segunda-feira, 29 de junho de 2015

Camisolas para a nova época II

Sobre as (novas) camisolas do equipamento principal, e se deviam ser azuis-e-brancas ou brancas-e-azuis, e porque "uma imagem vale por mil palavras", aqui fica uma fotografia(?) com 93 anos, que torna essa discussão completamente estéril -


Se ainda assim houver quem ache que há 93 anos, o Porto era "menos Porto" do que é hoje porque as camisolas não tinham o número certo de faixas ou eram mais brancas do que azuis, está no seu direito. Se há coisa que mudou desde há 9 décadas atrás, é o número e a qualidade de "ayatollahs do Portismo" - e quão mais rico e pujante é o Porto de hoje graças a eles...

Já sobre o infame segundo equipamento, impõem-se duas considerações:

1 - É temporário, para o ano será diferente e daqui a uns anos já ninguém se vai lembrar dele; bem sei que se usarmos esse equipamento "horrível" e de "mau gosto" (e vencermos) na final da Liga dos Campeões ou da Liga Europa, ou no jogo do título, vai ser mais difícil esquecê-lo - mas com esse vosso sofrimento, podem uns quantos de nós bem.

2 - Pese embora o ponto anterior - o carácter temporário deste equipamento - relembro a iniciativa do Augusto Baptista Ferreira, também conhecido como Simplício, que há quase 100 anos atrás, achou que o símbolo do Futebol Clube do Porto (e não um segundo equipamento que será usado umas 5 ou 6 vezes durante uma temporada), precisava de ser alterado - oh heresia! - de

para

Feliz do Simplício que nasceu há mais de um século, pois se sugerisse tal coisa hoje, nem sei que lhe aconteceria... E no entanto, ninguém hoje se atreverá a exigir o regresso ao símbolo anterior, por ser "mais Porto" que o actual - e eu até acho o primeiro mais interessante.

No final do dia é apenas um equipamento castanho, e o Porto é mais que o azul-e-branco, o castanho-e-azul, o roxo ou o laranja - afinal, quem sofre de "daltonismo", também tem direito a ser adepto do FCP!

12 comentários:

Quid disse...

Pela minha parte, pela parte que me toca já fiz a chamada de atenção.. para a falta de gosto e falta de bom senso na composição cromática do equipamento alternativo. Não está sequer em causa a escolha do castanho, que eu logo baptizei de cor chocolate, mas sim do azul da faixa nas das mangas que é feio. A camisola castanha com um calção azul escuro até que ficará bem. Agora aquela faixa azul celeste nas mangas é que é pirosa.

Penso eu de que.



Carrela disse...

Excelente!

Costuma-se dizer que gostos não se discutem.
Para o caso pouco importa se gosto ou não do equipamento, mas digo já que tirando as pontas das mangas em azul, acho que está bem conseguido!
Uns gostam, outros não, é perfeitamente normal.
O que não é normal é o histerismo que se gerou... é de facto ridículo!
Se fosse vermelho, até percebia... Se fosse verde, tb conseguia perceber...
Mas assim não!
Na minha opinião é mais do mesmo, muita "Maria vai com as outras"...

Luís Vieira disse...

Também não percebo muito bem a polémica exacerbada com o equipamento alternativo do FCP. Não é a última maravilha do mundo moderno, mas é mais um na linha dos laranjas, roxos, cor de rosa, etc. "What's the big deal?", apetece perguntar. Os restantes são bem fixes e gosto da marca New Balance.

Luís Pires disse...

ainda não sei se gosto ou não do "infame segundo equipamento". aguardo vê-lo no relvado para melhor opinião, até estou em crer que é capaz de não ficar mal de todo.
não levem a mal os que o comparam com a cor da m...., mas a esses sugiro uma visita ao armário, de certeza que encontrarão por lá uma camisola (seja de verão ou de inverno) com essa cor ;)

Joao Goncalves disse...

Sou mais um dos que não percebo a polémica... se até um camuflado gramamos o ano passado...

O equipamento não me pareceu tão mau quanto isso e tem sempre a vantagem de não se sujar muito(lol)...

Mário Faria disse...

Confesso que aquele castanho de chocolate não adoçou o meu gosto. A minha mulher anda perto de detestar. Os meus netos já sentenciaram: todos eles são muito lindos e não dispensam nenhum deles. Exigência irrevogável.

hammer disse...

houve mais confusão o ano passado com os 2 equipamentos alternativos. Quando eles entravam em campo com que é que 99.99% dos portistas se preocupavam? Com a qualidade estética do equipamento ou a raça e o resultado dos jogos? Vamos dar importância aquilo que é importante.

Silva disse...

Epa, falou pouco e disse tudo Filipe! Tem emblema não tem? Então é linda!

Felisberto Costa disse...

Palavras para quê?...
Excelentissimo post e mai nada!!!!

meirelesportuense disse...

Para mim o equipamento principal do Porto, que tem vindo a ser constantemente modificado, não o devia ser de forma tão radical porque desde que me lembro, as camisolas Portistas eram compostas por três listas verticais brancas e duas azuis largas. Foi assim que fomos Campeões Europeus em Viena e Mundiais em Tóquio.
Os alternativos já foram tudo e mais alguma coisa, com o branco a ganharem a supremacia ao longo dos tempos, castanhos, porque não, desde que para o ano a reflexão se faça conduzindo a uma escolha melhor. Mas independentemente disso, o gosto na combinação das diversas manchas cromáticas devia ser exemplar e não submeter-se a uma qualquer loucura momentânea...Depois temos os patrocinadores: -NB desde logo se confundem com o logotipo do MultiBanco e com as iniciais do NovoBanco!...E é só, pois quem tem que decidir já decidiu, se querem realmente saber a nossa opinião, porque não nos fazem uma auscultação preliminar à sua escolha definitiva?

José Rodrigues disse...

Lamento que haja quem tenha dificuldade em viver com diferencas de opiniao.

Pessoalmente prefiro uma camisola principal com um padrao tao parecido quanto possivel (excluindo pormenores como por ex a gola) com o padrao que tivemos durante decadas (e com que conquistamos a primeira Taca dos Campeoes europeus) e nunca me passaria pela cabeca insultar quem de mim discorda, mas pelos vistos o Filipe acha por bem colocar-me em cima (e quem partilha da minha preferencia) o epiteto de "ayatollah" do Portismo. Ok...

Alem disso tb presume com escarnio q quem detesta o equipamento castanho (e eu sou um deles) vai sofrer se formos campeoes europeus (envergando essa camisola). Brilhante presuncao, Filipe. No further comments...

Filipe Sousa disse...

É precido muuuuuita ginástica e flexibilidade mental para te sentires tão afectado pelo que eu escrevi; relaxa.