sábado, 27 de dezembro de 2014

Árbitros que auxiliam o SLB

8 dos 37 pontos conquistados pelo SL Benfica neste campeonato (em quatro vitórias obtidas pela margem mínima), estão directamente ligados a decisões altamente “polémicas” (vamos chamar-lhes assim…) de árbitros auxiliares.



Golo anulado ao Boavista (2ª Jornada)

Golo anulado ao Rio Ave (9ª Jornada)

Golo anulado ao Nacional (10ª Jornada)

Golo validado ao SL Benfica (14ª Jornada)

Ou, dito de outra maneira, não fosse o “auxílio” de quatro árbitros auxiliares (nos jogos em que enfrentou o Boavista, Rio Ave, Nacional e Gil Vicente) e, provavelmente, nesta altura o SL Benfica teria menos 8 pontos.

E, nesta extensa lista de decisões favoráveis ao SL Benfica, protagonizadas por árbitros auxiliares, ainda tivemos um golo mal anulado ao Vitória de Setúbal (4ª Jornada), quando o SLB vencia por apenas 1-0, e um golo mal validado a Luisão (estava em fora-de-jogo), contra a Académica (11ª Jornada).

Golo anulado ao Vitória Setúbal (4ª Jornada)

Golo validado a Luisão (11ª Jornada)

A quem gere a arbitragem nacional, não interessa saber por que razão tantos árbitros auxiliares revelam esta tendência para se “equivocarem” a favor do SL Benfica?

Aliás, a coisa é tão bem feita, que nós, os adeptos, nem sequer sabemos o nome (já nem digo a cara) destes intervenientes no jogo - os árbitros auxiliares - os quais têm intervido, e de que maneira, nos resultados de alguns jogos.

Capa de O JOGO de 23-12-2014

Embora muito ao de leve, Pinto da Costa fez bem em ter chamado à atenção para os árbitros auxiliares, mas temo que o tenha feito demasiado tarde.

2 comentários:

Quid disse...

Só seria tarde... se faltassem apenas 7/8 jornadas para o fim do Campeonato.

Mas, como ainda vamos na Jornada 14 e faltam ainda disputar 20, não é tarde. E os 6 pontos não são nada. Quem sabe já em Penafiel na próxima jornada, o Inverno (chuva, vento, lama, gelo) não comecem a fazer das suas?!

A verdade é que a prova dos nove foi tirada na Europa. Não jogam nada e ficaram em último, sendo a equipa com mais faltas e mais cartões. Aqui, em Portugal embora ainda sejam mais agressivos e dêem mais pau... nunca são expulsos.

Aliás, viu-se no jogo do Dragão, como o árbitro fechou os olhos, olhou para o lado, às suas entradas à margem das leis.

Mas, acredito que isso não durar sempre. Vai chegar a altura em que os Capelas, Motas, Almeidas e Paixões não os poderão mais apitar e terão que meter árbitros mais competentes e neutrais.

Hugo M disse...

Boas, e ainda faltam as expulsões. Sem ter que puxar muito pela cabeça lembro-me:
- Expulsão perdoada a Enzo na Luz contra o Moreirense. O resultado estava 0-1 para o Moreirense....
- Expulsão perdoada a Samaris a meio da segunda parte contra o Arouca na Luz quando o resultado estava ainda a zeros....
- Expulsão perdoada a Enzo na Amoreira quando o resultado estava num empate a dois...
Um abraço