sábado, 15 de novembro de 2014

A “arma secreta”

Dinamarca x Portugal, resultado em 0-0.
Quaresma entrou em campo aos 84 minutos e, 8 minutos depois, fez um centro perfeito para a cabeça de Cristiano Ronaldo: Golo!

FC Porto x Athletic, resultado em 1-1.
Quaresma entrou em campo aos 70 minutos e, 5 minutos depois, rematou e a bola só parou no fundo da baliza: Golo!

Portugal x Arménia, resultado em 0-0.
Quaresma entrou em campo aos 70 minutos e, 2 minutos depois, conduziu uma jogada pelo lado direito, a bola ainda passou por Nani e Cristiano Ronaldo empurrou-a para lá da linha de baliza: Golo!

Quaresma, A Figura do Portugal x Arménia (fonte: O JOGO, 15-11-2014)

3 jogos complicados.
3 jogos que estavam empatados.
3 jogos com Quaresma a entrar nos últimos minutos.
3 jogos em que as acções de Quaresma foram determinantes para a sua equipa marcar e ganhar.

Ele diz que não é uma “arma secreta” e eu estou de acordo, porque isto já são coincidências a mais para ser um segredo.

Aos 31 anos, mais maduro e menos explosivo, saltar do banco para abrir a frente de ataque, enfrentando, em duelos de 1x1, defesas já desgastados é, na minha opinião, o modelo em que Ricardo Quaresma, nesta fase da sua carreira, poderá ser mais útil, quer no FC Porto, quer na Seleção.

Desde que, claro, Quaresma não desanime por ser o “novo Juary” do FC Porto.

64 comentários:

pancas disse...

Jose,
Deixe-me la reescrever este post visto de um angulo diferente...

Quaresma e a arte de se envolver em 3 golos sem saber ler nem escrever!

Dinamarca - Portugal:
Quaresma entra e bombeia a bola para a area. Perdao, centra na perfeicao para... Kjaer, central dinamarques! Felizmente, Ronaldo corre para onde a bola foi atirada (ele proprio disse que sabia "para onde o Quaresma centra", ja que pelos vistos nao e para os colegas (!!)), salta e ou cabeceia ou forca o central adversario a cabecear para a propria baliza.

Porto - Athletic
Quaresma entra. Brahimi endossa-lhe a bola a entrada da area e corre para o espaco a espera da tabela. Neste momento, na zona do penalty estao Brahimi e Jackson contra apenas um defesa, portanto se a bola lhes for passada a probabilidade de golo sera muito alta. Quaresma decide rematar, o que dado o seu historial daquela zona, tem uma probabilidade de golo muito baiza. O remate sai fraco e a figura. O guarda-redes, inexplicavelmente deixa a bola passar por baixo do corpo... Se este golo tivesse sido marcado pelo Benfica na liga portuguesa teriamos posts atras de posts na blogosfera a questionar a integridade do guarda redes e a perguntar quanto ele iria ganhar no contrato que teria ja assinado com o Benfica...

Portugal - Armenia:
Quaresma entra. Passa a bola a Nani a entrada da area. Nani, ao contrario de Quaresma contra o Bilbao, atrai 4 adversarios e solta de volta para Quaresma, isolando-o (jogada plena de inteligencia). Quaresma corresponde com um pontape enrolado que leva a bola a bater no relvado antes de se dirigir na direccao do guarda-redes. O guarda-redes sacode e Nani, que, mais uma vez, inteligentemente tinha se posicionado onde devia ganha o ressalto e em esforco toca a bola para Ronaldo que tambem em esforco chuta para o fundo das redes.

Arma secreta? A historia contada com detalhes fica um pouco diferente...

De qq modo, ate concordo que a jogar, so pode ser como suplente e em equipas como o Porto actual ou a Seleccao actual porque sao equipas que tem modelos de jogo ridiculos, portanto nao magoa e a espacos ate pode fazer milagres.

PS: foi bom de ver que apos umas 30 tentativas a marcar cantos no Porto, o Quaresma finalmente percebeu onde a bola tem de ser dirigida para um colega cabecear...

reine margot disse...

gostei especialmente da parte em que diz que a jogada do Nani é cheia de inteligência... - nunca vi jogador mais burro que o Nani !!

Paulo Costa disse...

Aquela do Éder na cabeça do Aboubakar era devolvida ao céu...

Bruno Pinto disse...

Os jogadores de talento são assim. Puxam dos galões quando é preciso. Já não é o jogador que foi na primeira passagem pelo clube, em que foi o melhor jogador do campeonato num dos títulos do Jesualdo - aquele golo na Luz...-, mas continua a fazer a diferença. É continuar assim, a tomar más decisões e a decidir jogos.

Azul ao Sul disse...

Com tanto gajo inteligente e tecnicamente evoluído em campo, as jogadas de merda que deram aqueles três golos haviam de ter a intervenção, logo do Quaresma.
Porra, que é azar nítido!

André disse...

Como é óbvio que não percebe muito de futebol, ou aparentemente tem algumas dificuldades visuais. Eu ajudo a esclarecer essa mente confusa.
1. Centro perfeito para Ronaldo que cabeceia com o defesa que o está a marcar. O Defesa, que o está a marcar, acaba por fazer golo. Sem o centro perfeito do Quaresma o golo não existiria. Como nunca deve ter jogado futebol percebo que não saiba qual a diferença entre bombear uma bola e um cruzamento, caberá a outra alma caridosa explicar a diferença .

