terça-feira, 14 de abril de 2015

Desculpas antecipadas e… medo

No dia 21 de Outubro de 2014, o Bayern München deslocou-se a Roma, para enfrentar o vice-campeão italiano.

O onze titular e os suplentes do Bayern nesse jogo, para a fase de grupos da Liga dos Campeões, foram os seguintes:

Os 18 jogadores convocados para o AS Roma x Bayern (fonte: zerozero)

Ou seja, apesar de…
Ribéry ter sido suplente;
Schweinsteiger não ter feito parte do lote dos convocados;
Pepe Reina não ter feito parte do lote dos convocados;
Thiago Alcântara não ter feito parte do lote dos convocados (estava lesionado);
Javi Martínez não ter feito parte do lote dos convocados (estava e continua lesionado);

… no final, o Bayern saiu do estádio Olímpico com um resultado esclarecedor: AS Roma 1, Bayern München 7

Ora, oito dos onze titulares desse AS Roma x Bayern – Manuel Neuer, Philipp Lahm, Jérôme Boateng, Bernat, Mario Götze, Xabi Alonso, Thomas Muller, Lewandowski – estão no Porto e disponíveis para jogar.
A que se juntam mais alguns “mancos”, como Pepe Reina, Rafinha, Dante, Badstuber, Thiago Alcântara ou Claudio Pizarro.

Aliás, quem fala muito nos lesionados do Bayern, esquece-se, convenientemente, de referir que Philipp Lahm e Thiago Alcântara, após vários meses de ausência, voltaram a estar à disposição de Pep Guardiola.

Perante estes factos, é ridículo o choradinho do treinador e dirigentes do Bayern. Quem os ouvir falar e estiver distraído, até é capaz de pensar que Guardiola tem poucos jogadores de top à sua disposição, para utilizar nestes quartos-de-final da Liga dos Campeões.

Mas, ainda mais ridículo, é o papel, entre o sonsa e o coninhas, que a comunicação social portuguesa (?) está a fazer, só compreensível numa estratégia de desculpas antecipadas e de estar a “preparar o terreno” para qualquer eventualidade.

Correio da Manhã (capa) de 14-04-2015

Isto é, se o FC Porto conseguir um bom resultado, a explicação (preparada antecipadamente nas redacções de Lisboa) é simples: o Bayern, coitadinho, estava desfalcado e muito fraquinho.

Se acontecer o que todos, ou quase todos, prevêem (incluindo as casas de apostas) – a vitória do super favorito Bayern – então, a mesma comunicação social irá dizer que Lopetegui (o principal alvo a atingir) foi incapaz de aproveitar uma “oportunidade única” para derrotar um Bayern “fragilizado”.

Se eu não soubesse o que está por detrás desta estratégia de comunicação, diria que são maus profissionais, ou que andam distraídos. Assim, limito-me a dizer que são uns tristes.

E, após tantos anos e tantos exemplos, ainda há portistas que embarcam nesta conversa…


P.S. A RTP, a estação de serviço público, preparou uma peça sobre a chegada da comitiva do Bayern ao aeroporto do Porto (que tem vindo a repetir desde ontem à noite), em que o foco principal são os jogadores ausentes. Mas, o melhor desta peça jornalística de “alto quilate” é a referência à ausência de seis habituais titulares, incluindo nesta lista Ribéry (o qual tem menos de 1000 minutos na Bundesliga, sendo apenas o 14º jogador do plantel do Bayern neste ranking) e Javi Martínez que, devido a uma grave lesão, esta época tem zero minutos na Bundesliga e na Liga dos Campeões. Ou seja, dois “habituais titulares”…

P.S.2 Apesar do “cataclismo” de lesões que se abateu sobre o plantel à disposição de Guardiola, as casas de apostas desportivas - Bet365, Bwin e Betfair - não dão favoritismo ao FC Porto no jogo da 1ª mão e muito menos na passagem às meias-finais da Liga dos Campeões. Para o jogo do Estádio do Dragão, a vitória do FC Porto vale entre 4.50 a 5.20 por cada euro apostado, o empate entre 3.75 e 3.80 e uma vitória do Bayern Munique entre 1.70 e 1.82. Já a passagem dos dragões às meias-finais da competição, vale entre 6 a 7.60, sendo a «odd» mais alta de qualquer equipa ainda na Liga dos Campeões, enquanto que o apuramento do colosso da Baviera vale entre 1.10 a 1.14 e é a «odd» mais baixa. Por que será?

