terça-feira, 6 de maio de 2014

Viciado no alto risco

Está desfeito o suspense sobre o próximo treinador do FCP, Lopetegui de seu nome.

Confesso que me sinto claramente desiludido. Defendia neste momento a contratação de um estrangeiro, mas a de um estrangeiro com um CV que metesse respeito - e que metesse respeito a nível de clubes, não treinando putos em seleções. Penso que o FCP precisava de um «general», com forte experiência acumulada e que metesse muito respeitinho aos jogadores. Um Bobby Robson ou Tomislav Ivic versão 2014, digamos. E digo estrangeiro porque em Portugal treinadores com esse CV, não há (o meu preferido no país seria Leonardo Jardim, cuja cláusula de rescisão certamente não seria um obstáculo).

Ora a nível de clubes, o CV de Lopetegui consegue ser ainda mais modesto do que o de Couceiro quando foi contratado pelo FCP (quanto mais o de um P. Fonseca ou Del Neri), nunca tendo sequer treinado um clube de 1a divisão (e tendo sido despedido do Rayo Vallecano na sua experiência mais elevada a nível de clubes, na 2a divisão espanhola, quando o clube ia a caminho de descer de divisão). Mais: aos 47 anos não se pode dizer que estamos na presença de um talento em início de carreira que tenha passado despercebido aos clubes, ao contrário por exemplo de um AVB quando o FCP o foi buscar.

É verdade que por outro lado tem as vitórias no campeonato da Europa ao serviço das seleções jovens espanholas, o que não é de somenos. No entanto, e muito mais do que constatar que essas seleções eram claras favoritas em função do enorme talento de que disfrutavam (o que não ajuda a esclarecer a valia de Lopetegui), constato que treinar seleções - e para mais de putos - é muito diferente de treinar um clube. O contexto é muito diferente: há jogadores a vender e a comprar, há jogadores a gerir psicologicamente porque «querem dar o salto», há acima de tudo um trabalho que é diário e ao longo de meses a fio - um trabalho muito mais aprofundado a nível táctico, técnico e de planeamento. Não será por acaso que treinadores com um trabalho interessante a nível de seleção mostraram ser «flops» a nível de clubes, como Queiroz, Nelo Vingada ou até Scolari.

Pessoalmente acho que é, portanto, uma «jogada» de elevadíssimo risco, mesmo que o homem tenha alguns pontos a seu favor. É mais ou menos equivalente a ter contratado Carlos Queiroz em 1994, i.e. após se ter sagrado campeão do mundo (ou nem isso: Queiroz foi campeão do mundo, não da Europa, e Portugal não era à partida claro favorito à vitória; finalmente, esse ao menos já conhecia bem o futebol português).

Pinto da Costa gosta de jogadas de alto risco (que já lhe correram tanto muito bem como muito mal no passado), mas sinceramente acho que isso era a última coisa de que precisávamos no contexto actual, que é provavelmente o mais complicado dos últimos 30 anos.

A ver vamos, e quem me dera que Lopetegui demonstre que o meu cepticismo com esta escolha afinal não tinha razão de ser. Como sempre, terá certamente o meu apoio e benefício da dúvida durante um período de tempo considerável (P. Fonseca teve-o até Novembro). Zorte ona*, Lopetegui!

* 'Boa sorte' em basco

PS - curioso que o empresário de Lopetegui seja o mesmo de Paulo Fonseca. Coincidências, certamente.
PPS - perdoem-me a brincadeira, mas não consigo resistir: vendo as coisas pela positiva, se a experiência não correr bem como treinador, temos a possibilidade da Porto Canal ganhar um comentador profissional :-)

71 comentários:

P. Cardoso disse...

o benfica paga 4 M€ ano ao treinador, sendo um 10-20 mais bem pagos da europa, e nós continuamos sem ter um unico treinador que ganhe algo remotamente aproximado do que ganham os melhores... por 4 M€ vilas boas nao teria preferido vir pra aqui em vez de ganhar um pouco mais no zenit?

por um valor inferior ( nao sei quanto, mas ao nivel do salario de um jogador de alto nivel do fcp), bielsa nao seria melhor opção?

