quinta-feira, 25 de junho de 2015

Distracções Diário

Parece que a coisa está decidida, mas nunca se sabe - Jackson Martínez, o mais completo - eu diria o melhor - ponta-de-lança que passou pelo Porto no últimos 30 anos (ou mais), está de partida para Espanha; com cerca de 30 golos marcados em cada uma das 3 épocas que passou no Dragão, leva na bagagem um título de campeão, e duas Supertaças - só há uma palavra para descrever este palmarés: trágico.

32 comentários:

Quid disse...

Por falar em distrações..

Abdul Bilal Chikh Ould Masala QUEM ?! ?! ?!


Um qualquer Novo Robben de 17 anos contratado para os Juniores do Sport Lisboa e Beldroegas de Carnide de Baixo FAZ hoje Capa nos 2 Pasquins Siameses do Mar da Palha.

E o Jackson Martinez, um dos melhores Avançados do Mundo que foi vendido por 35 Milhões nem uma sequer uma alusão teve n' A Bolha dos Enganados. O mesmo que fizeram agora ao Gonçalo Paciência QUE nem sequer é referido o seu nome na Capa !!!

Faz-me lembrar quando o Hulk rendeu 40 Milhões para o FCP e o Witsel rendeu 26 para o SLB.. e n' A Bolha puseram na CAPA a dizer que foram ambos por 40 !!!!!!

Pilantras, bandalhos, invejosos..

Paulo Sérgio Portugal Malheiro disse...

O FCP anda em guerrinhas internas, a negociar com empresários diferentes o mesmo jogador... a ser comidinho por lorpa!
Quanto ao tal Novo Robben, é agenciado por quem ? Jorge Mendes... tudo dito
O problema é a debandada novamente de tantos jogadores no FCP...
Danilo, Casemiro, Óliver, Alex Sandro, Jackson.....

Enfim... e agora com novela Bernard 2..... ( Lucas Lima)

Mário Faria disse...

Quando se escreve (e define) o palmarés de JM no FCP como trágico é como cuspir no passado do nosso clube. Entendo muito mal estas metáforas,

Carrela disse...

É óbvio que um jogador TOP como Jackson, merecia ter mais títulos no curriculum!

Guilherme de Sousa Olaio disse...

Com o devido respeito. Não entendeu o que foi dito !

Pyrokokus disse...

Jackson foi um jogador fabuloso nas duas épocas que jogou. Na época sabática que tirou 2013/14 foi um dos que mais influenciou para que tudo corresse mal.
Agradeço as duas excelentes épocas que fez, os magníficos golos que marcou e que deu a marcar.
Avaliar como trágico a sua passagem pelo FCP só pode ser de quem não tenha que se esforçar para conquistar o pão no seu dia a dia.

Abraços

Hélder disse...

Tudo tem o seu prazo de validade sendo notório que Jorge Nuno Pinto da Costa já terá atingido o seu. Grato por tudo, mas... está na hora de as coisas mudarem.

Filipe Sousa disse...

Tanto o Porto como o Jackson, deveriam ter tirado mais partido da sua parceria. Se com um jogador deste calibre, não conseguimos mais que um campeonato e duas Supertaça, como será se tivermos jogadores mais fracos?

reine margot disse...

Trágico ?
Ele há cada um !
O Jackson antes de vir para cá, fazia o quê ?

Muito partido tirou ele do Porto e de como lhe foi dado protagonismo e muito o Porto tirou dele... quem não vê isto só quer poder dizer mal !
Parece que está na moda...

Pueertô disse...

Ninguém sabe como será, mas todos somos livres de agoirar.

Luís Gagliardini Graça disse...

Concordo inteiramente Filipe. Não percebo como há gente contente com o que se passou nos últimos anos e, sobretudo, com o que se prevê que possa acontecer. O problema é que há muita gente que acha que quem aponta coisas que estão mal é menos portista do que os outros. Para mim o campeonato passado, por exemplo, foi uma vergonha (pelo colinho e pelos mansos que fomos), tendo em conta que foi patente que a nossa equipa era muito melhor que a concorrência.

meirelesportuense disse...

