quarta-feira, 28 de maio de 2014

Relatório 3T 2013/2014 – Otamendi

O Relatório e Contas Consolidado da Futebol Clube do Porto – Futebol, SAD, referente ao 3º trimestre de 2013/2014 (período entre 1 de Julho de 2013 e 31 de Março de 2014), contém informação muito relevante, alguma expectável, outra nem tanto.

É o caso da alienação dos direitos de inscrição desportiva do jogador Otamendi.

Vejamos:

I) em 05/02/2014, a Futebol Clube do Porto - Futebol, SAD informou o mercado sobre a venda dos direitos desportivos do jogador Otamendi.

II) em 28/02/2014, a Futebol Clube do Porto - Futebol, SAD publicou o Relatório e Contas Consolidado do 1º semestre de 2013/2014.

Na página 46 deste relatório, existe um quadro onde consta que, em 31-12-2013, a FC Porto SAD detinha 100% do Passe de Otamendi.

FC Porto SAD - Relatório e Contas Consolidado do 1º Semestre 2013/2014 (fonte: CMVM)

III) em 26/05/2014, a Futebol Clube do Porto - Futebol, SAD publicou o Relatório e Contas Consolidado do 3º trimestre de 2013/2014.

Na página 21 deste relatório, consta o seguinte:

«alienação dos direitos de inscrição desportiva do jogador Otamendi ao Valencia, pelo montante de 12.000.000 de Euros, que gerou uma mais-valia de, aproximadamente, 7.974.000 Euros, após dedução: (i) do efeito da actualização financeira das contas a receber a médio prazo originadas por estas transacções; (ii) da proporção no valor de venda do passe detidos por terceiros (10%); (iii) de custos com serviços de intermediação prestados pela Vela Management Limited; (iv) da anulação de prémios de fidelidade e (v) do valor líquido contabilístico do passe à data da alienação, no montante global de 4.026.000 Euros;»


Ou seja, ao valor recebido, uma das componentes que a FC Porto SAD teve de deduzir foi a referente à “proporção no valor de venda do passe detidos por terceiros (10%)”.

10% do Passe de Otamendi era detido por terceiros?

Então, em 31-12-2013 a FC Porto SAD detinha 100% do Passe de Otamendi e cerca de um mês depois, no dia 05-02-2014, já só era detentora de 90%?

Isso significa que a FC Porto SAD vendeu 10% do passe de Otamendi entre 31-12-2013 e 05-02-2014?

A quem? Por quanto? Onde (relatórios ou comunicados da FC Porto SAD) é que esta informação consta?

Não estou a insinuar que haja algo de ilegal, ou menos licito, na venda do Passe de Otamendi ao Valência, mas entendo que a FC Porto SAD deveria clarificar esta aparente incongruência.

34 comentários:

miguel.ca disse...

Qual é a duvida de que esses 10% foram diluídos entre os bolsos dos Administradores da SAD que ainda têm o displante de nos tentar fazer de parvos?!?

TRSM86 disse...

Tudo porque mesmo que vendam a outra metade do passe ao FC do Porto, os argentinos garantem sempre 10% da mais valia de uma futura venda como ainda 5 % de direitos de formação.

Pode estar aqui a resposta

José Correia disse...

Isso são acusações graves.
O miguel.ca tem provas, ou indícios, para fazer uma acusação dessas?
É que se tem, devia apresentar as provas / indícios no local certo.

TRSM86 disse...

