quinta-feira, 23 de julho de 2015

O FRADE MENDICANTE


Parece que o conhecido frade mendicante José Mário Félix proferiu umas declarações condenatórias dos gastos de algumas paróquias portuguesas neste Verão.

A inveja é um sentimento baixo, ao qual, contudo, nem certos religiosos escapam. No fundo, eles também são homens, e por isso pecadores. Mas a misericórdia é uma virtude de que o bom cristão deve fazer uso. Como tal, há que compreender a frustração de Frei Zé Mário, que há anos habita conventos que vivem de esmola, com priores avarentos que nem um rublo lhe dão (Frei Zé Mário tem convivido bastante com a Igreja Ortodoxa Russa). Por isso, ao ver a ostentação que vai por certas paróquias, o bom do frade não se conteve e manifestou publicamente a sua inveja, disfarçada de indignação dos justos.

Por este andar ainda chega a Dom Prior.
   

36 comentários:

ega disse...

....vá lá não seja tão severo, não se esqueça que o bom frade renovou agora os seus castos votos e, dizem, não pediu mais uma esmolinha...

True Blue disse...

E ainda por cima, esse tal Frade do Convento da Arrábida ou é hipócrita ou é ignorante... pois quem paga o Casillas são os 7,5 Milhões de Euros que o FCP receberia por ter ensinado, preparado, formatado o Casemiro como jogador extra de futebol !!!!!

Sim, Sr Mouro Pequeninho.. o FCP foi pago pelo Real Madrid para fazer do Casemiro jogador de futebol, coisa que o sr Mouro Peqenininho não soube fazer !!!!!

Luís Vieira disse...

Também não acho piada ao Mourinho pôr a foice em seara alheia, principalmente quando os objectivos não são os mais benignos: atingir o Jesus e o Casillas, dois ódios de estimação. Contudo, no cerne, há alguma razão: são gastos em contraciclo com a realidade económica do país. Já no sítio onde ele ganha balúridos, dinheiro não é problema. Em todo o caso, dispensava-se o moralismo.

Carrela disse...

O FCP até ao momento tem mais ou menos 26M em compras e 87M em vendas.

É maior o contra-ciclo das vendas em função à realidade do país que as compras... Mas isso ninguém refere!!



Luís Vieira disse...

O passivo, os empréstimos de curto prazo, as fracas receitas operacionais e a necessidade extrema de venda de activos não permitem grande entusiasmo com o valor das vendas. Mas, pelos vistos, isso não interessa nada...

Quid disse...

Bem, mesmo sabendo que o Porto foi buscar o Casillas com o dinheiro que ganhou só por ter dado Formação ao Casemiro.. alguns portistas aqui continuam a engolir a palha, o milho que lhes dão.

Como se a Estrutura do FCP que tão bem nos dirige à mais de 30 anos, fosse tonta, sonsa, incompetente..

Mas será que nunca mais compreendem, entednem que os 'outros' têm que nos tentar denegrir por terem inveja, ciume de nós?!



José Lopes disse...

Luis, nem no cerne ele tem razao, porque a demagogia e' de tal ordem que ele confunde tudo. Que interessa o momento economico portugues no caso dos gastos de Porto e Sporting? O que de facto interessa e' se esses gastos sao sustentaveis, ponto final. O Porto nao e' um organismo do Estado, cujo investimento na equipa de futebol representa um esforco dos contribuintes. Dispensa-se por isso o moralismo. Ou sera que a realidade do Barcelona, Atletico e Real nao esta tambem ela em oposicao a realidade espanhola com mais de 20% de desemprego? O discurso do Mourinho e' o tipico discurso de gente moralista que nao tem nocao das coisas e que acha que os salarios dos futebolistas sao excessivos, como se nao fosse o proprio futebol a gerar grande parte do dinheiro que gasta. Vindo dele, e' apenas uma grande lata misturada com odios de estimacao ridiculos.

Pedro Mota disse...

Mourinho tem uma obsessão com JJ e Casillas, Porto e Sporting levaram por tabela.
As vezes Mourinho, diz coisas desnecessarias pois sabe que ninguem lhe vai fazer frente nem responder a letra. Adoro Mourinho,mas esta declarações eram escusadas , tal como é escusado alguma falta de gratidaõ que por vezes tem para com o Porto, um clube sem o qual não seria o que é hoje.

