segunda-feira, 27 de abril de 2015

Disto (quase) ninguém fala

Após o empate de ontem, entre o SLB e o FC Porto, não é preciso estar muito atento para se perceber que o principal alvo de jornalistas, comentadores e adeptos… portistas, é Julen Lopetegui.

A uns porque o treinador basco lhes causa urticária, a outros porque tinham elevadas expectativas (provavelmente por não terem dúvidas que o FC Porto 2014/2015 é bem melhor que o SL Andor, mesmo que o jogo seja no Estádio da Luz), o empate alcançado pelos dragões em Lisboa, serviu para análises muito críticas ao modelo de jogo, onze inicial ou substituições efectuadas por Lopetegui.

Não fiquei surpreendido. Quando não se ganha, é normalíssimo o treinador ser o primeiro a ser apontado a dedo. Sobre isso, nenhuma novidade.

Mas não deixa de ser um pouco estranho que, entre os adeptos portistas, quase ninguém fale da arbitragem, até porque, houve dois lances polémicos e ambos, como aconteceu ao longo de todo o campeonato, foram decididos a favor do SL Andor e em prejuízo do FC Porto.

Por exemplo, ao minuto 79, Fejsa entrou de forma negligente e intempestiva sobre Danilo. O árbitro viu e assinalou falta, mas não mostrou um cartão amarelo ao jogador do SL Andor (seria o 2º amarelo e deixaria os encarnados com menos um jogador para os últimos 15 minutos, descontos incluídos).

Ora, com o mesmo rigor e seguindo o mesmo critério que adoptou nos amarelos mostrados a Quaresma (59’), Jackson (61’) e Marcano (72’), o senhor Jorge Sousa não deveria ter mostrado o 2º cartão amarelo a Fejsa?

Cartão amarelo a Jackson

E sobre o lance aos 43’, em que Luisão carrega Jackson no ar impedindo-o de chegar à bola, alguém viu, da parte do capitão do SLB, intenção de jogar a bola?

Luisão e Jackson (foto: Maisfutebol)

SL Benfica x FC Porto, Tribunal de O JOGO


Bem, feito este intervalo, sobre dois casos de arbitragem “imaginários”, voltemos a Lopetegui e à forma “justa” e “inquestionável” como o SL Andor vai ganhar este campeonato…

46 comentários:

miguel.ca disse...

Como nunca saberemos o que disse Lopetegui a Jesus que deixou o mestre da chicla possesso, podíamos fazer um joguinho de especulação e atirar para o molho as possibilidades que nos passam pela cabeça. Eu aposto os meus 2 cêntimos que lhe mandou uma boca relacionada com o andor, eheheh

meirelesportuense disse...

Acho muita piada ao pátuá do Coroado: "Com o gesto efectuado, o capitão encarnado evidenciou toda a sua experiência!..."
-Boa, igual raciocínio que foi aplicado a um lance de um suposto penaltie num célebre Porto-Benfica com Lisandro Lopez a ser castigado por simulação, lembram-se?...Aí, a suposta "experiência" foi considerada um factor negativo.
O Pedro Henriques é sempre anti-Porto.Em todas as suas análises não tem nenhum pudor em contradizer-se desde que isso sirva o seu sentimento xenófobo.

Pedro Mota disse...

A nossa direcção tem que combater a pouca vergonha que foram as arbitragens esta epoca,isto não se pode voltar a repetir. Andamos adormecidos,ninguém defende o clube,estamos acomodados...Estou temeroso quanto ao futuro do Porto,o Benfica está forte e ainda mais forte ficará ,nós vamos perder jogadores muito importantes e vamos manter um treinador que a mim não me convence,sinceramente nunca me senti tão desanimado..

liberto disse...

Não acham estranho que Lopetegui tenha carta branca para tudo no nosso clube, e ninguém o ponha no seu devido lugar... Arre que isto já enerva! Alguém o pôs no lugar aquando do excesso de rotatividade e a máquina ficou mais afinada, ganhou uns jogos, ganhou peito e ninguém o segura... Este tipo está a mais e já vai tarde! ADIOS!

iur disse...

Imagine-se se tivesse sido ao contrário...

ega disse...

Afinal não fui só eu a ver o penalti....como ninguém falou, mesmo portistas, começei a duvidar de mim, e como estou bem disposto nem o Jogo li.

miguel.ca disse...