24/08/2010 - O defesa central argentino Nicolás Otamendi vai representar o FC do Porto nas próximas 5 temporadas e diz que agora pode cumprir o sonho de construir uma casa para a sua mãe. O clube portista vai ter de pagar dentro de 60 dias, os 4 milhões de euros por metade do passe do jogador que pertencia ao Velez Sarsfield. O acordo entre os dois clubes foi alcançado ontem e o negócio comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários. A SAD do FC Porto atribui ainda ao clube argentino uma opção de venda dos restantes 50% dos direitos económicos do internacional argentino, por mais quatro milhões de euros, e que pode ser exercida até 5 de Setembro de 2011. Otamendi, de 22 anos, formado nas escolas do Velez Sarsfield, tem oito presenças na selecção argentina e foi uma das apostas do ex-seleccionador Diego Armando Maradona que no Mundial da África do Sul, que o utilizou como defesa-direito. Nicolas Otamendi chega ao FC do Porto para substituir Bruno Alves, transferido para o Zenit, por 22 milhões. Na Argentina, Fernando Raffaini, presidente do Velez, não esconde toda a sua satisfação pelo culminar das negociações com os tetracampeões nacionais: “É uma operação fantástica, com um sistema novo e muito conveniente para o nosso clube”. Tudo porque mesmo que vendam a outra metade do passe ao FC do Porto, os argentinos garantem sempre 10% da mais valia de uma futura venda como ainda 5 % de direitos de formação. Otamendi chega a Portugal com um golo marcado em 54 jogos Recorde-se que o Vélez já tinha vendido Marcos Torsiglieri, o suplente de Otamendi, ao Sporting a troco de 4,5 Milhões de Dólares, tendo o clube de Alvalade pago apenas 1,6 milhões de euros, sendo que o resto foi coberto por um fundo de jogadores.

DC disse...

Estou fartinho do Jorge Mendes. Se é assim que querem que os adeptos voltem ao estádio, voltem a acreditar nesta direcção e nesta equipa, acho que estão um bocadinho enganados.

José Correia disse...

"os argentinos garantem sempre 10% da mais valia de uma futura venda como ainda 5% de direitos de formação"

Admito que a explicação possa ser esta.

Contudo, fui rever os comunicados relacionados com o Otamendi, que a FC Porto SAD enviou à CMVM...

23-08-2010
http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/fsd17979.pdf

06-09-2011
http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/FR35460.pdf

05-02-2014
http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/FR48413.pdf

... e nenhum deles faz referência a esses direitos.

José Correia disse...

Por exemplo, aquando da compra do Passe de João Moutinho, a FC Porto SAD informou o mercado do seguinte:

«Esta aquisição foi realizada pelo montante de 11.000.000 € (onze milhões de euros) sendo que a Sporting SAD fica com o direito a receber 25% da mais valia que se venha a verificar numa futura cedência do jogador da FC Porto SAD para outro Clube, por um valor superior a 11.000.000 € (onze milhões de euros).»
in http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/FR29231.pdf


Se o caso do Otamendi era semelhante ao do Moutinho, por que razão a FC Porto SAD não deu idêntica informação ao mercado?

José Correia disse...

E, já agora, ter direito a 10% da mais valia numa futura cedência é diferente (muito diferente) de ser detentor de 10% do Passe de um jogador.

JB disse...

Se fosse só essa incongruência... Como é possível que os dois acontecimentos mais importantes do FC Porto futebol a nível de gestão - renovação do Fernando e contratação do Quaresma não tenham NENHUMA referência no RC? Nada, népias... é como se não tivesse acontecido...

Alguém me explica?

Carrela disse...

Independentemente de haver ilegalidades ou não o que é facto é que mete nojo tanta comissão... o FCP cada vez recebe menos da potenciação dos seus activos!

Filipe Sousa disse...

Cuidado com essas afirmações. Jorge Mendes é amigo do Presidente, logo criticar um, é criticar o outro...!

meirelesportuense disse...

Estive a fazer umas contitas e se o Clube Argentino tiver direito a 10% sobre as mais valias significa que tem garantidos 400 Mil Euros.
Se tem também direito a 5% de Formação já significa que soma mais 600 Mil aos anteriores 400 Mil o que dá um Milhão certinho para o Velez...O Porto tem 100% do Passe mas tem outros compromissos a cumprir. Recebe 12 Milhões e dá pelo menos 1 Milhão ao Clube Argentino ganhando assim 3 milhões líquidos com esta transacção!