José Lopes disse...

Ao Mourinho nunca chega ser apenas um treinador de futebol. Depois de ter sido o Special One, passou a Happy One e agora e' o Moralista One ou Poupadinho One. O que ficou para tras nao interessa, tabua rasa na forma como o Chelsea se tornou um dos mais fortes clubes europeus, de onde veio o dinheiro, quanto gastou por epoca, qual o tamanho do prejuizo em quase todas as epocas com Abramovich, nada interessa. O que interessa e' que agora que ate os excedentes sao de luxo (e por isso vendidos por fortunas), tem receitas bilionarias e tiveram o fair-play financeiro a perna, sao poupadinhos, gastam o que recebem, em suma, vivem dentro das suas possibilidade, para lembrar outro artista portugues. O Mourinho tem uma lata bestial, ja se sabia. Pena que ninguem o confronte na cara com o moralismo que agora encarna, como se o dinheiro que Portugal nao tem enquanto Estado deva ser reflectido no que os clubes nacionais (que nao sao estatais e vao buscar dinheiro onde bem entendem) gastam ou deixam de gastar.

Gostava de saber se levariamos com esta paternalista demonstracao de preocupacao pelos mais necessitados se Casillas e Jorge Jesus nao estivessem envolvidos. Calhou bem a Mourinho que nenhum destes odiozinhos esteja no Benfica, senao la teria de calar o moralismo, uma vez que, sabe-se la porque, so se refere ao Benfica para declarar o seu amor por Luis Filipe Vieira (as bocas ao Jesus eram mesmo so ao Jesus, como agora se ve). Tambem gostaria de saber se ele diria o mesmo tipo de barbaridades se o envolvido fosse o Inter e nao o Porto. Pelos italianos ele sempre demonstra estima (se e' que e' autentica, coisa que nele e' SEMPRE de duvidar); ja pelo Porto, nunca e' capaz de ter uma palavra de apreco. A excepcao foi um timido texto na Dragoes quando Pinto da Costa completou 30 anos de presidencia. Ate para a homenagem ao Deco, na qual ele estava confirmado, arranjou forma de se esquivar, que isto de ir a Palermo e' sempre aborrecido, pode estar muito calor.

Por mim, perdi todo o respeito depois da cena em Gelsenkirchen. Aquilo foi uma afronta a todos os adeptos. Quero la saber os reais contornos da sua saida; so sei que a esmagadora maioria dos adeptos do Porto tinham por ele a maior admiracao, coisa que ele devia ter retribuido naquela altura. Meses depois, saiu-se com a celebre comparacao com Palermo. Espanta-me, no meio disto tudo, como ainda ha portistas que sentem gratidao por tal alma. E subitamente tenho saudades do Quaresma a festejar o seu golo em Stamford Bridge em 2007 em frente ao proprio Mourinho.

João Carreira disse...

Não me dirijo particularmente a ninguém dos "cronistas" do R.P. mas ao todo dos "comentadores " do Blog que ,Portistas como eu ,desejam saber o que é feito do Gonçalo Paciência ... O míudo não está nos A's , nem nos B's . tão pouco, certamente , nos sub 17 ... Não deveria estar a treinar ,como os outros atletas ? ... Não faz parte dos activos a valorizar pela SAD portista ou está de "sequeiro" , em casa , na play station , à espera que o telefone toque ?... Alguém sabe ,sèriamente , o que esta - quanto a mim - bizarra situação , encerra ? ! ,,, Não se estranha que no mundo portista ninguém questione isto ? ... Agradeço antecipadamente o favor de alguma "explicação " sobre este caso . BFDSemana para todos . João Carreira

Pedro disse...

Há quem saiba ler, há quem tenha preguiça de ler, e há quem saiba ler os Relatórios & Contas da SAD. E também há quem se lembre das relativamente recentes declarações do administrador financeiro da SAD, Dr. Fernando Gomes, que avisou para a necessidade de apertar o cinto. E há ainda quem se lembre dos constantes e cada vez maiores empréstimos obrigacionistas. E depois há os que acham que está tudo bem e que quem acha o contrário ou é um ingénuo intoxicado pelos media lisboetas ou um mal-intencionado.

Pedro Mota disse...