2.O Quaresma está enquadrado com a baliza, o Jackson está marcado e a linha de passe é complicado. O central está a antecipar o passe para o Brahimi e hesita em sair à marcação. Ao contrário do que diz, ou zurra, o "historial"do Quaresma em remates do lado esquerdo até é bom. Qualquer jogador naquela posição tem uma probabilidade alta de facturar....aliás a bola entrou e foi golo, logo toda a premissa da sua argumentação vale zero. A realidade é uma chatice.

3. "Jogada plena de inteligência ". Há lugares comuns tão foleiros, tão foleiros ...que....enfim.

4. Ainda não percebi se é lampião ou lagartixa, mas apostava no verde. Essa reacção pavloviana ( a net explica)ao Quaresma é tão ridícula que, no que me diz respeito, se torna muito divertida.

José Correia disse...

"O Quaresma não é uma arma secreta. É um jogador importante, diferente dos outros. Era preciso abrir mais uma ala e criar movimentos diferentes, colocando o Nani na posição mais central."
Fernando Santos, 14-11-2014

José Correia disse...

«Aos 70' aconteceu a substituição-chave. Fernando Santos sentou Danny e deu entrada a Quaresma. O extremo do FC Porto revolucionou o jogo, fez subir a velocidade no ataque e nas suas botas nasceu o 1-0.»
Jornal espanhol AS

José Correia disse...

«Quaresma voltou a empolgar a seleção com uns pozinhos de magia. Dois minutos depois de ter entrado, abriu caminho ao único golo da noite.»
JN, 15-11-2014

José Correia disse...

"O que quero é ter oportunidades para jogar, seja de início ou não, de maneira a fazer sempre o melhor em função da equipa"
Quaresma, 14-11-2014

pancas disse...

Caro Jose Correia,
Nunca ha-de encontrar algum comentario meu a dizer que o Quaresma iria causar mal estar ou destabilizar a seleccao ou ate ter problemas em ser suplente. Tambem eu em lado nenhum disse que ele nao estava em campo quando os golos foram marcados ou que nao teve influencia nenhuma.

O que eu pretendi realcar com o meu comentario foi que o post que o Jose escreveu dava a entender que o Quaresma tinha virado aqueles jogos com jogadas milagrosas que so ele poderia ter feito, que o merito e so dele e que nao houve muita sorte a mistura.

Acho muito pouco coerente vir criticar a minha opiniao com textos de jornais quando foram esses mesmos jornais que classificaram o Quaresma de causador de problemas, velho, ultrapassado, etc... Ou seja, pelos vistos as opinioes dos jornais so lhe servem quando estao em concordancia consigo.

Como tem visto pelos meus comentarios, ja de ha varios meses, eu sou muito coerente. E como bom portista, acho que o Porto deve ter os melhores jogadores possiveis, nos quais nao incluo o Quaresma. Apenas e so porque nao tem suficiente inteligencia futebolistica para a (muita) tecnica que tem.

pancas disse...

Andre,
Pelos seus comentarios presumo que nao tenha nenhuma formacao na area, mas para variar, nao se abstem de tentar comentar com argumentos futebolisticos (falhados)...

Explique-me la entao... no primeiro casoo Ronaldo tem um central em cima dele, mas o centro de longe deve-se fazer, mas no segundo caso ha um defesa ao pe de dois avancados e entao ja nao faz sentido passar-lhes a bola de uma distancia de 3 metros??? Que brilhante logica!!!!

E explique-me la essa de que qualquer jogador tem uma probabilidade alta de faturar quando remata em cima da linha da grande-area??? E que isso revoluciona o futebol!!! E entao a teoria de que a argumentacao nao e valida porque foi golo? Portanto o Martin Pringle, o Beto Acosta, o Paredao, o Vinha, o Lica sao/eram todos jogadores de classe mundial porque marcaram golos, correcto?

E achar que eu sou lampiao ou lagartixa porque prefiro ter jogadores como o Jackson, Brahimi, Oliver ou ate diamantes em bruto como o Ruben Neves ou o Goncalo Paciencia (tudo jogadores que sabem pensar) no Porto faz-me rir!!! Mais uma vez, para ser portista eu tenho de gostar de todos os jogadores? Voce gostou muito do Paulo Fonseca como treinador, nao gostou? Olhe, eu nao, e critiquei-o como critico o Quaresma...

Quanto a reine margot, achar que o Nani e um jogador burro... por amor de deus, aprenda a ver futebol e deixe-se so de clubites... se o Nani estivesse no Porto e nao no Sporting, ainda estavamos na taca e o Sporting ia prai em 15o lugar...

José Correia disse...

"Acho muito pouco coerente vir criticar a minha opiniao com textos de jornais..."

Criticar a sua opinião?!

Caro "pancas", com todo o respeito, eu tenho por hábito nunca discutir com fanáticos (perde-se sempre, nem que seja tempo), quer o assunto seja o Quaresma, o Herrera ou outro qualquer.

José Correia disse...

"...textos de jornais quando foram esses mesmos jornais..."

Eu coloquei um texto de um jornal português (JN) e outro de um jornal espanhol (AS), ambos a propósito da entrada e influência que Quaresma teve no jogo.
Só isso.

O pancas não gosta da opinião que O JOGO, JN, AS, etc. têm acerca daquilo que o AS chamou "substituição-chave"?
Está no seu direito.

DC disse...

Acho piada chamarem fanático ao pancas por ter uma opinião e a fundamentar. Se calhar não ser fanático é ser elogioso para todos os jogadores do Porto só porque são do Porto.

Parabéns ao Quaresma por ter 2 jogadas "boas" (discutível como provou o pancas) pela selecção e por ter 1 jogada que deu golo ao Porto graças a um belo perú. Realmente é decisivo. Aliás um jogador que em 11 jogos pelo Porto esta época conseguiu fazer alguma coisa num (graças ao Iraizoz) é claramente decisivo. Aliás, o Porto tem praticamente um plantel de jogadores decisivos porque acho que devem haver poucos jogadores do plantel com menos golos ou jogadas decisivas que o Quaresma. Temos realmente muita sorte, só armas secretas!

