domingo, 21 de junho de 2015

Tchau Guido!

Guido Carrillo (capas de O JOGO de 10 e 18 de Junho)

«Seduzidos pelas exibições do argentino, os portistas conversaram com Mariano González e obtiveram as melhores referências do jovem de 24 anos. Clube de La Plata está a pedir cerca de dez milhões de euros»
O JOGO, 10-06-2015

«A lista de clubes que já foram apontados como possíveis destinos de Guido Carrillo neste defeso é interminável. Todavia, um nome salta à vista: o Monaco. A equipa de Leonardo Jardim perdeu o búlgaro Berbatov e em França garante-se que está muita atenta ao avançado. O Olympiacos, o Inter e o Palermo são os outros clubes que, tal como o FC Porto, também estão de olho no argentino.»
O JOGO, 10-06-2015

«O CEO da sociedade azul e branca está na Argentina e o objectivo é muito claro: tentar fechar negócio rapidamente, antecipando-se à concorrência, que não é tão pouca quanto isso. Na agenda já estiveram duas reuniões: uma com o presidente do Estudiantes, Juan Sebastián Verón, e outra com o pai e os empresários do avançado do momento na América do Sul.»
O JOGO, 14-06-2015


Guido Carrillo aceita proposta do Monaco (O JOGO, 21-06-2015)

O que falhou na hipotética contratação de Guido Carrillo, como eventual substituto de Jackson Martínez?

Bem, para começar, a novela Jackson ainda não terminou. Aliás, depois de parecer estar tudo acertado com o AC Milan, o jogador e o seu empresário fizeram um compasso de espera (aparentemente, à espera do Atlético Madrid), deixando o FC Porto pendente, quer da confirmação da saída do Cha-Cha-Cha, quer da consequente entrada de uma verba significativa (20, 25, 30 ou mesmo os 35 milhões da cláusula de rescisão).

Mas, o problema principal foi o FC Porto ter concorrência de peso e, obviamente, o FC Porto não tem os argumentos financeiros do “tubarões” como o Inter ou o AS Monaco.

AS Monaco que, recorde-se, foi comprado por Dmitry Rybolovlev em Dezembro de 2011. Ora, daí para cá, a fortuna do bilionário russo permitiu ao clube monegasco investir centenas de milhões de euros em contratações milionárias (Radamel Falcao, James Rodríguez, João Moutinho, Bernardo Silva, etc.) e oferecer aos jogadores salários estratosféricos.

Foi o caso de Guido Carrillo. Para além de pagar ao Estudiantes o valor que o clube argentino pretendia (9-10 milhões de euros), o AS Monaco ofereceu ao jogador um contrato de cinco anos, com um ordenado líquido de três milhões de euros por ano. E falta saber quanto receberam os intermediários (empresários e pai do jogador)…

Se tal fosse necessário, esta disputa por Guido Carrillo veio demonstrar que será cada vez mais difícil o FC Porto vencer, dentro do campo, clubes médios/grandes europeus (endinheirados), como este AS Monaco de Rybolovlev. E digo que será difícil o FC Porto vencer dentro de campo porque, sem recurso a partilha do passe com Fundos, fora das quatro linhas já não tem qualquer hipótese.

7 comentários:

DC disse...

Gonçalo Paciência e não preciso dizer mais nada.

Luís Vieira disse...

Não foi a primeira tentativa de contratação falhada e certamente não será última. Não é caso para alarmismos. Não há o Carrillo, há o Manel, como dizia o outro. Para já há Aboubakar, Gonçalo, Bueno e Adrián. Provavelmente virá outro, confirmando-se a saída do Jackson. Não estamos mal servidos. Pior estamos na lateral direita.

Paulo Sérgio Portugal Malheiro disse...

Outros despacham trintões por 10 milhões....
E contratam Zivkovics e Mitrovics...
Quando temos na nossa Sad empresários a tratarem duas vezes com o mesmo jogador....

Joao Goncalves disse...

Estamos a falar do mesmo Monaco que está falido e que teve que despachar todas as estrelas que contratou para não fechar as portas? É que parece que estamos a falar de coisas diferentes...

O Monaco teve capacidade para ir ao Guido por simplesmente acabou de receber 40M€ de receitas, pois tal como nós, o Monaco não nada em dinheiro.

Essa história do Sr. Rybolovlev, que quis livrar-se do clube na época passada e ninguém lhe pegou, isto quando estava a ser completamente drenado pela Ex. Mulher durante o divorcio, não é nenhuma de Abrahamovic nem coisa parecida.

Neste momento o Monaco tem de subreviver com fundos próprios e apesar de poder ter uma mão se precisar, essa mão não está ali continuamente a injectar capital sem retorno.

Em relação aos 3M€ liquidos, não compreendo a tua admiração... quando um Fisioterapeuta estatal tira 6m€ (cerca de 4,5m€ limpos) por mes, qual é o espanto de um futebolista tirar 250m€/mes?

Nós no Porto temos gente a ganhar quase isso e o nosso nível de vida nem se aproxima desses valores...

Jorge Vassalo disse...

Já estão contratados? Don't believe the hype.

Carrela disse...

LOL
Alguma dessas notícias é oficial?

É que é sempre a mesma coisa, até pode acontecer, e se confirmar, mas será a excepção e não a regra...

PortoMaravilha disse...

Viva,

O Mo'naco, além de ser o estado mais pequeno do mundo, apo's o Vaticano, tem o PNB / Habitante mais elevado do planeta. E' também um parai'so fiscal com reservas financeiras, não contando os privilégios reais.

Parece-me impossi'vel comparar, em termos econo'micos, o Porto, clube, cidade e região, com o Mo'naco.

Para informação, um artigo sintético àcerca da histo'ria recente do referido clube:

http://www.lemonde.fr/sport/article/2013/05/30/monaco-les-nouveaux-princes-du-foot-business_3421321_3242.html

E Viva o Porto!