Bruno Miguel da Silva Moutinho Guedes disse...

Boa noite.
Não sou economista e como tal não entendo estes relatórios, o que me preocupa é as pessoas que percebem disto terem dificuldades em perceber a realidade do nosso clube.
A realidade é só uma, estamos em falência óbvia, não existem soluções pois ninguém acredita nesta direcção e dessa forma não existe investimento.
Acho engraçado é o facto de continuarmos a dizer que A ou B devem mais, em
vez de olharmos para dentro de portas.
Andamos anos a dizer que os tais outros, só tinham passado que viviam de glórias antigas, o gozo que isso dava, o nosso futuro será assim pois para além de termos parado no tempo, ficamos arrogantes e começamos a esbanjar dinheiro, para além de atualmente darmos muito dinheiro a ganhar a pseudo empresários.
O grande mal é que para a maioria senão a totalidade só existe um presidente, que ele pode fazer tudo, que pode arruinar o nosso clube pois nós só ganhamos com ele e portanto tem todo o direito de nós últimos anos andar a brincar. Enganam se aqueles que dizem que o FCPORTO é um depois de JNPC. O FCPORTO foi, é e será sempre maior que um ser humano, pois não existe um FCPORTO antes e depois existe sim FCPORTO.
Espero que os sócios se lembrem disso.

DC disse...

Jorge Mendes não é amigo do presidente, é a única escapatória do presidente actualmente para a política que instalou no clube. Hoje em dia o Porto já não vende ninguém por mais de 10M a não ser que seja do Jorge Mendes. O Porto já não faz uma venda milionária a um clube que não tenha a mão do Jorge Mendes há quantos anos?

É um belo negócio para ele, comissões atrás de comissões, dinheiro lavado, etc...

Já o Porto, hoje em dia, não tem poder negocial. Vende como ele quer, quando ele quer. Quando quer vender um jogador como Otamendi, tem que prometer 10% da venda ao Jorge Mendes para que ele arranje mais um clube estaleiro para o levar. O Porto hoje é incapaz de vender um internacional argentino por 15M. Essa infelizmente é a realidade.
Agora, até os últimos dois treinadores são Jorge Mendes. Foi este o ponto a que chegamos. O ponto em que já nem o presidente manda no clube. O ponto em que o presidente, para ter a certeza que consegue vender 2 ou 3 jogadores, tem que aceitar como contrapartida, além das brutais comissões, colocar um treinador inexperiente no banco, só porque é dum certo empresário.

Miguel Magalhães disse...

Que todos, ou pelo menos eu, gostariamos de saber quem eram os "terceiros" a quem foram entretanto vendidos 10% do passe, e por quanto, ou quem é, ou quem detém a Vela Management e quanto lhe foi pago a titulo de serviços de intermediaçao, isso é óbvio! E que, numa altura em que se fala tanto, pelo menos na blogosfera, de comissoes, intermediarios e afins, era bom que estas transaccoes fosse todas explicadas, lá isso era.
Agora, a Porto SAD nao é obrigada a comunicar aos adeptos/socios do clube todas as transaccoes que faz, e muito menos se nao afectam os direitos desportivos relativamente aos jogadores. Sendo cotada, é apenas obrigada a comunicar factos que sejam susceptiveis de poderem alterar o valor da sociedade, logo a sua cotacao, o que nao me parece que pudesse acontecer com a venda de 10% do passe do Otamendi. No entanto, se a CMVM assim nao o entender, devera pedir esclarecimentos à SAD e, se os mesmos nao forem satisfatorios, devera aplicar uma multa.

el pablo disse...

'O Porto já não faz uma venda milionária a um clube que não tenha a mão do Jorge Mendes há quantos anos?'

Hulk?

Fernando B. disse...