Mas ainda bem que ele vai fazendo capas senão o blog não tinha posts que não fossem a falar de árbitros.

José Correia disse...

Caro DC, fez muito bem em ter tomado as dores do pancas, porque aquilo que eu disse ao pancas também se aplica a si.
E, por isso, vou repetir.

Caro DC, com todo o respeito, eu tenho por hábito nunca discutir com fanáticos (perde-se sempre, nem que seja tempo), quer o assunto seja o Quaresma, o Herrera ou outro qualquer.

José Correia disse...

«Sinto confiança por parte do treinador e isso ajuda o jogador. Se não tivermos confiança da parte de quem manda é difícil jogar. Estamos cá para nos ajudar uns aos outros. Não me considero arma secreta. Sou mais um jogador.»
Quaresma, 16-11-2014


Não era o Quaresma que, supostamente, causava enormes problemas se não fosse titular?

DC disse...

É um boa fuga, chamar de fanático a quem argumenta.
Entretanto, pode continuar a desculpar o que de mau acontece com os árbitros. Isso não é fanatismo naturalmente, é falar de futebol e do jogo.

José Correia disse...

"... chamar de fanático a quem argumenta"

Os vossos "argumentos" fazem-me lembrar aquela mãe, que foi ver o filho a uma parada militar e, ao vê-lo a marchar para um lado e aos outros soldados todos a marchar para o outro, perguntou:
- Ó senhor comandante, por que razão é que os soldados todos, com a excepção do meu filho, estão a marchar ao contrário?

José Correia disse...

"...pode continuar a desculpar o que de mau acontece com os árbitros"

Pelos vistos, para além de elogios a exibições do Quaresma ou do Herrera (quando eles justificam esses elogios), o DC também fica muito incomodado que se fale de arbitragens, denunciando os "campos inclinados" e o "colinho" dado ao clube do regime.

Diga lá, era tão bom que não houvesse jogos filmados, que não houvesse vídeos, que atestam algumas autênticas roubalheiras que se tem visto esta época, e que tudo se resumisse a umas imagens paradas, cirurgicamente escolhidas por "especialistas de tácticas".

DC disse...

A única coisa que lhe posso dizer José, é que lamento que você, que até já vi a ter alguns posts com bastante conteúdo e interesse, esteja actualmente focado em falar de arbitragens e de 2 jogadores do Porto.

A arbitragem é e será sempre uma desculpa. É e foi sempre, desde há muitos, muitos anos, a desculpa em anos em que cometemos erros próprios. No ano passado também houve muito post sobre arbitragem. Mas só um cego não via que a arbitragem não teve influência nenhuma na época.

Quanto ao comentário do soldado, alegro-me por não seguir manadas. Se a maioria tivesse sempre razão você era lampião, já que eles são mais. Eu, como penso pela minha cabeça, até posso ser o único a marchar sozinho. Não "marcho" é porque o da frente vai por ali, penso antes de ir se é o caminho que quero.
Ser da maioria e bater palminhas é sempre o mais fácil..

José Correia disse...

"...só um cego não via que a arbitragem não teve influência nenhuma na época"

Pois...
E, esta época, a arbitragem também não está a ter nenhuma influência nos resultados de vários jogos, pois não?

Quando até o Rui Santos (até o Rui Santos!!) reconhece que o SL Benfica tem 4 pontos a mais e o FC Porto 4 pontos a menos, devido à influência de erros crassos de arbitragem, é preciso ser-se muito ceguinho para vir negar as evidências.

José Correia disse...

"...alegro-me por não seguir manadas"

Ainda bem.
Mas, caro DC, olhe que neste caso (dos 3 jogos com Quaresma a entrar nos últimos minutos) a "manada" é muito heterogénea.
Inclui adeptos de vários clubes;
inclui comentadores de todas as cores;
inclui todos os jornais de desporto portugueses;
e até inclui jornalistas estrangeiros.

Mas pronto, tal como a mãe do soldadinho que marcha ao contrário, continue com os seus "argumentos infalíveis" porque, como toda a gente já percebeu, o DC é que está certo e os outros estão todos errados.

André disse...

Noto que continua com problemas com a realidade. Compara o Quaresma com "Martin Pringle, o Beto Acosta, o Paredao, o Vinha, o Lica", poderá até comparar comigo que vou marcado uns golitos todos os sábados, mas só demonstra o desespero argumentativo quando utiliza falácias (a net explica).
Gosto do "formação na área", aparentemente mais de 30 anos a ver futebol não me permite apreciar as nuances do jogo, preciso de "formação na área", enfim, uma expressão tão foleira só desclassifica quem a profere.
Convido-o a rever o lance do Quaresma na esquerda e já agora reveja o historial do Quaresma na esquerda do ataque, pode ser que aprenda e complete a "formação na área". Lamento que seja um Portista a desclassificar um jogador como o Quaresma, mas os seus argumentos são tão pueris que penso que à medida que vai entrando na adolescência mude de opinião.
Até qualquer dia.

DC disse...