De todas as escolhas feitas nos ultimos 10-15 anos, esta é para mim, sem dúvida, a pior. mesmo del neri, otavio, luis fernandez, couceiro, paulo fonseca, à partida, tinham melhores credenciais/crença/hipotese de sucesso que este. Um espanhol a treinar em portugal, com recursos mais limitados que o rival, não vai dar certo de certeza. Preferia um marco silva, um domingos, um nuno espirito santo, um jorge costa, outra qualquer aposta de risco com conhecimento de Portugal, ou um fernando santos, jesualdo, buscar o jardim ao sporting, nem que fosse só para mandar a machada, do que um estrangeiro desconhecido.

Delindro disse...

É Lopetegui agenciado por Jorge Mendes?

Pueertô disse...

Vamos ver amigos..
Certamente todos desejamos que saia bem a aposta.
não conheço o Lopes, por isso não posso opinar muito.
Opção de risco, sem dúvida.
De positivo, termos tido una escolha rápida, e limpa. Sem especulações.
Havia tempo para escolher, e a aposta foi rápida, e inequívoca.

O que é sempre uma boa maneira de apostar.
Boa sorte, Lopes!!

meirelesportuense disse...

Foi uma escolha dentro do habitual perfil do técnico ainda jovem, ambicioso, com carácter e imagem enérgica, coisa que no caso do Paulo Fonseca se foi esvaindo lenta mas seguramente...E sendo Estrangeiro tem a enorme vantagem de não poder ser rotulado com nenhum dos nossos adversários mais directos.Pode até cometer erros gramaticais do género da "faca de dois legumes" que ninguém lhe leva a mal...
E tem currículo, dois Campeonatos da Europa sempre é melhor que duas finais Europeias sabendo-se que uma delas já se foi...Mas isto é claro que não tem nenhum conteúdo se os resultados não demonstrarem eficácia...Tem também no currículo passagens pelo Real e Barcelona coisa que não pode ser considerada de somenos importância.Talvez ter sido jogador mediano no Belenenses seja melhor currículo...

Costa disse...

Há gajos que não aprendem nada com a história...

Não ouviste dizer hoje que nós, os portistas, perdemos de vez em quando ?!

É perdemos e não ganhamos !
De vez em quando.

Com tanta sapiência já não temos que nos preocupar com a sucessão do JNPC.

Luís Pires disse...

Concordo com o artigo, Lope quê?

Luís Pires disse...

Villas Boas? Sim, talvez cá venha receber um Dragão de Ouro, desta vez por ter levado o treinador de guarda-redes ;)

José Rodrigues disse...

Sim.

Paulo Moreira disse...

Bom, não é o treinador que estava à espera, julgo que o momento que o clube atravessa não é muito dado a experiências, mas já sabemos o que a casa gasta, e a verdade seja dita com bons resultados, tirando o flop PF. Resta esperar que tenha sido uma escolha criteriosa do PC (e não uma negociata do Jorge Mendes) que esteja inserida num projecto, a médio prazo, vocacionado para valorizar a formação do clube. Se o treinador é talvez o cerne da próxima época, a forma como o Porto vai utilizar as receitas que vai ter com, as mais que previsíveis, vendas de final de época » 90 M€ (por baixo: Jackson 30, Mangala 25, Fernando 15, Iturbe 15, Rolando 4, Castro 1, ...) é um aspecto também a ter seriamente em conta. Tirando cerca de metade desta verba para equilibrar as contas, quer da época que acabou quer da próxima época, a SAD fica ainda com um orçamento substancial para investir no reforço do plantel. A capacidade do treinador influenciar as decisões de compra e a forma como esse orçamento vai ser gerido de forma colmatar as evidentes carências que o plantel tem, quer em quantidade quer em qualidade, podem ter também um papel decisivo nos resultados da próxima época. Não podemos continuar arriscar tiros no escuro (Quintero, C Eduardo, Josué, Licá, etc...) ou projectos de jogadores (Herrera, Reyes, ) para substituir jogadores da categoria do J. Moutinho, J. Rodrigues, Fernando, Mangala, J. Martinez. E já agora, toca a promover alguns jogadores da B, pelo menos os dois laterais (para suplentes do Danilo e do Alex), o To Zé, o Gonçalo, o Kayembe.
Vamos esperar para ver o que dá este Lopetegui.