34 comentários:

Antonio Silva disse...

A outra face da moeda é se o Porto perder em casa começam logo a gozar a dizer que o Porto nem contra o Bayern B consegue um resultado de jeito. É a mentira que mais lhes interessa.

Carrela disse...

É tão óbvio que até mete fastio que haja do nosso lado quem se deixe levar por este nojo habitual...
A gente sabe onde lhes doí e convenhamos, as nossas vitórias sabem ainda melhor graças a estes mesmos parasitas!

RS disse...

No meio disto tudo ainda se "esquecem" de referir que o FCP vai a jogo sem 3 dos habituais titulares: Jackson, Tello e Marcano... Quem estará mais "fragilizado" afinal?

João disse...

Temo mesmo muito que a ausência mais sentida em campo vai ser a do Marcano.

Fonseca disse...

Os nossos rivais nunca admitirão qualquer superioridade ou mérito que possamos ter. É pena que os nossos rivais são os que "fazem" as notícias e filtram as verdades da forma que lhes convém. São repugnantes.
Óbvio que os nossos indisponíveis, dos quais quase não se fala, fazem-nos muito mais falta que os deles. Mas vamos a eles! Deixem-nos sonhar!

https://hajasaudinha.wordpress.com/2015/04/14/fcporto-bayern-e-nunca-mais-e-quarta/

Viper disse...

Os nossos rivais admitem e sabem bem que somos os melhores. Quem não admite nunca são os Jornaletas da treta e do croquete, os tais Bobos da corte, libelinhas, lémures e macacos rabudos da Com. Social Alface Ginjinha Papoila que esses, sim, são mais papistas que o papa pois mentem, aldrabam, omitem e deturpam ao seu belo prazer para agradar ao dono.

J.P. Gonçalves disse...

Esta vossa sportinguização é deliciosa.
Estão todos contra nós, todos querem o nosso mal, nunca ninguém nos dá valor...
Joguem mas é futebol e lutem dentro do campo para derrotar o Bayern. Tudo o resto é música...

José Correia disse...

«ainda se "esquecem" de referir que o FCP vai a jogo sem 3 dos habituais titulares: Jackson, Tello e Marcano...»

Shiu! Isso não convém dizer...

José Correia disse...

Vendo os últimos jogos do FC Porto e do Bayern, parece óbvio que o Marcano fará muito mais falta ao FC Porto do que o Benatia ao Bayern.
Mas, lá está, esta é outra situação que não convém referir.

Luís Vieira disse...

Na mouche. Se ganharmos, dever-se-á à "calamidade de lesões" que se abateu sobre o Bayern. Se perdermos ou empatarmos, não será natural, mas um fracasso, face à referida calamidade. Mais do mesmo. Eu dou-lhe um nome: azia por não estar lá. Escapa-lhes que mais do que a qualidade individual do Bayern (que é muita, mesmo com os indisponíveis), o que importa nesta equipa é o processo colectivo superiormente treinado pelo Guardiola e cabalmente interpretado pela maioria dos jogadores, senão todos. É evidente que a falta de jogadores como Alaba, Robben, Ribéry e Schweinsteiger não pode nunca ser menosprezada, mas não é decisiva para um bom desempenho deste fantástico colectivo. As queixas da entourage de Munique também me parece normal, porque é um surto substancial de lesões. O que não é normal é a cobertura nada isenta deste jogo pela comunicação social portuguesa. Ou por outra: é normal, tendo em conta a inveja militante. Enfim, resta-nos apostar nessas odds "estranhas" e ganhar algum dinheiro com a surpresa reservada para esta eliminatória :)

Carlos Pincaro disse...

