terça-feira, 26 de maio de 2015

A mentalidade benfiquista-salazarenta

António Simões

Este senhor [árbitro auxiliar do SLB x Marítimo] tem de ser responsabilizado por uma coisa destas [golo anulado ao SLB por fora-de-jogo erradamente assinalado a Jonas]. Todos erram, mas uns erram menos que outros. Temos de premiar quem é mais competente e punir quem não é.
Não estou a questionar o mérito do jogador do FC Porto [Jackson Martínez]. Mas imagine que havia um prémio chorudo por ser o melhor marcador, que existe e está contemplado em contratos, e que este senhor, de bandeirinha na mão, tirou este dinheirinho ao Jonas. Mas isto faz-se?
António Simões , ex-jogador do SLB (entre 1959 e 1975), em declarações feitas ontem à Antena 1


Mas os benfiquistas não têm vergonha na cara?

Num campeonato que ficou manchado por inúmeros erros dos Auxiliares do Andor encarnado, muitos dos quais com influência decisiva nos resultados de jogos e que se traduziram em 8 pontos a mais para o SLB;


Como é que esta gente tem a lata, a enorme lata, de vir a público queixar-se de um fora-de-jogo mal assinalado?

Isto só tem uma explicação: a velha mentalidade benfiquista-salazarenta está de volta e em força.

A velha mentalidade do "quem não é do Benfica, não é bom chefe de família" e que, aplicada aos árbitros, pode ser adaptada da seguinte forma: árbitro que erra a favor do SLB é bom rapaz e pode ser promovido, mas se erra contra o clube do regime, além de incompetente, é má rês e tem de ser responsabilizado.

Errar contra o Benfica? Mas isso faz-se?…

9 comentários:

Zé Carlos disse...

Esta gente perdeu a noção, mas também em parte por nossa cause. Quando digo nossa, digo SAD. Baixaram as calças aos lampiões e agora eles acham-se donos disto tudo.

RS disse...

Até perceberia a contestação se o jogador já tivesse marcado 2 golos e o 3º fosse mal anulado. Não foi o caso.
Eu também não me esqueço da última época do Falcão em que ele foi impedido de jogar a última jornada e disputar com o Cardozo o título de melhor marcador do campeonato porque o sr Pedro Henriques assim o quis no jogo do FCP em Setubal.

Ricardo Rodrigues disse...

Isto para não falarmos dos 5 golos mal anulados ao Falcão, não sei se nessa época ou noutra...

Roberto H Santos disse...

Ha uma anedota, que versa sobre um senhor que foi as prostitutas, e em grande contratou duas.
Apareceu a policia e uma disse que era costureira e a outra que era esteticista e o homem indignado diz:
- Queres ver que a puta sou eu?

Assim esta o campeonato com este golo anulado:
- Queres ver que nós é que fomos ajudados?

Quid disse...

Nem mais caro JC, tocou no ponto sensível, na tecla certa. É que é mesmo verdade. A tal mentalidade salazarista bafienta bolorenta está de volta. Traduzindo para a atualidade vigente, é o tal 90% do Eco do Manto Protetor do Andor Encornado no seu esplendor. Seja na Sociedade, na Politica, no Futebol.

E digo mais. No que ao Futebol concerne vai ser muito complicado ao FCP reverter a situação, mudar o status quo.

É que mais de 80% dos Árbitros e Fiscais de Linha estão mesmo dominados, subjugados, amarrados ao Manto Protetor. E não, não está em causa a sua competência, valia técnica para a função. Só que eles sabem que para subir na vida e na carreira têm de obedecer, fazer o que lhes mandam, cumprir com a bitola estabelecida. E não, nem é preciso ligar ou telefonar. Eles (os árbitros e fiscais de linha) sabem bem quem manda, quem decide, quem devem favorecer.

Lisboa voltou a ter, a dominar o Poder. Na FPF, na LPFP, na CA, na APAF, no Sindicato, na Com. Social...

"Vale mais ter os homens certos nos lugares-chave do que comprar um bom Hulk, Falcão, Jackson Martinez!!!

