terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Bernardino Barros e os paspalhos


Bernardino Barros, durante o programa '90 minutos à Porto' de ontem (16-02-2015), comentou as afirmações de Bruno de Carvalho, acerca da "santa aliança" que lhe terá sido proposta por Luís Filipe Vieira, e aproveitou para se dirigir, sem papas na língua, a José Manuel Delgado e aos "paspalhos" que escrevem nos "pasquins" da capital (Correio da Manhã, A Bola, Record).

Quem ainda não viu/ouviu, pode ver aqui.

6 comentários:

rbn disse...

Eu se calhar, vou mudar pro boifica...

-O presidente deve £650 milhões ao falido BES, nada se passa, ninguém fica indignado...

-o mesmo presidente deu um "golpe" de €14 milhões ao BPN, idem idem idem, no se passa nada

-o treinador bate em polícias em direto e a cores, no se passa nada e idem idem

-agora, o presidente do ispórti escreve no facebook em portugues bem legível e entendível que o presidente do boifica lhe propos um acordo de divisão de vitórias no campeonato, e...no se passa nada, não há capas de jornal com letras e foto gigantes, ninguém indignado, no se passa nada, ninguém investiga e...ninguém é punido...

Imaginem se é o presidente do Porto....chiça, já havia as forças armadas a cercarem o estádio do Dragão com tanques, helicópteros e atiradores de elite...

Z disse...

Sejamos claros e inteligentes: esta época, depois da vergonhosa época dos 20 e não sei quantos penalties do Jardel quando estava no Sporting, ou até mesmo da dos Túneis, está a ser o maior, mais claro, vergonhoso, nojento, inacreditável roubo de que me recordo. Quanto a isto, não há dúvidas. Por muitas arestas que haja por limar no nosso futebol, por muitos defeitos que tenha treinador e alguns jogadores, torna-se compreensivelmente complicado que se consiga continuar a batalhar com armas tão desiguais.

E deixo aqui uma palavra para alguns dos comentadores habituais doutras rúbricas, muito independentes na sua análise futebolística e muito ofendidos por se trazer o assunto das arbitragens à baila: não é por escondermos a cabeça na areia que as coisas deixam de ser reais! Temos tido falhas, a nivel colectivo e individual, e perdemos pontos perfeitamente evitáveis, mas a razão para estarmos em 2º não é SÓ essa. Mais a mais, na bluegosfera, fala-se, respira-se, vibra-se mas também se DEFENDE o Porto. O que se tem passado é demasiado grave para se "assobiar para o lado"!

Como é óbvio, não os veremos por cá, porque este post não fala do Herrera ou do Quaresma... Por esta altura, estarão para outras bandas (provavelmente mais para a Esquerda), a dissertar sobre a magnificência de Jesus y sus muchachos, e a ironizar sobre os jogadores acima referidos.

Este post fala dum caso de polícia, totalmente branqueado por outros "independentes" de outras latitudes, que talvez ajude a explicar alguns dos pontos ganhos, ou não perdidos, do actual 1º classificado. E já agora, dos pontos não ganhos do Porto. Mas andarmos agora a falar de teorias da conspiração ou de arbitragens, numa mente dum "independente", não interessa para nada...

Parabéns pela recente "fornada" de posts caro José Correia.

Mefistófeles disse...

Vi e ouvi. Quem fala assim, nem é gago nem espanhol. É do Norte, carago !
Excelente.

J.P. Gonçalves disse...

Só um idiota acreditará que LFV andava a trás de BdC para lhe propor uma coisa dessas. Um clube que não é campeão há 12 anos... Ainda se fosse atrás do PdC... E do motorista? Por amos de Deus... Se o ridículo matasse, o BdC já estava no cemitério do Lumiar...

João Ferreira disse...

O LFV com certeza preferiria perder um campeonato a cada 3 ou 4 para o Sporting do que ganhar um a cada 3 ou 4 e perder o resto para nós.

meirelesportuense disse...

Não me surpreenderia nada que o Cabeças tivesse proposto ao Tolas uma aliança entre eles e a garantia de dois para mim e um para ti...Se isso fosse coisa impensável, porque diabo andaria o RuiBrilhantina tão aborrecido com esta zanga entre os dois?... Ainda não me decidi se ele é do Sporting ou do Benfica.