quarta-feira, 2 de julho de 2014

SMS do dia

Depois do jogo de ontem à noite entre a Bélgica e os EUA, se houver americanos que viram o jogo e mesmo assim continuam a achar que o futebol é um desporto pouco interessante (para os espectadores)... então são mesmo um caso perdido. Isto foi entretenimento no seu melhor!

15 comentários:

Joaquim Lima disse...

A ideia que os americanos não gostam de futebol é errada e a prova disso foi o jogo contra Portugal ter sido o jogo de futebol mais visto de sempre nos EUA! No canal ESPN tornou-se o maior evento que não o Futebol Americano.
Não tive oportunidade de ver o jogo de ontem mas, se foi assim tão bom como dizem, tem tudo para bater o recorde de espectadores conseguido no jogo contra Portugal.

miguel.ca disse...

I Os Estados Unidos têm cerca de 300 milhões de habitantes... É natural que uns meros 200 milhões não gostem de futebol :)

bruno cláudio disse...

estas cronicas vao de mal a pior! entre muitas coisas que poderia dizer acerca desta tolice, apenas deixo a seguinte pergunta, que tem isto a ver com o fcp?

Diego Oliveira disse...

Os principais desportos americanos estão parados por esta altura, por isso é natural. Ligam ao campeonato do mundo como ligam aos jogos olímpicos: de quatro em quatro anos. Ninguém fica fã das modalidades em si, apenas nas medalhas que os seus atletas arrecadam. Nem a médio prazo os EUA vão aderir ao "soccer". Aqui também não: os tugas gostam é dos seus clubes, não do desporto (sim, é uma generalização). Se os clubes americanos ganharem raizes na população, tal como cá acontece, aí sim gostarão do desporto por se habituarem a vê-lo e assim aprenderem a apreciar os detalhes do "beautiful game".

Bluesky disse...

Costuma-se dizer... que percam os dois.
Ontem desejei... que ganhassem os dois!!!!!
Já o Alemanha-Argélia, tinha sido igual...
Grande Mundial este!

José Rodrigues disse...

Ter um jogo que bate o recorde de audiências com uns 18M de espectadores num país com... 300M prova que os americanos gostam de ver futebol??

Pedro disse...

As audiências nos EUA são extraordinariamente dispersas. Creio que mesmo por lá os números globais das audiências têm surpreendido. Especialmente num ano em que a final da NHL desiludiu nas audiências e receitas.

Mas creio que isto é apenas contextual. Os americanos adoram ver a sua selecção seja em que modalidade for.

Pedro disse...

Um off topic a pedir um post... sobre o que está a acontecer com as renovações dos lugares anuais para os detentores de lugar na Superior Sul....

José Rodrigues disse...

O único desporto em que temos uma competição internacional a serio com uma "selecção" americana é o futebol (excluindo jogos olímpicos), logo nao há referencias comparativas para concluir o q tu concluíste.

Pedro disse...

José,

Campeonato Mundial de Basquetebol, Campeonato mundial de Óquei em gelo, Liga mundial de Voleibol. Relembro que no caso do basquetebol em 2010 os EUA apresentaram uma equipa a sério com o Kevin Durant, Odom, Westbrook, Rose etc. Veremos agora em Espanha... e depois vamos comparar audiências para ter uma ideia mais clara.

No óquei é verdade que a equipa é um misto de pro/semi pro, ainda assim o campeonato do mundo é uma competição que para americanos e canadianos é bastante importante.

Jorge disse...

As referencias podem ser os jogos da final da NBA e a world series (finais da MLB) que tiveram menos audiencias. Sendo o basketball e o baseball dois dos desportos mais populares nos EUA a comparacao nao e irrelevante.
O facto de ser uma seleccao nacional a jogar nao tem grande relevancia a nao ser que queiram comparar com jogos dos campeonato do mundo de basketball ou de baseball, por exemplo, ou os jogos olimpicos, que tambem tiveram muito menos audiencias.
Ao contrario de Portugal, os americanos teem grande paixao pelas modalidades e nao pelas vitorias. Ha muita respeito e admiracao pelos melhores atletas nas diversas modalidades e nao pelo atleta americano em si, nao querendo isto dizer que nao gostem que os atletas americanos ganhem. O que e importante e que o futebol tem ganho raizes na populacao, quando ha uns anos a maioria dos que gostavam de futebol eram imigrantes e os poucos que tinham jogado algures, os que seguem agora a modalidade sao um muito maior numero de jovens que cresceram com a modalidade (a mais praticada por miudos dos 6 aos 18 nos EUA) e que comecam agora a fazer parte da populacao adulta.

PortoMaravilha disse...

Viva!

Nos usa o futebol é essencialmente uma modalidade feminina. Talvez seja por essa razão que a seleção feminina usa seja das melhores do mundo. O objetivo, a curto prazo, parace ser atrair e desenvolver a modalidade na sua opção masculina. E da mesma meneira, existe, na Europa, uma vontade de apoiar e incentivar o futebol feminino. Não creio que seja um acaso se é um histo'rico do futebol Francês que mais tem apostado no futebol feminino.

E viva o Porto

Jorge disse...

PortoMaravilha...
Errado...
Modalidade praticadas por homens em geral mas practicadas quase apenas por mulheres nos EUA sao o Hoquei em campo e o Volleyball.
O futebol e popular tanto para raparigas como para rapazes nas camadas jovens. Em termos de adultos, a liga profissional feminina esta a ter problemas financeiros por nao conseguir atrair audiencias, enquanto a liga masculina financeiramente esta a crescer de uma forma inesperada. A niveis semi-profissionais e amadores ha muito mais homens a jogar.
A razao da "supremacia" dos EUA em futebol feminino tem a ver com a "popularidade" da modalidade relativamente a outros paises e nao relativamente ao futebol masculino.

DC disse...

interessa-me pouco ou nada se os EUA gostam ou não de futebol mas a lógica de que sobram muitos americanos que não gostam de futebol não faz sentido nenhum.
Se bateu o recorde de audiências é porque realmente foi algo significativo. Senão, porque raio não foram as finais da NBA a bater o recorde? Por essa lógica, se os jogos dos EUA no mundial foram vistos por 25M de americanos mas os outros 275M não se interessam, posso dizer que as finais da NBA foram vistas por apenas 15M o que significa que os outros 285M não gostam de basket.

Foi significativo e não tenho dúvidas que nos próximos 10, 15 anos vamos começar a ver os EUA a crescer no futebol e a tornar-se numa selecção bem mais importante.

PortoMaravilha disse...

Viva!

Muito obrigado pelo comenta'rio e correção dos dados.
Queria acrescentar o seguinte: é a modalidade mais praticada por mulheres e tornou-se uma modalidade universita'ria em plena expansão. Este u'ltimo aspecto deve ser salientado. Com efeito, em Dezembro de 2013, 18 treinadores universita'rios us estagiaram em Clairfontaine, centro de formação Francês muito prestigiado.