terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Arquivos dos últimos 25 anos

O treinador do FC Porto limitou-se a dizer aquilo que o instruíram a afirmar. Mas como só chegou este ano ao futebol português, o melhor conselho que lhe posso dar é pedir à sua entidade patronal para ter acesso aos arquivos dos últimos 25 anos e aí ele talvez ficasse a perceber bem o que é favorecimento no âmbito do futebol português
José Eduardo Moniz, vice-presidente do SL Benfica e administrador da Benfica SAD, em declarações ao programa ‘Bola Branca’, da Rádio Renascença

----------

Meu caro José Eduardo (posso tratá-lo assim?),

Antes de mais nada, gostaria que satisfizesse a minha curiosidade.

Lembra-se dos ‘broches’ de A BOLA, a propósito da sua abortada candidatura à presidência do SL Benfica? Já fez as pazes com o José Manuel Delgado?

Lembra-se daquilo que você próprio disse, acerca da época 2010/2011 (publicado no Correio da Manhã, de 9 de Abril de 2011)?

José Eduardo Moniz (Correio da Manhã, 09-04-2011)

E lembra-se daquilo que escreveu no final da época 2011/2012 (publicado no Record, de 1 de Maio de 2012)?

José Eduardo Moniz (Record, 01-05-2012)


Mas já que quer desenterrar os arquivos dos últimos 25 anos, vamos a isso.

A propósito de favorecimentos, no âmbito do futebol português, sabe qual é a primeira coisa que me ocorre?

Elefante Branco! Já lá foi? Já ouviu falar? Há cada estória… Tenho a certeza que você ia gostar…

Outra coisa que está no top das minhas lembranças é uma afirmação do seu presidente, feita em 2003, a propósito da contratação de Jankauskas (ex-jogador do seu clube) pelo FC Porto: “são mais importantes os lugares na Liga do que contratar bons jogadores
Lindo, não acha? Cá entre nós, o que será que o Luís queria dizer com isto?…

E, claro, quem é que não se lembra da “extraordinária” atuação do benfiquista Bruno Paixão em Campo Maior (na época 1999/2000)?

E, uns anos depois, quem não se recorda do “gato das botas”, como ficou conhecido o árbitro benfiquista Hélio Santos, após o seu “brilhante” desempenho no estádio do Algarve (época 2004/2005), no âmbito de um processo mais vasto – o ‘Estorilgate’?

Depois vieram tempos mais sombrios, com armadilhas montadas no túnel da Luz, bem como, as célebres imagens captadas umas horas antes de um SL Benfica x FC Porto, onde é possível ver elementos do seu clube a levantarem o ângulo de uma das câmaras. Espectáculo!

E, finalmente, embora os seus telemóveis nunca tenham estado sob escuta (quem é que tem coragem de colocar o presidente da "instituição" sob escuta?), as escutas esquecidas. Sim, no âmbito de escutas feitas para apanhar terceiros, soube-se das preferências de Luís Filipe Vieira por determinados árbitros (em 2004, Paulo Paraty e João Ferreira estavam à cabeça), dos “favorzinhos” solicitados por José Veiga ao presidente dos árbitros e das manobras de bastidores e influências de João Rodrigues. Tudo muito transparente e, evidentemente, em prol da verdade desportiva…

Mas, verdadeiramente, do que eu me lembro é disto…

Museu do FC Porto - Troféus Internacionais

Se o José Eduardo quiser, terei todo o gosto em o convidar e servir de cicerone numa visita ao Museu do FC Porto onde, entre dezenas de troféus conquistados nas últimas três décadas, poderá ver:

- uma Taça dos Clubes Campeões Europeus (época 1986/1987);
- uma Supertaça Europeia (época 1987/1988);
- duas Taças Intercontinentais (épocas 1987/1988 e 2004/2005);
- uma Taça UEFA (época 2002/2003);
- uma Liga dos Campeões (época 2003/2004), competição que, neste formato, nunca foi ganha por nenhum outro clube português;
- uma Liga Europa (época 2010/2011).

Que tal? Acha que estas taças foram roubadas? Como é que, de 1987 a 2011, o FC Porto terá ganho todos estes troféus internacionais?

Caro José Eduardo Moniz, ajude-me. Quantos troféus internacionais (oficiais!) é que o seu clube ganhou nos últimos 25 anos? 30 anos? 35 anos? 40 anos? 50 anos?

Nota: Clique nas imagens para as ampliar.

19 comentários:

Luís Vieira disse...

Clap! Clap! Clap!

Tiago Stuve Figueiredo disse...

Enorme José Correia

Pedro Gomes disse...

Excelente!

Mais Portista disse...

Isto não é um Blog, é um Arquivo!!!
Muito,muito bom trabalho!

