sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Condicionar com cartões

O JOGO
No final do AS Monaco x SL Benfica, Jorge Jesus quis juntar-se ao choradinho sportinguista em relação às arbitragens (ai se o ridículo matasse…), procurando, dessa forma, justificar o empate da sua equipa no Principado.

O árbitro condicionou muito a equipa do Benfica nos primeiros 20 minutos, com dois cartões amarelos. Faz muita confusão que Portugal esteja à frente da Itália e da França no ranking. Já ontem, na Alemanha [Schalke 04 x Sporting], foi igual, fizeram o mesmo ao Sporting. Isto é político. Nota-se nos primeiros 20 minutos que o árbitro penaliza as equipas portuguesas, para depois poderem jogar com essa situação

Mesmo para os padrões do “mestre da táctica”, estas afirmações são tão ridículas (e falsas!), que nem sei o que dizer.

Para começar, os três cartões amarelos mostrados pelo árbitro polaco a jogadores do SL Benfica – Eliseu (8’), Lisandro López (26’), Salvio (36’) – foram todos bem mostrados.

Em segundo lugar, o cartão vermelho direto mostrado a Lisandro López (75’) é indiscutível mas, mesmo que o árbitro fosse condescendente e punisse a entrada às pernas do Moutinho apenas com cartão amarelo, seria o 2º cartão amarelo e as consequências práticas eram as mesmas.

Sendo estes os FACTOS, onde é que aqui houve “política”?

Agora, Jorge Jesus sabe bem do que fala, quando refere que a mostragem de cartões amarelos condiciona (muito) determinadas equipas.

Amarelos cirúrgicos (época 2011/2012)
143 minutos (época 2012/2013)

E, se olharmos para este início de época no campeonato português, o que vemos?

Boavista x SL Benfica (2ª Jornada)
Bobô (Boavista) – Cartão amarelo aos 56’; 2º cartão amarelo (e consequente expulsão) aos 86’.

SL Benfica x Moreirense (5ª Jornada)
Marcelo Oliveira (Moreirense) – Cartão amarelo aos 37’; 2º cartão amarelo (e consequente expulsão) aos 57’.

Estoril x SL Benfica (6ª Jornada)
Matías Cabrera (Estoril) – Cartão amarelo aos 40’; 2º cartão amarelo (e consequente expulsão) aos 66’.


E quanto a jogadores do SL Benfica?

De facto, não é normal os árbitros portugueses “condicionarem” os jogadores do SLB com cartões amarelos…
E muito menos com cartões vermelhos!

Claro que quem está habituado a “arbitragens simpáticas”, estranha (e muito!) quando, por essa Europa fora, encontra árbitros que não são subservientes e que não estão condicionados por histórias de “apitos”, ou por avaliações de observadores escolhidos a dedo.

Em vez de andar a inventar desculpas, ainda por cima com argumentos falsos, era muito mais honesto Jorge Jesus assumir, de uma vez por todas, que prefere disputar a fase a eliminar da Liga Europa, do que os Oitavos-final da Liga dos Campeões.


Até porque, se há coisa que os últimos anos demonstraram, é que o Benfica de Jorge Jesus, apesar dos muitos milhões investidos por Luís Filipe Vieira, sente-se mais confortável em confrontos com equipas de “classe média”, do que a tentar disputar eliminatórias com as grandes equipas europeias.

6 comentários:

Augusto Baptista Ferreira disse...

Acabou de me "roubar" a ideia e, por consequência, poupar o trabalho de escrever um post.

http://portistasanonimos.blogspot.pt/

José Correia disse...

Caro Augusto Ferreira, por que razão não há-de haver dois ou mais artigos sobre o mesmo assunto?

Não deixe de escrever o seu post e dizer qual é a sua perspectiva sobre este assunto.

Pedro Moreira disse...

Caro José dois excelentes artigos que deixam em evidencia a ausencia de etica desta gente. Nunca me esqueci do jogo na reboleira o primeiro de muitos assaltos á mao armada do especialista Gomes que por mero azar se tem enganado sempre para o mesmo lado. Fosse a sua cor o azul estaria a arbitrar na regional, investigado por escutas e trocidado pelos media . Como só ve vermelho é internacional, um homem honesto com via verde para continuar a roub....arbitrar. O problema é q se acumularam os Duartes na primeira liga face ao silencio cumplice do fcp. Uma das taticas desta quadrilha passa por condicionar com amarelos precoces com os aplausos dos corruptos jornaleiros. Caro Jose tenho q lhe dar os parabens pelo excelente conjunto de artigos que tem publicado pejados de verdade. Como sabe sou insuspeito porque noutras alturas também o critiquei.

Z disse...

Ora aí está, há mais quem não ande a dormir! É absolutamente inqualificável a palhaçada que por esta semana tem "rebentado" a CS relativamente a estas queixas. Eu, que ainda não existia na final de Basileia, tenho um nome gravado na memória, e juro que só não lhe passo com o carro por cima porque o desgraçado do carro já tem 16 anos: Hugh Dallas é o nome. Depois da expressão nula que tamanha roubalheira, em Munique, teve pela CS do nosso pais ("têm de jogar mais", diziam eles), só me posso congratular que o mesmo aconteça a outros. Que permitam que um guarda redes lhes defenda penalties em cima da marca, que lhes marquem penalties por bola no pé... Que aprendam como as coisas são! Cambada de gente desonesta...

Augusto Baptista Ferreira disse...

Não teria algo a acrescentar, uma vez que a minha abordagem ao assunto seria sempre semelhante. Quando assim é, não há necessidade de "inventar". :)

Ricardo, RSW disse...

Não podia estar mais de acordo com o que foi escrito no post, este campeonato é uma mentira, temos de ser muito muito melhores para vencer todos estes obstaculos e o colinho dos pateticos vermelhos