terça-feira, 30 de setembro de 2014

A fatwa

O blog Tactical Porto, criado recentemente, foi já extinto porque, ao que parece, ofendia a doutrina com a suas análises puramente objectivas de aspectos tácticos da equipa do Porto - uma blasfémia!

Pela minha parte, faço votos para que o Tactical Porto volte ao activo. Os blogues sobre o Porto, seja sobre qual for a vertente pela qual o analisem são sempre bem-vindos. Espero que o autor reconsidere.

Para quem quiser saber mais detalhes: http://misticadodragao.blogspot.ie/2014/09/o-saul-e-do-quer-alho.html

30 comentários:

Luís Vieira disse...

A pergunta que se impõe é: foi o autor que extinguiu o blog? Em caso afirmativo, porque o fez? Antes de acusar, convém ter certezas e não pairar nas suposições. Não caiamos na tentação de sermos mais jihadistas que o ayatollah.

Pedro ramos disse...

Confesso que desconhecia o blog em causa, nao sou capaz de analisar a sua qualidade, mas se fosse sério nao podia tecer loas à organizaçao da equipa.
Infelizmente nestes dias, apoiar é gritar muito e dizer pouco, mas assusta-me que um dos principais agentes da campanha possa ter sido um funcionário do clube.

Querem fechar os olhos aos adeptos, mas as comparaçoes com PF já começaram. Infelizmente a continuarmos este caminho essa comparaçao vai ser insultuosa para PF.

Vítor Hugo disse...

Não conheço o blog em causa, só fiquei a saber dele através desta notícia. Não sou visitante assíduo do Mística do Dragão mas parto do princípio de que se enquadra nos mesmos moldes do Reflexão Portista, por exemplo. Nesta base, não posso deixar de dar crédito à opinião do Mística em relação ao blog extinto.

"... choca-me que, um dos principais agentes desta campanha seja funcionário do Futebol Clube do Porto..."
(http://misticadodragao.blogspot.ie/2014/09/o-saul-e-do-quer-alho.html)

Desde o já muito criticado silêncio da administração do clube face às recentes roubalheiras, até isto, parece-me que, a haver "infiltrados", não estão, de certeza, na bluegosfera...

Filipe Sousa disse...

Presumo que o autor do post no Mística do Dragao, terá resposta para essa pergunta, dado que apagou o post.

DC disse...

Uma enorme vergonha para mim como adepto do Porto esta situação ter surgido da parte dum funcionário do Porto.
Ridículo, cada vez estamos piores. Cada vez mais desiludido.

DC disse...

Fê-lo porque começou a receber ameaças de membros da claque e optou por deixar a situação esfriar em vez de se chatear com isto.

DC disse...

E já agora, o Tactical limitou-se a fazer uma análise semelhante às feitas em blogs como o Lateral Esquerdo, por exemplo, mas sem sequer usar alguma ironia que esses blogs gostam de usar. Ou seja, os posts eram simplesmente factuais e exemplificativos. Sem tecer considerações negativas sobre ninguém a não ser sobre posicionamentos ou tomadas de decisão erradas.

Repito que me sinto muito envergonhado. Cada vez me pergunto mais no que se está a tornar o nosso clube. Desde as ameaças a treinadores e jogadores agora até a lápis azuis?

Z disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rodrigues Machado disse...

O autor do post do Mistica do Dragão foi alvo de graves ameaças e por isso eliminou o post pois começou a recear pela sua vida. Imagino o que terão feito ao autor do blogue. Isto é uma vergonha para todos os portistas.

JON disse...

Vergonha!
:(

Luís Vieira disse...

Se a razão foi essa (com cautela, porque não tenho provas de que assim seja), dirijo a minha censura toda para o funcionário em questão e para os membros da claque, não confundindo o clube com os mesmos.

Filipe Sousa disse...

