quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Provavelmente, o melhor lateral-direito do Mundo

Em 1 de dezembro de 2011, após a divulgação do Relatório e Contas Consolidado da FC Porto SAD, 1º Trimestre 2011/2012, publiquei um artigo acerca dos valores envolvidos na contratação de Danilo, em que escrevi o seguinte:

«No dia 19 de Julho, pagar 13 milhões de euros por um jovem lateral-direito (que também pode jogar a médio) promissor, mas ainda sem um curriculum assinalável, parecia um balúrdio apenas justificável por, mais uma vez, ter envolvido uma disputa com o SLB. Contudo, os números reais não eram estes, faltavam os “encargos adicionais”...

No negócio Danilo (em que a SAD portista ganhou mais uma corrida à SAD do SLB!), os designados Encargos adicionais (incluem serviços de intermediação, serviços legais, prémios de assinatura de contratos, etc.) perfazem a escandalosa soma de 4.839.131 Euros, atirando o custo total desta aquisição para quase 18 milhões de Euros! (…)

Atendendo aos valores gastos na compra, aos encargos salariais e às comissões que a FC Porto SAD também costuma pagar aquando das vendas, o Danilo terá mesmo de ser um grande craque, de modo a que os “tubarões” europeus abram os cordões à bolsa e a SAD portista não perca dinheiro se e quando o vier a vender daqui a uns anos.»


É sabido que, quando chegou a Portugal, Danilo não tinha cultura da posição e, aliás, gostava pouco de jogar a lateral-direito (preferia jogar a médio interior, como se diz no Brasil). Quer Vítor Pereira, quer o próprio Danilo já falaram nisto várias vezes e o ex-treinador do FC Porto teve mesmo de “convencer” o jogador, ensinando-lhe as rotinas necessárias a um lateral direito do futebol europeu.

Embora Danilo tenha dado bons sinais em épocas anteriores (principalmente no 2º ano de Vítor Pereira como treinador principal), foi esta época, com Julen Lopetegui, que “explodiu” como jogador de top internacional, algo que não me tenho cansado de sublinhar:

«Danilo - De jogo para jogo, justifica, cada vez mais, a chamada de Dunga à seleção brasileira. Se continuar assim, a SAD ainda vai recuperar os quase 18 milhões de euros que investiu na sua contratação» (RP, 17 Setembro 2014)

«A jogar como o fez contra o Nacional e como tem feito na maior parte dos jogos desta época, Danilo, depois de já ter regressado à seleção canarinha, no final da época irá, seguramente, saltar para um dos “tubarões” europeus» (RP, 1 Novembro 2014)

«Danilo - Está numa forma extraordinária e, claramente, a fazer a sua melhor época desde que chegou ao FC Porto (é bem provável que a FC Porto SAD recupere os 18 milhões de euros que gastou na sua contratação)» (RP, 5 Novembro 2014)


Três anos depois de ter chegado, Danilo já ajudou o FC Porto a ganhar dois campeonatos nacionais e a superar duas vezes a fase de grupos da Champions e caminha, a passos largos, para o topo do ranking dos melhores defesas/laterais direitos da história do FC Porto.

O JOGO, 02-12-2014

No mesmo período, foi convocado para representar a selecção brasileira no Torneio Olímpico de futebol de 2012 e, com Dunga, regressou à Seleção principal do Brasil.
E, lendo declarações recentes do selecionador brasileiro (ao jornal A BOLA), tudo indica que será para continuar…

[Danilo] Tem uma enorme qualidade, é uma força da natureza pois deposita muita energia em campo e a forma como joga contagia os companheiros. Faz o corredor imensas vezes sempre com enorme competência. (…)
Danilo tem uma força física que impressiona, um pouco à imagem do Maicon. Corre quilómetros atrás de quilómetros e apresenta sempre um rosto com frescura física. (…)
Com ele [Danilo] não há deslizes. É um profissional exímio por aquilo que me apercebo nas concentrações da seleção. Tem imenso cuidado com a alimentação, procura seguir as regras elementares e também descansa imenso, o que é importante para um atleta.


Capa de O JOGO de 02-12-2014
Quer fisicamente, quer tecnicamente, Danilo Luiz da Silva é um futebolista muito acima da média.
Com apenas 23 anos (nasceu a 15 de Julho de 1991), já ganhou títulos no Brasil e em Portugal, está na sua 4ª época de futebol europeu (já disputou 20 jogos na Liga dos Campeões) e é titular da canarinha (11 internacionalizações na seleção principal).

