segunda-feira, 16 de junho de 2014

Algo forçado…

O penalty assinalado contra a seleção de Paulo Bento é algo forçado?

A expulsão do bad boy Pepe é algo forçada?

O que me parece muitíssimo forçado é usar a arbitragem do senhor Milorad Mazic, como desculpa esfarrapada para uma derrota absolutamente indiscutível, naquela que foi a pior exibição de uma equipa das quinas na fase final de um Mundial.

Bastante forçado é meter a cabeça na areia e ignorar…

… a incapacidade de Pepe, numa bola parada (na sequência de um canto), permitindo que Hummels cabeceasse à vontade, obtendo o 2º golo da Alemanha;

… a forma como o outro defesa-central titular, Bruno Alves, ofereceu a Thomas Muller o 3º golo da Alemanha;

… as sucessivas barracadas de Rui Patrício a jogar com os pés, criando situações de muito perigo para a sua própria baliza, incluindo o lance que originou o 4º golo da Alemanha.

Dois anos depois do brilharete no EURO 2012, a equipa de Paulo Bento (esta equipa, mais do que uma selecção dos melhores jogadores nacionais, é uma seleção dos “amigos” de Paulo Bento) está dois anos mais envelhecida, com vários jogadores acima dos 30 anos, incluindo cinco dos titulares de hoje.

João Pereira tem 30 anos;
Pepe tem 31 anos;
Bruno Alves tem 32 anos;
Ricardo Costa tem 33 anos;
Raul Meireles tem 31 anos;
Hugo Almeida tem 30 anos;
Hélder Postiga tem 31 anos.

Perante esta paupérrima exibição da equipa de Paulo Bento, convém lembrar que, por diferentes motivos, Tiago (Atlético Madrid), Ricardo Carvalho (AS Monaco), Danny (Zenit) e Quaresma (FC Porto) ficaram de fora, enquanto vários dos indiscutíveis de Paulo Bento, como são os casos de Nani e Postiga, tiveram uma época 2013/2014 muito fraca, com pouquíssimos minutos de utilização nos seis meses que antecederam este Mundial, quer devido a lesões prolongadas, quer por opção dos treinadores dos respectivos clubes.

E pior ainda, vários jogadores - Pepe, Postiga, Raul Meireles e, principalmente, Cristiano “Abono de Família” Ronaldo - iniciaram o estágio de preparação para este Mundial lesionados, ou em má condição física.

Ignorar tudo isto, ignorar que a montante do jogo de hoje no Arena Fonte Nova estão escolhas e decisões de Paulo Bento, é que me parece um bocadinho forçado…


P.S.1 Há quatro anos atrás, a seleção portuguesa teve a “sorte” de jogar os oitavos de final do Mundial de 2010 frente à melhor seleção espanhola de sempre. O facto de Portugal ter sido derrotado pela margem mínima (0-1), pela equipa que haveria de se sagrar campeã do Mundo, e do golo espanhol ter sido marcado por David Villa, em posição de fora-de-jogo, não serviu de atenuante para a campanha orquestrada anti-Queiroz.

P.S.2 Coentrão sofreu uma lesão muscular e poderá não jogar mais neste Mundial. Se assim for, Paulo Bento terá de fazer adaptações nos restantes jogos que a seleção disputar, porque não há outro lateral-esquerdo no lote dos 23 convocados. Azar? Sim, se Paulo Bento convocou jogadores por moeda ao ar, deve ter sido por “azar” que Eliseu ou Antunes ficaram de fora.

P.S.3 Não terá sido precipitado ou, vá lá, algo forçado, renovar com Paulo Bento antes da avaliação ao desempenho da seleção portuguesa no Mundial do Brasil?

16 comentários:

Bluesky disse...

Os "amigos de Paulo Bento" não quiseram acreditar que a realidade é sempre mais cruel que a ficção...
E depois é sempre a mesma merda de desculpas... é o árbitro, é clima, éa hora do jogo, mas ninguém reclama porque ficamos em Campinas, sempre a centenas de quilometros do sitio onde jogamos e ninguem reclama pelo histerismo saloio, autêntico folclore provinciano de CS que promove a mediocridade, a depêndencia e a cobardia em vez da superação, da improvisação e da mentalidade ganhadora...
Mas... afinal somos portugas, tá-nos no sangue esta imbecilidade crónica que nos impede de sermos europeus!

Filipe Sousa disse...

Parece que o guarda-redes que venceu a Liga Europa, também não é bom qb para a baliza de Portugal...

André disse...

A diferença entre o Portugal - Alemanha do euro 2012 para o Portugal - Alemanha Mundial 2014 é... apenas uma, em vez do Postiga, jogou o Hugo Almeida. Um verdadeira selecção de ... Amigos do seleccionador

Por curiosidade a Alemanha tinha 4 alterações entre os 2 jogos

miguel.ca disse...