Eu não sei se estou certo ou errado, simplesmente tenho uma opinião. E não a justifico com a opinião dos outros ou da maioria. Aliás justificar uma opinião com a concordância dos outros para mim não é justificação, é insegurança. Se para se acreditar ou justificar um argumento é preciso dizer que é assim porque a maioria diz que sim, estávamos muito mal. Provavelmente ainda andávamos a queimar "bruxos" na fogueira.. Também não sou religioso e sei justificar porquê e estou-me a borrifar se a grande maioria da população portuguesa e mundial acredita em histórias da carochinha..
De resto, não tenho culpa que fiquem amuados ou chateados por eu ter uma opinião diferente, ao ponto de deixar de argumentar e simplesmente chamar de fanático quem discorda. Aí nesse caso sim, não sou eu que estou errado.

Paulo Costa disse...

O problema, José Correia, é que para a manada do Lateral Esquerdo o Quaresma é péssimo. Porquê? Porque toma más decisões. E o que são boas e más decisões? É o que eles disserem porque eles é que sabem. Portanto, não se admire de ver um cruzamento/passe/remate inteligentíssimo do Nani ser transformado numa burrice do Quaresma, o mesmo lance, porque é mesmo assim que as coisas funcionam por ali, no meio de toda aquela sabedoria.

DC disse...

Impressionante a quantidade de generalizações e disparates que se lêem aqui sobre esse blog. Gera assim tanto ódio haver um blog em que os posts são sobre futebol e não sobre arbitragem ou sobre os programas de Domingo à noite?

Bruno Pinto disse...

José Correia, continue o magnífico trabalho neste blog afecto ao FUTEBOL CLUBE DO PORTO. Não se desvie por causa de duas ou três personagens fundamentalistas.

DC disse...

Facto curioso é o Bruno ter passado tanto tempo neses blogs fundamentalistas a redigir comentários abundantes e extensos. Depois, por se ter envolvido, mais uma vez (porque quem ler outros blogs já conhece a participação do Bruno em blogs de desporto há muitos anos), numa discussão com os autores, foi bloqueado e agora vem ao RP falar mal dos blogs nos quais tanto tempo passava (e provavelmente ainda passa).
É sempre engraçado ver estas reacções.

José Correia disse...

"...numa discussão com os autores, foi bloqueado e agora vem ao RP..."

Deixa ver se eu percebi.

O DC conhece o Bruno Pinto, por ambos participarem, há muitos anos, em blogs de desporto.

Pelos vistos, um desses blogs é um tal de 'Lateral Esquerdo' (muitíssimo elogiado pelo DC), de onde o Bruno Pinto foi expulso/bloqueado por ter discutido com os respectivos autores.

Eu quero aproveitar esta oportunidade para tranquilizar o DC (e, já agora, também o pancas).

Podem discutir e discordar à vontade, de mim ou de outros autores do 'Reflexão Portista' que, desde que não sejam acintosos, nem recorram ao insulto, não será por isso que serão bloqueados.

Podemos (na vossa opinião) não perceber nada de tácticas ou de jogadores mas, dentro daquilo que são os nossos parâmetros, percebemos umas coisitas de pluralidade e de liberdade de opinião.

DC disse...

"Podem discutir e discordar à vontade, de mim ou de outros autores do 'Reflexão Portista' que, desde que não sejam acintosos, nem recorram ao insulto, não será por isso que serão bloqueados."

Pois, e nos outros blogs que referi as regras são exactamente as mesmas.

André disse...

O problema é o fundamentalismo. Os anti são fundamentalistas, definitivos e apocalípticos nas suas apreciações sobre o Quaresma. Pavlovianos, o Quaresma não centra "bombeia", o quaresma chuta e marca mas o não deveria ter feito.
O anti é tão fundamentalista que torna todos os outros, que apreciam as qualidades e criticam os defeitos do jogador, como fãs acéfalos. Como a razoabilidade e isenção na critica de um qualquer jogador fosse um pecado imperdoável aos olhos dos doutos críticos do Quaresma.
Os anti estão tão toldados pela uma raiva irracional que são incapazes de ver a realidade, histéricos como as raparigas de salem ou os procuradores dos processos de Moscovo.
Mas acima de tudo os anti são chatos. Muito chatos.

pancas disse...

"aparentemente mais de 30 anos a ver futebol não me permite apreciar as nuances do jogo, preciso de "formação na área", enfim, uma expressão tão foleira só desclassifica quem a profere"

Pois, caro Andre, aqui esta o busilis da questao! Voce acha que ver futebol como adepto lhe da um conhecimento sobre o desporto ao nivel das pessoas que estudam o desporto.
Por essa logica vejamos:
- Eu vejo Formula 1 ha mais de 30 anos - sera que eu posso ir discutir as afinacoes de motores e as melhores maneiras de conduzir com os mecanicos e os pilotos?
- O meu pai e o meu avo foram pilotos de aviacao e eu voo ha mais de 10 anos quase mensalmente - sera que isso me habilita a discutir aeronautica com engenheiros e pilotos?
- Eu vejo camioes TIR todos os dias na estrada - sera que isso me habilita a discutir com os condutores como melhor os conduzir?

Experimente ler uns livros, ir a umas aulas, frequentar uns estagios, treinar umas equipas, ate mesmo so passar algum tempo em dialogo constante com pessoas "formadas na area" do futebol, e depois pode ser que consiga ter discussoes produtivas e que nao sejam so carregadas de insultozinhos rascas que passam sempre ao lado...

Reveja o meu comentario anterior, eu nao comparei o Quaresma a esses jogadores... o que eu disse foi que eles marcaram golos e voce e que disse que se a jogada deu golo entao nao devia haver discussao, logo esses jogadores devem ser de classe mundial (e voce nao pode discutir, tem de aceitar, pela sua propria logica)

O historial do Quaresma... ele ja marcou varios golos daquela zona, sim senhor, eu nunca disse que nao. Mas tambem falhou dezenas, senao centenas de remates da mesma zona, o que implica uma baixa probabilidade de facturar...

