quarta-feira, 18 de março de 2015

Expulsões: uma “aberração estatística”

SL Benfica x Moreirense

À 5ª jornada, após uma difícil vitória em casa sobre o Moreirense, Jorge Jesus, em declarações à Benfica TV, afirmou:

Na primeira parte, tivemos alguma lentidão de processos, mas fizemos uma segunda parte onde fizemos três golos e podíamos ter feito mais. A expulsão? É verdade que facilitou


Há cerca de uma semana atrás, um grupo de adeptos afetos ao Sporting, autodenominado de “Verdade Desportiva”, lançou uma petição pública dirigida ao Presidente da República, para que os adversários do SL Benfica terminem os encontros com toda a equipa em campo...

“Durante um jogo de futebol, existe uma decisão arbitral com grande influência direta no seu resultado final e na distribuição dos pontos em disputa: a expulsão de um jogador através da exibição de um cartão vermelho. Como é evidente, a expulsão desequilibra o número de elementos disponíveis na luta pelos pontos. Todas as equipas têm uma vantagem competitiva quando se encontram em superioridade numérica e diminuem a probabilidade estatística de melhorar um resultado quando ficam em inferioridade numérica”, é dito no documento, no qual é igualmente pedido que sejam acionados “os procedimentos necessários a uma garantia de equidade do Campeonato Nacional de Futebol 2014/2015, de isenção do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol na nomeação dos árbitros para os jogos e na atuação desses mesmos árbitros durante os desafios”.

Enviar esta petição para o Presidente da República roça o ridículo, mas o seu conteúdo tem fundamento, senão vejamos…

Disputadas 25 jornadas do campeonato 2014/2015, o SL Andor já beneficiou de 11 expulsões de jogadores adversários (Sporting e FC Porto beneficiaram de quatro, cada um).


Destas 11 expulsões, sete foram em jogos fora. Ou seja, dos 13 jogos que o SL Andor disputou fora de casa, em mais de metade a equipa adversária terminou reduzida a 10 jogadores.

À rasca. Em 8 das 11 expulsões, no momento em que a expulsão ocorreu, o jogo estava longe de estar decidido. Numa ocasião o SL Andor estava a perder, em duas ocasiões estava empatado e em cinco ocasiões estava a ganhar pela margem mínima.

Happy hour. Em 7 destes 11 jogos a expulsão ocorreu entre os minutos 57 e 68, o que significa que, nesses desafios, o SL Andor jogou 25 minutos, ou mais (contando com os minutos de desconto), em superioridade numérica (no caso do FC Porto, só por uma vez – em Barcelos – os dragões jogaram mais de um quarto de hora em superioridade numérica).

Arouca x SL Benfica

No total, neste campeonato, o SL Andor já jogou mais de 220 minutos em superioridade numérica. Os factos mostram que isso foi uma boa ajuda para o número de golos marcados pelos encarnados de Lisboa…

Alargando a amostra e olhando para as últimas seis épocas – 2009/2010 a 2014/2015 – o cenário, em termos de expulsões de jogadores de equipas adversárias, é o seguinte:

Expulsões favoráveis (fonte: Maisfutebol)

Sim, eu sei que, vistas uma a uma, é quase sempre possível dizer-se que “a expulsão foi justa” ou que “o critério do árbitro aceita-se”.

A questão é que olhamos para estes números, de uma amostra significativa, e percebemos haver uma tendência clara: os árbitros portugueses (com árbitros estrangeiros a coisa pia mais fino) expulsam com muito maior facilidade jogadores das equipas adversárias do SL Andor, do que das equipas adversárias de Sporting ou FC Porto.

Neste campeonato (2014/2015), o SL Andor tem quase o triplo de expulsões favoráveis (expulsões de jogadores de equipas adversárias) em relação ao FC Porto. Isso é normal?

Nas últimas seis épocas, o SL Andor tem quase o dobro de expulsões favoráveis (52 versus 28!!) em relação ao FC Porto. Isso é normal?

Alguém consegue apresentar uma explicação, lógica e racional, para esta aberração estatística?

22 comentários:

DC disse...

Outra tabela curiosa:

https://pbs.twimg.com/media/CAOqq2IWYAAa4Vl.jpg:large

lee disse...

Não.

Tiago Stuve Figueiredo disse...

Caro José,

Convido-o a ler o meu post de ontem sobre o mesmo assunto! Penso que o seu post e este se complementam.

opequeestamaisamao.blogspot.pt/2015/03/sera-mesmo-apenas-muito-azar-ou-ja-se.html?m=1

Cumprimentos

Luís Pires disse...

eu vejo muita racionalidade e ponderação na escolha dos momentos certos para as expulsões de adversários do 5LB e Andor ;)

José Correia disse...

DC, atenção que essa tabela pode induzir em erro.

Se bem me lembro, a expulsão de um jogador do SLB (Talisca?) e de dois jogadores do Sporting (Nani? Jefferson?), por 2º cartão amarelo, foram forçadas pelos próprios, de modo a cumprirem castigo na Taça de Liga a meio da semana e poderem jogar no desafio seguinte do campeonato.

Hugo Valente disse...