Segundo parece irá ser emprestado, o que sinceramente me parece a melhor solução.. Gonçalo precisa de jogar, com o empréstimo poderá fazer isso.

Luís Vieira disse...

Quid, o que a comunicação social lisboeta e os adeptos de outros clubes dizem ou pensam, a mim, pouco interessa. A minha palha é o R&C da SAD. A sua não sei, mas desconfio.

José, interessa quando os clubes em questão estão inseridos nesse cenário macroeconómico e apresentam dificuldades financeiras próprias do ambiente em que se movimentam. A saber: empréstimos de curto prazo e venda quase obrigatória de activos. Os grandes clubes europeus não têm estas preocupações, pelo menos de forma tão premente. Este é o cerne de que falava. O Mourinho não está preocupado com isto, como sabemos, por isso a sua opinião perde validade.

José Lopes disse...

Luis, eu sei isso, dai falar em saber se as contas que os clubes apresentam sao sustentaveis. O cenario das receitas ordinarias e os emprestimos obrigacionistas e juros a eles associados estao ligados a realidade economica nacional, sobretudo a parte das receitas ordinarias que advem do que o mercado (patrocinios, televisao, adeptos) pode pagar. Mas isso continua a ter pouquissimo a ver com as pessoas que passam dificuldades no pais. O Porto tem um modelo de (demasiado) risco e esta demasiado exposto a coisas que dificilmente controla ou nao controla de todo. Isso pode e deve ser debatido. Mas e' claro que ha que aguardar por R&C e ver se estes salarios sao de facto uma loucura.

Como ambos sabemos, contudo, o Mourinho foi apenas assolado por um ataque fulminante de hipocrisia, coisa a que ja habituou o mundo do futebol.

Luís Vieira disse...

Mas o meu ponto (e penso que o do Mourinho também, neste aspecto particular, embora não possa ter certezas quanto a isso) não se relaciona com os problemas do quotidiano das pessoas. A tónica está mais no tal ambiente macroeconómico, do país entendido como um todo, e das consequentes dificuldades específicas que assolam os clubes portugueses (e não afectam outros, de outras ligas). Faz bem em recentrar a discussão na sustentabilidade da SAD - directamente relacionada com aquele cenário - que atravessa um momento delicado, como vem sendo debatido neste e noutros espaços da blogosfera (mormente, Tribunal do Dragão). Se o momento fosse de saúde financeira plena, não poria em causa os investimentos (do ponto de vista estritamente financeiro, note-se, porque no que respeita à vertente desportiva, critério basilar de aferição, deixei a minha opinião bem clara em posts anteriores). Como há dificuldades e a saúde financeira é apenas aparente, à custa de muita engenharia financeira, a preocupação é natural. Tudo a bem do nosso clube. O Mourinho é outra conversa, não precisamos dedicar-lhe mais tempo.

Paulo Marques disse...

Alguém ainda liga alguma ao Mourinho? Hoje em dia é apenas mais um igual a tantos outros treinadores com o ressabiamento de sempre.
Haja paciência.

Paulo Marques disse...

Além da situação do país o calendário diz que a próxima bolha deve andar perto de estourar, o que muito maiores problemas trará e o clube não está preparado.

José Rodrigues disse...

Ora nem mais.

José Rodrigues disse...

O mundo do futebol é muito específico e portanto com fraca correlacao entre a situação dos clubes e o contexto macroeconomico do país onde estão inseridos.

Repare-se por exemplo que os prémios da UEFA (que são uma enorme parte das nossas receitas) têm vindo a subir palautinamente ao longo da última década, e não há qualquer sinal de uma tendência no caminho inverso nos próximos anos. A outra grande fonte de receitas do FCP reside na venda de jogadores, para a qual a situação da economia em Portugal é irrelevante.

Até mesmo a maior receita interna está blindada para os próximos 2-3 anos (venda de direitos de TV).

Onde o FCP tem que ter cuidado com a situacao do país é nos juros que paga na sua dívida (que andam entre os 10M e 15M/ano), aí sim há uma correlação (tal como em receitas de bilheteira e nos patrocínios).

Dito isto, o contexto especifico do FCP é complicado. Temos um défice estrutural enorme (e por «estrutural» excluo vendas de jogadores, que podem flutuar imenso, mas incluo o serviço da dívida que esse é garantido) e estamos endividados até ao tutano, ao contrário da esmagadora maioria dos clubes com que competimos na LC, por exemplo.