Alguns detractores do Tactical Porto, consideram que o tempo do autor seria mais bem empregue a analisar os adversários do Porto; é tudo o que eu sempre quis: um blogue que estudasse como joga o Arouca ou o Penafiel.

DC disse...

Eu também não confundo o clube com os mesmos. Mas quantos desses estarão por dentro do clube?

Pedro disse...

Tudo começou com a história dos lugares anuais na bancada sul, e na conquista pelos SD de 90% da bancada, com ofertas de porrada a quem se queixar por ver o jogo de pé ou a quem resistir abandonar o lugar.

Tem continuado com ameaças nas redes sociais e blogs a quem critica , sobretudo nos blogs que têm maior implementação nas redes sociais.

O Saul já no facebook oficial do FCP insultou vários sócios, e eu próprio recebi várias mensagens pessoais com ameaças. Nada de novo.

A culpa não é dos jagunços, é duma SAD que deixa isto acontecer.

Alexandre Burmester disse...

Ou seja: alguns "jihadistas" de azul-branco fardados, pelos vistos com a ajuda de um funcionário do clube, atiram-se a um bloguista também fardado das mesmas cores, e perante a indignação aqui manifestada, o Luís Vieira preocupa-se em moralizar e a aconselhar o pessoal a não ser mais jihadistas que o ayatollah (há tipos bem mais jihadistas que os ayatollahs do Irão, mas isso é outra conversa). Se não está a tentar defender esses energúmenos, parece.

Alexandre Burmester disse...

Neste caso, os jihadistas são os tipos que se atiraram ao autor do blogue, e o ayatollah o funcionário do clube que terá estado envolvido. Não sei por que prefere alertar para os perigos de "jihadismo" de meros comentadores de blog sem intuitos agressivos.

Mas ainda há quem se surpreenda com estas coisas?

Luís Vieira disse...

DC, não sei quantos trauliteiros apoiantes deste género de atitudes fazem parte do organigrama do clube, mas não conte comigo para tomar a parte (o tal Saúl), pelo todo, alinhando em teorias da conspiração.

Alexandre Burmester, depois de eu já ter condenado a atitude dos "energúmenos" que protagonizaram este triste episódio, é obra aparecer com tão veemente indignação. As referências ao jihadismo e ao ayatollah, como é óbvio, tratam-se de um trocadilho com o título do post. Não é para levar a peito, não estamos no plano da literalidade. A minha intenção não é moralizar, nem aconselhar, estou apenas a opinar. E a minha opinião, sem metáforas que turvem a interpretação, é a seguinte: antes de acusar e/ou condenar, convém esclarecer cabalmente se o término do Tactical Porto se deveu efectivamente a ameaças de outros portistas. O post não era suficientemente esclarecedor, mas fazendo fé no que entretanto foi dito parece que se confirmam as suspeitas. Voltando à alegoria polémica: é um cuidado que prefiro manter, antes de vislumbrar o novo Salman Rushdie.

JRP disse...

Na mouche, Luís Vieira.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Folgo em saber que há portistas que começam a descobrir que há empregados do clube - que é consciente do que eles fazem e em muitos casos até os alimentam - e membros desse grupo de energumenos que se fazem passar por claque do FC Porto que fazem das ameaças, fisicas e psicológicas, a todos os que se manifestam publicamente contra a SAD, a claque ou, pura e simplesmente, dizem algo que alguém no Dragão não gostou de ler, prática comum.

Tenho uma novidade para todos. É algo que acontece há mais de uma década. Este é só mais um episódio nessa triste vagabundização do que já foi um grande Clube e hoje é um antro de algo inombrável!

António Teixeira disse...

Claro que é de censurar, e o Fernando Saul não devia ter feito o que fez pelo simples facto de ter alguma responsabilidade. Mas que eu saiba, tal como o user do blog, o Manuel Vila Pouca, os do Mística, do Tribuna, qualquer um, o Fernando Saul tem direito a sua opinião de achar que isso não é ser Porto. Eu não concordo com ele (por muito que goste ou não goste do criador do blog e da análise).