Daniel disse...

Escolha rápida? Desde dezembro que se sabia que o PF não ia ficar...

Escolha limpa? Quem esperou tanto tempo não podia esperar mais uma semana para o castro acabar o campeonato?

Isto pode até dar certo, mas não faz qualquer sentido!

António Martins disse...

Bem metida Costa, estes adeptos são piores que os adeptos dos adversários, haja paciência, a liberdade de expressão nem sempre é positiva.

António Martins disse...

O nosso novo treinador tem queda para as palestras. https://www.youtube.com/watch?v=xlQXfHIqB8c

Joao Goncalves disse...

só quero dizer que gostei do jovem ^^

DragaoMinho disse...

Jorge jesus ganha 4 milhões ano e isso é exemplo para algum clube em Portugal?
Quantos milhoes custou Jorge Jesus durante 5 anos? Para ganhar o que?
Taças da liga e 2 campeonatos?
Por muito menos dinheiro ja ganhamos mais!
E ainda andam nos meios de comunicaçao a dizer que o FCP ta falido!
Dá vontade de rir!

Miguel Ângelo VR disse...

Também fiquei um pouco desiludido, mas até pode ser que nos surpreenda (espero que sim). Vamos ver o que irá acontecer...

Pedro ramos disse...

Confesso que desiludido é pouco para aquilo que sinto.
Este tipo de treinador nao se enquadra no perfil que defendo para o clube, muito menos para a próxima época.

Com toda a consideraçao para com Lopetegui, e desejando-lhe a melhor sorte, esta contrataçao parece-me um perfeito disparate. Ir buscar alguém de fora cuja única experiencia é treinar jovens (sim porque 2 meses num clube da 2º divisao espanhola nao é experiencia nenhuma) ... Se fosse para substituir LC, aí estaria de acordo, até porque penso que a formaçao no clube nao está bem e precisa de novos conceitos, mas para substituir PF...

Nao estou a tentar adivinhar como vai ser Lopetegui como treinador porque nao tenho conhecimento suficiente para fazer qualquer previsao, o que critico é o critério na procura de um novo treinador, que está ao nivel de um Gil Vicente ou Paços de Ferreira.

PS. Já agora nao podemos comparar com Queiróz em 94 pois se nao estou em erro já tinha passado pela selecçao principal quando nesse ano foi para o Sporting. Seria mais como se Rui Jorge por ser campeao europeu de Sub 21 fosse contratado por um PSG, um Marselha, um Olympiacos ou um Galatasaray.

Alexandre Burmester disse...

Até pode ser que, como todos obviamente desejamos, esta escolha venha a ser bem sucedida, mas acreditar nisso agora é um puro acto de fé, sendo a fé a crença em algo que se não vê.

A minha preferência coincidia com a do José Rodrigues - um estrangeiro com currículo e que impusesse respeito, mas há muito que Pinto da Costa não opta por essa via.

Acresce que, ao contrário da crença popular, o currículo de Pinto da Costa na escolha de treinadores, sendo bem razoável, está longe de ser óptimo. Em 19 escolhas (se não erro nas contas e sem contar com esta) falhou 7 vezes (1).

E chega a ser deprimente que, à falta de melhor, se valorize o currículo de Lopetegui trazendo à liça o facto de ele ter sido guarda-redes suplente do Real Madrid e do Barcelona.

Enfim, reitero que espero estar redondamente enganado nas minhas (baixas) expectativas.


(1) Os 7 falhanços foram, por ordem cronológica: Quinito, Ivic (da segunda vez), Octávio, del Neri, Fernandez, Couceiro e Fonseca. E F. Santos andou lá perto.

Manuel Lopes Rocha disse...

É interessante ver as reacções dos adeptos portistas: não conhecem este treinador e, por isso, é logo mau. Mas, para grande parte dos portistas, um treinador do género do Marco Silva, Nuno Espírito Santo, Domingos ou Leonardo Jardim já era aceitável. Mas afinal o que é que estes já fizeram de extraordinário?