O que eu gostava de ver era um apanhado de todos os jogadores que nao defrontaram o Benfica por levarem amarelo no jogo anterior em comparação, nao com porto ou sporting...mas com todas as outras equipas da primeira divisao.
Ora ai estaria uma bela aberraçao estatistica...

Fonseca disse...

Há tantas coisas que podem ser ditas sobre o colinho indesmentível que o benfica tem sido levado. Mas não é por aqui. As equipas não têm que ter o mesmo número de adversários expulsos. O estilo de jogo das equipas pode perfeitamente levar a que os seus adversários sejam mais vezes expulsos do que os adversários de outros. A estatística que pode interessar é o número de jogadores adversários mal expulsos.

Filipe Sousa disse...

Sim, porque os árbitros que expulsam carradas de jogadores adversários do SLB, só podem estar secretamente ao serviço do FCP...

Miguel Lima disse...

@ Hugo Valente

será 'isto' que pretendes e que o Miguel Guedes já denunciou?

«Alguns dos casos mais ESTRANHOS da 1ª Liga até à 24ª jornada:2ª Jornada - Fábio Ervões do Boavista.- Expulso aos 82 minutos na jornada anterior, não jogou contra o Benfica.8ª Jornada - Djavan do Braga.- Uma suposta "lesão", impediu-o de enfrentar o Benfica.9ª Jornada - Roderick (ex-Benfica) do Rio Ave.- Não foi convocado frenteao Benfica.10ª Jornada - Goma do Nacional.- Castigado ao 5º amarelo, não pôde jogar contra o Benfica.12ª Jornada - João Meira do Belenenses.- Castigado por 2º amarelo, não pôde jogar contra o Benfica, para não dos célebres casos de Miguel Rosa, e Deyverson,ficaram na bancada.15ª Jornada - André Fontes e Pedro Ribeiro do Penafiel.- Ambos castigados com o 5º amarelo na jornada anterior, não poderam jogar frente ao Benfica.16ª Jornada - Traoré do Vitória de Guimarães.- Castigado com o 5º cartão amarelo, também não enfrentou o Benfica.17ª Jornada - Micolta do Maritimo.- Castigado por duplo amarelo aos 92 minutos, antes de receber o Benfica.17ª Jornada - Salah do Maritimo.- Guarda-Redes titular do Maritimo durante toda a temporada, não jogou frente ao Benfica por opção técnica.18ª Jornada - Urreta (Ex-Benfica) do Paços de Ferreira.- Castigado por duplo amarelo de prepósito, para falhar o Benfica.18ª Jornada - Ruben Pinto e Fábio Cardoso do Paços de Ferreira.- Curiosamente, também não jogaram frente ao Benfica.21ª Jornada - Zéquinha e Advíncula do Vitória de Setubal.- Castigados por cartão (um deles aos 98 minutos), não enfrentaram o Benfica.22ª Jornada - Paulinho do Moreirense.- Leva vermelho direto, não jogou frente ao Benfica.23ª Jornada - Rúben Fernandes e Yohan Tavares do Estoril.- Ambos castigados (um deles aos 94 minutos) , não jogaram frente ao Benfica.24ª Jornada - Miguel Oliveira, Rui Sampaio e Pintassilgo do Arouca.- Os 3 castigados, não enfrentaram o Benfica.»

José Correia disse...

"As equipas não têm que ter o mesmo número de adversários expulsos"

Pois não.
Mas, será normal o SLB ter o triplo dos adversários expulsos que tem o FC Porto?
Será normal que, em seis épocas, o SLB tenha mais 24 (!!) adversários expulsos do que tem o FC Porto?

José Correia disse...

"O estilo de jogo das equipas pode perfeitamente levar a que os seus adversários sejam mais vezes expulsos"

O estilo de jogo?!
Essa é boa.
Por acaso o SLB tem um estilo de jogo mais ofensivo que o FC Porto?
Por acaso o SLB tem percentagens de posse de bola superior ao FC Porto?

José Correia disse...

As expulsões em jogos do Benfica
http://www.zerozero.pt/noticia.php?id=150903

Hugo Valente disse...

Exacto!... mas agora, e se alguem tivesse paciencia para esse trabalho, era contar o numero de jogadores que nao jogaram por igual impedimento com todas as outras equipas da primeira liga. Ou seja:
quantos nao puderam jogar contra o nacional
quantos nao puderam jogar contra o estoril
quantos nao puderam jogar contra o porto
quantos nao puderam jogar contra o guimaraes
...
...

Assim sem ver... sou capaz de apostar que coincidencia das coincidencias...o benfica é a equipa em portugal que teve a sorte de ter mais jogadores impedidos de jogar contra si por factos ocorridos em jogos anteriores...

Quid disse...

No seu Editorial de ontem, o Director de O Jogo falava também na manha, na provocação, na chico-espertice, no cavar das faltas, na simulação grosseira que é treinada e imagem de marca de JJ, um rufia do jogo sujo e baixo, o tal dos bloqueios ofensivos. O tal que mandou o Artur fingir estar lesionado... Não é por acaso que os Saviolas, Aimares, Enzos, Maxis, Gaitans, Salvios jogavam, jogam sempre com JJ. Eles são peritos em simular, forjar, cavar faltas e assim enganar os árbitros.

