sábado, 8 de novembro de 2014

O jogo com o “2º classificado”

Na passada quinta-feira, ao fim da tarde, quando ia a caminho de casa, sintonizei a Antena 1 e ouvi a parte final do relato do Dinamo Moscovo x Estoril (jogo para a fase de grupos da Liga Europa).

O Estoril perdeu por 0-1 mas, de acordo com o jornalista e o comentador da Antena 1, o resultado mais justo seria o empate, ou mesmo a vitória do Estoril, que terá feito uma exibição personalizada e teve mais oportunidades de golo que o próprio Dinamo.

Contudo, mais do que destacar a (boa) exibição do Estoril, na casa de uma equipa russa cujo orçamento ronda os 150 milhões de euros, no final do jogo, o que mais preocupava o comentador da Antena 1 – José Nunes –, era o desgaste dos jogadores do Estoril e a longa viagem de regresso que teriam de fazer porque, domingo (amanhã) à noite, teriam de voltar a jogar contra o… 2º classificado do campeonato português.

Discorrendo vários minutos sobre o assunto, o comentador da Antena 1 questionou, de forma implícita, a opção de José Couceiro em ter feito alinhar em Moscovo aquele que, teoricamente, seria o melhor onze do Estoril (fiquei sem perceber se, para José Nunes, o treinador do Estoril deveria ter poupado alguns jogadores para o embate contra o FC Porto… perdão, contra o 2º classificado do campeonato português).

E também questionou o facto do Estoril ter, apenas, um intervalo de três dias entre o final do jogo da Liga Europa e o jogo do campeonato contra o FC Porto, como se isso fosse inédito (por acaso, é algo que ocorre com todas as equipas europeias que disputam a Liga Europa… ) e esquecendo-se de dizer, que três dias de intervalo entre dois jogos é, precisamente, o prazo regulamentar.

Vendo (ouvindo) este tipo de “preocupações”, eu imagino o que José Nunes (que também participa em programas de debate na RTP Informação) diria, se o Estoril fosse um clube que tivesse uns 10-12 jogadores internacionais, os quais, após serem convocados pelas respectivas seleções, regressassem ao clube na véspera de jogos importantes.

Mas eu percebo, ó se percebo, que os “Josés Nunes” deste país estejam mais preocupados com o Estoril x FC Porto do que com a campanha europeia do Estoril.

4 comentários:

Mancini disse...

Só é pena o Zé nunes não se preocupar com a nomeação do bruno paixão pra choupana....se ele se preocupasse com isso é que eu me admirava !!! Isso é que era!!!!

Cumprimentos.

Bruno Pinto disse...

Este José Nunes até é um tipo simpático e esforça-se para parecer isento, mas não consegue disfarçar o seu anti-portismo. Enfim...

Coisas menores, o importante é ganharmos no Estoril. Equipa para amanhã: Fabiano; Danilo, Maicon, Martins Indi, Alex Sandro; Casemiro, Herrera/Óliver, Quintero; Quaresma, Jackson, Brahimi.

Luis Pereira disse...

Mais um isento "não praticante"!!!

Hélder disse...

Já não é de agora, que a Antena 1 está conotada aos tempos da "velha senhora". Existem iclusive sócios do clube do Carnide, que apenas ouvem os relatos por esta estação... Ainda a BTV não tinha nascido, e já tinha BFM a fazer serviço...