Trágico seria se Jackson não tivesse mercado, como por exemplo acontece com o avançado do Sporting que muitos em Portugal diziam ser superior ao Jackson. Agora se ele leva na bagagem poucos títulos também a ele se devem muitos desses falhanços, recordo golos de baliza aberta perdidos, como aconteceu ainda nesta época que findou. E momentos houve em que parecia andar em campo com a cabeça noutras paragens. Não nego o seu valor e categoria ou profissionalismo, não o faço por respeito ao homem, mas a vida é assim, se ele tivesse marcado alguns golos cantados, como nos diversos penalties por ele falhados, o futuro dessas competições poderia ter sido muito diferente.

Mefistófeles disse...

Acho que nem o Carrela, nem o Guilherme, nem o Filipe ( obviamente ) perceberam puto do que o Mário disse. Se calhar porque são putos. E de barriga cheia. Com o devido respeito, claro.

Filipe Sousa disse...

Pois, eu também não acho que o Mário - nem o Mefistófeles, já agora - percebeu o que eu escrevi, mas não me atreveria a apontar a sua idade como sendo a causa. O que eu escrevi - e melhor que ninguém, eu é que sei o que escrevi - é que um fora de série como o Jackson (e por arrasto o Porto) deveria sair com um palmarés muito mais rico, e é uma pena que assim não seja. Há culpas para distribuir e não se pode apontar o dedo a apenas um único factor. De resto, intrigas e outros palpites, são legítimos, mas não me interessam.

Filipe Sousa disse...

Eu acho que podia ter sido bem melhor, só isso. Considero que o Jackson, não é apenas um grande ponta-de-lança, mas o melhor em muitos anos, e sair com tão poucos títulos, é mau para todos.

miguel.ca disse...

Desculpem lá de discordar totalmente da opinião de que o Jackson foi o melhor ponta de lança/avançado que passou pelo Porto nos ultimos 30 anos! Esqueceram-se do Super Mário? A maior máquina de marcar golos que vi na vida?

Filipe Sousa disse...

É sempre uma análise subjectiva. O Jardel marcou mais golos, mas considero o Jackson mais "jogador".

Miguel Lourenço Pereira disse...

Se o Messi tivesse estado estes anos no Barcelona e só tivesse ganhado meio duzia de troféus, teria sido um drama para o Barcelona, para o Messi e para o futebol.

O Cristiano Ronaldo - com todos os recordes goleadores pulverizados - só ganhou 1 liga, 2 taças e 1 Champions em cinco anos no Real Madrid e isso é um drama, para o Real, para o Cristiano e para o futebol.

Mas ai de quem pense fazer essa analogia com um dos melhores futebolistas a passar por Portugal em relação ao FCP que leva logo com o coro grego das misérias passadas, da incompetência (inexplicavel) do jogador em causa ou da grandeza suprema e inquestionável do FCP.

Que pachorra!

Luís Vieira disse...

Porventura o mais completo, o melhor já será mais complicado. Termos de comparação: 1a linha - Falcão, Jardel, Gomes; 2a linha - McCarthy, Lisandro, Domingos, Kostadinov. Tudo craques difíceis de superar. Entra no Olimpo, mas não me parece justificar o trono. Por outro lado, os grandes jogadores carregam as equipas às costas rumo aos títulos. Se o Jackson sai com um currículo tão diminuído, alguma culpa também terá no cartório. Isto analisando do ponto de vista do nível estratosférico do Jackson. Porque na minha tarimba não fez mais nem menos do que lhe competia. Quem dá o que pode, a mais não é obrigado.

Luís Pires disse...

mais completos, considerando como "completos" os que podiam fazer mais do que uma posição, para mim o Lisandro e o Kostadinov.
goleadores, o Gomes e o Falcão, logo seguidos do Jackson (talvez não tão goleador mas um pouco mais "completo").
eu sei que o Jardel era uma máquina de marcar golos à boca da baliza. lamento mas nunca consegui gostar do jogo dele. o presidente do clube em que ele jogava no Brasil antes de vir para o Porto (Int. Porto Alegre?) definia-o muito bem como "o perna de pau com mais sorte do mundo".

Filipe Sousa disse...

É sempre uma análise subjectiva. O Jardel marcou mais golos, mas considero o Jackson mais "jogador".

Carrela disse...

Mefistófeles25 de junho de 2015 às 22:21

O que disse eu que demonstra para estar a dizer isso?

Quem aparentemente não percebeu o que eu disse foi o "senhor"!

Eu limitei-me a defender quem escreveu o artigo, é óbvio que Jackson, sendo o jogador que é, é uma pena que não tenha mais títulos, porque a sua dimensão como jogador faz com que o mereça!!! Mas é a vida... nós ganhámos uma super-taça nos últimos 2 anos, mas continua-mos a ser a melhor equipa Portuguesa!!!!!!!