Está na altura de numa entrevista ao " Jogo", a SAD explicar aos sócios e acionistas:
- Quem são os empresários dos atletas do FCP
- Que percentagem o Clube detem de cada, e quais os compromissos com futuras transações ( fala-se por exemplo que o Onofrio ganhará sempre 10% da venda do Mangala)
- Como foram feitos os negócios para Itália de Iturbe, Guarin e Rolando.
- Que fazem na realidade o filho Alexandre e o genro Filipe no Clube.
- Quais as viaturas ao dispor da SAD e dos seus Administradores.
- Uma explicação para Adultos, do porquê da saída de Angelino Ferreira.

Com estes pontos esclarecidos, talvez fosse possivel que blogues, comentadores e outros, discutissem com realismo o Clube que amam!

miguel.ca disse...

José Correia, se já é pouco habitual a necessissade de apresentação de provas quando se discute futebol na comunicação social nacional, não percebo por que raio haveria eu de me preocupar em perder o meu precioso tempo a brincar aos jornalistas de investigação para soltar o que me vai na alma num blog Portista.
Sinceramente, acho que os sinais são demasiadamente evidentes a qualquer leigo de que há muito tempo que o objectivo das nossas intervenções no mercado deixou de ser o efectivo reforço da equipa de futebol.
Depois de Gelsenkirchen, o FCPorto bateu todos os recordes possiveis em vendas de jogadores e acho que esse foi o momento da viragem, em que se achou que se tinha atingido o topo do mundo, que a obra estava feita e havia agora fortunas a ganhar nesta nova forma de estar no futebol. Passamos a ser um mero entreposto de mercadoria vinda da America do Sul com destino aos grandes mercados Europeus.
O reforço efectivo da equipa passou para segundo plano já que o que se procura agora sao jogadores que garantam futuros negócios chorudos em vez de jogadores que garantam a qualidade da equipa. Por isso é que tivemos no plantel desta época 5 guarda-redes, 6 defesas centrais e uma unica alternativa a Danilo, Alex Sandro, Fernando e Varela!
O Hulk, o Lucho(marselha), o Falcão e o João Moutinho foram literalmente chutados pela porta fora contra a sua própria vontade em prol desta necessidade demente de facturar milhões atras de milhões para cobrir buracos que nenhum de nós sequer imagina e o José Correia quer provas??? Mais ainda?

João Mateus disse...

Isso de tentar justificar tudo o que se faz no Porto, tem limite.
Se alguém tinha 10% do passe, tinha que estar nos R&Cs. Já aconteceu várias vezes, de 5 ou 10% do passe desaparecer de um momento para outro. Lembro-me por exemplo de Hulk. E nunca é justificado. E quando o jogador sai por dezenas de milhões, essa pequena percentagem vale uns 3 ou 4 milhões.

João Mateus disse...

Oh DC, uma coisa é comissão. Outra é ser detentor de 10% do passe.
Se o Mendes vende o jogador e faz 10%, ele ganha uma comissão. O que o R&C diz é que alguém tinha 10% do passe… algo que nunca tinha sido declarado.

João Mateus disse...

Se… se… se… tudo para justificar o injustificável.
O Velez vendeu 100%. Foi isso que foi declarado.

João Mateus disse...

Há muito que se vê negociatas estranhas. Acusamos os outros mas quando elas acontecem no nosso quintal, falamos um pouco mas depois calamos.
Que alguém tenha tomates de pedir informações sobre os valores das comissões das transferências (compra e/ou venda) de Hulk, Falcão, Otamendi, Danilo, etc…

João Mateus disse...

E outro… a quem foram vendidos os 15% do Iturbe?

DC disse...

"Hulk"

A sério? AVB, Neto, Bruno Alves, Hulk, Witsel e Danny não lhe chegam para perceber a influência do Jorge Mendes por lá?

"algo que nunca tinha sido declarado"

Pois, e curiosamente os 10% desaparecem logo antes dele ser vendido "à pressa" para um clube dum milionário amigo do Jorge Mendes. Coincidência certamente.

