domingo, 5 de outubro de 2014

Equipa Ab “esmaga” Olhanense

Recorrendo, de novo, a sete (7) jogadores do plantel principal – Ricardo (GR), Diego Reyes, José Campaña, Tiago Rodrigues, Otávio, Ricardo Pereira e Kelvin – a equipa do FC Porto que disputa a II Liga, recebeu e venceu o Olhanense por 7-0!

E, tal como aconteceu das anteriores vezes em que a equipa B foi reforçada com vários jogadores da equipa A, André Silva, Francisco Ramos, Rafa e Tomás Podstawski ficaram no banco de suplentes, ou nem sequer foram convocados, e apenas Ivo (que hoje marcou 3 golos!) fez parte do onze inicial.
Falo destes cinco jogadores, porque todos eles se sagraram vice-campeões europeus de Sub-19 em Julho passado e, supostamente, são do melhor que a formação portista produziu nos últimos anos.

Relativamente ao que vi no jogo de hoje, duas confirmações:

José Campaña é um Nº 6 de muito boa qualidade. Tem um estilo parecido ao de Javi Garcia (ironicamente, tão assobiado no regresso ao estádio da Luz com a camisola do Zenit…), mas é muito menos caceteiro que o ex-benfiquista.
Por aquilo que vi dele, neste e noutros jogos, surpreende-me que, para o FC Porto x SC Braga de hoje, na ausência de Casemiro, Lopetegui prefira adaptar Iván Marcano à posição de médio defensivo.

Otávio é mesmo craque.
Parece-me que este ex-jogador do Internacional de Porto Alegre está a ser trabalhado para ser uma alternativa a Óliver (que deverá regressar a Madrid na próxima época) e, talvez por isso, hoje jogou uns metros mais atrás.
Mas, tal como o jogador emprestado pelo Atletico Madrid, este menino, de apenas 19 anos, tem muito futebol nos pés (na cabeça!) e joga como um Senhor!

Após os primeiros 10 jogos do campeonato da II Liga, já se podem tirar algumas ilações.

Em termos de resultados, o FCP B tem 4 vitórias, 1 empate e 5 derrotas. Contudo, das quatro vitórias, apenas uma foi obtida sem recorrer a jogadores do plantel principal (contra o Feirense, último classificado, que em 9 jogos disputados tem 0 vitórias…).

Mais. Dos 15 golos que a equipa B marcou nos 10 jogos já disputados, 10 desses golos foram apontados nos três jogos em que jogaram 6 ou 7 jogadores do plantel principal. Ou seja, nos outros sete jogos, o FCP B marcou apenas cinco golos…

Na próxima jornada, o FCP B vai jogar à Vila das Aves. Para preparar convenientemente esse jogo, o treinador do Desportivo das Aves terá de telefonar a Luís Castro (ou será a Lopetegui?) e perguntar que FCP B irá enfrentar…

15 comentários:

Augusto Baptista Ferreira disse...

Talvez o rácio de vitórias entre os jogos com e sem os jogadores da equipa A explique a utilização dos mesmos. À parte disso, é natural que isto aconteça, já na época passada foi uma realidade por diversas vezes. A II Liga tem 46 jornadas, um jogador de 18 ou 19 anos que dispute metade delas (23) já tem uma quantidade aceitável de jogos para uma temporada.

miguel.ca disse...

A equipa B tem diversas utilidades e uma delas é exactamente essa, que jovens e não tão jovens jogadores sem grande espaço na equipa A vão-se mantendo activos e preparados para qualquer eventualidade.

José Rodrigues disse...

O Tiago Rodigues nao devia entrar nestas contas, já q nao faz parte do plantel A (já o Kelvin lá aparece no plantel A no site do clube, muito embora na pratica é como se nao estivesse lá).

Joao Goncalves disse...

Não entendo o tom de ironia como abordas este Post José sinceramente...

Jogaram 5 jogadores provenientes da A, que na prática até podiam ser 4 já que o Ricardo estava a fazer de espectador.

