segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

O novo "normal"

Há umas semanas atrás, a Bola publicou o seguinte na primeira página:


Uns dirão que tal parangona veio na sequência do Braga x Porto, para a Taça da Liga - como se a Bola algum dia se "tomasse das dores" do FCP; eu não descartaria que a razão fosse o facto de uma semana antes, e pela primeira vez esta época (e na primeira volta da Liga), um jogador do SLB ter ido "tomar banho mais cedo".

Curioso, fui tentar perceber o que faz "girar" a Bola, e compilei os números - vejamos:


Pese embora seja descendente de um árbitro, não me considero um especialista em Arbitragem, ainda assim, diria que estes números são, no mínimo, desiquilibrados. Em 17 jornadas, o SLB beneficiou só de mais do dobro das expulsões - directas ou por acumulação de cartões amarelos - que o Porto e SCP juntos - quase uma a cada 2 jogos: é obra. É certo que parte destas expulsões, no que ao SLB toca, ocorrem em momentos em que o resultado está feito, ou a poucos minutos do final dos jogos - se bem que, como os encarnados saberão, os jogos só terminam quando o árbitro apita, e que por 2 minutos se ganha ou se perde um jogo (e um campeonato ou uma taça).

Explicações para a disparidade dos números, não tenho. Se calhar, os jogadores adversários jogam com mais afinco contra o SLB, descuidam-se e usam de violência contra o Maxi Pereira e companheiros, ou recorrem a faltas grosseiras porque a capacidade do Salvio ou do Talisca, ou da equipa em geral, é difícil de contrariar de forma legal - vejam-se os resultados nas competições europeias; eles são imparáveis! Também é possível que quando o SLB está em campo, tão grande que é, as regras se "dobrem", como a luz nas proximidades de um buraco negro. Ou então, os árbitros sabem que nunca terão uma carreira longa - como, por exemplo, o Bruno Paixão - se não impuserem respeito aos adversários quando defrontam o "glorioso" - fica bem mostrar demonstrar simpatia, e sempre se poupam a calduços do Diabo de Gaia ou cabeçadas no Colombo.

Desconheço se realmente os árbitros expulsam muito ou expulsam pouco; aquilo que é certo - não é teoria ou conjectura, mas facto - é há um clube, que "beneficia" mais de expulsões do que os outros. Uns chamarão a isso apenas coincidência, um fruto do acaso e até uma banalidade; outros chamar-lhe-iam a prova provada de um "sistema" obscuro, mas se, e só se, o clube beneficiado vestir de azul-e-branco.

4 comentários:

Moura Bessa disse...

Gostava só de acrescentar que será certamente uma coincidência ser o SLB a equipa mais avermelhada e a quarta mais amarelada da fase de grupos da Champions... http://www.zerozero.pt/edition_stats.php?v=et4&id_edicao=69861
http://www.zerozero.pt/edition_stats.php?v=et4&id_edicao=69861

E queriam eles árbitros estrangeiros a arbitrar o nosso campeonato...

Saudações Portistas!

João Ferreira disse...

E novidades?

DA disse...

Queriam.
Presentemente já não querem.

manelmadeira disse...

O Jonathan tmb foi expulso contra o Arouca