Dizem-me que só arriscando financeiramente dessa forma é que podemos competir com eles. A isso eu respondo com uma observação: também muita gente na Grécia dizia há 10 anos que as mesmas fugas para a frente eram necessárias para competir com o resto da Europa, e veja-se onde isso os levou.

José Rodrigues disse...

«Bem, mesmo sabendo que o Porto foi buscar o Casillas com o dinheiro que ganhou só por ter dado Formação ao Casemiro.. alguns portistas aqui continuam a engolir a palha, o milho que lhes dão.»

De facto há quem engula bastante palha e milho. Como por exemplo, ao acreditar que o encaixe de que se fala para o Casemiro é por causa da formação que lhe demos e não tem nada a ver com a transferência do Danilo.

Quid disse...

Para o sr Luís Vieira e para o Pedro..

Meus caros,

Poderia aqui fazer um tratado de como se pode interpretar, desmontar, desconstruir, explicar, analisar um texto ou um R&C.. Por razões óbvias, não o vou fazer.

Vou só voltar a dizer:

O FCP pediu emprestado o Casemiro ao R. Madrid por 2 anos.. o R Madrid resolveu resgatar o Casemiro ao fim de 1 ano.. com essa atitude o R M teria que ressarcir o FCP em 7,5 Milhões. Com esses 7,5 Milhões extra o FCP aproveitou para ir buscar o Casillas.

Digam-me lá então por favor onde o FCP gastou, investiu, dinheiro a mais? como querem fazer crer e propagandear embusteiramente os tais Pasquins, Rádios Locais e TVs Regionais de Lisboa, e que alguns portistas vão atrás, tipo emprenhar pelos ouvidos, pelos olhos, engolir a tal palha!!!

Mais.. para aqueles mangas de alpercata, técnicos, contabilistas, que se baseiam num R & C como se fosse a Bíblia.. eu digo sempre a mesma coisa:

O BPN, O BES, a PT, os próprios Governos da Nação também faziam, fazem R & C muito bonitos, bem apresentados, esgalhados, maquilhados.. mas depois, a realidade do dia a dia, nua e crua, mostra-nos outra coisa.

ISTO só para dizer que as contas, os números, os valores, os montantes, as cifras podem ser mastigados, moldados, manipulados a nosso belo prazer e ao sabor de quem os faz e manda fazer... tal como os Orçamentos, os Pareceres, as Auditorias etc,etc!!!

Querer assim basear-se na análise de um R & C para dizer ou demonstrar, justificar a sua opinião, a mim não vale, não serve de nada.

- - -

Veja-se a título de exmplo o último R&C do SCP: Muito bem esgalhado, apresentado e que a nível Financeiro até dá lucro. Mas, a nível Económico, na gaveta, nos cofres, nos bolsos o SCP nem dinheiro tem para fazer cantar um cego.

Ou seja: Eu posso ter um R&C bem estruturado, apresentado com contas e números, cifras, valores apostos por mim a espelhar saúde financeira, saldo positivo no papel. Mas, na prática, na realidade eu sou um teso, um pelintra com os bolsos, os cofres vazios !!!!!

Ou, veja-se por ex., o caso do SLB que dizem, vende jogadores a granel, por 15 Milhões a unidade. Isto, em teoria, no papel. Mas, depois, na prática, na realidade esse dinheiro ficcionado, empolado, virtual não existe, não entra nos cofres, na gaveta, ou seja, não é real!!!

E, não me venham lá com a treta de que as Contas, os R&C são auditados, conferidos, certificados.. o diabo a quatro, pois as Contas, os R&C do BES, do BPN, da PT, dos vários Governos também o eram pelas CMVMs, PGR, BdP, UE, Troikas.. e depois na prática, na verdade nada bate certo!!!

Tudo isto para dizer que sabemos bem como se fazem, se editam os Orçamentos, os R&C, ao gosto e sabor, interesse de cada um.. seja um Clube, uma Instituição, um Banco, um Governo.. logo, querer basear-se na análise cartesiana de um R&C a mim não convence.

