sexta-feira, 1 de maio de 2015

Capela “melhor” que Paixão

O JOGO, 01-05-2015
«João Capela foi premiado com uma segunda oportunidade para apitar o Gil Vicente-Benfica, depois de no jogo na Luz ter “feito” o resultado, com aquele fora-de-jogo que até o Barbas assinalava. Capela é uma espécie de Rei Midas do Benfica, que em 12 jogos arbitrados pelo juiz lisboeta ganhou 11, empatou um, marcou 28 golos e sofreu nenhum. Sim, nem um para amostra. Há, de facto, estatísticas maravilhosas, de fazer corar de vergonha o Bruno Paixão.»
Francisco J. Marques
Dragões Diário, 30-04-2015


Por que razão, a “fantástica” equipa treinada pelo “fabuloso” Jorge Jesus, ao mesmo tempo que, ano após ano, passeia no campeonato nacional, fracassa na Liga dos Campeões?

Bem, conforme diz o hino oficial, a UEFA Champions League é para as melhores equipas… Essa será uma das razões para o insucesso dos encarnados de Lisboa.

A outra é o “azar”. Nos jogos da Champions, quando as coisas estão mais difíceis, tem-lhes faltado um “jogador especial”, um tal de Duarte Bruno Mota Esteves Baptista Paixão Capela. Conhecem?

Esta nomeação do Capela para Barcelos, apesar da escandaleira verificada no jogo da 1ª volta entre estas duas equipas, só poderá surpreender quem tem andado muito distraído.

Não sabemos como o jogo de Barcelos se irá desenrolar e pode nem ser preciso recorrer ao “é um lance duvidoso…”, “depende do critério do árbitro…” ou ao “errar é humano e errou para os dois lados…”. Mas, pelo sim, pelo não, esta nomeação tranquiliza os encarnados, que já sabem, se for preciso…


P.S. Sempre que alguém ligado ao FC Porto se queixa do “critério” das nomeações, ou de casos polémicos de arbitragem que favorecem o SL Andor, a resposta do papagaio Gabriel, ou de outros papagaios encarnados é, à falta de outros argumentos, falar no Apito Dourado.
Apito Dourado?
O Apito Dourado foi há 12 anos (!) e, no que ao FC Porto diz respeito, refere-se a jogos (FC Porto x Estrela Amadora e Beira Mar x FC Porto) de uma época em que os dragões, treinados por José Mourinho, por acaso até foram campeões europeus!
Perante tudo aquilo que se tem visto, desde os critérios “cirúrgicos” das nomeações, às sucessivas escandaleiras dentro das quatro linhas, até quando os dirigentes do FC Porto se irão deixar condicionar pelo fantasma do Apito Dourado?

31 comentários:

marujo88 disse...

A Direcção do FCP não vai fazer nada no que diz respeito ao escândalo das arbitragens, nem em relação aos ataques nojentos da comunicação social afecta ao clube do regime porque andam de mãos dadas com eles, basta ver o que tem acontecido ultimamente com a Liga de Clubes. Apoiar o Luis Duque para a liga foi a machadada final dada ao nosso clube, é a minha opinião.
Manuel da Silva Moutinho

Pyrokokus disse...

Em relação ao apito dourado, corrijam-me se estou enganado, o FC Porto foi absolvido, portanto a única coisa que existiu foi marketing da CS lisboeta.
Em relação ao Capela, são dados estatísticos, e completamente reais, e que não deixam margem a dúvidas.

vesugo disse...

Não quero acreditar naquilo que o Marujo88 escreve, mas infelizmente parece-me ser uma conclusão óbvia e real!

José Correia disse...

"São coisas [desentendimento com Jorge Jesus] do futebol e quem não jogou futebol não as poderá entender. Curiosamente, depois [Jorge Jesus] quis voltar a dar foco numa entrevista a um jornal. Porquê? Se calhar, não querem que se fale da nomeação de Capela para o jogo [Gil Vicente x Benfica] desta jornada. Ele [Jorge Jesus] tem experiência... Quatro dias depois, falar a um jornal, tem uma clara intenção. É estratégia"
Lopetegui, na conferência de imprensa de antevisão ao Vitória Setúbal x FC Porto

José Correia disse...

