domingo, 4 de janeiro de 2015

Tello e a irritação de Lopetegui

«Coincidência, ou talvez não, foi quando Quaresma saltou para o aquecimento (entraria na segunda parte para o lugar do desinspirado Tello) que a equipa de Julen Lopetegui começou a despertar para o jogo.»
Nuno A. Amaral, JN, 04-01-2015


O JOGO, 04-01-2015
De facto, não havendo lesionados é invulgar Lopetegui colocar um jogador a aquecer ainda antes da meia hora de jogo. Foi um sinal claro de que estava pouco satisfeito com o desempenho da equipa, particularmente em termos ofensivos.

O facto de, ao minuto 35, Casemiro ter inaugurado o marcador à “bomba” e de três minutos depois Jander se ter “auto expulso”, adiou para depois do intervalo a substituição que o treinador do FC Porto tinha na cabeça. Mas bastou mais uma “atrapalhação” de Tello, logo no início da 2ª Parte, para se esgotar a paciência de Lopetegui. Imediatamente chamou Quaresma, o qual entrou ao minuto 51 para o lugar do “trapalhão” e “desinspirado” Tello.

Tello é mais um (bom) produto de La Masia e tem características – velocidade, boa técnica, um arranque espantoso – que podem fazer dele um excelente extremo. Contudo, nestes primeiros cinco meses como jogador do FC Porto, tarda em explodir (como, por exemplo, aconteceu com Brahimi e Óliver) e tem estado aquém daquilo que seria de esperar para um jogador do seu calibre.

O JOGO, 04-01-2015
Contudo, apesar da aparente irritação de Lopetegui com mais uma exibição pouco inspirada de Tello, não me parece que o extremo emprestado pelo FC Barcelona vá perder a titularidade para Quaresma, até porque, a ausência de Brahimi para disputar a CAN, “obriga” o treinador basco a escolher, para o onze inicial, dois dos seguintes jogadores: Tello, Quaresma ou Adrián López.

Um jogador do nível do Brahimi é insubstituível, mas irá caber a estes três extremos/avançados e, particularmente a Tello, tornar a ausência de Brahimi menos penosa.

4 comentários:

Joao Goncalves disse...

A grande questão é... será que Ivo pode entrar nessa equação? Só Lopetegui o poderá dizer...

Com Tello tão irregular e Ádrian tão infrutifuro, Lopetegui tem extremos na B para recorrer.

Sendo que Ricardo é opção para DR e acho que até na B lá deveria jogar e Kelvin deve sair, olhar para Ivo seria um passo lógico nem que seja pelo que ele anda a fazer na equipa B e para além de ter sido o único jogador oriundo dessa formação a ser chamado para a Taça da Liga ( e deveria ter sido usado em vez de Óliver).

JON disse...

Se for para jogar como em Barcelos, com Brahimi sempre por dentro, com o lateral do seu lado a dar largura, penso que Quintero pode fazer todo o sentido... É o único com características para assumir esse papel, um pouco à imagem do que fazia James com VP.

Ivo? A sério que as pessoas vêem os jogos da B?

Por falar em B, o que dizer de Frederic? Como é possível que um tipo que se lhe puserem pinos em direcção a um poste, ele finta os pinos até bater com os cornos no poste, tenha tantos minutos?

Luís Castro realmente tem um Visão espectacular!

Bruno Pinto disse...

Tello foi, a par de Adrián Lopéz, a contratação que mais expectativa gerou. E ambos têm estado muito aquém das expectativas. Mas eu gosto dos dois e acredito que ainda vão melhorar e dar algo de mais positivo à equipa.

De resto, a ausência de Brahimi não deve levar o treinador a voltar às invenções. Pelo menos assim espero. O onze-base está encontrado e os extremos só têm de ser Tello e Quaresma. Acredito que Quintero também poderá actuar a partir da direita ou Adrián a partir da esquerda, no caso de um dos outros não estar a render, mas só nesta hipótese. Tudo o que saia disto é inventar e estamos no tempo de alcançar o Benfica, não de inventar com gajos fora da posição ou meninos da B.

Nuno Fonseca disse...

Tello teve a par de Casemiro uma exibição horrível até ao primeiro golo. Mas já teve dias melhores. Mas pelo que fez até agora não me desilude, talvez porque não criei grandes ilsusões nele. Criei mais em Adrian Lopez por exemplo, ams também acredito que ainda há-de aparecer a hora dele. Embora deseje que seja ele a substituir Brahimi, acho que a melhor decisão é mesmo quintero.