Quanto ao novo treinador, e apesar de concordar que merecíamos um treinador estrangeiro com um CV de grande nível, não creio que se deva menosprezar a aposta em Lopetegui. Dizer que a selecção é favorita e, logo, o trabalho é mais fácil não é propriamente verdade: o favoritismo não ganha jogos, assim como o talento individual dos jogadores, especialmente quando são jovens de 18/19 anos.

Acima de tudo, não devemos entrar em pânico com esta escolha. Está feito, é o nosso treinador. Lamento que os adeptos do Porto apoiem ou deixam de apoiar apenas por lhes parecer que um técnico é bom ou mau: veja-se o que aconteceu o ano passado com a euforia da pré-época com o PF e o que veio depois. Assim, cumpre-nos apoiar o novo treinador com serenidade e esperar que nos leve a muitas conquistas!

Nuno Fonseca disse...

Coisas que gostei:

Parece que já estava tudo acertado há semanas e ninguém sequer desconfiou. Quando se descobre é imediatamente apresentado.

Tem um currículo superior ao anteriormente escolhido. E o anteriormente escolhido toda a gente assinou por baixo que era boa opção no início da temporada.

Coisas que não gostei:
PdC dizer que lhe ofereceram grande nomes, que íamos ficar surpreendidos com os nomes que lhe foram oferecidos (seja lá o que queira dizer). Se houve essa oportunidade de ter um grande nome, então porque não se contratou? Sabe melhor contratar uma surpresa e aposta no escuro?

PS: O Júlio é partir deste momento e até provar o contrário obviamente o melhor treinador do mundo:)

Delindro disse...

Quando ouvi o presidente não pensei que fosse o Mendes. Mas agora reflectindo melhor tinha que ser alguém com boa relação.

DC disse...

Quantos milhões deram os jogadores que ele potenciou? Quantos milhões ganharam com 2 finais da liga europa? Quantos milhões perdemos em desvalorização de jogadores e perda de assistências com PF? 4M é muito? e 12M pelo Otamendi? e 30M pelo Rodrigo?

meirelesportuense disse...

Repararam que no Museu da Champions que vai estar em acção em Lisboa durante 3 semanas faz ao FCPorto seu vencedor por duas vezes, tantas quantas o SLB conseguiu, muito poucas referências?...É isto que Fernando Gomes -presidente da FPF e ex-Presidente da Liga e ex-Administrador do FCP- elogia...Perfeito!

meirelesportuense disse...

Jovem, dentro dos parâmetros habituais dos técnicos de futebol em Portugal...E muito mais dentro dos meus próprios parâmetros pessoais.Mas parece-me ser admissível a definição de jovem dada por mim a Lopetegui...

meirelesportuense disse...

A idade dele está no patamar da de Vitor Baia ou Rui Barros...

v.a.s.c.o. disse...

Malta do Reflexão,

Comecei há um mês um blog Portista chamado Blue Overlap. Como fazem parte dos nossos blogues azuis favoritos, queria saber se nos podem anexar à Bluegosfera e claro se podem ir lá dar uma espreitadela!

Abraço

http://blueoverlap.blogspot.pt/

meirelesportuense disse...

A única coisa que me irritou foi a insistência em ironizar com as perguntas dos jornalistas...Isso cria "borbulhas" e depois muitas vezes paga-se caro. Deve-se enveredar por um perfil mais austero. A respostas estúpidas deve-se responder com benevolência e inteligência...

Pyrokokus disse...

Não estou muito optimista, mas também não estava com o AVB e correu bem.
Desejo-lhe boa sorte e muitos títulos.

Costa disse...

Sim, foram 30M€ pelo Rodrigo, como já haviam sido 8M€ pelo Roberto.

Joao Goncalves disse...

Meireles 47 anos não é jovem... até se pode sentir jovem, mas não é jovem.

47 anos significa, que se ele estiver ligado ao futebol deste os 7 anos, são 40 anos de futebol e isso de jovem tem muito pouco.

