sábado, 18 de julho de 2015

Ponto da situação



Distraídos com Casillas, vamos lentamente encolhendo os ombros ao que
a Quaresma diz respeito.
O técnico não perdoa jamais aquele abraço ao "inimigo" e não descansou
enquanto não o viu pelas costas. A entrevista ao "Expresso" foi apenas mais um pretexto.
Lamento, mas o presente curriculum de Lopetegui ainda não autoriza tamanha
carta branca de dispensar jogadores apenas pelo seu comportamento fora
do campo.
A exigência extrema usada pelo treinador basco contra alguns (em
contraponto com a brandura com que aceitou uma péssima temporada a
Adrian Lopez, premiando-o até com um inusitado regresso num jogo tão decisivo
como aquele de Belém, que determinou a perda do campeonato), deve ter
correspondência na forma como os adeptos o avaliarão nesta temporada.
Se Lopetegui chamou a si o controlo completo sobre o futebol do nosso
clube, deve ser responsabilizado desde o início.
Chegamos ao cúmulo de ter no plantel um jogador que faz tudo para sair
(Rolando), ao mesmo tempo que se dá um pontapé a um outro que pretendia
manter-se fiel ao nosso clube.

Para mais nos distrair do essencial, temos agora o ingresso de Maxi Pereira.
Comecemos pelas "cambalhotas" que muitos terão que dar.
Não será este o melhor exemplo, mas frequentemente confunde-se atletas/treinadores que pontualmente representam o slb com os adeptos e/ou dirigentes do mesmo.
Por exemplo, constata-se agora abundantemente que era um erro colar
Jorge Jesus ao clube da águia.
Ou seja, critique-se de forma mais equilibrada quem está num dado momento ao
serviço dos clubes lisboetas pois não sabemos o que o futuro nos reserva.
Maxi Pereira excedeu-se em relação ao nosso clube mas não o confundamos
com um Barbas ou com um José Eduardo Moniz.
A verdade é que, quando ele estiver em Montevideu, daqui há uns anos, a gozar a sua
reforma dourada, tanto lhe fará que ganhe o FCP ou o slb.
O problema do uruguaio é outro: até ao momento, não demonstrou
valor suficiente que prognostique um grande sucesso no FCP. E isto deveria
ter bastado para vetar a sua vinda, por muito tentadora que esta surgisse ao olhos de Pinto da Costa.

E, enquanto desperdiçámos energia com estes e outros casos menores, o ponto
actual da situação é a seguinte: a eventual mais-valia da vinda de Casillas (e esta apenas em relação a Fabiano, entenda-se) não compensa a perda de Jackson, sendo que esta ainda não foi colmatada.
Alias, mesmo que o sérvio do Anderlecht venha, a coisa não ficará totalmente resolvida.

Tudo isto somado, resulta que hoje, dia 18 Julho, não estamos mais fortes do que em 2014/15.
A ligeira vantagem que tínhamos há um mês, com as trocas de treinadores nos rivais, está a escapar perante as nossas próprias inúmeras mexidas.


37 comentários:

João Silva disse...

Como ponto prévio ao meu comentário gostava de dizer que gosto muito do Quaresma. Na sua primeira incursao no Porto maravilhou me com as suas trivelas e festejei o seu regresso ao clube e guardo na memoria exibicoes como contra o Napoles ou Bayern.

Posto isto digo também que como portista tenho de confiar na nossa Sad, estrutura tecnica, enfim todos os decision-makers. Porque senao confiasse nao estava a fazer nada aqui.

Sendo assim eu penso que a situacao nao é tao black and white como se fala. Nao me acredito que seja só a cisma do treinador que estarà hipoteticamente a atirar o Quaresma para fora. E digo hipoteticamente porque até agora nao existe nenhum dado concreto aparte de que o jogador eetá de férias. E se me for a fiar na imprensa, cada vez mais conspurcada e anti-porto, é razao para entrar em panico.

Concluindo quero com isto dizer que nem Lopetegui é o demónio por detrás desta situacao nem Quaresma será assim tao santo. E para esta ultima afirmacao baseio me em provas, as declaracoes de Maicon "quem muito fala..."