"Com o nome de João Capela o Benfica não se engana"
Lopetegui, na conferência de imprensa de antevisão ao Vitória Setúbal x FC Porto

J.P. Gonçalves disse...

O FC Porto foi condenado com a perda de quatro pontos e não recorreu.

J.P. Gonçalves disse...

Qual foi a escandaleira do Capela no jogo entre o Benfica e o Gil Vicente na primeira volta? Um fora de jogo não assinalado pelo FISCAL DE LINHA (assim mesmo à antiga)... O Capela não tem capacidade para ver foras de jogo, tem que confiar nos auxiliares. Li hoje mesmo num blogue Portista cujo autor reviu esse jogo nos últimos dias, que Capela não cometeu um único erro nesse jogo. Apenas foi traído pelo seu auxiliar num lance que infelizmente resolveu o jogo. E que nenhum Benfiquista minimamente sério será capaz de dizer que foi bem assinalado.
Já agora, a propósito do Capela, lembro-me de etr expulsado o Cardozo num Benfica-Sporting por este ter dado um murro na relva... Um mauzão este gajo...

jnporto disse...

Actualmente o Benfica faz o que quer na Liga e na Federação. Exceptuando o Porto Canal [que inexplicavelmente a maioria dos portistas não vê porque, pelos vistos, prefere incomodar-se com quem lhes faz mal] as televisões, Bola, Record, Jogo e os restantes órgãos cs estão controlados por benfiquistas . Recorde-se o episódio de Gobern dito comentador imparcial que foi apanhado a comemorar um golo do Benfica em directo e de punho erguido mas que imediatamente foi reciclado para continuar a meter nojo com a propaganda de sempre. Recorde-se, ainda, a "imparcialidade" de H. Conduto que nos encheu os ouvidos das virtudes dos jogadores do Benfica na RTP que foi contratado pela Benfica TV onde [pasme-se] acaba de ser elogiado por Miguel Sousa Tavares na sua crónica de terça feira. Vai-se lendo que os dirigentes do Porto nada fazem contra escândalos que teimam a acontecer e que nos prejudicam. Não se vê nada, de facto, mas que poderiam eles fazer que se visse?. As múltiplas tentativas para correr com Figueiredo da Liga não resultaram, supostamente por obstrução do Benfica através do presidente da AG por si nomeado. No entanto, quando a liga estava falida, o clube aparece como salvador, com o Porto a não ter alternativa senão ir a reboque. Vieira comentou, não há muito tempo, sobre uma acção de Pinto de Costa que era "o estrebuchar do morto". Porque terá ele dito isso?. Disse também que "estava a fazer as coisas por outro lado" o que poderá ter a ver, por exemplo, com as recentes nomeações de Capela, assim como as 13 expulsões neste campeonato, algumas delas pelo menos. A direcção do FC Porto terá de conseguir reequilibrar as forças para impedir que o Benfica e o Sporting dominem o futebol em Portugal a seu bel prazer pois de outro modo não haverá Danilo, Jackson ou Óliver que cheguem para se ganhar campeonatos. Vieira também disse que seria mais importante dominar lugares na Liga do que a contratação de jogadores. Os portistas terão de ajudar a acabar com o centralismo deixando de embarcar em fair play de um só sentido, na certeza de que o lado de lá choverá sempre e de que a luz se apagará quando ganharmos. Assim como a mentira e a treta que continuarão a encharcar a comunicação social portuguesa contra o FC Porto. Poderia Gabriel [ou o do Sporting ou qualquer desconhecido badalhoco à procura de protagonismo] falar repetidamente em fruta para desviar atenções à mentira deste campeonato existindo uma comunicação social isenta como deveria ser a nossa?. Claro que não!. Mas Gabriel avança, ciente de que os seus media lhe ampliam a voz.