Ainda estou a espera da resposta as outras perguntas... sera que foi porque a sua logica se torceu toda e agora nao lhe convem responder?

Bruno Pinto disse...

Tão chatos que já não lhes ligo patavina. São fundamentalistas, sem opinião própria, que se limitam a debitar os pensamentos dos seus pastores. Não percebem o quão ridículos são. Na tentativa de marcarem a diferença, parecerem mais conhecedores que os outros, limitam-se a comer tudo o que lhes servem. Com essa malta já não perco tempo. Mas é giro vê-los a dar palpites sem saberem do que estão a falar. Santa ignorância...

DC disse...

Mas a que propósito é que entra sempre a conversa da raiva e da histeria, do fundamentalismo ou da incapacidade para elogiar?
Olhem-se um bocadinho ao espelho e vejam quem é que é incapaz de responder a um comentário sem essa conversa.

Eu acho que o Quaresma deste ano está melhor que o do ano passado. Continuo a achar que não merece estar no Porto mas dou-lhe algum mérito por evoluir um pouco no individualismo e no jogo de equipa.
Agora, também acho que neste jogo o remate dele foi mal efectuado, por exemplo. Isso é ser fundamentalista? Ou é olhar e ver que a bola foi enrolada?
Eu acho que o remate dele contra o Bilbao foi fraco e não foi a melhor decisão. É ser histérico? Ou é olhar para a jogada, posicionamento dos colegas, reacção do guarda-redes?

Fundamentalista é dar o mérito dum frango a alguém que faz um remate fraco. Quaresma não é mau em tudo, melhorou até alguma coisa. Agora, criticá-lo é proibido?
Basta ler os comentários neste blog, ver quem chama de fanático a quem e é notório de onde vem o fundamentalismo. Quem não tolera críticas aqui sou eu ou o pancas? Se calhar não.

pancas disse...

Portanto presumo que o bom portista tem de:
- apoiar a direccao, treinador e jogadores em praticamente todas as situacoes
- insurgir-se contra arbitragens prejudiciais
- calar-se quando beneficiado por arbitragens
- insurgir-se contra a imprensa quando eles discordam
- usar a imprensa como prova de opiniao quando eles concordam
- culpar o "verdadeiro sistema" quando se chega ao fim do ano de maos a abanar
- tirar todo e qualquer merito aos adversarios quando eles ganham
- Nunca analisar os erros internos atraves de um prisma de conhecimento futebolistico
- Atribuir todas as culpas de falhas a factores externos
- Banir "fundamentalistas" chatos porque sao coerentes no que falam de futebol ao inves do tipico adepto ou jornalista que faz do jogador ou treinador besta uma semana e bestial na proxima consoante o resultado
- Nunca, mas nunca, mas nunca falar mal de jogadores que batam com a mao no peito quando joguem, porque eles sim sao verdadeiros portistas!

Nao sei se isto soa familiar...
No meu tempo a isto chamava-se ser LAMPIAO

José Correia disse...

Caro DC, explique-me o seguinte:

Se o 'Lateral Esquerdo' e os outros blogues (quais são?) que tanto aprecia têm exactamente as mesmas regras de discussão que o 'Reflexão Portista';

se nesses blogues, que tanto aprecia, "os posts são sobre futebol e não sobre arbitragem ou sobre os programas de Domingo à noite";

se nesses blogues, que tanto aprecia, as discussões são interessantíssimas e de elevado nível futebolístico;

o que é que um tipo do seu nível anda a fazer na caixa de comentários do 'Reflexão Portista'?

Você é o quê, uma espécie de missionário, que quer "evangelizar" os incultos (futebolisticamente falando) que lêem os seus comentários?

Olhe, quer um conselho?
Não perca tempo, ou então mude de estratégia, porque a coisa não está a resultar.

pancas disse...

E, para os que acham que os anti, fundamentalistas, chatos como eu nao tem nada de positivo a dizer sobre o Quaresma aqui vai:

Tem uma tecnica excepcional
E muito forte no 1x1 e ate no 1x2
consegue cruzar de maneira tensa de ambos os lados
tem boa velocidade e bom arranque
Traz adeptos ao estadio
E, desde esta pre-epoca, esta muito melhor nos posicionamentos defensivos a saber para onde descer, como cobrir, etc e tem escolhido mais vezes cortar para dentro (mais imprevisivel, logo mais eficaz)

DC disse...

Bruno, se não perde tempo porque é que ainda tem ido ao Lateral Esquerdo tentar comentar e ver os seus comentários rejeitados pelos autores? Ele há coisas!

DC disse...

Só faltava essa José, o pedir para eu sair.
Agradeço a recomendação mas para já ainda sou eu que decido com o que é que perco o meu tempo. Mas pode sempre rejeitar os meus comentários, está plenamente no seu direito.

E considero, ainda, o RP um local onde vale a pena vir. Mas confesso que já me deu bastante mais prazer vir cá.

Já agora, mais uma vez, pela enésima vez, nunca disse que percebia muito, nunca me coloquei em nível nenhum. Quem coloca a conversa ao nível do fanatismo, fundamentalismo ou desprezo pela opinião de outros não sou eu. Agora, gostava de entender o complexo de alguém para quem uma opinião diferente e fundamentada é logo uma tentativa de evangelizar quem quer que seja.
É assim tão difícil aceitar as opiniões de outros?

José Correia disse...

Convidá-lo a sair?!!
A uma das pessoas que mais contribui para o número de visitas e que "anima", como ninguém, a caixa de comentários do 'Reflexão Portista'?

Ó homem, continue a vir cá as vezes que quiser.