Jorge Vassalo disse...

- A Quaresma, aparentemente, deveria ser permitida qualquer veleidade, qualquer crítica, a colegas inclusive. A Quaresma deveria ser dada, automaticamente, a titularidade e a braçadeira e 90' em cada jogo. Independentemente dos cruzamentos falhados, dos livres para Gaia ou do eucalipto que se faz. Não interessa. A coisa dele mandar fitas e caneleiras pelo ar, é do seu feitio, coitadinho. Mas mais importante, o que é essa ninharia de 2,2M de salário anual. Uma pechincha.

- Adrián López entrou nos últimos 5 minutos no Restelo, foi responsável pelo cruzamento para o Jackson que lhe daria um golo fácil que ele - um dos seu maiores defeitos - falhou esplendorosamente. Ainda assim, sou capaz de apostar que não chega ao segundo estágio.

- Rolando não vai ficar no plantel, a não ser que ninguém o queira.

- Lopetegui tem toda a responsabilidade. São-lhe dadas todas as condições. Se falhar, não terá margem para continuar. Evidentemente. Não acredito que nenhum Portista diga o contrário.

- Maxi Pereira teve as palavras que teve de Pinto da Costa, apenas e só para pôr água na fervura. Não é benfas. Não é Portista. É profissional. Não seria a minha escolha. Agora é jogador do Futebol Clube do Porto.

- O mercado fecha a 31 de Agosto. A posição de ponta de lança é das mais difíceis. Os bons têm interessados. Mas virá um. O que tem zero a ver com o guarda-redes. A sua opinião sobre a valia de um jogador, neste caso, Mitrovic, é a sua. Haverá outras. Ver-se-á dentro do campo.

- Acha que estavamos mais fortes mantendo quem saiu? Exclua Jackson e Danilo que já estavam na porta de saída. Acha mesmo isso? Bem, eu também me lembro quando partiu Jardel, Falcao, Lizandro, .... e do "feio" Jackson ser considerado um erro. Veremos.

A vantagem que temos é de ter mais experiência e maturidade, vozes fortes no balneário e é minha convicção, um Capitão a sério no campo, Coisinha pouca que até não foi o principal problema na Madeira nem nada.

Mas atenção, Luís. Não é uma crítica a si ou à sua opinião. É só o contraditório. Com o máximo respeito.

Abraço Azul e Branco,

Jorge Vassalo | Porto Universal

coiso disse...

Sempre que um adepto portista lamenta a saída do Quaresma morre um golfinho, parem lá com isso.
Tem o cérebro do tamanho de uma ervilha, se não fosse isso era um dos melhores do mundo.
E depois das declarações dele durante estes meses só podia ser este o desfecho.
Ficam 2 épocas sem títulos mas com uma grande capa na revista da Cristina.

O Quaresma não ama o Porto, o Quaresma ama o que foi no Porto.

JON disse...

Eis o que escrevi sobre Quaresma há dias:

Eu continuo a achar que ele foi dispensado não porque falou, não pelo beijinho ao JJ, mas sim porque nunca entendeu o que é jogar futebol. Entende imenso de show-off, de tentar brilhar em cada bola que recebe, mas do que o jogo é, nunca percebeu nadinha... E o Lope, que é tudo menos burro, percebeu isso há muito. Deu-lhe um ano para que os adeptos da Casa do FCP dos Segredos não se chateassem com o seu "mais-que-tudo", e logo que pode dispensou-o. Por mim, nunca tinha regressado.

E se quiserem perceber o que podia ser o Quaresma com a qualidade técnica que tem, pensem num Pedro Rodriguez, por exemplo, que é tudo o que um extremo no futebol de hoje deve ser. Não faz uma finta a mais, não faz um passe que não coloque a equipa mais próxima do sucesso, não utiliza energia que não seja para o bem da equipa e nunca para alimentar o seu ego ou para aparecer nos melhores golos do Eurosport. Agora comparem com o que faz o Quaresma em campo. Adeus Ricardo. Terás sempre sucesso, da mesma forma que as focas são estrelas no circo.