Daniel disse...

E o reyes foi outro, custou 7M, mais 2M de comissões, e um mês depois venderam-se 50% por 3.5M.

el pablo disse...

'A sério? AVB, Neto, Bruno Alves, Hulk, Witsel e Danny não lhe chegam para perceber a influência do Jorge Mendes por lá?'

Isso não quer dizer que ele tenha feito parte da negociação. O empresário do Hulk era o Teodoro Fonseca.

Mas mesmo que tenha havido dedo do Jorge Mendes, você acha que o Porto deve recusar vender para o At. Madrid, para o Real Madrid, para o Zenit, para o Valência e para todos os clubes com os quais o Jorge Mendes tenha negócios? É isso que está a dizer?

É que a influência do Jorge Mendes vai muito para além do Porto, quer gostemos, quer não. Veja por exemplo quantos jogadores o Benfica coloca através do Jorge Mendes.

Tone da Eira disse...

Caros: Ainda sobre a transparência ou falta dela um pouco de pesquisa na net sobre entidades/fundos e pessoas envolvidas com FCP SAD. Do RELATÓRIO E CONTAS CONSOLIDADO 1º SEMESTRE 2013/2014 - No período de seis meses findo em 31 de Dezembro de 2013, os serviços de intermediação foram prestados pelas entidades C.B.Nafricatalentssport, Lda., Edenresults, Pearl Design Holding Limited, SportConsult, Danubio Finanzierungsleistungen Und Marketing GMBH e pelos agentes Ricardo Calleri e António Teixeira.
No período de seis meses findo em 31 de Dezembro de 2012, os serviços de intermediação foram prestados pelas entidades Northfields Sports BV, Grupo Comercializador Conclave S.A. e pelo agente Giancarlo Uda.
----
PUBLICO 2012 – refere António Fernando Maia Moreira de Sá dirigente do Porto = Mamers e Mario Queiroz = Pearl Design Limited
http://www.publico.pt/noticia/dinheiro-que-alimenta-o-futebol-portugues-perdese-numa-rede-de-fundos-1535472
---
CBNAFRICATALENTSSPORT_UNIPESSOAL – firma portuguesa
http://www.hoovers.com/company-information/cs/company-profile.CBNAFRICATALENTSSPORT_UNIPESSOAL_LDA.6e1771475ada5e88.html
---
Noticia desmentida no que respeita à UEFA mas contém informação por exemplo sobre Mario Queiroz (the only listed shareholder of Pearl Design)
http://www.bloomberg.com/news/2012-01-31/european-soccer-ruling-body-asks-u-k-to-probe-funding-of-porto-purchases.html
---
Sportconsult – página web informativa, Áustria - provávelmente envolvida no Janko
http://www.sportconsult.at/
---
Danubio Finanzierungsleistungen und Marketing GmbH – sem info - Áustria - provávelmente envolvida no Janko
---
Edenresults – nada relevante na net (restaurantes?)
---
Northfields Sports BV – Holanda - nada relevante na net
---
Grupo Comercializador Conclave – México. Provávelmente Reyes e/ou Herrera (http://portaltransparencia.gob.mx/pot/contrataciones/consultarContrato.do?method=consultaContrato&id.idContrato=4500015428&_idDependencia=09120 – fornecedor de banquete ?)
-----------
Ainda sobre James Rodriguez - Gol Football Luxembourg - The scorpion dance –
http://www.footballwriters.co.uk/features/inside-the-secret-world-of-david-moyes/

Nuno Queiroz disse...

Epá! Toda a gente a dizer mal mas quando são as Assembleias Gerais nunca aparecem. E se calhar nem votar vão. Ainda por cima, quantos destes pseudo-entendidos que aqui escrevem percebem o mínimo de economia e gestão. E tudo sobre a capa de um anonimato só para dizer mal.
Haja paciência.