O Pinto da Costa é como os Rolling Stones. Mick Jagger e companhia fizeram discos memoráveis mas o tempo foi passando e a inspiração, a paixão e aquele fogo que arde por dentro foi-se apagando e hoje em dia vão levando a vida tranquilamente ao som do velhinho "I can't get no satisfaction" sem darem a mínima importância ao que o Paul McCartney poderá andar ou não a dizer sobre eles.
Nada dura para sempre, nem as pessoas nem as paixões que as movem. Para o bem e para o mal, o tempo apaga tudo.
Que o FCPorto já há algum tempo que anda a precisar de afinar o rumo, disso ninguém duvide.

jnporto disse...

Bom Dia,
"Disso" ninguém fala como muito bem diz o Sr. José Correia. Infelizmente os portistas deixam-se levar pela onda "encarnada" dando de barato tudo o que lhes tem saído bem caro este ano. O jogo de Domingo fez-me lembrar os de antes do 25 de Abril com todo o aparato de papoilas saltitantes, com transmissão televisiva à maneira e com o branqueamento do costume dos erros da arbitragem contra os da província. Lopetegui não sendo português, deve estar enojado e revoltado pela forma como o Porto foi roubado ao longo do campeonato e terá reagido quanto a mim muito bem. Quanto à suposta troca do nome, eu também não gosto que me troquem o nome de família e se foi por isso, acho muito bem que JL lhe tenha passado um raspanete. Os vendidos do costume da bola nacional atacam-no forte e feio por ser treinador de um Porto que lhes faz sombra. Entendem que deveria ter prestado homenagem a JJ , como fez Quaresma. Mourinho também foi odiado pelos mesmos. Estamos habituados a isso mas desta vez há uma diferença que são argumentos de inqualificável xenofobia que por aí se fazem. Viva o Porto. Cumprimentos

Saci Pererê disse...

Eu preocupo-me primeiro em corrigir os problemas e erros que possa ter e depois avanço para criticar os outros.
Quero também esclarecer que por mim Lopetegui fica, o que não quer dizer que esteja isento de culpas pelo fracasso na Liga portuguesa.
Acredito que como eu, muitos portistas não tenham olhado para o árbitro como o principal responsável pela não vitória, e tudo porque o FC Porto entrou em campo com uma equipa de contenção, num jogo em que devería ganhar por uma diferença de 2 golos ou pelo menos ganhar. Era fundamental começar o jogo na perseguição do primeiro golo e obrigar o Beneficia a abrir o seu jogo e oferecer as fragilidades defensivas que se lhe conhece, o treinador preferiu não perder e assim ficámos, sem a derrota mas inapelavelmente sem a vitória, e sem moral para dizer que tudo teria sido diferente se o árbitro assinala um penalty que não era fácil de ver ou um 2º amarelo a 13 mins do final. O que era fácil de ver era que jogávamos a contra-relógio, que se havia equipa que possivelmente acusaría desgaste fisico e mental (o que prejudica na hora de abrir buracos em autocarros) era o FC Porto e a nossa estratégia não foi a adequada. Por essa razão eu, não me importo do que fez o árbitro, primeiro olho para os nossos erros e só depois olho para os outros, se tivessemos actuado de outra forma, talvez Jorge Sousa se tivesse enganado mais (atenção não significa que me pareceu uma arbitragem boa, foi caseiro) mas se nós somos os primeiros que damos tiros nos pés, não tenho balas para todos os outros.

reine margot disse...

Encontrei na formação o resultado que muitos adeptos acham que seria o único justo para o jogo de domingo na capital:
"Sub-9 A: Campeonato Distrital (Fut. 7), Série 4, 5.ª jornada
FC Porto-S. Martinho, 20-0" !!!!

Quanto aos casos, no minuto 92 também há um penalty sobre o Hernani ! Uma rasteira - acho que do Jardel, mas sinceramente não fixei - que não o deixa chutar... porém os comentadores todos disseram: sem ângulo, falhou o remate...

Quanto ao sr PdC e os RollingStones, acho que a parecença está boa: ambos tocam ainda muito !!
Friends, portistas, countrymen: o futebol está diferente! o mundo está diferente!
Vamos andar para a frente!
Neste momento temos de construir (re-construir) uma máquina para o futebol, porque entretanto os outros aprenderam connosco. E temos de mudar ou seremos engolidos como no ano passado. (- Há dois anos não fomos, porque o homem ia em peregrinação a fátima e lá teve o seu milagre...)

