segunda-feira, 18 de agosto de 2014

FC Porto, SLB, o Atlético Madrid e Jorge Mendes

Paulo Assunção
Após quatro anos como jogador do FC Porto (no primeiro ano esteve emprestado ao AEK Atenas), a 29 de Maio de 2008, Paulo Assunção, invocando o artigo 17 do Regulamento do Estatuto e Transferência dos Jogadores da FIFA (conhecido pela Lei Webster), rescindiu o seu contrato com Futebol Clube do Porto. A 6 de Julho de 2008, foi anunciado oficialmente como reforço do Atlético de Madrid.

Nota: O FC Porto acabaria por receber uma indemnização de 3,5 milhões de euros.

A forma como o médio defensivo brasileiro saiu do FC Porto, motivou um corte de relações institucionais com o Atlético de Madrid, o que levou os dirigentes portistas a não participarem no convívio entre direcções, em Fevereiro de 2009, quando os dois clubes se defrontaram para a Liga dos Campeões.


Cristian Rodriguez
Após quatro épocas de azul-e-branco (2008/2009 a 2011/2012), Cebola não aceitou renovar com o FC Porto e, como jogador livre, em Maio de 2012 assinou pelos colchoneros a custo zero.


Época 2014/2015…

Óliver Torres e Adrian López
Depois de, nos últimos seis anos, Paulo Assunção, Radamel Falcao e Cristian Rodriguez terem ido do Porto para Madrid (em contextos pouco do agrado do FC Porto), no início desta época Óliver Torres e Adrian López fizeram o trajecto contrário.


Óliver Torres, um extraordinário médio criativo espanhol, de apenas 19 anos, chega ao Porto por empréstimo do Atlético de Madrid.
No caso de Adrian López, o FC Porto comunicou à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários ter pago 11 milhões de euros por 60% dos direitos económicos do jogador (nota: não sei se é verdade, mas já ouvi que parte desta verba visa um acerto de contas com o Atlético Madrid, ainda a propósito da transferência de Falcao).


Ora, se as relações entre o FC Porto e o Atlético Madrid parecem estar a atravessar um período excelente, mais a Sul sucedem-se diversos casos.

Siqueira
O lateral esquerdo brasileiro Siqueira, que na época 2013/2014 esteve emprestado pelo Granada ao Benfica, assinou pelo Atlético de Madrid no dia 3 de junho de 2014.


Oblak
Em declarações ao jornal A Bola, efetuadas no dia 14-07-2014, o guarda-redes esloveno referiu que foi ele que forçou a saída do Benfica para assinar pelo Atlético Madrid.
“O Benfica queria que continuasse e o presidente tudo fez para que não saísse, mas a minha vontade era de assinar pelo Atlético Madrid”, disse Oblak.


Guilavogui
Em breve vamos anunciar um trinco. Tínhamos dois jogadores possíveis, um deles não foi possível, mas chegará outro.
Luís Filipe Vieira, 14-08-2014, em entrevista à Benfica TV

«O Atlético Madrid desmentiu as declarações feitas por Luís Filipe Vieira, que afirmou que os colchoneros haviam oferecido Jan Oblak ao Benfica depois de terem contratado o esloveno neste defeso. Nas palavras do presidente das águias, foi o clube da Luz a rejeitar essa proposta, mas os dirigentes colchoneros garantem que não houve qualquer negociação. Quem o diz é o jornal Marca, que também justifica as declarações de Vieira com o descontentamento após a operação Guilavogui ter falhado, tendo o médio francês acabado por ser emprestado ao Wolfsburgo
in record.pt


Sílvio
O Atlético Madrid mandou devolver o certificado internacional do Sílvio, por isso é uma incógnita
Luís Filipe Vieira, 14-08-2014, em entrevista à Benfica TV


Perante uma clara aproximação do Atlético Madrid ao FC Porto e um aparente afastamento do Benfica, qual o papel do super-agente Jorge Mendes?


P.S. No meio disto tudo, penso que a visita de Cristian Rodriguez ao Olival e o abraço dado a Antero Henrique será uma mera coincidência.

8 comentários:

João Pedro Castro disse...

Uma nota: A última parte do pagamento do Falcao ao FC Porto era no final da temporada passada e foi respeitada. O Atlético Madrid não devia nada ao FCP já, essa teoria é completamente falsa.

Filipe Sousa disse...

Isso é 100% certo? É que já se disse que o Atlético pagou tudo uma série de vezes, e nao era verdade. Se se confirmar, sao 11 milhoes por 60% do passe de um jogador que nao tem lugar garantido no 11 titular.

Filipe Sousa disse...

Já agora, desde o final da época passada e início da actual, nao vai uma grande distancia...

DragaoMinho disse...

Realmente! lool O final da temporada passada foi há muito tempo não há duvidas!
eheheheh
Eu acredito que o Adrian Lopez tenha vindo por acerto de contas, nada explicaria comprar um jogador por 11 milhões e para não ser titularissimo, 11 milhões a curtir banco é muito dinheiro em risco para o nosso FCP!
E se calhar por estes acertos de contas lá os clubes voltaram a dar se bem outra vez!
E tudo especulação `ninguém pode saber ao certo!

meirelesportuense disse...

Isto é tudo conjuntural, de repente os interesses mudam e as posições assumidas por uns e outros também. Para já os interesses mútuos aproximam Atlético de Madrid e Porto, amanhã veremos...Mas gostei de ver o Cristian Rodriguez no Olival em amena cavaqueira com os ex-colegas e dirigentes.
É como no Sporting, o Bruno entrou em conflicto com o Fundo do Rojo para depois se saber que os valores que estão em jogo, são exactamente os mesmos que já eram falados antes. Há ali uma golpada do Sporting e é feio. Fica mal aos Viscondes andarem assim a tentar surripiar nos bolsos dos outros...Já sabíamos que os chiques não roubam, sofrem de Cleptomania, mas continua a ser feio.

miguel.ca disse...

Não Meireles.... Os Viscondes andam é a lugar contra tudo e contra todos, ahahah

Jorge Vassalo disse...

Muito bom vocês tirarem ilações tipo "ficar no banco". Sabem lá! Estamos na primeira jornada! Amanhã Lopetegui pode pô-lo a extremo esquerdo titular! Who knows!

Há jogadores que tem de se adaptar a posições diferentes e estilos de jogo. Eu vi de perto como o Adrián corre bem. E aposto que vai calar muita gente!

Convençam-se! Aqui já não há 11 titular garantido! É uma meritocracia - e assim é que está bem.

DragaoMinho disse...

Tens razão homem é uma meritocracia!
Vai ser um onze diferente a cada jornada e o Lopetegui é melhor que Guardiola e Mourinho!
Ate nas equipas como real madrid, barcelona, cheias de dinheiro e de alternativas ha um onze base com os habituais titulares!
Com Paulo Fonseca também não havia lugares garantidos o meio campo parecia um carrossel de tantas vezes que mudava de artistas com excepcao do Fernando e o futebol era de sonho do melhor que havia, sem duvida! lol
Acredita no que quiseres isso de não haver lugares garantidos na pratica sempre foi assim com todos os treinadores, joga quem estiver melhor e normalmente quem esta melhor são os melhores!