Danilo tem contrato com o FC Porto até Junho de 2016 e uma cláusula de rescisão de um valor muito elevado (50 milhões de euros), mas quem pagou 42 milhões por Thiago Silva e 50 milhões por David Luiz é capaz de, para além de Brahimi, também estar interessado noutro titular do quarteto defensivo da seleção brasileira.

E, para além do PSG, o mercado inglês (Chelsea, Manchester City, Manchester United, ...) também deve estar muito atento àquele que, nesta altura, é, provavelmente, o melhor lateral-direito do Mundo.

19 comentários:

Nuno Fonseca disse...

Um bocado exagerada essa do melhor lateral direito do mundo. Lateral direito em melhor forma do mundo já é discutível. Lateral direito com futuro mais promissor a curto prazo já é puxar a brasa à nossa sardinha. Melhor lateral direito do mundo é manifestamente precipitado. Na minha opinião, claro.

José Correia disse...

Sim, é possível que esteja a exagerar um bocadinho.
Mas, provavelmente, a Carlsberg também não é a melhor cerveja do mundo... ;-)

Já agora, na opinião do Nuno Fonseca, quem são os laterais-direitos claramente melhores que o Danilo?

Luís Vieira disse...

Destaque merecido pelo estrondoso início de época do Danilo. Se se tivesse exibido sempre a este nível desde que chegou (o que era difícil atendendo às condicionantes enunciadas no texto), não teria dúvidas em incluí-lo já na minha lista de notáveis defesas direitos do FCP (da qual fazem parte João Pinto, Paulo Ferreira e Bosingwa). Assim, espero pelo decurso desta época (e, eventualmente, das seguintes) para dar um veredicto. Sublinho as declarações do Dunga: foram aquelas características que lhe valeram o Dragão de Ouro e a entrada na hierarquia de capitães.

Nuno Fonseca disse...

Quase todos os grandes clubes europeus, Bayern, Real Madrid, Chelsea..., têm um lateral direito melhor que o Danilo. Mas está claramente em grande forma, é ainda jovem e não está ainda no seu pico. Muito diferente daquele jogador da época passada e outras em que parecia estar a fazer o frete.

DC disse...

Além de Lahm, que tem jogado a médio, não vejo concorrência para ele.

DC disse...

ah? Carvajal e Arbeloa? Está mesmo a falar a sério?

Nuno Fonseca disse...

Estou. Carvajal sem dúvida. Arbeloa não. Lahm ou mesmo Rafinha. Daniel Alves. Se olharmos para a média de exibições de Danilo desde que está no Porto, não é um defesa por aí além. Se olharmos apenas para a média deste ano, é dos melhores do mundo sim.

José Correia disse...

Nuno Fonseca disse:
“Quase todos os grandes clubes europeus, Bayern, Real Madrid, Chelsea..., têm um lateral direito melhor que o Danilo”

É a sua opinião, que respeito, mas discordo.

Vejamos:

Daniel Alves, 31 anos (FC Barcelona) – Já foi melhor do que Danilo. Atualmente, nem pensar. O mesmo pensa Dunga e, provavelmente, a maioria dos brasileiros.

Philipp Lahm, 31 anos (Bayern Munique) – Já foi melhor do que Danilo. Atualmente, joga essencialmente a médio. E, tal como Daniel Alves, já tem 31 anos.

Rafinha, 29 anos (Bayern Munique) – Nunca foi melhor do que Danilo. Não deve ser por acaso que não conta para Dunga (como não contou para Scolari).

Rafael, 24 anos (Manchester United) – Claramente inferior a Danilo. Não conta para Dunga (como não contou para Scolari).

Gregory van der Wiel, 26 anos (PSG) – Inferior a Danilo.

Pablo Zabaleta, 29 anos (Manchester City) – Claramente inferior a Danilo.

Branislav Ivanovic, 30 anos (Chelsea) – Defesa central adaptado a defesa direito. Como lateral direito, não chega aos calcanhares de Danilo.

Daniel Carvajal, 22 anos (Real Madrid) – Na minha opinião, inferior a Danilo.


Na minha opinião, o Danilo da época 2014/2015 é melhor, ou claramente melhor, do que qualquer um destes.
Ou seja, não vejo qual é o grande clube europeu que, nesta altura, tenha um lateral direito melhor do que o Danilo.
E mais. Enquanto Danilo tem 23 anos, alguns destes defesas/laterais direitos já estão na casa dos 30 ou lá perto.

Nuno Fonseca disse...

Grande parte dessa discórdia está relacionada com o facto de se estar ou não a discutir quem está em melhor momento de forma ou de estar a discutir quem é o melhor. E no melhor momento de forma (ou seja média de exibições destes ano ou dos últimos jogos) dou de barato que Danilo talvez seja o melhor. Porque se estivéssemos a ter esta discussão em 4 de Dezembro de 2013, essa opinião com certeza era muito diferente. Portanto, se calhar, e vendo bem, até concordo ;)

Luís Vieira disse...

