sábado, 7 de março de 2015

SMS do dia

O Vítor Baía é a nova Carolina Salgado do futebol português. Os gabrieis já o citam como fonte fidedigna, e portanto não deve faltar muito para assinar um livro com a Leonor Pinhão. Triste fim...

9 comentários:

José Lopes disse...

Um ídolo do Porto a fazer estas figuras é muito triste. Mais um sem respeito pelos adeptos que o adoravam. Nao deve perceber, ou entao nao se importa perante os proveitos que busca, que dizer estas coisas e colocar-se do lado branquador do regime nao é mais que desrespeitar o clube de que se diz adepto e a memória que temos dele como jogador. Nao separa a sua ambição e os problemas que possa ter com Pinto da Costa das posições públicas, dos sítios com que colabora, etc... Saudoso João Pinto...

Quid disse...

Quem diz o Baía, diz o Otelo Palmelão, diz o Fernando Renegado Gomes da Federação.

Eh pá.. o dinheiro fala mais alto que o coração.

- - -

Já agora, alguém por favor avise os pantomineiros encornados Editores-Chefe (mas pouco) d' A Bolha dos Enganados que se enganaram na Capa de hoje.

É que hoje eles pensavam que jogava o GloriGozo Nacional. Mas, não é só amanhã.

É que nem disfarçam, os Vitores Cepos, Guerras, Delgados, Bonzinhos, Pipas e Pimpãos.


Mefistófeles disse...

O repugnante palhaço Gaybriel, ao citar Steve Jobs, esquece-se que o que se vê é colo sistemático e nojento ao recreativo de Carnide. Portanto essa é que é a verdade.
Vitor Baía teria feito definitivamente um favor a todos os portistas em estar calado.
Perdeu a estima que lhe tínhamos.

miguel.ca disse...

Antes de atacar o Baía era conveniente saber o que realmente disse e em que contexto porque não é preciso ser muito inteligente para se distorcer ainda que relativamente citações alheias. Eu próprio considero sem problema absolutamente nenhum de que apesar do andor e das arbitragens manhosas quem empata no Dragão com o Boavista se calhar merece estar onde está ou vocês já se esqueceram dos 3 ou 4 meses que o Lopetegui andou completamente a patinar com autênticas anormalidades tacticas, rotatividade absurdas e consequentes percas de pontos preciosos?
O Porto só agora, ao fim de 7 meses de liga é que começou a demonstrar alguma consistência táctica e exibicional.
O Benfica sempre foi empurrado por vários sectores do futebol Português e toda a gente se lembra de que todos os anos nos temos desmanchado a rir com penalties assinalados por faltas fora da área, as piscinadas do Simão, das cotoveladas do Cardozo, os árbitros a esticar os jogos até os gajos marcarem, a suspensão do Lizandro por dois jogos por simulação ou do Hulk por imagens que só eles viram e outras anedotas que tal. A diferença é que temos conseguido ser melhores do que isso tudo e quando não somos, o objectivo do regime completa-se.
Penso que terá sido nesta linha de raciocínio que o Baía assentou a opinião dele.

meirelesportuense disse...

Não queria entrar na crítica corrosiva e destrutiva a Vítor Baia, creio que esta sua opção de passividade relativamente ao Porto, se deve à sua actual fragilidade financeira, que decorre de uma enorme perda nos investimentos que fez ao longo do tempo. Deram-lhe agora a mão e ele concede uns trocos a troco deste apoio. É feio, mas é assim a fragilidade humana, ninguém é perfeito - não é o que diz o PPC?...

Jorge Vassalo disse...

Sabe porque está o Marcano na forma em que está? Sabe porque entram Evandro, Rúben Neves, Quaresma, Quintero, Ricardo, Angel, sem problema nenhum? Por causa da rotatividade!

Dizer-se que os empates são ofensas é ridículo. Eu estava lá e aquele relvado estava impraticável, a expulsão do Maicon nunca mais aconteceu com equipa nenhuma e a carga de lenha que levaram os jogadores do FC Porto foi épica.

A partir de Guimarães, inclusivé, fomos roubados indecentemente e tudo o resto que se tem passado não pode ser ignorado. Em qualquer liga do mundo os bons líderes podem empatar ou perder. O que não pode haver é esta manipulação de resultados absurda.

Lopetegui reconstruiu uma equipa, uma união e um Portismo em poucos meses depois da bomba atómica de Paulo Fonseca! Você viu o estado lastimoso em que o FC Porto ficou? Gostaria que reparasse que Fonseca herdou um trabalho continuado de uma década de preparação em termos de fluidez e sistema de jogo. Não há comparação possível.

Veremos o FC Porto dos próximos meses. E espero que esteja a constatar que o "ciclo mortífero" acabou com o resultado de 6 vitórias e zero derrotas. Mesmo apesar de tentarem derrubar-nos de todas as maneiras e feitios.

Quanto ao Baía, sobre-endividado, é natural que procure um cargo que lhe garanta o futuro. É perfeitamente legítimo. Agora, ele sabe que fazer estas declarações é atacar a posição do clube que o fez. E dada a predilecção do Presidente por Baía, é uma grande traição. E é disso que se trata. Ficar ao lado do melhor tacho é problema dele.

Abraço Azul e Branco,

Jorge Vassalo | Porto Universal

True Blue disse...

Muito bem, grande JV. Uma análise lúcida e bem estruturada.

Assino por baixo.

Mas, hoje o VB segundo parece, já vem a responder ao Anjo Gabriel no Record.


Mefistófeles disse...

O problema é que a opinião do VB poderia ser aceitável noutra altura qualquer, que não esta. Viu-se como o papagaio vermelho aproveitou logo a inoportunidade da declaração. E dar armas aos vermelhos não é mais nem menos que traição.

Filipe Sousa disse...

Como refere o meirelesportuense abaixo, é público que o VB tem problemas financeiros (e problemas esses que nós todos andamos a pagar, visto que ficou a dever uma nota preta ao BPN). A vida correu-lhe mal, acontece, mas isso não lhe dá direito de: 1) dar munições aos nossos adversários; 2) criticar de forma tão leviana o trabalho da equipa. O Porto ajudou em várias ocasiões da sua carreira e não tem sofrer com os seus problemas pessoais.