Se estivessem a falar de 32 anos tipo AVB ou coisa assim, era jovem, agora 47 anos, são mais 15 anos de experiência em cima e se é jovem na carreira aos 47 anos, estão é um tiro mais arriscado do que o próprio José afirma no texto.

Joao Goncalves disse...

Em relação ao novo treinador é mesmo abrir o Melão e esperar.

É estrangeiro mas não tem curruculum.

Tem uma coisa positiva... não se fixou ao Tiki-Taka e mudou o estilo e táctica da sua equipa quando teve que o fazer tendo em conta as características do seus jogadores o que demonstra "jogo de cintura", coisa que o PF nunca teve.

Tem uma coisa muito negativa... no Rayo acabou despedido, na sua única experiência competitiva em clubes, deixando este nos lugares de despromoção o que pode não indiciar nada ou pode indiciar muita coisa.

A parte de ter vindo de uma selecção de jovens e por isso ir potenciar os nossos talentos mais novos é pura ilusão... Jesualdo Ferreira também vinha com esse passado e aproveitou zero! Luis Castro veio dos B e nem assim apostou em algum deles quando a equipa já não respondia, fosse por incapacidade física, mental ou falta de qualidade.

Portanto é esperar para ver, mas tem uma coisa que gosto imenso... O treinador foi contratado atempadamente, para preparar a próxima época, e ao contrário do que aconteceu com o PF, não temos ninguém contratado para a época seguinte o que pode indiciar que o treinador vai dar o seu aval ou não, aos nomes que deverão andar na mesa e isso seria muitíssimo importante.

littbarski disse...

Kelvin, 20 anos;
Quintero, 20 anos;
Ricardo, 20 anos;
Reyes, 21 anos;
Danilo, 22 anos;
Alex Sandro, 23 anos;
Josué, 23 anos;
Herrera, 24 anos;
Carlos Eduardo, 24 anos;
Ghilas, 24 anos.

Espanha Sub-19, Espanha Sub-20, Espanha Sub-21, Porto Sub-24.

DC disse...

Foi essa a única coisa que retirou do meu comentário?
Rodrigo, Matic, Di Maria, David Luiz, Coentrão, Javi Garcia, André Gomes, etc...
Escolha o que quiser homem. São tudo milhões da treta?

Tone da Eira disse...

Mas matéria prima disponível
Jogadores de Espanha: Real Madrid, Barcelona, Valência, Sevilha, Atleti,, etc.
Jogadores do Porto: Pacucha (?), Guimaraes. Estoril, Moreirense, Paços (Quintero e Brasileiros têm mais CV)

Ricardo disse...

Tenho que dizer que dada a situação actual, o que mais gostei foi da rapidez de actuação.

O Porto precisa de um bom técnico, mas mais importante que isso precisa de alguém que prepare uma época com tempo. Para mim, o que correu mal o ano passado foi logo o tempo que se demorou a escolher treinador (novela de outros clubes, não do Porto).

Este tem tempo para preparar a época e o plantel, o que para mim compensa eventual falta de experiência em treino de clubes.

Estou confiante, vamos Porto!

Keyser Söze disse...

Não me parece que se trate do apoiar ou deixar de apoiar quer o clube quer o técnico. Pelo que li acima, mesmo quem discorda da escolha manifesta vontade em ver a mesma correr bem.
Trata-se de reflectir sobre essa escolha, partilhar vontades ou até ilusões, que me parece ser o objectivo deste blogue e da caixa de comentários aberta.

littbarski disse...

Não é uma selecção de luxo, mas é uma base para começar a trabalhar. Eu sei que não chega, até porque provavelmente vamos perder Fernando, Mangala e/ou Jackson. O Porto terá de contratar e contratar bem. Mas também deve aproveitar a qualidade e o potencial que já tem no plantel.

Carlos Jorge disse...

Boa tarde a todos.

Está escolhido o treinador e tal como havia previsto é estrangeiro. Podemos gostar mais ou menos da escolha, concordar mais ou menos com a decisão, mas será LOPETEGUI a comandar as tropas. Da minha parte terá total apoio e carta branca, e assim espero que do clube também.