Joao Goncalves disse...

Como já disse anteriormente, não foi na Luz que perdemos o campeonato... foi na Madeira e suportado pelo colinho arbitral.

A responsabilidade de Lopetegui é mínima e não poderia nunca interferir no colinho tendo claras culpas no cartório na Madeira, especialmente no jogo com o Nacional em que não se poderiam desperdiçar aqueles 2 pontos, nem que deixassem a vida em campo e Lopetegui não conseguiu incutir isso na sua equipa (ou não escalou uma equipa com fogo na venta, para esse objectivo).

Contudo existe uma coisa que tem sido pouco apontado... os árbitros tem levado o SL Andor ao colo mas o que tem feito a SAD e o seu presidente? Onde estão as defesas constantes dos interesses do clube?... Quer dizer... a Académica e seu treinador queriam jogar mais tarde, a Liga não deixou e a SAD ficou caladinha no seu canto? Onde estão os comunicados? entrevistas a demonstrar indignação? Onde está o ruído para acabar com a vergonha?

Não tenham dúvidas nenhumas... este campeonato é perdido em grande parte por a SAD não ter defendido o clube nas alturas próprias... as vergonhas poderam continuar sem pudor e sem respeito, apenas apontadas e atacadas por um homem... Julen Lopetegui.

Carrela disse...

O que chateia é que se fala de puxão ou não puxão.... DASSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS Anda tudo estúpido? Então o Luisão não tapa a cara ao Jackson? Não o impede de disputar a bola?????? Qual a dúvida???

Que o árbitro não tenha marcado... sinceramente aceito... agora, estes rafeiros que vêm na TV, repetições e ainda ficam com dúvidas??? Faz lembrar o golo do Jonas, com cotovelo na frente a abalroar o defesa da Académica e os mesmos rafeiros a acharem "normal".... Que nojo de lavagem...........................

jj é mestre das matreirices... ninguém o bate. Os seus lacaios são exímios no anti-jogo!
É por isso que ele não vai para o estrangeiro, pq só em campeonatos de 3º mundo tem sucesso, e para isso já ele está bem. Noutro nível de campeonatos era envergonhado semana sim, semana sim!

E sim, obviamente que jj é bom noutros aspectos, a sua equipa é mt eficiente em termos defensivos! Gere o fora de jogo como poucos! Mas se não fossem esses factores extras, tinha ganho pouco mais que nada por cá...

Vitor Soares disse...

Faço somente uma pergunta: se tivéssemos entrado com jogo aberto, bem alargado, em alta velocidade, sem controlar o meio campo e sofrêssemos um golo em contra ataque como o Benfica gosta de jogar contra nós, não andaríamos neste momento a bater igualmente no treinador????
Tínhamos obrigação de ganhar, mas para ganhar é preciso primeiro não perder.

Mefistófeles disse...

"argumentos de inqualificável xenofobia que por aí se fazem".
Nem mais. E esses sim, de um insuportável nacional-parolismo.

meirelesportuense disse...

Em todos os jogos decisivos nesta época o Porto falhou, falhou para a Taça de Portugal, falhou para a Taça da Liga, na Liga dos Campeões e agora para o Campeonato Português...Portanto, não foi apenas uma infelicidade, foi mais uma inevitabilidade que outra coisa qualquer.
Desde muito cedo percebi que o meio campo não podia viver da segurança quase exclusiva do Casemiro, nem da força física do Herrera, era imperioso construí-lo com jogadores mais compactos em número e em qualidade.Sempre achei que Rúben Neves e Casemiro eram indissociáveis nessa ideia de segurança no meio campo que se transmitiria sem qualquer dúvida ao sector defensivo. Depois é que se poderia pensar no jogo de teor mais ofensivo.E aí chegados então sim, admitia Óliver e Herrera, Óliver e Brahimi, Evandro e Óliver. Partiu-se de um pressuposto absolutamente antagónico. Insistiu-se numa ideia que foi criando ilusões e desilusões em cadeia até à quebra final sem remissão.

Pedro disse...