Esta frase - adaptada - é sintomática de como tudo foi feito por outro lado: o lado da batota, da corrupção, da intimidação, da coação, da pressão.

"Não, eu não não preciso de escolher árbitros.. eu estou a fazer as coisas por outro lado"

E fazer as coisas por outro lado foi mesmo isso. Colocar o Dr. João Rodrigues a pressionar, colocar Lucílio Baptista, José Pratas, António Rola na sombra de Vitor Neto, de José Fontelas... ou colocar gente da Boifica Tv na Cu da Manada Tv a repetir até à exaustão as frases feitas da Nationale Propaganda. João Gabriel, José Eduardo Moniz, Pedro Guerra, João Malheiro, Nuno Graciano, José Nuno Martins.... a lista seria interminável.

Resumindo e concluindo. O FCP deixou-se adormecer, foi comido de cebolada, perdeu o comboio.. e vão passar anos até conseguir reverter a situação.

Desenganem-se os ingénuos que acreditam que os jogos se ganham dentro das 4 linhas.

Viu-se esta época... e foi só uma pequena amostra do que aí vem. O FCP foi passado para trás. Fechou-se em si mesmo e durante anos não vai conseguir derrotar o tal 90% de Eco do Manto Protetor do Andor Encornado patente na Com. Social.

Se por ex., até o JN já se juntou aos demais para ser como eles.... tipo se não os consegues vencer sê como eles!!

Rádios, Jornais, Sites, Canais de Tv... estão todos dominados e subjugados ao Poder do Manto Protetor. E isto, repito, começou a partir de 2009.. tipo bola de neve, que foi engrossando para agora tudo abafar, dominar.

Sim, está de volta o Nacional Salazarismo. Na Politica, na Sociedade, no Futebol.

E, sr PdC, se o Papagaio RGS está a ganhar o dele.. o mesmo podemos dizer dos ditos Comentadores azuis, que 90% também estão a ganhar o deles!!!



miguel.ca disse...

Quid, tens toda a razão e eu não mudaria uma vírgula mas... mas...
Bastava-nos termos ganho ao Boavista no Dragão e ao Nacional na Choupana e todo este andor Salazarento e bafiento tinha ido literalmente pela retrete abaixo por isso não creio que vá ser assim tão complicado ao FCPorto mudar o status quo. Basta-nos não vacilar como uns meninos em momentos chave do campeonato como tantas vezes fizemos esta época. Basta-nos ser competentes, ser Porto, ser aqueles que quase me provocaram uma síncope cardíaca no calor de Sevilha.

meirelesportuense disse...

O que eles -os indefectíveis- dizem não nos deve incomodar muito, apenas devemos pôr a nú estas diferenças de tratamento por parte de Entidades Oficiais relativamente aos dois Clubes.
Ainda hoje -mais uma atitude de servilismo-, a Bolsa de Valores deu a sua sessão por encerrada em pleno Estádio da Luz com o Orelhas a "dar ao badalo" para o écran, em directo...E disserem-me que já algo de semelhante acontecera na banheira de Alvalade.
Não é que eu faça muita questão de podermos também abanar "o sino" em pleno relvado Azul e Branco, até porque acho isso um acto de muito mau gosto, sugere-me qualquer coisa muito feia, mas é -não deixa de ser- uma descriminação, neste caso positiva?...
Uma coisa fica muito clara e evidente, toda esta festança apenas revela que nós somos e provocamos uma enorme afronta, se realmente fôssemos aquilo que eles dizem que somos -coisa sem valor-, não teria havido tanta festa e festarola, apenas simples formalidades...

PortoMaravilha disse...

Viva,

So' que, comparativamente ao passado, existem dados que ja' não podem ser apagados da memo'ria pelo "orgulhosamente so's". Um exemplo, entre outros, esta manhã, ao consultar as novas:

http://www.sofoot.com/monaco-porto-2004-la-derniere-surprise-189487.html

E Viva o Porto!

Luís Gagliardini Graça disse...

Grande lata do Simões... É mesmo à SLB. Calado é um poeta.