Luís Pires disse...

e é agora que o FCPorto se lembra de lamentar?
temos pena, mas agora já vai tarde.
hesitei, hesitei, fui dando o benefício da dúvida, mas outra conclusão não me resta que não seja dizer que a competência desta direcção se perdeu algures (essa "estória" do amarrados pelo apito dourado não colhe)

José Correia disse...

"O FC Porto foi condenado com a perda de quatro pontos e não recorreu"

Sim, é verdade que a CD da Liga, liderada pelo dr. Ricardo Costa (É preciso lembrar quem era este senhor e quem o colocou na Liga?), arranjou uma maneira de subtrair 6 pontos ao FC Porto.
Não vos serviu de nada.
Em vez de ganhar esse campeonato com 20 pontos de avanço, o FC Porto ganhou "apenas" com 14 de avanço.

E, concordando ou não (eu discordei), toda a gente sabe por que razão o FC Porto não recorreu.
Para evitar que esses 6 pontos, que nessa época não lhe fizeram falta nenhuma, lhe pudessem vir a ser retirados na época seguinte, quando o recurso do clube/SAD fosse julgado.

Não recorreu o clube/SAD, mas recorreu o presidente do clube e da SAD, Pinto da Costa, que ganhou TODOS os recursos, quer na justiça civil, quer na justiça desportiva.

José Correia disse...

Agora, é muito elucidativo, que sempre que adeptos, treinador ou dirigentes do FC Porto se queixam da roubalheira que se tem visto neste campeonato, a única resposta dos benfiquistas seja falar no Apito Dourado, cujos factos ocorreram há 12 anos atrás.

Elucidativo, muito elucidativo.

RS disse...

O J.P. é um lírico... "O Capela não tem capacidade para ver foras de jogo, tem que confiar nos auxiliares"... pois não... como o Pedro Proença não tinha e no entanto muito gostavam vocês de falar do Proença por causa de um jogo onde só teve decisões prejudiciais ao FCP...

José Correia disse...

"Um fora de jogo não assinalado pelo FISCAL DE LINHA (assim mesmo à antiga)... O Capela não tem capacidade para ver foras de jogo, tem que confiar nos auxiliares"

É óbvio que foi o árbitro auxiliar, da equipa de arbitragem liderada pelo senhor Capela.
E, já agora, sabe dizer-nos o que aconteceu a esse árbitro auxiliar?
Hum...

José Correia disse...

"a propósito do Capela, lembro-me de ter expulsado o Cardozo num Benfica-Sporting por este ter dado um murro na relva..."

Ai sim?

E não se lembra deste SLB x Sporting?
http://www.reflexaoportista.pt/2013/04/roubos-de-capela.html

E do "limpinho, limpinho", lembra-se?
http://www.reflexaoportista.pt/2013/04/da-playstation-ao-limpinho.html

O Capela, como previu Pinto da Costa, iria ter um grande futuro...
http://www.reflexaoportista.pt/2013/08/capela-tem-grande-futuro-e-presente.html

Viper disse...

Oh Inginhocas Mijoninhas Gonçalves.. Limpinho, limpinho diz-te alguma coisa? Não?! Já sei, comes muito queijo e és como as galinhas e os peixinhos vermelhos de aquário, não tens memória.

Quanto ao mais, ficas a saber que desde o começo, desde o princípio o FCP, por estratégia jurídica dos seus Advogados, decidiu não recorrer a nível Judicial dos tais 6 pontos retirados por um qualquer Ricardo Pavão Vermelho. Ou seja, decidiu ignorar, desdenhar, desprezar de uma decisão sem vínculo e sem valor legal como depois se veio a confirmar.

Se estivesses atento e se fosses menos empalado, saberias que os Processos foram todos considerados Nulos pelos respectivos Tribunais Superiores de Lisboa e ainda estão a decorrer as inerentes e respectivas acções de que o FCP recorreu para poder ser ressarcido, indemnizado. Mas, claro isso era se estivesses atento e não usasses palas.

