segunda-feira, 23 de junho de 2014

O “azar” de 5 lesões em 135 minutos!

Hugo Almeida, Fábio Coentrão e Rui Patrício sofreram lesões musculares durante o Alemanha x Portugal, com os dois primeiros a terem de ser substituídos durante o desafio.

Seis dias depois, quando se chegou ao intervalo do jogo EUA x Portugal, já duas substituições tinham sido queimadas devido a mais duas lesões musculares: de Hélder Postiga (após uma época cheia de lesões, foi convocado por Paulo Bento e aguentou cerca de 10 minutos neste Mundial!) e de André Almeida (que andou a arrastar-se e a mancar durante uma parte significativa dos primeiros 45 minutos).

Cinco lesões musculares em apenas 135 minutos de competição é algo de inédito, que deveria levar os responsáveis da FPF a uma profunda reflexão e pedirem satisfações, quer ao selecionador, quer à equipa médica ao serviço da Federação (os quais, presumo, não trabalham de borla), acerca da programação, preparação e métodos de treino adoptados para esta fase final de um Mundial.

Mas nada disso vai acontecer. Ao invés, a propaganda já está a fazer o seu caminho e aquilo que se lê e ouve é que “o azar está a perseguir Portugal”…

Não há dúvida, Paulo Bento tem mesmo boa imprensa. E a gente até sabe porquê…



P.S.1 Perante os degradantes níveis físicos exibidos pela generalidade dos jogadores escolhidos por Paulo Bento (há idosos que demoram menos tempo a levantar-se do que Bruno Alves foi capaz de fazer no lance do 2º golo dos EUA…), será que o preparador físico desta seleção, João Aroso, vai continuar a fazer companhia ao chefe (Paulo Bento) e ver, também ele, o seu contrato com a FPF renovado?

P.S.2 Por que razão existe um fisioterapeuta do Real Madrid integrado na equipa técnica da seleção portuguesa de futebol? Foi convidado? Foi imposto por alguém? E, já agora, qual o seu papel na preparação de Cristiano Ronaldo e dos restantes “mancos”, perdão, jogadores da seleção de Paulo Bento?

6 comentários:

André Dias disse...

Caro José Rodrigues, pode-me ajudar aqui?

http://www.reflexaoportista.pt/2013/12/as-receitas-da-sad.html?showComment=1402449116016#c5500421645760195446

Mefistófeles disse...

"Não há dúvida, Paulo Bento tem mesmo boa imprensa. E a gente até sabe porquê…"

Pois, como dizia o outro: " é disto que o meu povo gosta !"

E entretanto envergonham-nos a todos...
Cada um ( povo ) acaba por ter o que merece.
É triste mas é assim. E o circo vai continuar, não tenho nem dúvidas.

José Correia disse...

«Não sou entendido na matéria e, por isso mesmo, recuso-me a discutir o calor, a humidade e o facto de Campinas ter sido escolhido como “quartel-general”, assim como os Estados Unidos (cidades pouco quentes) para os dois últimos jogos de preparação. O que sei – e foi corroborado por Paulo Bento e Raul Meireles, por exemplo – é que as condições climatéricas são iguais para as duas equipas que disputam um jogo. E se os gigantes alemães, oriundos de um país bem mais frio que o nosso, aguentaram melhor que os portugueses o calor e a humidade... alguma explicação tem de existir para isso. Espero é que, finda esta turbulenta passagem por um Mundial que, por ser onde é e por contarmos com o melhor futebolista a actualidade, devia ser algo de inesquecível para os portugueses, alguém responsável nos dê respostas. O País merece (e tem o direito) saber o que esteve na origem destes desempenhos humilhantes. Sim, não acredito que tudo se resuma a uma questão de sorte, até porque essa, como se sabe, costuma dar muito trabalho a alcançar.»
Luís Avelãs
in record.pt

José Correia disse...

«Paulo Bento é o treinador e fez as suas escolha. Respeito-as, naturalmente, mas não concordei com elas na altura da sua divulgação e, claro, continuo a considerar que houve erros. Pelo que se tem visto, por exemplo, Quaresma não fazia mais falta do que Vieirinha e/ou Rafa que, depois de tanto tempo parados, continuam sem ser solução numa equipa sem... soluções? E Bebé, que acabou tão forte a liga portuguesa, não seria mais útil que um Postiga visivelmente sem condições para jogar?»
Luís Avelãs
in record.pt

reine margot disse...

Mais do que a inabilidade do selecionador e a "porcaria" de Godinhos e Cia , o que me tem interessado mais, é que parece que no nosso clube sabem escolher bem os jogadores: a Bélgica, a França e o México já passaram, a Colômbia está lá perto; e grandes hipóteses têm a Argélia... Em nove jogadores 6 já rendaram mais uma tranche ao clube !
E, há quem diga que devíamos apostar mais em jogadores portugueses...

Mefistófeles disse...

Lol! Bem visto :-)