"Desde há meses que o treinador do Porto lamenta o tratamento favorável que o Benfica recebe dos árbitros: 13 expulsões a jogadores adversários. Jorge Jesus ri-se das queixas e confunde voluntariamente o nome do seu adversário: 'Lottopegui'. É assim que chamam ao espanhol aqueles que criticam a imprevisibilidade dos seus onzes iniciais", escreve o jornalista daquele diário com sede em Madrid"...

Claro que não é de um jornal Português...

liberto disse...

Palmas...
Enquanto continuarmos a meter a cabeça na areia e não se avaliar como absolutamente vulgar a competência do nosso treinador, não vamos a lado algum! Quem é esse espanhol predestinado que falha em TODAS as competições, repito, TODAS!!! (e não me venham com os três a um ao Bayern porque a realidade é que ficamos nos quartos de final- foi bom mas não foi nada de excecional ou inédito) e ninguém se atreve a passar-lhe uma guia de marcha!??? Deve ter virtudes que eu e muitos sócios desconhecemos...

reine margot disse...

Bora lá com o home!
O que nós queremos é sócios com os ditos no lugar!
e mai nada!
Falhamos em todas as competições como já há muito não se via! Que é isso de ir aos quartos da champions? - Falhar claro!
(muito melhor não passar da fase de grupos... muita melhor! )

e, prontos! - Sai uma guia de marcha, com bastantes ! e ? ófazfabor!

RS disse...

Caríssimo... quer trocar o Lopetegui por quem? Paulo Bento? Carlos Queiroz? Ou é daqueles que acredita que o FCP pode ir contratar um treinador de topo tipo Hiddink ou Capello? Deixe lá estar o homem sossegado. Este também foi um ano de aprendizagem para ele. Não nos podemos dar ao luxo de "sportinguizar" o FCP com um treinador novo todas as épocas...

Nightwish disse...

A pior coisa do empate foi vir o Manco Silva a dizer que ainda olha para cima (depois de um jogo em que foi beneficiado, obviamente).
Rais parta a lata desta gente.

Miguel Lima disse...


@ liberto

dois comentários bastante esclarecedores em menos de catorze horas. acredito até que não tenha dormido direito, ou que não tenha dormido de todo.

portanto e no seu entender, venha lá homem novo.
e eu pergunto: quem? mas tem que ser um nome realista, ok? e não vale o Vítor Pereira, que ele não quer regressar. nem o Libras-boas, que não há rublos para ele. nem o Professor Jesualdo, que está lá para o Egipto, prestes a treinar o 'chica-abala'...

ah! já me esquecia. Lopetegui assinou um contrato de três anos. quanto acha que será o valor da indemnização?

Miguel | Tomo III

jnporto disse...

Como pelos vistos este treinador não serve [Valha-me Deus!] e já que o catedrático não está disponível, porque não o Manuel José que é da mesma linha e que sabe sempre o que o Porto deveria ter feito e o que deve fazer. O nome até teria vantagens pois em princípio J Jesus conseguiria pronuncia-lo sem se enganar...

jnporto disse...

Para quem não saiba, o árbitro João Capela está nomeado para o Gil Vicente - Benfica. O nosso adversário não abranda o colinho. Enfim...

liberto disse...

Mas podemos sportinguizar o FCP pelos "anos zero", "para o ano é que vai ser...", ... Isto está bonito! Muito bonito!!! Só porque o tipo é espanhol e nos faz a todos de pacovios, saloios, com ar arrogante e altivo temos de levar com a peça???? Arre!

João Martins disse...

TOTALMENTE DE ACORDO RS!!!
Isto nao e o Sbording....nao ganhamos este anos devido a alguns erros do treinador de inicio mas a equipa era totalmente nova e requer adaptacao...Forca Porto!!

liberto disse...

Boa! Bela justificação! Há milhões para dar por um Reyes que só nos enterra e outros "Reyes" que por lá pululam e não há para mandar bugiar um treinador incompetente....

Miguel Lima disse...


@ jnporto

acho que o otário malvado, o de Palmela, também está livre. e disponível :)

abr@ço
Miguel | Tomo III

RS disse...

E enquanto os adeptos se deixam levar pela onda propagandista do diz-se que Lopetegui disse ou do diz-se que Lopetegui não serve para o FCP, sai um Capela para Barcelos... e siga a rusga...

Ribeiro DeepBlue disse...