De qualquer modo aqui fica a informação para que possas meditar.
Como sabes a tal Reunião de 04 de Julho foi considerada nula, inexistente. Logo o que é nulo, o que é nada, é zero, é vazio.. e tu como Inginhocas, devias bem saber isso. Nulo, Void!!!

Viper disse...

Ah, e não leves a mal por te trocar o nome e a patente.. pois afinal o JJ ainda hoje admitiu que também ele faz o mesmo, que goza e troca o nome às pessoas quando quer e lhe apetece..

E não te esqueças... Tribunal de Comarca, Tribunal de Relação, TAFL, TCAS e Supremo Tribunal Administrativo!! Aí é que se decide. Não é em Blogues, Fóruns e Tertúlias de benfiquistas!!
Ainda estamos num Estado de Direito.

João disse...

Mas ainda hoje choram o Proença não ter assinalado fora-de-jogo ao Maicon num jogo em que ficam dois penaltys claros (manchete de Cardozo e atropelamento de Luisão ao Álvaro Pereira, ambos perfeitamente no seu raio de visão) claros e 3 jogadores por expulsar (Javi García por pontapear a cabeça do Lucho numa reposição, Gaitán 2º amarelo na falta que dá origem ao golo do Maicon e Maxi por virar o James no último lance de jogo, que Proença termina para não ter que expulsar).

Afinal em que é que ficamos? Gentinha ridícula. Decidam-se lá.

Nem todos podem ser como o Bruno Paixão e o auxiliar do jogo em Paços que testemunham um empalamento a menos de 3 metros e precisa de ser o 4º árbitro na linha de meio campo a assinalar penalty.

Vergonha na cara, mas é.

João disse...

Subscrevo, palavra por palavra.

J.P. Gonçalves disse...

Ui... Com pessoas minimamente educadas ainda consigo falar. Com alienados que usam 15 ou 20 nomes diferentes para se identificarem e descem ao nível da sarjeta, dispenso. Já aturei muito aqui há uns anos atrás noutro local.

De resto, lembrar que este mesmo Capela foi o gajo que fica na história por ter causado a única expulsão na carreira de Pablo Aimar, num lance com o Olhanense em que o amarelo já seria discutível.

Este condicionamento prévio a todos os jogos do Benfica devia era envergonhar os adeptos de um clube que ganhava campeonatos sem precisar de andar em choradinhos constantes. O futebol português está mesmo a mudar...

Luís Pires disse...

J.P. Gonçalves, dispenso-me de citar pormenores técnicos mas dito de uma forma compreensível para leigos (com todo o respeito), o recurso que foi interposto pelo PdC também aproveita ao clube/sad (aliás, se bem me recordo, foi esse o entendimento do CAS)

RS disse...

Talvez devesse haver vergonha mas sim daqueles que antes andavam com os choradinhos e clamavam por verdade desportiva e hoje, face a esta palhaçada vêm para aqui falar em condicionamento previo... Se o ridiculo matasse, já so éramos 4 milhões de portugueses...

Luís Pires disse...

o meu comentário ainda não foi publicado, acho que escrevi CAS, mas queria obviamente dizer "TAS" :)

Miguel Lima disse...


acho sempre muito curiosa esta vontade dos "jp gonçalves" desta vida terem que demonstrar a sua superioridade moral em blogues... afectos ao FC Porto!!
portanto: ao contrário da esmagadora maioria dos espaços dedicados à tertúlia lampiónica, aqui ainda lhes vai sendo dada a palavra. como é espaço dedicado ao quotidiano do FC Porto e a cor (pre)dominante é o azul-e-branco, "ui que são uns «alienados». que moral do car@...ças.

e «nível de sarjeta», aqui?! então o que dizer do 'anti-tripa'?

ps:
se nós fazemos «choradinho» por dois anos sem vencer um título, o que é que vocês fizeram quando estiveram d-o-z-e sem o cheirar (num período anterior à chegada do rei do pó nos pneus, portanto)?