Aquilo que eu sei, é:

Sim o FCP vende muito, compra muito, gasta muito, paga muito.. e pelo meio há, existe muita boa gente a tirar, obter benefícios, rendimentos, poder até, desse status quo vigente, mas, a mim, enquanto simples adepto, não questiono quem dirige, como se eles fossem parvos, tontos, sonsos ou incompetentes.

Quid disse...

Aquilo que sei, é que muitos portistas aqui falam de barriga cheia. Pois viver num País de 3º Mundo, numa Cidade do Porto fustigada pela Crise, abandonada e sugada pelo Centralismo sanguessuga da Lisboa e mesmo assim, conseguir ter um clube - FCP - Melhor de Portugal e entre os 12 Melhores do Mundo... devia ser motivo de orgulho e não de constante critica, devia ser motivo de satisfação e não de constante questionar.. ou de fazer, alinhar pela bitola da manada.

ISSO é que eu combato e critico nos tais, que lá por serem experts, gurus,sages em interpretar R&C, esquecem que esses R&C são feitos por homens, mulheres, pessoas... Como se gerir um clube se limitasse a fazer uma Escrita, uma Contabilidade de Mercearia... Tipo 2+2 = 4. Ou tipo, fazendo como o SLB.. que diz que vendeu o Roberto por 8,6 Milhões de Pizzis, ou de Patacas, que são moedas virtuais, sem valor facial.. mas que, para se apôr num R&C dá sempre jeito e dá sempre para mostrar, exibir um Saldo Positivo nas tais Contas. Na tal Contabilidade criativa.. Mas, que na vida real... o Passivo real, já vai nos 650 Milhões !!!

- - -

A mim, repito, R&C nada dizem, pois sabemos que são elaborados, moldados por pessoas como nós.

Luís Vieira disse...

José Rodrigues, começa por afirmar que não há correlação, para depois apenas conseguir excluir os prémios da UEFA dessa correlação. É que a venda de activos - exagerada -, apenas existe por nos encontrarmos em Portugal. Noutro país os jogadores ficariam mais tempo no clube, se houvesse capacidade financeira para mantê-los e não necessidade urgente de vendê-los. De resto, todos os items referidos por mim, por si e pelo José Lopes têm influência directa do cenário macroeconómico. Não me parece possível negá-lo.

Viper disse...

Sim, porque quando o FCP fez o contrato de empréstimo, cedência com o RM para o Casemiro, ficou logo definido na clausula 7ª que o Danilo iria ser vendido ao RM.

Agora vamos supor que o Casemiro até nem dava uma para a caixa, como um tal de Campanã. Será que o FCP teria na mesma direito aos tais 7,5 Milhões, que até poderão ser 15, se o Casemiro for vendido a terceiros?!

De facto, vê-se que há quem engula, bastante palha e milho... e ainda se dê ao luxo, ao desplante de se julgar mais esperto que os outros ao querer misturar alhos com bugalhos, ao querer misturar (atirar areia aos olhos) o contrato de empréstimo do Casemiro com a venda do Danilo. daqui a pouco ainda dizem que o retorno, recompra de Lucas Vasquez do Espanhol Barcelona também foi por causa da venda do Danilo.

"O primeiro reforço de Rafa Benítez à frente do Real Madrid é o jovem de 24 anos Lucas Vásquez, que passou a última temporada emprestado ao Espanyol, da Catalunha."

Pedro disse...

Q ue seria de nós sem o Quid!

Portanto, Quid, deduzo da sua extensa e pedagógica dissertação aos cafres que as coisas na SAD do FCP podem muito bem estar ainda piores do que os críticos compulsivos de barriga cheia que emprenham pelos ouvidos e comem palha pensam? Então isso é de assustar!! Ou vai-nos dizer que os R & C da SAD do FCP são, ao invés dos outros, cozinhados para mostrarem uma situação pior que a real?

E os constantes empréstimos obrigacionistas, também são ficção? E a passagem de parte da EuroAntas para a SAD, também? Acredite no que quiser, iluda-se se quiser, mas não fale do alto da mula ao fazê-lo.

Luís Vieira disse...