Registei uma conferência de imprensa/apresentação tranquila, de um homem que me pareceu focado na tarefa que o espera. Aguardamos o seu sucesso.

Quanto ao nosso presidente, esteve igual e si próprio, dizendo o que se impunha naquela situação. Se ele dá um voto de confiança a toda a estrutura... vamos apoiar e acreditar que a limpeza será feita.

Saudações Portistas

José Rodrigues disse...

Repito q trabalhar com uma seleccao e' muito diferente de trabalhar num clube, em imensas coisas (e as principais ja' mencionei no artigo). Ainda por cima, estou certo q os jogadores espanhois q treinou na seleccao tiveram a sua grande evolucao no trabalho diario e continuo nos seus clubes, e nao ao servico da selecao (mesmo q isso tenho ajudado).

Acho portanto q concluir q o gajo vai potencializar os nossos jovens so' porque foi campeao europeu numa seleccao de jovens e' uma conclusao precipitada e superficial.

bruno cláudio disse...

um tipo que conhece o futebol de base da seleçao espanhola, passou pelo real madrid e barcelona, terá bons contactos no futebol e debaixo de olho boas jovens promessas espanholas e mais.
tem caracter, personalidade e discurso.
por mim 5 estrelas!
que outras opçoes havia no mercado?

dá vontade de rir quando leio marcos paulos, jorges costas, pedro emanuel, nuno espirito santo, fernando santos, falta o cajuda? tenham paciencia!
o bielsa? vaya hombre. um louco que nao aguenta mais de uma temporada em lado nenhum?

um bom treinador de creditos firmados nao está disponivel, para começar, (a nao ser que despeçam o mourinho como soa em inglaterra) e vai custar muito dinheiro que nao há, porque se houvesse nao tinhamos deixado sair o lucho em janeiro..

treinador já temos, falta um bom guarda redes (já me contentava com um mediano), correr com a brasucada do plantel, belgas e mexicanos e meter sangue novo com vontade de correr e lutar.
que regresse rolando, castro e iturbe, que se contrate o manuel fernandes, tello e um bom avançado.

acho que vamos ter boas e agradaveis surpresas no proximo arranque de temporada.


DC disse...

Depois de ler as análises ao blog dele fiquei muito bem impressionado. As ideias estão lá, resta saber se tem competência a operacionalizá-las.
Agora, pelo que diz, dificilmente veremos, como vimos com PF, o Porto a recuar linhas contra equipas medianas para segurar resultados, os jogadores distanciados uns dos outros, etc. Ele afirmar querer dominar, querer ter a bola.
E veremos também se lhe dão jogadores para isso. Uma investida no mercado espanhol, para mim, seria óptima. É a melhor escola de futebol do mundo actualmente, a enorme distância.

littbarski disse...

Certo, mas dá, pelo menos, a Lopetegui a experiência de ter trabalhado com jovens, de ter acompanhado (e contribuído para) a evolução deles. E este conhecimento pode ser útil num plantel com muita gente jovem. Claro que não é garantia de que os vá valorizar (ou sequer utilizar...), nem eu disse isso. Mas é uma mais-valia.

DragaoMinho disse...

DC discussão fútil sobre milhões porque se analisarmos ao pormenor os jogadores que mencionou por acaso não ganham salario? E quantos barretes levou o jorge jesus? Também posso mencionar jogadores do porto vendidos a milhões e garanto lhe que os nossos treinadores não ganhavam 4milhoes ano!
O slb é exemplo de mega gestão ruinosa de sobre endividamento á banca e de um passivo cada vez maior e eu não acho isso exemplo para o nosso Porto!
Mas a questão aqui é o treinador e ganhar o que ele ganha no nosso pais é de loucos para ganhar o quê, dois campeonatos e possivelmente uma competição europeia em 5 anos?? Se nós no porto com menos já ganhamos uefas e liga dos campeões com muito menos. mas muito menos garanto lhe!

António Arroio disse...