Carrela disse...

@ Miguel Lourenço Pereira26 de junho de 2015 às 12:00

Pelo que vejo APENAS 1, comentário, o de

Mário Faria25 de junho de 2015 às 13:51

é que criticou o artigo, o a analogia do mesmo.

Mas mesmo assim...

Anda mt gente nervosa, com o dedo no gatinho, pronta a disparar, sem terminar de ler ou fazer o mínimo de esforço para perceber o que se escreve...
´
Que pachorra!


Mefistófeles disse...

Que pachorra, realmente. Para isso e para muitas mais coisas.

Mefistófeles disse...

Hélder, se me permite aceite este conselho: não passe certidões de óbito antecipadas a quem lhe deu acima de qualquer outro o orgulho de ser portista e com isso também e se calhar o desplante de escrever tal alarvidade. Grato por tudo, mas ?? Mudar para quem ? Ou para quê ? Um idiota qualquer como um BdC ou Vale e Azevedo ?Para qualquer iluminado que se julga engraçado ? Escrevo não só para si mas para muito outros atrevidos, que de obra feita na vida só apresentam...bullshit !!!!
Respeitosamente.

meirelesportuense disse...

Acho que Falcao era superior como concretizador, um perigo na área e Jardel foi um fenómeno, nunca mais esquecerei alguns golos que ele marcou pelo Porto. Jackson é um excelente avançado, com grande sentido colectivista e marcou belíssimos golos como um inesquecível contra o Sporting, mas falha em situações absolutamente imperdoáveis, por exemplo, junto à linha de baliza. Desconcentração ou algum receio em entrar com tudo?...

miguel.ca disse...

O Jackson é mais jogador... mais completo... ok mas o Jardel era muito, mas muito mais ponta de lança.

Luís Gagliardini Graça disse...

O Jardel era o melhor goleador (aliás, para mim, o melhor goleador do mundo ) mas o Jackson é um jogador mais completo (o que não quer dizer que seja melhor ou mais útil)

Mefistófeles disse...

Ok, Carrela. Admito que possa ter sido injusto por o meter no mesmo saco.
Apresento-lhe as minhas desculpas.

meirelesportuense disse...

Bom caro amigo Filipe Sousa pelos vistos as coisas estão a correr bem para o seu ponto de vista, Jackson não sairá e terá a possibilidade de conquistar por cá os tais títulos que lhe faltavam...E ficamos com o melhor ponta de lança de sempre!

Hugo Ambrósio disse...

Jardel em 10 oportunidades marcava 8 ou 9 não tivemos nem teremos outro igual. Mesmo para encostar é preciso lá estar e o Jardel era letal. O Jackson é mais completo futebolisticamente falando do que se calhar qualquer outro avançado do porto mas falta mais coisas para ser o melhor. Pessoalmente deixa muito a desejar. A empatia dos adeptos com jardel hulk Gomes domingos kostadinov ou McCarthy é muito superior à que temos com Jackson ou falcão que são fantásticos mas sem alma de dragão na minha opiniao. Alias olhando para as últimas equipas do porto esse é exatamente o problema a falta de empatia dos adeptos com os atuais jogadores do porto e vice versa. Podemos criticar o PDC por isso no entanto eu acho que o principal problema neste momento chama se antero henrique e Alexandre PDC e alguns abutres que querem ir para o poleiro para ganhar o € das comissões e isso deixa me assustado e preocupado com o futuro do nosso clube. Mas isto já seria um artigo para debater à parte

meirelesportuense disse...

Falcao é um grande jogador e então no Porto foi mesmo superior...Jackson foi um excelente substituto, mas fica-lhe um pouco atrás em qualidade, e me pareça que o Radamel não recuperou ainda totalmente da grave lesão que sofreu no Mónaco. Lisandro foi igualmente um excepcional avançado no Porto, muito lutador, carraça, de equipa, assim como Jardel que deu uma dimensão superior ao lugar que ocupou e que os outros chegados em seguida souberam aproveitar e manter da melhor forma. Jardel foi um ponta de lança talvez mais fixo, cabeceador mortal, mais rato de área, muito atento, surpreendente e inteligente nas desmarcações, grande rematador, oportuníssimo, os restantes que nomeei são mais móveis e flexíveis na forma de jogar.