domingo, 19 de julho de 2015

Bora lá então vender camisolas

Penso que anda muita gente com a cabeça nas nuvens pensando que só com o lucro das receitas extra de merchandising - em camisolas, acima de tudo - o FCP vai conseguir pagar o salário ao Casillas. Sim, vai ajudar um bocadinho, mas muito menos do que alguns sonham. Acho que se conseguirmos fazer 100mil € extra/ano de lucro em camisolas já seria bom. O dobro seria fantástico.

Dizem alguns que só em vendas online para fora de Portugal vamos fazer um balúrdio.

Vamos?

Para começar dava jeito que os estrangeiros (ou até mesmo emigrantes!) pudessem comprar na loja online oficial do FCP. Se calhar não era uma má ideia, sei lá.

O site oficial do FCP deixa imenso a desejar, como se constata no seguinte:

1) O FCP tem tido imensos jogadores de língua espanhola ao longo dos últimos 15 anos (colombianos, argentinos, espanhóis, mexicanos, uruguaios etc). Não é de hoje, nem de há 5 anos. Muito se falou na simpatia granjeada pelo FCP na Colômbia desde que o Falcao veio para o FCP, já agora. Pois bem, no ano da graça de 2015 (e quando parece que já não vamos ter um único colombiano no plantel)... o site oficial do FCP ainda não tem versão em espanhol: apenas português e inglês.

2) Na versão inglesa do site, aparece um link para a «STORE» (muito «envergonhado», para o fundo da página). Os mais determinados em encontrar a loja online ao encontrar esse link e clicando nele encontram isto. Game over, dude.

3) Os emigrantes e os poucos estrangeiros audazes que tentarem prosseguir a visita da loja online na versão portuguesa (e vá lá que no «pulldown menu» para a lista de países disponíveis não aparece uma Colômbia mas aparece um México e Espanha, menos mal), deparam-se com o seguinte «pequeno» problema na altura de fazer «check out» e concluir a compra: é obrigatório dar um número de telemóvel. 

Ok, no big deal. Mas infelizmente e pelo que vi só aceita # de telemóvel portugueses e não do país correspondente à morada, já que ao preencher esse dado aparece isto: «Erro! Número de caracteres insuficientes». Agradecia que quem ler isto e viver em outros países no estrangeiro façam uma simulação e partilhem o resultado na caixa de comentários.

Enfim, há muitas outras coisas no site que são amadoras mas os três pontos que mencionei anteriormente parecem-se ser de uma negligência tremenda. É que são problemas muito fáceis de resolver (não estamos a falar de um re-design do site) e há já muitos anos que os adeptos assinalam o amadorismo do site (mas nem precisavam). Acho que não há desculpas possíveis (incluindo um hipotético problema de contrato. O contrato actual por acaso já foi feito há 10 anos? Claro que não, este problema passou de contrato para contrato. Nunca foi amendado? Não pode ser amendado?).

Enfim, pode ser que com a vinda do Casillas seja agora que finalmente vão fazer alguma coisa sobre isto. Não era mal visto que o fizessem antes que o último mexicano, colombiano e espanhol do FCP se fossem embora.

6 comentários:

Nuno de Campos disse...

Em tempos fiz uma compra na loja a partir de Nova Iorque. Se bem me lembro, preenchi campo do telemóvel com um numero inventado. A mercadoria, um livro para crianças, chegou-me uma semana depois sem problemas.

Joao Goncalves disse...

Muito mas muito bem visto sim!

A politica de comunicação e venda (já agora) do FCP é muito má... algumas cabeças já tinham rolado se fosse uma empresa minha...

Pedro Mota disse...

Não tinha noção disto. Se é como odescrito, então é de um amadorismo e irresponsabilidade enorme. Como é Possivel um clube de renome mundial, com milhões de simpatizantes não ter uma loja online funcional que lhe permite vender o seu merchandise e gerar receitas.
Se untarmos a isto a forma como o Porto canal está mal aproveitado, temos estado a perder milhares e milhares de euros,por amadorismo.

De certeza que haverão alguns dizer que o Reflexão está novamente a criticar e deitar abaixo, mas isto são criticas construtivas que espero ajudem o clube a alterar esta situação.

Obrigado por nos porem ocorrentes desta situação. Bom trabalho Reflexão. E ignorem as criticas e continuem a pensar e escrever pela vossa propria cabeça, no final quem ganha é o Porto.

Madeiran Marvel disse...

Concordo plenamente com o que diz. Sou de Londres e tentei comprar uma camisa umas epocas atras no site do clube (pensando que clube iria receber mais lucro)... foi tudo muito complicado e no fim comprei a camisa no ebay (muito mais barato e facil). Porque nao manda um email ao clube para dizer isto do site? Eu mandei um email uns anos atras a pedir videos dos golos no site e eles nao so responderam positivamente como agiram. (Provavelmente esperam para ter varios pedidos e queixas de nos -o consumidor ao fim do dia- para tirarem o dedo do cu)
Em relacao ao Casillas acho de ha outras fontes de dinheiro com a sua vinda... a publicidade que trouxe ja vale muitos milhoes por si. Qualquer empresa de sucesso gasta milhoes em campanhas de publicidade. Mesmo que nao traga muitas vendas de camisas de um dia para o outro o certo e que o nosso "BRAND" ficou mais valioso, conhecido e ligado a nomes sonantes do futebol mundial.
Com a compra do Porto Canal o Porto tem agora uma oportunidade de usar Casillas para as pessoas conhecerem o canal. Todas as entrevistas com jogadores e treinador esta a ser mostrado por volta do mundo. O nosso microfone com o logo da Porto Canal esta sempre a frente (ou quase sempre ja que os jornalistas da Marca tentam sempre por o seu no meio e em cima de todos os outros). Nao e coincidência que acabamos de comprar Porto Canal dias depois do Casillas chegar. Cada entrevista exclusiva para Porto Canal sera mostrado todo mundo com o nosso logo na esquina do ecra.
Cada vez que Casillas for a selecao da Espanha o nome do clube sera mencionado.

Merchandising nao e so vender camisas. Branding nao e so para fazer merchandising. Tem a ver com muito mais por exemplo poderemos vender um jogador por ainda mais dinheiro como poderemos ter que pagar mais para comprar outro jogador. O preco do shares também sobe, o que nos da mais valor e poder para negócios futuros.
A nossa imagem ganhou muito com a vinda do Casillas. Tenho amigos de vários países com quem eu sempre falo do FC Porto... agora sao eles a perguntar sobre o FC Porto... estão admirados porque acham que nos somos vendedores nao um clube com ambição.

Quem quiser ver o Casillas jogar também vera os outros jogadores o que tornara os nossos plantel mais conhecido.

Se fosse o melhor reclama do mundo seria algo como...

Premio de assinatura - 2m Euros ? (numero inventado por mim)
Custo de intermediacao - 2m Euros (numero inventado por mim)
Salario - 10m Euros
Ter Casillas no nosso plantel - PRICELESS

Mefistófeles disse...

Muito bem, José Rodrigues. Estas críticas são muito benvindas e estas sim demonstram que alguém anda a dormir no marketing do Dragão.
Quem menospreza o potencial de venda no estrangeiro ( eu sou um dos q vive fora de portas ) merece forte chuto no traseiro ! Muito mais mercado q em Portucale...

Lápis Azul e Branco disse...

Hear hear!