Eu voto no Liberto "pa" treinador. Sabe as táticas todas e é nitidamente uma pessoa tão, mas tão competente que nunca falha nas metas a que se propõe na sua vida.
Liberto, em Agosto, é você que vai levantar o sabre, canudo!

Pedro Mota disse...

Sportinguizar é o que está a acontecer,em que não ganhamos nada e fica tudo igual,ficamos felizes com o 2ª lugar como eles com o Paulo Bento..Quem não é campeão no porto historicamente vai embora,essa politica deu nos resultados nos ultimos 30 anos isto são factos..Sportinguizar é sr passivo e manso ,não ter ambição..Não tentem virar o bico ao prego porque não colapor muito lopeteguistas que sejam..

Pedro Mota disse...

Mas é preciso saber o treinador certo,para não se querer o errado?! Boa teoria..Mas se é por isso posso lançar varios nomes nem que seja ao calhas se é isso que pensa que dá credibilidade a achar que Lopetegui não é o treinador ideal..Por curiosidade você defendia a continuidade de P.Fonseca?? E caso não tenha defedndido era Lopetegui que surgeria como treinador??

Daniel Gonçalves disse...

"Alguém o pôs no lugar aquando do excesso de rotatividade ..."

O comentário do liberto foca um pormenor que é muito questionável: a direcção do Clube confrontar o treinador pela suas escolhas e tácticas/métodos dentro de campo? Alguém imagina, já não digo o Presidente, mas o Antero ou outro dirigente/funcionário entrar pelo balneário dentro e perguntar ao Lopetegui: porque é que colocas-te o X a jogar na direita de não o Y? Porquê é que utilizas-te um 4-4-2 e não ou 4-3-3, ou vice-versa? Há precedentes no FC Porto de a direcção se intrometer no trabalho do trabalho? De questionar o treinador porque usou o jogador X e não o Y? O treinador é sempre avaliado pelos resultados, assim como condicionantes externos e internos, no ciclo final, e nunca a meio de um processo, portanto o Liberto não pode esperar que a direcção fosse confrontar o Lopetegui pela rotatividade ou por qualquer outro método de trabalho? O técnico tem liberdade e garantia de espaço para desenvolver o seu trabalho sem restrições "burocráticas".

Carlos disse...

http://www.elnortedecastilla.es/deportes/futbol/201504/28/lopetegui-mucho-lottopegui-20150428164209-rc.html

meirelesportuense disse...

Não alinho na responsabilização total do Lopetegui até porque na equipa técnica existe gente que sabe muito bem do que a casa gasta, mas é urgente que ele assente de forma incontornável que não podemos dar quaisquer abébias e só com total empenho e disponibilidade o Porto pode conquistar seja o que for em Portugal.
Isso tem que estar bem visível no balneário e ser absorvido pelo espírito dos jogadores! Jogador que não queira nada com esses princípios não pode servir ao Clube.

Miguel Lima disse...


@ Pedro Mota

Julen Lopetegui é o treinador escolhido por alguém que tem mais sabedoria do que eu e você juntos. enquanto adepto, compete-me apoiar. mais nada.
e sim, no ano passado, enquanto esteve entre nós, apoiei da mesma forma paulo fonseca - mesmo contrariado com muito do que (não) fez.
foi assim que fui ensinado. a apoiar. para vaias, já bastam os adversários.

quando pedi ao "liberto" um nome realista - este foi o adjetivo: realista - foi no sentido proporcionalmente inverso à sua contra-argumentação. de que me vale pedir a cabeça do treinador se este é um projecto de três anos? de que vale pedir a cabeça do treinador se já se sabe que quem gere o clube não é dessas modas?
e ainda espero um nome alternativo a Julen Lopetegui. felizmente que estou sentado...

Miguel | Tomo III

liberto disse...

Não posso dizer que estou surpreendido, porque na verdade estou TOTAL E ABSOLUTAMENTE ESTUPEFACTO!!!
Agora eu sou o culpado porque fizeram um contrato de 3 anos quando nunca foi essa a prática, sou culpado porque fomos eliminados da taça, em casa, pelo grande sportem; sou culpado porque fomos eliminados da taça da liga por grandes equipas sem que nada pudéssemos fazer para evitar tal desfecho; sou culpado porque se embandeirou em arco com a vitória (meritória e merecida) frente ao Bayern e já se falava em sermos campeões europeus (era ver o nosso treinador todo inchado a dar entrevistas para o estrangeiro em vez de se focar no desafio da segunda mão... Ele que já ia treinar o Real... Valha-nos Deus!); sou eu o culpado porque a quatro jornadas do final temos de confiar que a lei das probabilidades vai dar um tombo de todo tamanho para sermos campeões....
Meus camaradas de bancada, eu tenho costas largas,... Mas essa de matar o mensageiro das más notícias não é tradição no nosso clube!