Mas que raio de capa o jornal record publicou hoje!!!!!!!! não há vergonha na cara!!!!!!!!!!!!!

Luís Vieira disse...

A "jogar futebol e lutar dentro de campo" poderá assistir confortavelmente no seu sofá, porque certamente irá acontecer. É o ADN do Porto. Quanto à "música", é normal que lhe agrade. Para si deve ser uma sinfonia maravilhosa. Entretenha-se com ela.

Nuno disse...

Mas porque é que leem a imprensa lisboeta? Leiam "ojogo" que assim os "factos" são apresentados sempre do vosso ponto de vista!

(já sei que não vão publicar porque não sou portista, mas eu gosto de vos dar a minha opinião)

Quid disse...

Oh rapazito,

Deves estar a confundir o cú com as calças.. só pode. Mas quem é que se faz aqui de vitima, de calimero?!

O facto de desmascarar os pasquineiros, os recadeiros, de lhes mostrar que não andamos a dormir, nem engolimos palha, não faz de nós coitadinhos.

Nós, sabemos bem do nosso valor e do valor da nossa equipa. Quem pretende tirar-nos mérito são os avençados estagiários e moços de recados da pasquinada alface papoila. Assim que, por favor não confundas a estrada da beira com a beira da estrada!!

Nós não nos lamentamos por ter 3 titulares impedidos de jogar.. os Pasquins e Tvs Regionais é que querem dar a entender que o Bayern está fraco, caso o FCP vença o jogo!!!



José Correia disse...

J.P. Gonçalves disse: "Esta vossa sportinguização é deliciosa"

Se eu tivesse dúvidas (que não tinha), o comentário do benfiquista J.P. Gonçalves veio confirmar que a mensagem deste artigo foi na mouche e bem compreendida pelos destinatários.

José Correia disse...

É capaz de apontar algum facto, referido no artigo, que não seja verdade?

Pois, esse é que é o vosso problema. Têm dificuldade em lidar com os F-A-C-T-O-S

José Correia disse...

Luís Vieira disse: «Quanto à "música", é normal que lhe agrade. Para si deve ser uma sinfonia maravilhosa»

Acho que o Luís percebeu mal o que o J.P. Gonçalves queria dizer.
Claro que ele gosta desta música, do hino da UEFA Champions League, mas isso, conforme sabemos (e eles sabem melhor do que ninguém), não é coisa que traga grandes recordações aos benfiquistas...

Nuno disse...

Todos os factos do artigo são verdade. Por isso mesmo sugeri que não lessem esses factos mas sim outros, também verdadeiros!

Já agora, eu sou só um, e lido bem com todos os factos, obrigado.

João disse...

"Joguem mas é futebol" é o mote oficial 14/15 da lampionagem lobotomizada quando confrontada com factos.

Não sabem outra, tanta argumentação e tão rebuscadas raciocínios e teorias que tinham nas épocas em que não entravam em campo com 14.

João disse...

Factos, sem aspas, meu caro Nuno. E sim, é de muito longe a mais isenta e profissional publicação desportiva, seguida de relativamente perto pelo maisfutebol. Equipará-lo a qualquer um dos dois pasquins jornais oficiosos do Benfica deve ser algum tipo de piada.

Paulo Rodrigues disse...

Caro Nuno dou-lhe o meu exemplo só leio o jornal ojogo não por ser portista mas por ser o mais isento! Abola e o Record são exemplos da podridão da comunicação social lisboeta que assombra todos os leitores.

São MILHARES OS EXEMPLOS que podem ser dados que nem me vou alongar mais!

João Silva disse...

O qual? O facto do colinho? Ainda bem que admite!

José Correia disse...

O treinador do Bayern Munique diz que «se ao FC Porto faltam alguns dedos», à sua equipa «faltam as duas mãos». Lopetegui lembrou a diferença de soluções nos dois plantéis.