Mas oh DC, há uma coisa que não entendo, então ontem era porque o autor tinha ficado ofendido por não o acharem portista (e terá o seu direito),e hoje já é pelas ameaças?

É sempre de censurar as censuras, claro. E o Fernando Saul esteve mal. Mas o autor tinha mais é que continuar com o blog. Ainda por cima depois de tudo o que o DC sabe que o autor disse. E que o DC pode consultar. Por isso, também não percebo essa vitimização toda.

José Correia disse...

Defendo, como sempre defendi, a liberdade de opinião.

Compreendo e associo-me à indignação perante algo que não deveria ter acontecido.

Mas peço a todos para não usarem a caixa de comentários do 'Reflexão Portista' para "deitarem mais achas para esta fogueira", ao usarem expressões que motivam respostas no mesmo tom.

Amphy disse...

Quem quiser, ainda consegue ler o tactical e o Saul na cache do google.

Não curto este tipo de pressões de baixo nível. O Porto (cidade) é um sitio muito bom, mas infelizmente, está muito mal frequentado.

DC disse...

Não sei do que falas sobre isso de não o acharem portista. Falei com ele e o que me disse foi isso, que estava a ser incomodado. E não tenho porque duvidar da palavra dele.

Quanto ao resto não vou comentar António. Já deves reparar que não me tento envolver emocionalmente da forma que tu te tens envolvido em certas discussões e assim vai continuar.

DC disse...

Não sei se se referiu ao meu último comentário. Talvez não devesse ter escrito a última frase, realmente (salientando também que não foi nada de ofensivo para ninguém). Mas parece-me importante que se saiba que a função do Saul não é uma função qualquer no Porto. É uma função que exige outra postura, outra elevação e outra educação.

António Teixeira disse...

Então o autor diz hoje o que não diz amanhã.

Não me envolvi emocionalmente em coisa nenhuma agora, não percebi. Só estou a dizer o que li.

meirelesportuense disse...

Relativamente a esta questão, devo confessar que não sei de quem estão a falar, mas se consiste essencialmente num tentativa de silenciamento de alguém, só tenho que a reprovar profundamente...Temos que ser corajosos e defendermos a liberdade de expressão.
Mas também é imperioso haver critério nas acusações que muitas vezes são feitas, sem que aparentem grande verdade. É evidente que muitos dos comentadores que passam pelos blogues do Porto -e claro dos outros Clubes- só o fazem para poderem lançar o seu veneno, mas quem lê os comentários que são feitos, tem que saber fazer a destrinça entre o que é dito com boa fé, e o que é feito e escrito com má intenção e imensa maldade...Porque na blogosfera "falamos" com entidades desconhecidas, anónimas, sem rosto, sem que o façamos cara a cara, sem saber quem é que fala por detrás de pseudónimo. Eu próprio já fui vítima de insultos soezes nestes espaços e também fui silenciado nos meus comentários por várias vezes...Portanto sei muito bem do que falo.

Hugo disse...

Uma vergonha o poder que estes marginais tem

Alexandre Burmester disse...

Ninguém aqui disse ou deu a entender que tomava a parte pelo todo, Luís Vieira, pelo que não faz grande sentido a sua preocupação e insistência nesse ponto, com ou sem metáforas.

Luís Vieira disse...

Não misture alhos com bugalhos, por favor. Essa referência apenas surgiu em resposta à seguinte pergunta do DC: "Mas quantos desses estarão por dentro do clube?" A opinião de um funcionário não é ilustrativa do pensamento de toda uma organização. E é falso que ninguém tenha dito ou dado a entender que tomava a parte pelo todo. Basta ler com atenção esta caixa de comentários, autores do blog incluídos.

manelinho disse...

O site ja voltou pelo que parece
e o post do mistica tambem
abbraços portistas