Também no actual quadro de árbitros, digamos que em 25, 17 foram escolhidos, promovidos, seleccionados a dedo por entre as Associações, sendo que a 1ª qualidade, norma exigida era serem adeptos ferrenhos do SLB. Mota, Cosme, Almeida, Esteves, Tavares, Ferreira, Gomes, Paixão, Baptista, Capela.. não enganam ninguém e estão ligados às Casas do SLB de Famalicão, Braga, Vila Verde, Fafe, Aveiro, Portalegre, Beja, Faro, Funchal, Lisboa... é toda uma rede, uma teia e uma trama de interesses que começou a ser montada partir de 2008, quando LFV e o SLB decidiram que iriam fazer as coisas pelo outro lado.

E esta época, há mesmo um Desígnio Nacional para conseguirem ser BI- Campeões, coisa que não acontece há 31 anos. Daí que apostaram as fichas todas. SLB, Jornais, Rádios, TVs, FPF, LPFP, APAF, Governo (ano de eleições).. todos juntos, irmanados nesse Desígnio Nacional.

Cabe ao FCP e a nós portistas lutar com armas desiguais contra ISSO. Basta ver a intoxicação massiva em que 'esgotam' os estádios à quarta-feira nas Capas dos jornais e depois ao Domingo verifica-se que afinal não esgotou nada!!!

Basta ver o exemplo em Arouca em que foi um aqui del rei nos pasquins e afinal, num Domingo à tarde de sol nem 5000 levaram a Arouca, quando numa sexta à noite, fria e gelada o FCP também muita gente a Braga!!!

Mas o que está a dar é a intoxicação, a venda da banha da cobra. É isso que faz vender papel.. a verdade, a realidade, os factos desmentem-nos, mas eles querem lá saber. Interessa é que o SLB seja BI-Campeão!!

Joao Goncalves disse...

E ainda falta uma estatística importante que nínguem parece que ainda se debrocou sobre ela... que é no mesmo periodo de tempo, ou seja nestas 25 jornadas, quantas expulsões foram perdoadas aos jogadores do SL Colinho e que lhes permitiu jogarem em igualdade ou superioridade numérica.

P.S.: Eu confesso que não faço a mínima ideia pois a minha TV só dá azul...

RS disse...

"O estilo de jogo das equipas pode perfeitamente levar a que os seus adversários sejam mais vezes expulsos"

Caro Fonseca. Esse foi exactamente o argumento utilizado no 1º ano do JJ para "justificar" a quantidade aberrante de expulsões a favor do slb. Mas por essa ordem de ideias, o FCP deveria ter neste momento um número aproximado de adversários expulsos dada a natureza de posse de bola do jogo que pratica. E de facto não é isso que vemos acontecer. Fica um exemplo... em Braga, o FCP teve (julgo) 63% de posse de bola, sofreu 25 faltas mas não houve qualquer expulsão do lado do Braga. Na semana seguinte, na luz, o slb teve 66%, sofreu apenas 18 faltas (menos 7 do que o FCP) mas beneficiou de uma expulsão... (face a estes números, eu até me interrogo a quem terá o Braga estendido a passadeira...)

DC disse...

Sim, o interesse desta tabela é mais comparar equipas como Barcelona ou Bayern, com jogadores 1000x mais criativos e perigosos que os do slb, que passam muito mais tempo a atacar que o slb, que nem juntos conseguem ter tantas expulsões como eles.

José Correia disse...

«O treinador do FC Porto, Julen Lopetegui, voltou esta quinta-feira a defender que os erros de arbitragem têm influência na tabela classificativa da Primeira Liga.

"O que há são factos. Eu só posso dedicar a minha energia a preparar com carinho, com energia, com dedicacão cada jogo, que é o que está sob o nosso controlo, mas os factos sao irrefutáveis", disse o técnico na antevisão do encontro com o Nacional da Madeira, considerando ainda "tremendamente desproporcionado" o facto de o Benfica ter terminado 11 dos 25 jogos da Primeira Liga com mais um jogador em campo do que o adversário.»
in SAPO Desporto

Filipe Sousa disse...

Há outro aspecto pouco focado, e que é o impacto destes números na cabeça dos treinadores e jogaores adversários - é legítimo pensar que alguns treinadore condicionam as suas escolhas e opções, em vésperas de defrontar o slb, ao saberem de antemão que a "margem de manobra disciplinar" dos seus jogadores (mais duros), é nula; os próprios jogadores sentir-se-ão limitados nas suas acções - isto é uma grave deturpação da famosa "verdade desportiva".

Tiago Stuve Figueiredo disse...

Essa contagem já fiz relativamente ao pOrto. Neste momento, sao 12 jogadores. O benfica tem 17

Tiago Stuve Figueiredo disse...

12 jogadores excluidos contra o porto. 17 contra o benfica

senhor dos tropicos disse...

já agora, ganhar 8 campeonatos em 10 anos, é normal? ganhar bis, tris, tetras, pentas, é normal? obrigado e cts.