«O que sei é que os dois vão começar com 11 dedos. Mas os dedos do Bayern tocaram a glória mundial», afirmou.

Depois, desvalorizou as ausências: «Não vamos pensar nos que faltam, mas nos que temos. Queremos fazer um grande jogo.»

«Não valorizo as baixas no rival nem as nossas. Quem vai jogar em ambas as equipas vai ser, certamente, competente. O Bayern terá oito ou nove campeões do mundo em campo», sublinhou.

in Maisfutebol

----------

Lopetegui, muito bem, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo.

Nuno disse...

Concordo com todos, acreditem.

Nuno disse...

Porque não haveria de admitir? É um facto, ou uma realidade, para não ser mal interpretado.
Já agora, ainda bem porquê?

True Blue disse...

Mas que grande, enorme, excelso comentário.

Assino e subscrevo por baixo.

Está de mais, demais!!!

Pena as galinhas, as gaivotas e os peixinhos vermelhos de aquário não terem memória.

Luís Vieira disse...

Pois José, o J. P. queria ouvir essa música noutro estádio, mas o seu clubezeco não tem unhas para tamanha guitarra. No entanto, aconselho-o vivamente a treinar a versão portuguesa do hino que entrará em vigor na próxima época. Pode ser que tenha mais sorte porque este ano, para não variar, já não vai lá.

reine margot disse...

Grande Lopetegui!

A resposta que o Pepito merecia!

(Agora, onze dedos ? - vamos ter de chutar com o pé que estiver mais à mão...)

dragaolux disse...

Boa noite, venho por este meio pedir se podia adicionar o meu site "Planeta FC Porto" http://planetafcporto.com à sua lista de blogs.
Muito obrigado. Saudações Portistas.

Silva disse...

O que custa mesmo é ver alguns dos "nossos" embarcar na onda... Espanta-me.
http://atascadosilva.blogspot.pt/2015/04/wtf.html?m=1

J.P. Gonçalves disse...

Lol!
Até a Madonna dos olhos azuis aqui veio botar faladura...
Sem stress...
Stress será a manhã.
Viel glück!

Rui Ferreira disse...

Boa noite a todos...

Estava a ver as conferencias do Lopetegui e Guardiola, ai a mim falta três dedos...ai a mim falta os cinco...estes gajos mais um bocado e ficam sem mãos pensei eu.

Já todos sabemos que vai ser um jogo difícil, cada equipa tem as suas baixas, mas de inicio vão estar 11 jogadores de cada lado, dentro de campo. A imprensa portuguesa está toda com pena do Bayern...coitadinhos tem vários titulares lesionados. Isto é tudo fogo de vista, tretas... o Porto se ganhar o jogo, vamos logo ver e ler...ai o Porto só ganhou porque os alemães tinham os craques lesionados, se perder, o Bayern mesmo sem os craques são uma equipa muito forte e o Porto não tinha hipóteses. É como o velho ditado... preso por ter cão e preso por não ter.

Já todos sabemos o poder que esta equipa alemã tem, mas nós também não somos nenhuns coitadinhos e temos o nosso valor.
Os nossos jogadores têm é que entrar em campo com garra e espírito de guerreiro para vencer o jogo. Não interessa o nome dos jogadores da equipa adversária, os nossos têm que correr os 90 minutos, disputar a bola como se fosse a última e nunca se podem esquecer que SOMOS PORTO!!!

RS disse...

Para quem quiser confirmar os "titulares indiscutíveis" que o Bayern tem indisponíveis para o jogo de logo:
http://www.fcbayern.de/en/matches/statistics/profis-statitistics/

As contas são muitos simples. Dos onze jogadores com mais jogos esta época, só o Robben e o Alaba, ambos com 29 jogos, não vão jogar. Os restantes 9, todos com mais de 29 jogos esta época, estão disponíveis.

Miguel Cosme disse...

tudo de barriga cheia?! ;p