Miguel Lima disse...



@ liberto

mas eu acuso-te de alguma coisa?! faz lá o favor de reler os meus dois comentários anteriores. facilmente chegarás à conclusão de que não te acuso de nada; apenas continuo à espera que me indiques um nome realista de um possível treinador para o FC Porto.

e sobre as «más notícias», também espero que contraponhas a cada crítica tua uma possível alternativa, obviamente que plausível, viável e exequível. criticar por criticar, desculpa, mas não faz muito o meu sentido de apoio incondicional ao meu cube do coração. já me bastam os adversários...

por último, aconselho-te a ler o artigo de opinião sugerido pelo carlos. parece que do lado de lá da fronteira são ainda piores do que nós, a não considerar «absolutamente vulgar a competência do nosso treinador»...

Miguel | Tomo III

OAutor disse...

O Sr Liberto deve ser daqueles que teve esse mesmo discurso sobre Vitor Pereira, para agora provavelmente vir dizer que ele é o maior! O que o senhor está a fazer com Lopetegui tem nome, chama-se Xenofobia!!! Se não vê qualidades no jogo do FCPorto e não vê qualidades no treinador, então também não verá qualidades em Pinto da Costa! Faça um favor a todos nós e deixe de ser adepto do FCPorto!

OAutor disse...

O Sr Liberto é daqueles "doentes" com piada!

Mas vou-lhe perguntar uma coisa...se Pinto da Costa nunca tivesse apostado no treinador que levou 6-1 do AEK nas competições europeias, o que seriamos hoje como clube???

33 anos de Presidência e ainda não aprendeu nada com Pinto da Costa?? Eu tenho a certeza absoluta que se Lopetegui só tivesse assinado por dois anos, estaria provavelmente hoje a proposta para ele renovar por mais um ano!

Sempre foi assim que o nosso presidente trabalhou e na minha opinião é exactamente assim que se trabalha! Não é com a cultura de medo...mas sim com a cultura da estabilidade e da confiança que os êxitos chegaram a este clube! Infelizmente muitos adeptos não entendem isto!!!!

meirelesportuense disse...

O que o Lopetegui diz a Jesus não se sabe, pode intuir-se pela reacção deste, mas o que Jesus diz a Lopetegui é bem claro: -Até te mato!...Vejam bem as imagens.

Nightwish disse...

Pelo menos tem responsabilidade por querer saber e apoiar a taça da treta, que não vale a pena nem pelo dinheiro.

Jorge Vassalo disse...

Lopetegui chegou ao futebol português bem falante e até cumprimentou o chiclas muito bem no Dragão. Depois foi percebendo a peça. As peças. Desde o chiclas até aos media. E quanto ao mau perder, que muitos dizem ter sido a causa, o bate boca começou durante o jogo, com o chiclas a mandar bocas ao Lopetegui. Este tipo goza de uma impunidade... Será um prazer vê-lo a baixar a bolinha, aqui ou noutro lado.

Abraço Azul e Branco,

Jorge Vassalo | Porto Universal

Nuno Correia disse...

o nosso clube fez uma boa época e um óptimo campeonato, no campo ficamos em primeiro e distanciados! não se esqueçam.
o treinador merece todo o nosso apoio.
quase q dizia q deviamos festejar este campeonato, encher os aliados e comprar medalhas para os verdadeiros campeões.
orgulhosamente Porto
Nuno Correia

liberto disse...

Não percebo o quer dizer com a expressão "doentes". Eu não insultei ninguém (vontade não me faltava para dizer uma coisas ao senor Lopetegui...)!

Pedro Mota disse...

