domingo, 31 de agosto de 2014

Radomir Antić sobre Maicon

Radomir Antić é sérvio mas fez quase toda a sua carreira de treinador em Espanha.
De facto, entre 1988 e 2004, foi treinador de seis clubes espanhóis: Saragoça, Real Madrid, Oviedo, Atlético Madrid, Barcelona e Celta Vigo.

Apesar de já não treinar qualquer clube espanhol há 10 anos, Antić mantém um grande prestigio em Espanha e, na passada terça-feira, foi convidado pela TVE para comentar a transmissão televisiva do FC Porto x Lille, da 2ª mão do play-off da Liga dos Campeões.

Radomir Antić (O JOGO, 30-08-2014)

Entre as afirmações de Antić, que O JOGO reproduziu, saliento a seguinte:

Gostei muito do Maicon. No futebol atual, poucos centrais têm tanta qualidade como ele. Defensivamente é muito bom e distribui a bola como poucos

Vindo de quem vem, muito interessante este elogio a Maicon, até porque, para alguns adeptos portistas, o FC Porto precisaria de contratar um defesa-central de top, que soubesse distribuir a bola e/ou sair a jogar.

Maicon, FC Porto x Lille (fonte: LUSA)

11 comentários:

Jorge Vassalo disse...

Mas que interessam estas opiniões de gente que não percebem nada de bola como o sr. Antić!

Toda a gente sabe que Maicon é uma nódoa e o Indi um erro de casting e não vale nada!

Por favor, às vezes são os próprios Portistas a ignorar e maltratar os seus.

Estamos com uma defesa super segura.

João Fernandes Pinheiro disse...

Dá sempre gosto ler um post destes.

Filipe Sousa disse...

Pergunto quantos jogos do Maicon, terá visto o Antic, para basear a sua opinião? É que eu já vi umas dezenas, e os últimos são certamente os melhores, mas é pouco sensato ignorar o passado. É natural que existam algumas reservas, sobre um jogador que

Filipe Sousa disse...

que nem sempre exibiu os níveis de concentração adequados - em todos os outros aspectos, o Maicon é merecedor de elogios. Esperos que continue como está, só o beneficia.

Joao Goncalves disse...

Humm... a sério? Então o ano passado a defesa do Porto era todo problemática a nível de concentração e agora por artes de magia ficaram todos jogadores de nível Internacional? Onde até Reyes joga e parece um central de classe?

De certeza que se pode ter sido culpa do Maicon é claro...

Nuno Fonseca disse...

Qualquer portista minimamente atento à pré-época e jogos oficiais deste ano sabe que o Maicon está em grande forma este ano e encarou bem o peso da responsabilidade que lhe caiu quando sairam otamendi e mangala.
Filipe Sousa não acho que o passado do Maicon seja assim tão mau. Tirando os primeiros jogos pelo Porto em que cometeu erros graves, apresentou-se bem nos restantes periodos. As lesões e a concorrência muito forte tiraram-lhe o lugar de titular, mas estas exibições deste ano não são novidade nem surpresa para nenhum portista. Não precisam de vir Antics explicar, embora o reconhecimento independente seja sempre bom sinal.

Filipe Sousa disse...

João, o seu comentário pouco ou nada tem a ver com o que eu escrevi. O Maicon passou grande parte da última época lesionado, e eu não o responsabilizei por nada. O que disse foi que o Maicon, cometeu no passado erros comprometedores, como é exemplo a "assistência" para o golo do Coentrão, na meia-final da Taça, há 3 anos atrás, por nítida desconcentração/desleixo, e não por qualquer pecha técnica ou táctica. Posto isto, o elogio do Antic, apesar de certeiro, peca por ser pouco "sólido" ao nível de provas.

João disse...

O Maicon estava a ser o nosso melhor central até se lesionar e foi dos melhores em Alvalade, antes de ser preterido inexplicavelmente pelo péssimo Abdoulaye.

meirelesportuense disse...

Na época passada os erros defensivos acumularam-se a um ritmo anormal, ninguém se pode isentar deles, Maicon foi dos centrais que menos jogou -creio que se lesionou muito cedo- portanto pouco se lhe pode assacar neste aspecto. Já Otamendi, Abdoulaye, Reyes ou mesmo os laterais, mais Danilo que AlexSandro, estiveram em muitos dos aspectos negativos da época. Otamendi era dos mais experimentados e cometeu erros atrás de erros, talvez por culpa da má organização da equipa, talvez para forçar a saída eminente, nunca teremos disso a certeza.

meirelesportuense disse...

Lamentável a lesão de Óliver -o nosso menino d'ouro- foi desnecessária e evitável. O parvo do GR do Moreirense só teve olhos para o jogador do Porto, carregou-o de forma completamente estúpida e sofreu um golo ridículo...Segundo soube a lesão é impeditiva de jogar, mas não é grave, o que se reclama porque vê-lo em campo é um regalo...

Joao Goncalves disse...

Filipe,

Todos os jogadores tem "lapsos" momentâneos (é melhor nem falar de Mangala em Belém não é?) e não é por isso que deixam de ser jogadores concentrados e deixam de ter qualidade.

O que se tem de ver é a continuidade de um atleta e se é regular 90% da época... se assim for então temos um grande jogador.

Maicon está a ter uma pré-época/época fantástica mas não sem erros, que gosta de dar 1 abébia de vez em quando e essa "excepção" só confirma a regra de ser um grande central.

É natural que a imagem que as pessoas tenham de Maicon, foi a que ficou o ano passado (dele e de toda a defesa), mas ele perdeu a titularidade para Mangala por motivos óbvios, e não a podia roubar a Otamendi na altura por motivos também óbvios (falo da era VP e não PF).

Quando o ano passado jogou naquela espécie de caos táctico-estratégico, só podia cometer erros, pois aquilo não era uma equipa, eram sim um conjuntos de jogadores atirados para dentro de campo e agora desenrasquem-se...

Este ano a equipa defende e não só a defesa e isso expõe as grandes qualidades dos defesas que temos à nossa disposição e nada mais que isso.