sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

“Tímidos”…


O FC Porto tinha três jogadores em risco de exclusão para o próximo jogo do campeonato: Danilo, Alex Sandro e Casemiro.
O árbitro Nuno Almeida, “inteligentemente” nomeado para o jogo de hoje, mostrou três cartões amarelos a jogadores do FC Porto.
A que jogadores do FC Porto foram mostrados os três cartões amarelos?
Precisamente! Na próxima jornada, no Bessa, frente ao Boavista, Lopetegui não vai poder contar com Danilo, Alex Sandro e Casemiro. Na mouche!


Recebemos muitas entradas. Demasiadas. Para mim foi o ponto negativo do jogo. Digo-o depois de ganhar. Os árbitros têm um trabalho difícil, mas uma das primeiras missões deveria ser preservar o jogo. Não devem dar nada a ninguém, mas devem proteger o jogo e a equipa que tenta jogar. Há uma entrada para vermelho claríssimo. Houve uma do Maicon contra o Boavista, com o campo em situações diferentes, que foi sancionada. Hoje foi diferente. Parece-me preocupante. Tenho quatro ou cinco jogadores magoados e levamos mais ou menos os mesmos amarelos. Três não vão jogar contra o Boavista, infelizmente.
Julen Lopetegui, comentando a atuação do árbitro Nuno Almeida


Só acho incrível que uma equipa que tenta jogar futebol, frente a um adversário que só dá patadas, e o árbitro não expulse ninguém. O V. Guimarães não podia acabar este jogo com onze jogadores em campo.
Julen Lopetegui, em declarações ao flash-interview da Sporttv


O FC Porto entrou muito forte, nós estivemos sempre tímidos, a abordagem não teve agressividade defensiva nem saída para o ataque. Na segunda parte perdemos a vergonha, jogámos, dividimos o jogo, não criámos as oportunidades de golo que queríamos, mas mostrando mais o nosso valor.
Rui Vitória, treinador do V. Guimarães, em declarações ao flash-interview da Sporttv


Tímidos? Imagina se os “caceteiros” tivessem entrado em campo desinibidos! Nas vésperas da 1ª mão dos Oitavos da Champions tinham, com a complacência do algarvio Nuno Almeida, enviado metade da equipa do FC Porto para o hospital…

P.S. O FC Porto não pode começar a jogar de encarnado? Pode ser que, dessa forma, os filiados na APAF se confundam e passem a arbitrar os jogos dos dragões como se fossem águias

8 comentários:

MBC disse...

A entrada sobre o Casimiro é assassina. Katsouranis revisited!

João disse...

Se só tivesse visto a 1a parte, diria que o Porto me encheu as medidas como já não me recordo. Devia ter visto só a 1a parte.

Os amarelos foram bem mostrados, como bem mostrado teria sido só o amarelo ao Maicon contra o Boavista. Agora por acumulação, sim. Pelo menos o Sare e o Cafu não acabavam o jogo.

meirelesportuense disse...

Sinceramente o Porto só jogou "razoávelmente" os primeiros 15/20 minutos. Depois desatou a fazer asneiras atrás de asneiras...Se estivessem concentrados aos 15 minutos tinham o resultado construído.
Depois foi mais do mesmo, o Guimarães foi pondo as garras de fora e timidamente lá se foi acercando da baliza portista...O Árbitro apenas esteve ao seu nível habitual, sempre de olho nalguns portistas especialmente em Maicon, Casemiro e Alex Sandro. Os amarelos até pareceram ter sido a pedido. Danilo começou à leão e acabou com as meias na mão, Casemiro deveria ter sido substituido juntamente com Herrera, Jackson queria mostrar que continuava a fazer golos e só fez asneirada...Levou consigo Quaresma, Brahimi e muitos mais...
Sinceramente, devo ter visto outro jogo.
O Campeonato Português é muito fraquinho, mas os jogadores do Porto têm capacidade para jogar o dobro. Infelizmente depois do golo fizeram tudo para que o futebol entrasse nas ruas da amargura em termos de qualidade.
Não conseguem fazer dois passes acertados. O Barcelona joga em dois toques.É isso que o Lopetegui deve tentar no Porto.Um toque e passe, sempre em progressão, um toque e passe.
Depois querem ir para as grandes equipas Mundiais? Como se fazem borradas destas.

meirelesportuense disse...

O Porto tem obrigação de ir ao Bessa e dar goleada!

Azul ao Sul disse...

Se o FC Porto equipasse de vermelho, os árbitros teriam de usar os equipamentos alternativos, já que os principais, vá-se lá saber porquê,, mas certamente por casualidade, revelam uma certa tendência para o vermelho. Deve ser a cor da época...

Hugo Peixoto disse...

Dar goleada, não! Tem obrigação de ir ao Bessa esmagar, trucidar, achincalhar, humilhar, ridicularizar e rebaixar.

meirelesportuense disse...

Sim, isso e muito mais...

meirelesportuense disse...

Por uma razão muito simples, quem os humilhou e lançou na desgraça é quem eles mais apreciam, por isso para mim é gente que não merece nenhuma consideração.