Franco Baresi disse...

Mereceu!

Miguel Lima disse...


@ José Correia

bravo! bravíssimo!

abr@ço
Miguel | Tomo II

José Correia disse...

Obrigado, mas isto é apenas um resumo.
Haveria muitas mais coisas para dizer (lembrar) como, por exemplo, os almoços do José Veiga no Sapo (ali para os lados de Penafiel), as viagens de Devesa Neto ao estrangeiro, etc.

Mas, mais importante do que tudo isto, é aquilo que semana após semana, campeonato após campeonato, podemos ver porque, felizmente, nas últimas duas décadas, os jogos dos três "grandes" passaram a ser todos transmitidos.
E contra factos...

Jose Norton disse...

José Correia,
Simplesmente fantástico.
Dado o José Eduardo Moniz eventualmente não ter a oportunidade de ler o artigo irei enviar o mesmo para o seu email.
Convidava outros a fazer o mesmo.
Mais uma vez Parabéns.
JNorton

Jeannie Ferrami disse...

Mas que grande post! Para todos os portistas lerem e partilharem!

Filipe Sousa disse...

Quando um benfiquista alude a fruta só penso em melões; alguém mostre este "arquivo" ao Lopetegui - https://www.youtube.com/watch?v=eDybVcBypbM

E às tantas diz o José Eduardo (sim, o da Bola): "este é Porto que nós gostamos!"

Filipe Sousa disse...

Mais um arquivo para o Lopetegui: https://www.youtube.com/watch?v=ttg53RLZxAE

imbictopoema disse...

Memórias de elefante...
Recorda aziado
O recente,
Enfadado, vê apenas passado do passado distante...

https://imbictopoema.wordpress.com/2015/02/25/espanholada-a-portuguesa/

Mancini disse...

Caros Portistas,

Quando até o Rui santos regurgita acusações destas, estamos conversados no que ao caldinho das arbitragens diz respeito....

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=BmTa0fcI65w

Cumprimentos.

Mefistófeles disse...

Qual é o endereço da aventesma ? Eu envio também.

iur disse...

Excelente trabalho e excelente arquivo, para quem não tem memória de elefante. Parabéns!

Jose Norton disse...

Para quem quiser enviar aqui fica o email
jemoniz@jem.pt

jose teixeira jose manuel disse...

vamos deixar falar o MONIZ pois ele só fala pelo NARIZ!! há já agora ainda vamos ouvir a MANUELA moura guedes na TVB. a falar sobre o tema.

Tomaz db disse...


citaçao de pinto da costa:
"O FC Porto em 20 anos mais do dobro de titulos europeus do que todos os clubes portugueses, campeão duas vezes, campeão intercontinental duas vezes, taça da Uefa, ganha ao bayern, ganha aos grandes colossos e é o Porto que compra os arbitros?"

meirelesportuense disse...

O exemplo acabidinho de como os árbitros funcionavam para o Porto há 22 anos atrás está na gravação de um jogo da época de 1993/94, Dezembro de 1993, Estádio do Bessa, com o Boavista orientado pelo Manel José de Olhão a sair de uma fase de três derrotas seguidas!...Em pleno cenário de hoje para pior, o árbitro Jorge Coroado deixou(?) que o jogo seguisse rumo à pancadaria desenfreada com evidente prejuizo para o Porto.Com menos de metade das faltas cometidas o Porto viu serem expulsos de forma quase contínua -porque se aguentava bem- três jogadores seus por faltinhas de merda considerando aquilo que foi o desenrolar da partida...Valeu tudo, o Domingos que acabou por entrar a substituir o Kostadinov -este marcou um golo e ficou a muito pouco de marcar outros dois, com a bola a ficar presa na lama- passou o resto do tempo a ser agarrado e traçado pelos defesas Boavisteiros...No meio campo foi uma festa! O campo era um autêntico batatal.
-Quem ganhou esse Campeonato? -Adivinharam(!), o Benfica que nem dinheiro tinha para pagar aos seus jogadores que o ameaçavam de poderem sair a qualquer momento!
Vejam e relembrem, RTP Memória, este Domingo que passou!...Está lá tudo muito bem explicado. O Porto mesmo assim não perdeu, empatou, num jogo que durou mais de 96 minutos! Manuel José, Ivic, Jorge Coroado, provocações de funcionários Boavisteiros directamente ao banco do Porto onde estava PCosta e Reinaldo Teles...Enfim, um festival do apito do senhor Honesto da Silva! Ele ficou preocupado foi quando a massa adepta do Porto esteve quase a entrar em campo, mandou chamar reforço policial. O Benfica ganhou o Campeonato com dois pontos de avanço.Jogava lá o menino de oiro -deles, do Boavista e do Benfica!