P.S. Não, não acho que esteja tudo bem e também eu entendo que as contas do Porto não são as mais saudáveis. Daí a pôr tudo em causa só porque este foi um ano mau.

DC disse...

Não disse que o Porto deve recusar. Disse que o Porto não consegue, actualmente, fazer mais que isso. A partir do Bruno Alves, todas as vendas milionárias do Porto foram encomendadas ao Jorge Mendes. Longe vão os tempos em que o Porto vendia bem. Hoje, quem vende bem é o Jorge Mendes.
E o Porto que antes recebia muitos milhões, agora recebe metade do valor de venda porque o resto é diluido em comissões para o Jorge Mendes, para o jogador, etc,..

E mesmo assim questiono se realmente ganhamos dinheiro com esta parceria com o Jorge Mendes. Retirando os valores astronómicos de comissões, se calhar mais valia vender um jogador por 15M sem Jorge Mendes do que por 25M com ele. Quem de certeza só ganha sempre é ele. É comissões para comprar, comissões para vender, comissões para renovar, enfim, uma maravilha.

Sacaio disse...

Esta notícia é música nos ouvidos do advogado de defesa do MST no famoso "processo Ghilas" do milhão!!!! São tantos casos destes de "desvio de fundos" que qualquer juiz diz que é normal fazerem-se esse tipo de especulações... Já agora, o juiz podir perguntar afinal o que é feito desse dinheiro que desaparece misteriosamente!!!

Luís Vieira disse...

Compreendo alguma da argumentação e também não me agrada que o Porto fique refém de um agente. No entanto, não me parece que o Jorge Mendes tenha assim tanto poder no clube. O único jogador do Porto agenciado pela Gestifute é o Quaresma. Há entidades representantes mais significativas no plantel: ProSoccer24, BBC Management GMBH, Onsoccer, etc. Mais do que no Jorge Mendes, o problema está na incapacidade negocial da SAD, de uma maneira geral, com os fundos/agentes que presentemente ditam leis, sem que o clube consiga contraditar. O Jorge Mendes é mais um, no seio de tantos abutres, que querem o melhor para si, por isso não vejo necessidade de individualizar/diabolizar. Quem está mal é a Direcção que tem de encontrar um meio de se impor nesta selvajaria de transacções.

DC disse...

Ainda hoje no "ojogo" o Mangala fala do Jorge Mendes, confirmando que é ele que está a tratar da transferência.
O Jorge Mendes tem muita empresa sobre a alçada dele que não refere o nome dele explicitamente. Pode ter a certeza absoluta que Mangala, Fernando e Jackson vão ter o dedo dele na saída.

Luís Vieira disse...

Sim, no que respeita ao Mangala aproveito para rectificar a informação transmitida anteriormente porque o Jorge Mendes durante esta época passou a representá-lo (acresce ao Quaresma). Baseei-me numa informação desactualizada que dava Michael Becker como seu representante. O Fernando é agenciado pela Onsoccer (do empresário António Araújo) e o Jackson pela ProSoccer 24, entidades supostamente independentes do Jorge Mendes. A não ser que este tenha poder de influenciar os restantes agentes (por provar), não vejo como possa ser o "bicho-papão" que "manda" no Porto.

DC disse...

Muito, muito antes do Quaresma assinar pelo Porto, quando saía na comunicação social que o Porto tinha deixado de ter jogadores do JM no plantel, eu ia ao Dragão e ouvia "este jogo é patrocinado pela Gestifute". Um pouco estranho para quem teoricamente não tinha lá jogadores.

Já esse Teodoro Fonseca, pelo que sei é um dos "rostos" do Juan Figger que tem ligações ao JM.

Sei do caso do Varane que teoricamente não é JM mas o representante dele é sócio do JM.

Quanto ao Jackson, veja por exemplo esta notícia:
http://www.dn.pt/desporto/porto/interior.aspx?content_id=3359763

A "teia" do JM é muito, muito extensa.