O Quid faz um longo excurso para dizer basicamente uma coisa: que não acredita em R&C. Se não acredita no R&C da SAD do FCP, a sua análise económica/financeira vale zero. E vale zero porquê? Porque não se baseia em rigorosamente nada. É uma questão de fé, acredita apenas na capacidade de gestão dos administradores da SAD e não discute rigorosamente mais nada para além disso. Erigiu um dogma inquestionável: os administradores da SAD do FCP são masters em gestão. Ipso facto, a SAD do FCP está extraordinariamente bem gerida e nada se lhe pode apontar. Os adeptos que se interessam um pouco mais, que ousam esmiuçar, reflectir, questionar são apelidados de "mangas de alpercata, técnicos, contabilistas, que se baseiam num R & C como se fosse a Bíblia". Haja pachorra para tanto fanatismo. Da minha parte lhe digo: não tenho formação em finanças, mas sei interpretar sinais. E os sinais estão todos aí. Basta abrir os olhos. Se preferir enveredar pelo síndrome de avestruz, força, mas não conte comigo. P.S.: disse uma coisa acertada, regra geral os R&C são todos embelezados. Aplicando essa regra ao R&C do FCP, imagine-se se lá não se estiver a dizer toda a verdade...perdoe-me a heresia, não me mova um auto de fé!

Luís Vieira disse...

Alguém pode afirmar com certeza que o Porto recebeu os propalados 7,5M? Alguém sabe indubitavelmente se os tais 7,5M foram aplicados ao negócio Casillas? Por último, alguém pode confirmar sem reservas se os tais 7,5M têm algo que ver com o negócio Danilo? É a silly season no seu melhor, cada cabeça, sua sentença.

Quid disse...

Exatamente...

Sim, ass coisas até podem estar piores ou melhores, que não são os oficias R&C que servem para o comprovar, aferir.

Pois qualquer Contabilista de 3ª apanha sabe bem que muitas vezes até convém, seja para efeitos contabilísticos, fiscais apresentar-se prejuízos: seja ele um restaurante, uma sapataria ou um clube de futebol!!

E por isso eu disse: Aquilo que eu sei, é: sim, o FCP vende muito, compra muito, gasta muito, paga muito.. e pelo meio há, existe até muita boa gente a tirar, obter benefícios, rendimentos, poder até desse status quo vigente, mas, a mim, enquanto simples adepto, eu não questiono quem dirige, como se eles fossem parvos, tontos, sonsos ou incompetentes. Muito menos ainda por cima Dirigentes que já mostraram por A + B que não são nada parvos e que pelo contrario são plagiados, seguidos, imitados copiados por outros aquém e além fronteiras.

Mas, a quem os ler, aqui, a alguns, até parece, dá a sensação que a Estrutura Dirigente do FCP são todos uns incompetentes.
Ou então, que estão obrigados a nunca falhar, ou a fazer magia, milagres, multiplicação dos pães como 'outros' dizem e apregoam que fazem 315 Kms mais abaixo!!!

José Rodrigues disse...

«Sim, porque quando o FCP fez o contrato de empréstimo, cedência com o RM para o Casemiro, ficou logo definido na clausula 7ª que o Danilo iria ser vendido ao RM.»

Mas o Viper por acaso sabe que o contrato de emprestimo estipulava à partida q o FCP ia ser ressarcido no fim do contrato? Viu o contrato? Alguém lhe disse? Ouviu sequer algum rumor sobre isso? Pois.

«há quem [...] ainda se dê ao luxo, ao desplante de se julgar mais esperto que os outros ao querer misturar alhos com bugalhos, ao querer misturar (atirar areia aos olhos)»

Se calhar o q há é quem esteja melhor informado do alguns que andam para aí a criticar os outros do alto da burra, isso sim.

Mas nem precisa sequer de ter muita imaginação para reparar no seguinte:

1) o contrato de emprestimo nao foi interrompido, era só de um ano. É inaudito que alguém pague para recuperar um jogador q contratualmente ia recuperar de qq forma

2) Danilo foi vendido mais ou menos ao mesmo tempo q Casemiro volta a Madrid

3) se hipoteticamente parte da venda de Danilo fosse paga atraves de uma «indemnizacao» Casemiro, por enorme coincidencia iria entrar mais dinheiro nos cofres do Dragao (parte da venda de Danilo foi para clubes anteriores). Exactamente da mesma forma q coincidentemente deu jeito ao FCP q o pacote Mourinho+James fosse avaliado 25/40 e nao mais a favor de Mourinho.