Só não percebo aonde quer chegar com a sua estratégia de "evangelização", a qual, notoriamente, não está a resultar, mas isso é um problema seu e de como quer gastar o seu tempo.

Bruno Pinto disse...

Basicamente porque falam do meu nome em tons impróprios, mas depois não dão a oportunidade do contraditório. Isso mostra o grau de civismo daquela gente. Eles, como você, chamam burros a todos os que os contradizem, mas detestam que alguém lhes chame burros. Mas não poluamos este blog portista com conversas paralelas sem interesse nenhum.

DC disse...

José, mas qual estratégia?
Eu tenho uma opinião e defendo-a, ponto. Mas também já aqui escrevi muitas vezes que não quero que ninguém concorde comigo e cada um faz o que quiser com a informação disponível.
A história do fundamentalismo ou evangelização nasceu e continua apenas no vosso discurso. Eu simplesmente digo que há análises com muito conteúdo que estão por aí disponíveis a quem as quiser ver. Todo este desprezo e rejeição é que me faz confusão. Já disse muitas vezes. Discordam? Façam uma contra-análise. Provem os vossos argumentos.
Falo muitas vezes de certos jogadores? Sim. Mas falo em resposta aos posts ou comentários, ou não? Ou é suposto o José fazer um post sobre o Quaresma e os comentários serem apenas a bater palmas? Pensava que uma reflexão era outra coisa.

Mas acaba por ser natural. Afinal, um dos nossos, um sócio, com lugar anual no nosso estádio, foi obrigado a fechar um blog de análise ao Porto por receber ameaças de... portistas. Infelizmente acaba por ser a reacção mais comum entre adeptos de futebol. Desvalorizar e mesmo procurar acabar com aquilo com que não concordam. Essa visão ditatorial a mim incomoda-me um bocadinho, mas há quem goste.

Bruno Pinto disse...

Espere esta é a parte em que entra o DC e diz que eles chamam burros ao pessoal, mas usam argumentos, o que ratifica a opinião. Já os que lhes chamam burros, fazem-no por inveja... Não tenha tanta certeza daquilo que parece à primeira vista e não fale de coisas que desconhece.

José Correia disse...

"Desvalorizar e mesmo procurar acabar com aquilo com que não concordam. Essa visão ditatorial a mim incomoda-me um bocadinho..."

/* MODE IRONIC ON */
Coitadinho do DC.
O malandro do José Correia quer calá-lo, bani-lo, censurá-lo, expulsá-lo e sabe-se lá que mais.
/* MODE IRONIC OFF */

Caro DC, sendo a pessoa que tem mais comentários publicados no 'Reflexão Portista'' (mais do que os próprios autores), não acha um bocadinho ridículo vir para aqui com este tipo de choradinho?

Vou repetir o que já disse:
Pode(m) discutir e discordar à vontade, de mim ou de outros autores do 'Reflexão Portista' que, desde que não sejam acintosos, nem recorram ao insulto, não será por isso que serão bloqueados.

DC disse...

Eu chamei burro a quem? Enfim...

DC disse...

Esta é a parte em que eu me arrependo de lhe ter feito a pergunta e me recordo porque é que se fartaram de si nos outros blogs.
Peço desculpa, não volta a acontecer!

Bruno Pinto disse...

Agradeço. Está desculpado.

DC disse...

Choradinho? Por favor... Se eu critico um jogador é fanatismo, se eu acho ridículo chamar fanatismo a uma opinião fundamentada é choradinho. Estamos num nível bastante alto hoje.

Já agora, há-de reparar então que posso ter muitos comentários mas dificilmente são em posts sobre arbitragem. Coincidência, certamente.

José Correia disse...

"... posso ter muitos comentários mas dificilmente são em posts sobre arbitragem. Coincidência, certamente"

Claro que não é coincidência.

Eu confirmo que dificilmente vemos comentários do DC a falar sobre arbitragem, a não ser, se bem me lembro, para minimizar o impacto de eventuais erros em prejuízo do FC Porto, dizendo que o árbitro errou para os dois lados.

José Lopes disse...

Eu tenho muito pouca paciencia para a arrogancia que perspassa no Lateral Esquerdo, tanto que fui la um par de vezes e fiquei-me por ai sem nunca comentar. Acho muito bem que se discuta o jogo e se tente ver para la da bola no poste ou do penalty por marcar, mas o que e' demais e' molestia e desisti quando um dos autores "aconselhou" um comentador (que estava a ser educado) a ir informar-se que, depois disso, poderia voltar a aparecer por la e ter o luxo de discutir futebol com os autores. Fora o facto de dizer que nao se discute as "tomadas de decisao", em linguagem propria de seita religiosa. Nao discuto que seja quem for possa saber mais que eu sobre futebol, e periodizacao tactica e merdas entre-linhas e transicoes e afins, nunca tive aula nenhuma sobre futebol nem pretendo ter. Mas as pessoas deviam relaxar um bocado quando tanto tentam demonstrar sapiencia e perceber que estao a falar de bola, que tao melhor e' quanto mais bola for. Discuta-se tacticas e inteligencia dos jogadores, mas nao se feche os olhos a coisas com uma influencia tremenda nos resultados como por exemplo as arbitragens. Achar-se que o que se anda a passar na arbitragem e' uma coisa lateral sem grande importancia so pode vir de quem tanto quer resumir o jogo a tomadas de decisao e analises tacticas. Infelizmente, o futebol, mais ainda o portugues, tem um sistema a operar em pleno e se acham que isto e' discurso de acefalo, terao a vida toda para abrir os olhos e perceber que, numa competicao equilibrada, haver uma equipa que e' sistematicamente beneficiada decide o vencedor logo ai, por muito boas que sejam as tomadas de decisao.