Na mouche...

Pés-Juntos disse...

O que me faz mais confusão é que se criou o mito que a Selecção é Ronaldo e mais 10. Assim levam-se ao mundial não os melhores jogadores mas uma cambada de amigos do Ronaldo, seguramente muito inferiores para não ofuscar o brilho do nosso super-star.

meirelesportuense disse...

Para mim a culpa é da Comunicação Social que promove seja o que for que pretenda vender e se der certo, tudo bem, se der para o torto não têm nada a ver com aquilo...Promovem e eliminam ou destroem um Cidadão, um Jogador, um Político ou um Presidente Desportivo com a mesma facilidade com que fecham a emissão quando as coisas dão para o negativo.
Para mim, esta história da Selecção não me aquece nem arrefece, desde pelo menos há 10 anos...E também não me surpreende o sucedido, porque me pareceu ter feito a sua preparação ao correr dos interesses de terceiros...Ainda hoje andava a Selecção por cima e por baixo de inúmeros viadutos a caminho do local do jogo e já lá estava a Alemanha no Estádio a ver o "estado" do terreno.
O que foram fazer estes senhores aos Estados Unidos?
Que critérios estiveram na base da escolha do local de concentração no Brasil, que nem sequer existia no momento dessa "criteriosa" selecção?
Não adianto em mais nada, isto basta-me.

José Correia disse...

É completamente irrelevante se o Beto é melhor ou se está num momento de forma melhor que o Rui Patrício.

Para além do Rui Patrício ser um dos seus queridinhos, Paulo Bento já mostrou que o momento de forma dos jogadores é pouco relevante para as suas escolhas.

Nightwish disse...

Por uma vez, um incompetente mostrou o que vale, a sorte do brasileiro idiota não gracejou o risca ao meio. Haja meia justiça, ao menos.

Joao Goncalves disse...

A pensar nesta selecção e na forma vergonhosa que está o Meireles leva-me só a pensar onde está o Adrien?!?? Onde está o Danny??!?!

Depois olho para os alas e vejo que quando os titulares falham temos um Varela que sabemos o que é e um Veirinha que esteve arrumado a época toda... E onde está o Quaresma?!!

Depois olho para aqueles 3 avançados que mais parecem os "3 patetas", pois não sei qual deles é o mais patético dos 3... 1 é um coxo que esteve lesionado até ao mundial e que é bastante fraco... o outro é altura que nem a sabe usar bem e uma tábua onde a bola bate... o 3º até se desmarca e consegue algumas recepções jeitosas mas a finalização é pior que um qualquer defesa central... nem na Costa Rica qualquer um destes senhores seria titular... Já à muito tempo que deveríamos estar a usar a solução do Euro 96, sem avançado fixo mas com 3 avançados moveis a trocarem entre eles pois toda a gente sabe que os avançados que temos são horripilantes!

Enfim... ninguém estava à espera de grande coisa hoje pois não?

E ainda vai piorar, pois agora a defesa está entregue a André Almeida e Ricardo Costa(onde está o Neto?!??!).

Hugo disse...

Só queria ver se esta arbitragem tivesse ocorrido num jogo do Porto. O discurso não ia ser o mesmo de certeza

Luís Vieira disse...

Fomos derrotados sem apelo, nem agravo. Uma goleada à moda antiga, justíssima e que espelha a produção das duas equipas. O que mais impressiona é a facilidade com que os alemães construíram o resultado. A jogarem a passo, pareciam autênticos Ferrari à beira dos modestos Fiat Uno portugueses. Analisando agora a arbitragem: o penálti sobre o Muller é bem assinalado - o João Pereira agarra-o, impedindo-o de prosseguir o lance; o "emocionalmente estável" Pepe é bem expulso (não satisfeito com a chapada que tinha dado ao Muller, ainda que involuntária, foi tirar de esforço, encostando a cabeça ao alemão - vermelho limpo, causando-me espanto o choro do Paulo Bento e de alguns adeptos); o Éder foi derrubado na área alemã, havendo lugar à marcação de penálti, que o árbitro nos sonegou (para mim, o único prejuízo evidente da arbitragem; resta saber se o árbitro agiria da mesma forma se os lances do 1º penálti e da expulsão tivessem acontecido ao contrário, mas isso nunca saberemos). No que respeita às opções do Paulo "hipócrita" Bento: a equipa fisicamente estava de rastos, nesse domínio fomos absolutamente esmagados pelos alemães (a escolha de jogadores lesionados e sem ritmo, como bem refere o José Correia, será alheia a isto?); o Éder entrou bem, foi dos poucos que mostrou vontade em dar outro rumo aos acontecimentos (é desta que se estabelece a titular ou terá de esperar por outra lesão?); o meio-campo português foi engolido pelo dinamismo e pelas trocas de bola sucessivas dos alemães (onde estava o William Carvalho?); a defesa foi anedótica, sendo que as alternativas aos titulares redundaram no Ricardo Costa e no André Almeida, estando o Rolando e o Antunes a verem o Mundial pela TV; o Rui Patrício esteve miserável (nas barbas do suplente Beto), não conseguindo ajudar a equipa num momento difícil (é o que os grandes guarda-redes fazem) - o 3º e o 4º golos são, no mínimo, consentidos. Enfim, um rol de asneiras que têm um único responsável: Paulo Bento. A este nível, não ultrapassamos a fase de grupos. Se, ainda assim, houver melhoria e ganharmos aos EUA e ao Gana, como nos compete, este jogo demonstrou que estamos a anos-luz das melhores selecções, por isso, os delírios de vitória no Mundial desfizeram-se num ápice.