Se jogasse a lateral (como por vezes - poucas - ainda joga), o Lahm seria indubitavelmente o melhor defesa direito da actualidade. O Dani Alves, no seu esplendor, andaria lá perto (acontece que está no seu ocaso). Quanto aos restantes nomes elencados, só discordo da avaliação feita ao Zabaleta e ao Ivanovic (sobretudo este). São dois bons laterais, titulares de duas das melhores equipas do mundo. Não são "claramente inferiores" e "chegam aos calcanhares" do Danilo. Podem não (estar a) ser tão exuberantes, mas são muito consistentes, atacam e defendem com qualidade e fazem golos e assistências regularmente (ainda ontem o Zabaleta fez um grande golo).

DC disse...

"Pablo Zabaleta, 29 anos (Manchester City) – Claramente inferior a Danilo."

Por acaso, aquele que você acha mais claramente inferior, é a seguir a Lahm o único que pode discutir com o Danilo o título de melhor do mundo.

O Dani é miserável e falo como enorme adepto do Barça. Quem vê os jogos todos e os vê com a ansiedade de quem torce pela equipa, actualmente detesta o Dani e sabe bem porquê.
O resto nem falo porque tecnicamente e fisicamente estão noutra divisão que não a do Danilo (Rafinha então está 15 divisões abaixo). Há outro defesa que podia meter-se ao barulho, mas infelizmente não sei porquê, não joga - Montoya.

Terry Malloy disse...

Lahm 31 anos.
Daniel Alves 31 anos.
Rafinha 28 anos.

Só Carvajal é excepção - 22 anos.

Se nós olharmos para a média das exibições dos três primeiros entre os 19 e os 22 anos...

Nuno Fonseca disse...

Até tinha a ideia que Zabaleta jogava na esquerda. Se não joga agora, já jogou.
Daquele jogo terrível do Porto em Gelsenkirchen com o Shalke há uns anos há 3 jogadores que me ficaram na memória por fazerem exibições estrondosas e nunca mais deixei de os acompanhar. Neuer, Rakitic e.... Rafinha. Não é hoje o que já foi se calhar, mas certamente não está 15 divisões abaixo de ninguém.

DC disse...

Nuno, a um lateral não basta atacar. Isso o Rafinha faz bem e o Dani vai fazendo. O resto é que é pior.

Quanto ao Zabaleta, não só foi de longe o melhor em Inglaterra no ano passado, e continua a ser provavelmente, como também foi um dos dois melhores do mundial.

José Correia disse...

Penso que faria todo o sentido, a FC Porto SAD renovar com Danilo ANTES do final desta época, colocando-o no topo dos jogadores mais bem pagos do plantel e estendendo a duração do contrato por mais um ou dois anos.

Se assim não for, no final desta época (Junho de 2015) o Danilo estará a apenas um ano do final do seu contrato e, consequentemente, a posição negocial da SAD será mais fraca.

Luís Vieira disse...

DC, essa do Dani Alves ser miserável é um bocado forte. Pode dizer que ultimamente não se tem comportado à altura, principalmente desde a rábula da "renovação/não-renovação", mas dizer, por exemplo, que a atacar "vai fazendo" é muito redutor. Se se estiver apenas a referir ao momento actual, ainda concedo (mas nunca miserável). Se olharmos ao passado, então torna-se difícil compreender. Se alguma vez o Danilo chegar ao nível do Dani Alves no pico de forma dar-me-ei por contente.

Luís Vieira disse...

Provavelmente, se a SAD não negociar a renovação, o Danilo sairá no final do ano.

DC disse...

Luís, eu do Barça sei bem do que falo. Vejo todos ou quase todos os jogos. Actualmente é miserável sim, inclusivamente a atacar.
Do passado vivem os museus e o pico de forma do Dani foi há 3 ou 4 anos pelo menos e já não volta.
Senão também incluia na lista o Zanetti e o Maicon.

Luís Vieira disse...

O Barça é o meu segundo clube, por isso estamos em sintonia. Nesse caso, tudo bem, uma vez que o Dani Alves baixou muito de produção (excepto o termo "miserável", já sabe que me arrepio com hipérboles). No seu anterior comentário não ficou claro se achava o Dani Alves mau por definição ou se se estava a referir apenas a esta época. Então reformulo: se o Danilo chegar ao nível do Dani Alves, do Maicon ou do Zanetti nos seus picos de forma, dar-me-ei por muitíssimo satisfeito :)