Posto isto, e' evidente que o problema no Porto nao se resume as arbitragens (o jogo contra o Estoril foi o melhor exemplo), mas tambem sei que se estivessemos a frente da classificacao como deveriamos nao fossem as arbitragens, todos os erros do Lopetegui teriam um impacto reduzido.

André disse...

Existe o ad hitlerum...nos blogs portistas quando se perde a razão existe o "ad lampionarum".

André disse...

Creio que o seu nick devia mudar para panca.
Tentei explicar que a sua argumentação assenta em falácias, mas responde com mais falácias. Como explicar-lhe?
O nível de competências exigidas para conhecer as afinações de um carro de formula 1, ou para pilotar um avião ou mesmo um camião implicam um nível de formação diferente .
Repare, eu sei reconhecer um bom piloto de F1, mas percebo 0 da mecânica do carro, assim como reconheço um bom futebolista mas percebo zero de ortopedia ou física do movimento humano. Percebe a diferença?
Gosto sempre que me indiquem novas leituras.
Quanto às minhas resposta estão explanadas nos 2 primeiros pontos para lhe facilitar a vida mas mesmo assim não percebeu. Nada mais há a dizer.
Cumprimentos portistas

João disse...

Comentário do ano, André.

Nuno Fonseca disse...

Tem de actualizar este post José Correia :) Estou certo que que o cruzamento para o golo da vitória hoje foi mal feito, foi uma má decisão e foi sorte dar golo segundo algumas pessoas. Mas merece ser realçado. Para além disso há um outro excelente cruzamento que o Éder desperdiça à Éder (já é uma imagem de marca deste jogador).

pancas disse...

Update - Portugal-Argentina

Ha 2 situacoes de jogo em que um cruzamento e claramente a melhor decisao que um jogador pode tomar:

1. Se na area, ou numa zona da area, existe superioridade numerica dos avancados vs defesas (exemplo do 1o golo contra o Moreirense)
2. Se o cruzamento e direccionado para um companheiro que esta liberto de marcacao na area

Se nao houver uma destas situacoes, que aumentam a probabilidade de exito exponencialmente, o melhor e procurar outra forma de penetrar (jogada individual, circulacao, etc).

Claramente Quaresma tomou uma excelente decisao (situacao 2) ao cruzar para o Raphael e com um cruzamento bem direccionado e tenso nao foi preciso mais que encostar para facturar. Grande visao e execucao de Quaresma neste lance.

(e vi pouco da segunda parte por isso nao posso comentar sobre outras incidencias)

Escrevo isto com total coerencia com os comentarios que tenho escrito antes, ja que o Quaresma normalmente nao olha para o criterio que eu descrevi acima, e isso e o que eu (e julgo que o DC tambem) critico. Na maior parte dos casos, o Quaresma cruza mesmo quando as hipoteses de um colega receber ou de poder fazer alguma coisa positiva com a bola sao escassas ou nulas, e isso equivale a dar a bola ao adversario.

E claro que algumas vezes, mesmo cruzamentos que nao sigam este criterio dam golos. Para comparacao, tambem e verdade que algumas vezes a raspadinha da premios, mas a longo termo o melhor e nao jogar por causa da baixa probabilidade de exito.

Agora, se isto soa a argumentos fundamentalistas e fanaticos, entao o problema claramente nao e meu...

José Lopes disse...

Nenhuma jogada de ataque tem elevada probabilidade de exito, pancas. Tudo depende dos executantes e da correcta avaliacao da jogada, obviamente, Mas de nada adianta analisar bem se a execucao for deficiente, da mesma forma que um jogador muito bom tecnicamente pode criar uma situacao de finalizacao sem que haja superioridade numerica na area ou sem que haja alguem liberto de marcacao. Isso tambem se cria, os avancados podem desmarcar-se, quem cruza saber para onde o colega se vai desmarcar, etc. Da mesma forma, se o avancado plantado na area for o Jardel, pode haver golo mesmo que marcado. As coisas nao sao estanques. As formulas ajudam, mas nao mais que isso.

DC disse...

Excelente comentário pancas. Antes desta jogada, ele teve várias perdas de bola e jogadas inconsequentes, mas já nem vou falar sobre isso. É tão fácil de entender, o pancas explica-o de forma tão simples, que o estranho é que continue sem ser entendido por tanta gente.
O lance de ontem é um lance de oportunidade clara de golo, onde o Raphael está sozinho e com linha de passe escancarada. A decisão só podia ser aquela!
Nada, mas mesmo nada a ver com cruzamentos quando na área estão 5 ou 6 adversários para 1 companheiro de equipa. Nada a ver com driblar para a linha, sempre a fugir da baliza, até fazer um cruzamento sem sequer olhar para a área, como também vemos muitas vezes.
Mas quem quiser que faça a distinção. Eu sinceramente nem estava para voltar a este assunto, só voltei por ter sido o pancas a comentar e a comentar muito bem (e para não ser o único fanático a comentar ;) ).

José Lopes disse...

O lance de ontem e' um mau exemplo, porque qualquer jogador que se preze faria aquele cruzamento. E' mais de criticar quem nao o fizesse do que elogiar quem o faz. Claro que o Quaresma mostrou qualidade tecnica, mas isso nao e' surpresa. Quanto as perdas de bola, ele te-las-a sempre. Fazem parte da forma de jogar do Quaresma, sempre em exagero no um-para-um, sempre a prender a bola mais que a conta, mas tambem a trazer os frutos da sua qualidade tecnica e do que arrisca quando as coisas lhe saem. Dou de barato as perdas de bola dele se for tendo jogadas consequentes e souber libertar a bola.

pancas disse...

