domingo, 29 de março de 2015

À atenção do psicólogo

[Aboubakar] Precisa de calor humano. Se estiver num contexto confiante, é um jogador que se transcende.

os problemas de antecipação [do Aboubakar] prendem-se com o feitio dele, porque respeita muito as pessoas e não toma a iniciativa e isso nota-se no seu jogo.

Christian Gourcuff (O JOGO, 15-03-2015)

Estas declarações, feitas por Gourcuff (seleccionador da Argélia), que treinou Aboubakar no Lorient, tocam num aspecto crucial: a personalidade, o feitio de Aboubakar.

Ou seja, Aboubakar é um jogador psicologicamente vulnerável, que precisa de apoio (“calor humano”) para se libertar e render mais dentro do campo.

E o mesmo se passa com outros jogadores que chegaram esta época ao FC Porto, como é o caso de Brahimi, que também parece precisar de um contexto favorável à sua volta.

À atenção da equipa técnica e dos psicólogos que trabalham com a equipa profissional do FC Porto.

2 comentários:

miguel.ca disse...

Este mesmo Gourcuff veio, e com razão, dar uma descasca monumental e publica no Brahimi. O que raio aconteceu a este rapaz no CAN porque desde então tem estado irreconhecível.

zzzzz disse...

"À atenção da equipa técnica e dos psicólogos que trabalham com a equipa profissional do FC Porto."

Igualmente importante seria o apoio e o "calor humano" da massa associativa. Mas isso é pedir demais aos "exigentes" adeptos portistas. O mais provável é que seja vaiado na eventualidade de uma exibição menos conseguida.