Miguel penso que há uma diferença entre apoiar o Lopetegui,Jackson e apoiar o FC Porto,é parecido ,mas não é a mesma coisa..Deduzo pelo que você diz que você é a favor continuidade do Treinador hoje,mas se amanha Pinto da Costa decidir que ele deve ir embora você apoia a demissão,se estiver errado corrija-me..Pinto da Costa éo melhor presidente da história e se somos o que somos como clube é sobretudo devido a ele,mas também se engana e já se enganou,caso contrario por exemplo não esaria cáLopetegui e sim Paulo Fonseca ,por exemplo.. Outra duvida você era a favor da continuidade de Paulo Fonseca?? ou a favor da vinda de um novo treinador neste caso Lopetegui??..Eu nunca assobiei ou insultei nenhum jogador,treinador do Porto,mas já achei que certos jogadores e treinadores não serviam ou tinham qualidadepara o Porto,apesar de terem sido escolhidos por alguem que sabe mais do que eu.

Miguel Lima disse...


@ Pedro Mota

desculpa responder só agora, mas só hoje tive conhecimento do teu comentário.

1)
eu sou adepto indefectível do FC Porto, ponto final. não sou do FC [nome de jogador e/ou treinador]

2)
tal como em tudo na Vida, só sei jogar em equipa. logo, quando vencemos e quando perdemos, somos nós todos, do Presidente ao sócio com singelas horas de vida.
longe vai o tempo em que só alguns é que beneficiavam e/ou perdiam consoante os resultados dos jogos, independentemente da modalidade (veja-se o que se passa na secção de hóquei para perceberes melhor esta minha convicção).

3)
como é óbvio, tal não significa que seja acrítico. oq eu não faço é tecer considerandos (ia escrever disparates...) como alguns o fazem (e com «muito orgulho», até), por essa bluegosfera fora. o motivo: "eles andem" por aí, atentos, à espera da nossa divisão.
portanto, guardo as minhas críticas para quando estou entre os nossos - olha, por exemplo, nas jornadas dos "encontros da bluegosfera".
de que me vale clamar pela cabeça do treinador, por exemplo? alguém da SAD vai deixar-se influenciar? alguém com poder para decidir vai reconsiderar?... pois...

4)
sobre Paulo Fonseca:
já não me recordava de um treinador tão fraco à frente do nosso clube. num passado recente, só o otário malvado [escarro].
mas, enquanto esteve entre nós, ninguém me leu a pedir a sua demissão, lá no meu estaminé e pelos motivos atrás invocados. tal não significou que amiúde fosse lançando pistas do meu desconforto e, até, da minha indignação perante o enxovalho a que fomos sujeitos. mas, enquanto teve o brasão abençoado ao peito, defendi-o dentro das minhas capacidades e com a racionalidade possível. e, assim que pediu a demissão pela (pelo menos) terceira vez, também não comecei a zurzir nas suas orelhas, nem a malhar a torto e a direito como antes não o tinha feito, por respeito à pessoa em causa. apenas lhe desejei felicidades, excepto quando nos defrontasse.

5)
sobre Lopetegui:
não sabia quem era, quando chegou. foi uma surpresa. apoio-o desde o início, pelos mesmíssimos factores enunciados para Paulo Fonseca.
agora, acho que, apesar do risco, tem-se tornado uma boa surpresa. comete erros? certamente que sim, pois é humano. mas, desde há muito tempo que não via um padrão de jogo tão sólido no Clube. e, apesar de não ganharmos um único título, esta época - na anterior sempre vencemos uma Supertaça (mesmo que referente à época 2012/2013) -, há ideias consolidadas e uma diferença abissal para o que se passou... na anterior, com o mesmíssimo Fonseca.
a campanha na 'Champions' fala por si - basta recordar o que se passou com Vítor Pereira, em duas época, por exemplo.
o campeonato, também. com alguma certeza, iremos bater o recorde de pontos (e de goal-average), os quais seriam mais do que suficientes para nos sagrarmos campeões, não fosse o descarado andor/colinho.
na Taça de Portugal, apesar da precoce eliminação, houve uma nuance: o decisivo jogo de San Mamés, na Quarta seguinte.
na Taça da BjeKa, desde cedo se (pres)sentiu que éramos carne para canhão. por mais anos que viva, não esquecerei a machadada de Braga.

houve erros, claro! e não esqueço a desmotivação que senti após o empate com muito sabor a derrota, na Choupana.
agora, não resumo toda uma época (que ainda não acabou) a dois meros jogos, e por mais decisivos que fossem - o na Alemanha e o em Carnide.
acho esse julgamento injusto.

abr@ço
Miguel | Tomo III