Jose,
Se dois avancados forem isolados para a baliza, nao tem uma maior probabilidade de exito do que se estiverem 4 defesas entre eles e a baliza? As "boas decisoes" ou "melhores decisoes" que eu e outros defendemos so tem a ver com criar situacoes que tenham MELHORES probabilidades de exito que outras.

Quanto ao resto que diz, em termos de Jardel, desmarcacoes, conhecer o companheiro, eu concordo. No entanto tambem deve concordar que isso vao ser excepcoes a regra, ja que Jardeis ha poucos. E por isso nao devemos estar a planear as accoes dum jogador ou duma equipa a partir das excepcoes, mas sim da regra que possibilita as melhores condicoes de exito.

E claro que nenhum jogador toma as melhores decisoes em 100% dos casos. Ate o Messi, que e o melhor jogador do mundo exatamente pelo seu criterio, se "engana" prai em 10% dos casos... E eu nao estou a espera que o Quaresma se aproxime sequer desses valores.

Mas da pena, com a tecnica que o Quaresma tem, o facto de que e Portugues e Portista, que o seu criterio seja tao fraquinho e so tome decisoes como a deste jogo muito de vez em quando, quase porque nao tem outra alternativa e nao porque percebe que e a melhor opcao para a equipa.

Como diz, as formulas nao sao tudo. Mas hoje em dia, com mais e mais homens atras da linha da bola, menos espaco para jogar e consequentemente menos golos, todas as bolas que cheguem ao ultimo terco sao importantes e devem seguir um criterio que lhes aumente as probabilidades de exito. Senao ficamos dependentes de um golpe de genio ou de sorte ou do arbitro e isso e aleatorio para nao dizer raramente do nosso lado!!!

José Lopes disse...

pancas, ninguem discorda que e' conveniente tomar a melhor decisao SEMPRE. E' um principio basilar a qualquer jogo de equipa. Isso e uma estrategia/modelo adequados. A questao e' que nem tudo e' igual para todos os jogadores e o Quaresma cai facilmente no goto dos adeptos pela diferenca da forma como joga. Claro que arriscar sempre e ter sucesso em 10% das vezes nao traz vantagem na analise global, e esse e' o padrao do Quaresma muitas vezes. Ele melhora sempre um pouco quando se sente apertado, tenha sido com o Adriaanse ou agora que sabe que nao e' titular por defeito, nem e' garantido que calce de todo. O Quaresma nunca sera um jogador de nivel mundial por todos os problemas que sabemos. E' uma pena que tanta qualidade individual nao tenha dado em carreira estratosferica, mas isso e' culpa dele. Acho, no entanto, que com competitividade interna, o Quaresma tem lugar no Porto. Nao como titular garantido, mas como opcao regular, desde que mantenha sempre a atitude de demonstrar qualidade e que sabe jogar a bola sem procurar sempre ser a estrela numa equipa sofrivel em vez de ser mais um numa grande equipa. Tendo em conta que o Tello tarde em engatar (se o fizer de todo), o Quaresma tera mais que oportunidades para se sentir util. Tera sempre mais decisoes erradas que outros, mas podera jogar regularmente desde que as decisoes certas sejam num numero aceitavel (por jogo), participe na defesa e nao queira ser o dono da bola.

Nuno Fonseca disse...

Como é óbvio Quaresma não merece uma estátua por fazer aquele cruzamento para o Rafael Guerreiro. Só podia mesmo fazer aquilo. Mas também não merece reprimenda. Se cumpriu, está bem assim ou não?
Mais do que tudo, a discussão não se trata de ser pro ou contra Quaresma. Eu próprio sou muito contra às vezes. A discussão aqui acontece porque não gostando do jogador, se pode aceitar tudo o que josé Correia enumerou que no fundo são factos. As conclusões são: nos últimos jogos Quaresma tem saído do banco e tem resolvido jogos. Se calhar é aí nesse estatuto que ele mais pode render, basta querer. Ou vocês defendem que não seja dado qualquer minuto ao Mustang? Tentar diminuir os golos decisivos e assistências (ou porque eram fáceis ou porque são frangos) bate no ridículo. Se era assim tão fácil bater o guarda redes do Atletico por exemplo, porque naquela altura só estava 1-1?

DC disse...

Estava 1-1 porque ainda nenhum jogador do Porto tinha conseguido dar aquele efeito impressionante à bola que a faz passar por baixo do corpo do guarda-redes.
É o segredo do sucesso do Quaresma que mais ninguém consegue replicar. Há quem lhe chame de trivela foguete!

pancas disse...

Nuno,
Mas e exactamente esse suposto facto de que o Quaresma entrou e resolveu nesses jogos todos que eu contesto. Ao contrario do Portugal-Argentina, onde ele foi absolutamente determinante para o golo, por exemplo no Portugal - Armenia o Nani teve uma influencia na jogada do golo muito maior do que o Quaresma. Ele isolou o Quaresma e depois do remate atabalhoado deste, ganhou o ressalto e passou para o Ronaldo marcar. Achar que foi o Quaresma que resolveu nao e um facto! Eu nao gosto quando benfas e lagartos tiram meritos aos nossos jogadores e por isso nao posso ser hipocrita e fazer o mesmo aos deles (nao desco ao mesmo nivel) - tenho portanto que dar credito grande ao Nani por criar a jogada.

Mas concordo no geral com a sua apreciacao e com a do Jose Lopes acima. Se o Quaresma continuar a ser um bom suplente, participar na defesa e tentar ser melhor nas decisoes em prol da equipa, nao tenho nada contra ele, pelo contrario. Parece que todos concordamos no geral :)