinte para nao expulsar o Maxi), com Cardozo a jogar andebol com as duas maos na área, sem penalti, com o segundo golo do Benfica a nascer de uma falta inexistente e um critério ridiculo na amostragem dos amarelos a condicionar a defesa do Porto desde a primeira parte.

Mas, e há sempre um mas nesse pais centralista fascizoide, como o Maicon marcou um golo 30cm fora de jogo, a conclusao foi "Porto favorecido". Ganhou porque jogou 2 vezes mais que o adversario, ainda que prejudicado por Proença.
O Porto foi nesse dia mais uma vez roubado por Proença, como já o havia sido outro ano antes na Luz, e dois anos antes no Dragao com o Sporting e este ano em Alvalade.
Proença protege os dentes enquanto a politica de comunicaçao do FCPorto continua um marasmo. Depois do roubo de Alvalade nem uma palavra sobre a nomeaçao desta ave.
Nao é: "com Proença o Benfica nunca venceu o FCPorto" mas antes: "Apesar de Proença..."

E com todas estas vergonhas consecutivas perpetradas pelo sócio galinaceo dos dentes partidos, do Porto Clube nem um suspiro.

Pedro Matias disse...

exactamente Soren..
acho que este é o tipico caso de uma mentira que é contada tantas vezes que (quase) toda a gente assume como verdade.

nem costumo ligar muito a quem é o arbitro e na minha opiniao o proença até é o melhor arbitro portugues. mas acho esta nomeação caricata.
Sabendo-se que desde esse jogo ele não apita o benfica (é curioso ver que são muito poucos os jogos do benfica com árbitros internacionais) e de há bem pouco tempo o Proença ter dado uma entrevista onde assumiu que prejudicou o benfica nesse jogo e que pode ter sido responsável por o benfica não ganhar esse campeonato (isto num jogo realizado em dezembro ou janeiro).
Em final de carreira, já com a nomeação para o mundial garantida, acredito que vai fazer os possíveis por limpar a imagem junto dos adeptos do seu clube.

Mefistófeles disse...

Vai ser limpinho, limpinho, limpinho.

lee disse...

Totalmente de acordo com o soren. Esse jogo foi escandaloso, espero que hoje a arbitragem seja bem diferente e que obviamente consigamos a passagem para a final. O que iria também deixar o clube do regime afectado psicologicamente para os próximos confrontos connosco

DC disse...

E o 5LB venceu o Porto com os outros árbitros? Quando se ganha ao Porto uma vez de cinco em cinco anos é normal que não se ganhe com muitos árbitros.
Às vezes nem com o João Ferreira conseguiam!

José Lopes disse...

A razao de haver cassetes como esta do Proenca ser a razao de o Benfica nao ganhar ao Porto e o que se passou no classico de 2012 e' a ausencia de uma politica de comunicacao decente por parte do Porto. Preferem ver os outros falar, insinuar e insultar e nada fazer. Permite-se que o Proenca diga o que disse sobre o jogo de 2012 sem haver contraditorio. E' a mais completa negligencia.

J.P. Gonçalves disse...

Era o simples constatar de um facto.
Nunca tinha acontecido, aconteceu hoje.