De resto nao é q perda propriamente o sono com isso, mas fiquei curioso sobre as pseudo-motivações q o Viper me atribui para hipoteticamente eu querer «atirar areia para os olhos» de alguém neste ponto.

É q se eu fosse dirigente do Santos ainda se percebia minimamente a logica, mas como obviamente nao sou (nem adepto, sequer)...

Viper disse...

Vamos lá ver. Eu não sei nem estou por dentro dos pormenores dos contratos. Aquilo que eu sei e que digo, assumo sem emdo de errar, é que as Pessoas, os Homens, os Dirigentes, a Estrutura que gere e dirige o FCP não devem ser tolinhos. Ainda por cima, quando sabemos que são sempre seguidos e imitados, plagiados loudados, elogiados por outros clubes d'aquém e além mar!!

- - -

Ora bem, se o contrato era só de um ano, a que propósito toda a gente em Portugal e Espanha fala de que o FCP iria ser 'indemnizado' em 7,5 milhões, por quebra de contrato?! E a que propósito se fala até que numa futura venda, até podem sr 15 milhões?!

Querem ver que será que fui eu que sonhei, imaginei?!

"O FC Porto informou o Real Madrid da sua intenção de adquirir o passe do jogador Casemiro. O contrato entre as partes prevê, porém, a possibilidade do clube espanhol exercer direito de opção, indemnizando o FC Porto..." explicou o clube na sua newsletter.

E já agora, porque o Barcelona não fez o mesmo, resgatando o Tello?! Não seria porque não quis, ou não pôde, pagar ao FCP uma verba semelhante a título de indemnização por quebra de contrato?!

É que mais uma vez o JR quer fazer crer aqui, dar a impressão (na minha modesta opinião) que os Dirigentes, a Estrutura, o Depto Jurídico do FCP são todos uns incompetentes e nem sequer sabem redigir e negociar contratos!!

Viper disse...

E é óbvio, evidente que o FCP no negócio Moutinho não iria dizer que o vendeu por 35 milhões pois o FCP não é o pai dos pobres, nem existe nenhuma lei que obrigue o FCP a fazer caridade. Ou seja, até nisso o FCP soube defender os seus interesses legítimos contra terceiros.

E, aqui, neste Blogue deviam mais sublinhar, sublimar, enaltecer, apoiar as virtudes e menos os defeitos... tipo com amigos (adeptos portistas) assim para que preciso eu de inimigos, de rivais, adversários!!!

José Lopes disse...

O Quid confunde-me:

"Pois qualquer Contabilista de 3ª apanha sabe bem que muitas vezes até convém, seja para efeitos contabilísticos, fiscais apresentar-se prejuízos: seja ele um restaurante, uma sapataria ou um clube de futebol!!"

Portanto, concluo que o Quid acreditara que as contas do Porto sao preocupantes (e nada parece indicar que va haver qualquer mudanca substancial para melhor) nao por haver reais dificuldades de tesouraria que levam aos emprestimos a curto prazo e consequentes juros cada vez mais altos, mas sim porque DA JEITO apresentar prejuizo! Algo me diz que se as mesmissimas contas fossem apresentadas pelos rivais de Lisboa ja nao seria porque da jeito, mas sim porque sao mal geridos e estao em pre-falencia ou coisa do genero...

Alexandre Burmester disse...

José Lopes,

Quer-me parecer que você faz parte do sinistro grupo que considera os administradores da SAD como "parvos, tontos, sonsos ou incompetentes". Uma verdadeira pérola retórica do Quid, esta!

José Lopes disse...

Alexandre,

Heresia minha, claro esta! Devo limitar-me ao malabarismo retorico e acreditar que o que e' azul esta correcto e nao deve ser questionado, enquanto que o que e' vermelho ou verde e' fruto de ladroes e incompetentes.

Pedro Mota disse...

Posso estar enganado,mas o que J.Rodrigues até acaba por ser um elogio a SAD que consegui receber um valor mais alto por Danilo, sem ter que pagar tanto ao Santos. Ou seja é um elogio e não um a critica,mas posso ter percebido mal.

José Rodrigues disse...

É obvio que eu nao estava a criticar ninguém, Pedro Mota. Mas há quem nao consiga atingir o obvio.