Carrela disse...

Onde está o Rolando, não?

Nuno Queiroz disse...

O jogo de Portugal mostrou a todos um seleccionador que escolhe em função das amizades e de quem não lhe levanta problemas e não em função da competência e qualidade. Além disso, não deixa de ser no mínimo estranha a forma como PB/Ronaldo/CS passaram para o exterior que tínhamos capacida para jogar de igual para igual com os alemães. Se a isto juntarmos a estranheza do local de estágio (EUA e Campinas porquê?) e a não utilização de Patrício nos jogos de preparação para ser titular tal como Pepe faz pensar em mais uma preparação totalmente amadora de campeonato. Lembram-se o que a CS disse de A. Oliveira sobre o estágio em Macau????

Ricardo Carvalho insurgiu-se contra o treinador pelo facto de treinar sempre e chegar ao jogos e ser outro o titular que foi exactamente o que aconteceu com Pepe!!!!!!!!!!!!!! Uma selecção que tem um Patrício na baliza que não sabe dar um chuto, um J. Pereira que é muito fraquinho, um Coentrão que se lesiona a esticar o pé e principalmente um Miguel Veloso a titular, com certeza que não pode ser candidata a nada. Se a isto juntarmos um Hugo Almeida(!!!), um Nani absolutamente miserável (não jogou durante a época) e um Ronaldo preso por arames, o futuro não é propriamente risonho. E que dizer daquele rapaz André Almeida?????? Só mesmo PB para o levar na selecção.

Anthony Lopes, Bosingwa, Ricardo Carvalho, Rolando, Antunes, Adrien, Bebé, Quaresma, Duda e Eliseu e mais alguns seriam seguramente peças interessantes nesta seleção. Imaginemos no próximo jogo uma defesa com Patrício, Pereira, R. Costa, B. Alves e A. Almeida e ficamos todos de cabelos em pé.

Quanto aos jogadores lesionados, nada de estranho. Eu próprio comentei aqui no reflexão num post sobre os convocados que isto era extremamente provável. Jogadores que passaram o tempo lesionados, que foram poupados na preparação para o Mundial, quando são expostos a condições muito exigente como o jogo de ontem é natural que rebentem. O problema não são essas lesões, é o facto de o seleccionador e restante staff não terem alternativas sérias para elas.

E depois do que vi aos EUA contra o Gana, ou muito me engano, ou não lhes marcamos um golo.

Filipe Sousa disse...

Já ocorreu: no jogo de Sevilha. E o Porto (mereceu e) perdeu à mesma.

Mefistófeles disse...

Seleccionador fraquito, selecção fraquita ( ainda que alguns sejam de nível superior inquestionável ). À imagem da FPF. Fraquitos. Preparação insuficiente, falta de brio e de inteligência. Para não falar de capacidade física.
Não sabem o que é ser Português e o que isso representa de capacidade de sacrifício, ambição e orgulho. Só vejo é tatuagens e penteados de merda e poses de vedeta.
Não me identifico com a Selecção, nos jornais são todos os maiores, no campo é o que se vê. Ridículos. Não passam de uma cambada de parolos e mercenários que só servem para vender jornais. Jornais esses que, por sua vez, nem para limpar o cú aos sem abrigo servem.
Se a selecção fosse um estilo musical, de certeza que era Pimba.

RS disse...

Este filme já o vimos há 12 anos na Coreia/Japão. Foram-se os Madaís, os Necas e os Boronhas mas os seus susbtitutos pode dizer-se que estão à altura. Até o João Vieira Pinto conseguiu arranjar um digno sucessor na arte de envergonhar o país perante os olhos do mundo. Que venham os EUA para acabar de vez com o pesadelo...