O que muda completamente entre a equipa que perde todos os jogos e que ganha com alguma regularidade são Reyes, Campanã e Otávio (já que o Ricardo Pereira é de momentos).

Estes 3 jogadores são infindávelmente superiores a qualquer um dos seus concorrentes, que por incivel que parece são Zé Antonio(!!!), Leandro e Tomás.

Tirando o Tomás os outros nem lá deveriam estar de maneira nenhuma!

Depois temos a insistência em Kayembé e a aposta continuada de Rafa no banco... tem que se passar qualquer coisa de estranho nesta situação...

A não convocação de André Silva só pode ser por questões contratuais.

Quanto ao resto... Chico ainda é muito fraquinho para ser um 8 para uma segunda liga... mas mesmo muito fraquinho.

De resto e numa equipa que até dá para o David Bruno (que é dos jogadores mais limitados que já vi na posição de lateral) entrar e jogar, segnifica que não existem muitas solucções.

Aliás... tirando o Ivo, Tomás, Litchovsky, Vitor Garcia e eventualemnte o Tiago Rodrigues, o resto está a quilometros de algum dia sonhar ser chamado à A.

As lesões do Gonçalo e do Pité também tiram dois potenciais jogadores interessantes das contas.

meirelesportuense disse...

A equipa B é isso mesmo, uma equipa que permita a integração de elementos de formação e elementos que não joguem frequentemente na A. Faz a rodagem de todos, mas é evidente que também não deve, nem pode, descurar os resultados. Senão ninguém acredita neles.

meirelesportuense disse...

Só agora vi o comentário do João, concordo completamente.

José Correia disse...

Ao contrário de outros jogadores, que fizeram (fazem) parte do plantel da equipa B, o Tiago Rodrigues foi contratado ao Vitória Guimarães (em Junho de 2013) para integrar o plantel principal.

Além disso, já tem dois anos de experiência a jogar na I Liga.

José Correia disse...

"Não entendo o tom de ironia como abordas este Post José sinceramente..."

Não há qualquer ironia.
O que há é constatação de FACTOS.

José Correia disse...

"...tirando o Ivo, Tomás, Litchovsky, Vitor Garcia e..."

Parece-me que uma equipa que tem Kadú, Victor Garcia, Igor Lichnovsky, Rafa, Tomás Podstawski, Pité, Ivo e Gonçalo Paciência, devia conseguir melhores resultados, sem necessitar de recorrer a Ricardo (GR), Opare, Diego Reyes, José Campaña, Tiago Rodrigues, Otávio, Ricardo Pereira e Kelvin.

Joao Goncalves disse...

Kadu é uma nódoa... parou a evoulução já faz duas épocas e ainda está a jogar à junior.

Gonçalo e Pité à muito que não dão o seu contributo à equipa, portanto o conseguir melhor resultados com os buracos e os mancos que lá andam a somar a Luis Castro, eu diria que é impossivel.

José Correia disse...

"Kadu é uma nódoa... parou a evolução já faz duas épocas"

Bem, no banco de suplentes é que, de certeza, não evolui.

E, já agora, qual é a solução que o João Gonçalves sugere?
Dispensar o Kadú?

José Correia disse...

"Gonçalo e Pité à muito que não dão o seu contributo à equipa..."

O Gonçalo Paciência e o Pité estão lesionados desde a 1ª jornada?
Nos primeiros jogos não estavam disponíveis?

José Correia disse...

De acordo.
Mas uma coisa é ir buscar 1 ou 2 jogadores ao plantel principal.
Outra coisa é, de um jogo para o outro, mudar 6 ou 7 jogadores no onze inicial.

Aristodemos disse...

Alguém me explique esta obsessão com os resultados da equipa B. Estão com vontade em comemorar um titulo da 2ª liga? Também é estranho não entenderem que com um 11 só com putos de 19 e 20 anos o normal é não ganharem jogos.

José Correia disse...

Não há, pelo menos da minha parte, qualquer obsessão com os resultados da equipa B (desde que não desça de divisão).

Mas penso que se devem tirar ilações, nomeadamente das escolhas do treinador, das exibições e dos resultados alcançados.