Boa tarde caro Lopetegui!
Seja muito bem vindo a este maravilhoso Clube e a esta maravilhosa cidade que tão bem sabe receber!
Fico muito satisfeito por saber que afinal não aterrou de um qualquer planeta desconhecido e de outra galáxia.
Afinal vem do Futebol e talvez do melhor e com mais raça que se pratica neste nosso belo planeta.
Ainda bem que já visitou o nosso Museu.
Assim para alem de ter sido escolhido( em silêncio) pelo PRESIDENTE COM MAIS TÍTULOS A NÍVEL MUNDIAL( desculpe estar a gritar mas temos alguns surdos e todos precisam de ser informados) também viu com os seus próprios olhos aquilo que esperamos de si.
Com calma e serenidade,mas com muito trabalho, competência,firmeza e amor,para construir uma verdadeira equipa à imagem deste grandioso FCP.
Vai gostar da nossa cidade e das suas gentes e quando terminar a sua tarefa vai recordar o FCP como o melhor clube do mundo.
Eu e todos os que amam o Dragão gostaria-mos de o recordar com saudades e de o ter no nosso Museu em lugar de destaque.
Acho que o Lopetegui tem todas as condições para conquistar essas honrarias.
Conte connosco que também nascemos para vencer.
Tenha muita saúde e seja muito feliz entre nós.

Luís Vieira disse...

Permito-me discordar. É jovem na carreira de treinador (que é o que mais importa para o caso), na medida em que, entre interrupções e hiatos competitivos, esteve apenas 7 anos à frente de equipas. Com, pelo menos, 20 anos pela frente para treinar, a juventude é evidente.

Luís Vieira disse...

Excluindo o Moutinho e o Jackson (forçando a nota neste caso), o James, o Fernando e o Mangala eram projectos de jogadores quando chegaram ao Porto, não rendendo no imediato, com os resultados conhecidos. Por isso aguardemos pela evolução do Quintero, do Reyes e do Herrera, pacientemente.

Luís Vieira disse...

Ahahahah, que risota. Mais a sério, gostei da postura, do discurso e da mensagem dele na conferência de imprensa de apresentação. Parece-me ser bom no campo da comunicação, com a reserva de ser uma análise precoce. A rever mais à frente.

Luís Vieira disse...

O Pinto da Costa abordou a hipótese de escolha de um nome mais impactante, mas, nas suas palavras, foi rejeitado por se pretender um perfil diferente. Ora, o perfil está fácil de adivinhar: treinador ambicioso com muito a provar (a nível de clubes), formador (que faça a articulação entre a equipa principal e a equipa B - neste aspecto, o Lopetegui tem pedigree), assertivo e com liderança forte (parece ser o caso, atendendo às declarações mais recentes de colegas, à sua filosofia de treino e à postura revelada nas primeiras impressões). O currículo é valorizado pela passagem por Barcelona e Real Madrid: tem cultura de balneário vencedor, de clube grande. É muito importante, sabe como funcionam as mentes das vedetas e conhece técnicas de grandes treinadores para moldá-las.

Luís Vieira disse...

Sim, é de realçar a agilidade e a confidencialidade da contratação, à boa maneira do Porto. O homem já cá tinha vindo com o Jorge Mendes e ninguém levantou suspeita. Por outro lado, definiu-se atempadamente uma questão muito importante na planificação da época. Resta trabalhar para recuperar o tempo (e os títulos) perdidos.

Luís Vieira disse...

Pois, espero que tenha uma palavra a dizer no dossier das contratações para gozar de margem de manobra na implementação do sistema de jogo.

Luís Vieira disse...

Subscrevo littbarski.

Luís Vieira disse...

O Helton e o Fabiano são maus guarda-redes?

Luís Vieira disse...

Só podia ser assim, atendendo ao modelo de jogo praticado nas selecções espanholas. Tem mentalidade dominadora e vencedora. Veremos se consegue pôr em prática as boas ideias que defende.

Luís Vieira disse...

Embora comungue de algumas ideias expostas no artigo, como manifestado anteriormente, sublinho apenas que também há exemplos de treinadores que partilharam o sucesso em clubes e selecções, por isso não há grandes conclusões a retirar desse aspecto.

meirelesportuense disse...