Miguel | Tomo III

jnporto disse...

No pressuposto que é ao meu comentário que se referem, começo por não perceber esse "temos pena"... Depois, não vejo nele nenhum lamento, de resto impróprio do Porto e de Portistas, mas sim um simples texto sobre o que se passa actualmente no futebol português. Mas tratando apenas do jogo e deixando de fora as coisas feitas por outro lado, o FC Porto até não teria de que se lamentar porque, apesar de não ganhar nada este ano, como é provável que venha a acontecer, tem a sua equipa de futebol em crescendo ao passo que a da nossa principal concorrente sobrevive com expedientes e com treta. Daí que não seja preciso mandar JL embora, nem arranjar alguma direcção "que os tenha no sítio", como por vezes se vai implícita ou explicitamente lendo por aqui... Cumprimentos

José Correia disse...

«Jorge Jesus quis ter graça e disse ontem que só se engana nos nomes quando quer, confessando que a troca de sílabas no nome de Lopetegui foi propositada. O Dragões Diário não o vai contrariar, o que não seria bonito, porque até acha que Jesus tem qualidade para treinar o “Monster United”, ou o tridente do Paris-SG constituído por “Abramovich, Laveza e Cavani”. É fácil “acraditar” que seria “piners” para o conceituado treinador dedicar aos "motocars" da Amadora. "Un diseur".»
Francisco J. Marques
Dragões Diário, 02-05-2015

José Correia disse...

«João Capela já esteve em 3 jogos do Benfica esta época e em todos houve erros a beneficiar o rival. Se no Bonfim o Benfica acabou por vencer com facilidade (5x0), contra o Estoril e o Gil Vicente foram vitórias nas quais houve intervenção decisiva da equipa de arbitragem. Ninguém está a dizer que foi com intenção. Apenas que foi um facto o benefício ao Benfica.»
Tribunal do Dragão
01-05-2015

Luís Pires disse...

@jnporto, não me queria referir ao seu comentário (que aprecio) mas à actuação (ou falta dela) da direcção.
cumprimentos :)

jnporto disse...

Obrigado Luis Pires. Saudações Portistas e votos de Bom fim de semana

João disse...

Sim, sim.. Pelos padrões actuais amarelo já seria discutível. Pelos padrões da arbitragem em qualquer país do planeta, pitons à perna é vermelho em todo o lado.

A falta de noção, porra... Coitado do Aimarzinho, no Jogo do Apagão aos 30' minutos já devia estar na rua, esse e o Sidnei.

J.P. Gonçalves disse...

Caro Miguel, blogues-lixo há-os afectos a qualquer um dos grandes. Eu seleciono o que leio.
E sim, gosto de ler este blogue, tal como o seu. Mesmo não concordando com 90% do que neles se escreve.
Quando falei em nível de sarjeta, não me estava a referir ao Reflexão Portista, mas sim ao comentador dos vinte pseudónimos, que só por acaso, também comenta em blogues afectos ao Benfica.
Já agora, como o jogo já acabou, espero que reconheçam que nos 5-0 de hoje, o Capela não teve qualquer influência.
Cumprimentos.

Pedro Mota disse...

A pouca vergonha que foram as arbitragens este ano é uma questão muito importante,e que tem de mudar na próxima época ,mas quando penso nisto e vejo a falta de vergonha dos orgãos da Liga e federação em Portugal ,fico com duvida se há algo que a nossa direcção possa fazer..Nós já nos queixamos,a direcção da Liga tem o nosso apoio ,a federação é dirigida por um supostamente portista ,havendo por lá outros portistas, algo tem de ser feito ,mas não sei e ainda não li nada sobre o que deve ser feito..Alertar para ao poucas vergonhas é um principio ,mas não me parece que chegue..A proxima epoca é um grande desafio para a direcção,o que se passou esta época,apesar de ser recorrente ao longo dos anos, não pode voltar a acontecer ,ate porque já não somos tão fortes dentro do campo como eramos no passado.