Ok, é velho e decrépito...E Basco.

DC disse...

Curioso que o Bielsa ficou 6 anos na Argentina, onde venceu uns jogos Olímpicos, 4 anos no Chile e 2 anos no Bilbao, mas pelos vistos é louco e só dura 1 ano em todo o lado.

Já despachar a brasileirada e O belga, que não há 2, para voltar Rolando e Castro, parece-me grande medida... se quisermos para o ano ficar em 5º ou 6º. E o alcoólico Manuel Fernandes, também seria óptimo!

DC disse...

O JF foi seleccionador sub-21 português e abominava jogadores sub-21 portugueses. Basta ver o que fez a Vieirinha, Machado, Barbosa ou Nuno Coelho. Isto para jogarem Mariano, Valeri, Leandro Lima, Bolatti, Tomás Costa, etc...
Vale o que vale, portanto.

bruno cláudio disse...

se essa pergunta tem algo de serio, fico sem resposta.

bruno cláudio disse...

que grande bielsa! por dios, cuanta tonteria!

bruno cláudio disse...

o helton e fabiano nao sao maus, conseguem ser piores que isso. para jogar champios, necessitamos guarda redes de champions!

bruno cláudio disse...

e ainda ao iluminado dc, rolando titular no inter, mas o otamendi e que deixa saudades.. o castro, portugues, portista, jovem, o belga valera uns 30 miñhoes.. o manuel fernandes tem mais futebol numa perna que todos os centro campistas do nosso plantel juntos, e bebado.. alem de que e portugues! enfim!

DC disse...

Sim, o Inter que está num maravilhoso 5º lugar.
Eu também sou português, portista e jovem, posso jogar no Porto?
E ser bêbedo e português é outro critério para jogar no Porto? Que tal chamarmos o Toni para treinador e o Vilarinho para presidente?

DC disse...

Já agora, não é por dizer umas frases em espanhol que os enormes trabalhos de Bielsa ficam reduzidos a um ano em cada clube.

Hugo disse...

É mesmo porque as suas relações com o plantel ficam tão desgastadas que na segunda época já ninguém o pode ver à frente.
Basta ver o que aconteceu em Bilbao.
Em selecções ainda escapa pois trabalha pouco tempo com eles.

DC disse...

Não ganham salário? São os únicos, se calhar. No Porto jogam pelo amor à camisola.
O 5LB é isso tudo, o JJ não. Compare as vendas feitas antes dele e depois dele.
JJ foi um grande investimento, o 5LB não perdeu absolutamente nada em dar-lhe esse salário. É um treinador que perde Matic em Dezembro, não traz substituto e vence tudo na mesma. Por muito que custe, está à vista de toda a gente o que ele vale. E enquanto ele continuar no 5LB o 5LB estará sempre muito perto de ser campeão.
Já nós ao recusarmos aumentar VP para pagar 25000 ao PF perdemos muitos e muitos milhões. Além de títulos, prestígio, etc...

bruno cláudio disse...

nem mais hugo!

bruno cláudio disse...

quem disse que ser bebado tem de ser um criterio para ser jogador do porto? que tolice.

Pedro Jesus disse...

Atenção que os milhões de vendas do 5LB teve um enorme investimento.Não se pode comparar os negocios deles com os nossos,pois em 2 anos com 10 M fizemos 100M (valores teóricos).E o JJ e o 5LB em 5 anos fazem 100m investindo 30M.Muito diferente...

José Rodrigues disse...

Há uma: pelos dados passados, pode dar de facto resultado ou dar estrondo, ou seja: é um bocado roleta russa.

José Rodrigues disse...

10M em 2 anos?!

O FCP nos ultimos 2 anos gastou cerca de 90M em passes!

Luís Vieira disse...

Se o Helton e o Fabiano são "piores que maus", fiquei elucidado quanto à capacidade de análise/honestidade intelectual do interlocutor.

Luís Vieira disse...

Esperemos que dê resultado. Com 2 campeonatos da Europa no pecúlio, o mínimo exigível são 2 Ligas dos Campeões, nem que seja na Uefa Youth League :)