Continuem a achar que foi pela entrevista e pelo beijinho... deve mesmo ter sido!

Costa disse...

O Quaresma vai com ano e meio de atraso, pois nunca deveria ter voltado !

Guilherme Silva disse...

Como é que um treinador pode não ter autoridade suficiente para dispensar quem quer que seja? Está a mais, causa mau ambiente.. sai. Simples. Seja quem for.

Madjer disse...

Pessoalmente acho que Quaresma ja esta velho(para um extremo diga.se) e um Varela(ñ perdeu velocidade como Quaresma) sera mais util e ñ vai amuar por entrar a 5m do final jogo.
Quaresma nunca seria titular com Brahimi e Tello, pois actualmente é mais fraco, e é um jogador que gosta de confusão e ser o centro das atenções, as recentes declarações não lhe ficaram bem, ha jogadores como Maicon que sempre deram tudo e nunca pediram para sair bem pelo contrario.

Hoje ñ treinou Mitrovic e Mbemba, um sinal que vão sair, e o FCP esta ou ja esteve interessado em ambos. Pessoalmente preferia um Rudiger para central, alem de ter o simbolo da Mannschaft, cheira a cavalo.

O nosso patrocínio(Samsung e\ou Huawei) é que tarde a ser oficializado..


#SomosPorto

Madjer disse...

Avançados\P.L apontados ao FCP:

Llorente,F.Torres,Mitrovic e Wolfswinkel....é escolher um por favor...

jnporto disse...

Caro Senhor Luís Carvalho,
Respeitando a sua opinião e a levar em conta o que diz o melhor é fechar portas e mudar de ramo. Hóquei sobre o gelo, por exemplo, aproveitando o New Balance. Cumprimentos
Saudações Portistas

Hélder disse...

Não querendo defender Lopetegui, jamais a atitude do Quaresma pode ser perdoada. Quem não sente, não é filho de boa gente. Não se abraça o diabo em plenas trevas seja em que circunstâncias for.

Madjer disse...

Dzeko é ultimo nome apontado ao FCP...

Roberto Tavares disse...

Quaresma?

Só faz falta quem cá está. Felizmente sou adepto do Porto e não do Quaresma, e quem diz do Quaresma, diz que qualquer elemento que passa ou passou pelo Porto!

Pedro ramos disse...

Ou seja, pede-se compreensão e tolerancia para os profissionais dos outros clubes mas intolerancia para o nosso treinador...

Por outro lado, para mim, a atitude mais lamentável e reprovável que vi em Lope na época passada foi ter encostado e responsabilizado Fabiano pela derrota em Munique, e nao me lembro de algum adepto ter ficado incomodado por aqui, mas o real coitadinho foi Quaresma que sofreu inumeras tropelias por parte do treinador e merece por parte dos adeptos toda a compreensao pelo pesadelo que sofreu.

Ah, e pelos vistos 90% destas mexidas nao eram previsiveis, sim porque por exemplo foi uma surpresa total para todos os adeptos a saída de Danilo, Jackson e Oliver, apenas os nossos 3 melhores jogadores e o clube ao contrário de outros anos ainda nao foi buscar melhores jogadores do que os que saem.

Paulo Azevedo disse...

Boas,

Este blog está a entrar numa espiral de "bota-abaixismo" que me deixa preocupado! Espero e desejo que esse não seja o sentimento da maioria dos portistas. Pegando num exemplo: a saída de Jackson não foi colmatada. Nem vai ser! A menos que contratemos o Suárez, o Falcão ou o Lewandovski! Mas, ainda assim, pelo que já vimos do Aboubakar, penso que poderá ser um jogador ao nível do Jackson, mas não para já. Querer um jogador do nível do Cha cha cha já para esta época é uma impossibilidade.

DC disse...

Subscrevo ponto por ponto.

DC disse...

Ora nem mais. Quem não percebe a dispensa do Quaresma entende tanto o jogo como o Quaresma.

DC disse...

Quaresma foi dispensado porque é um jogador sem nível para o Porto, ponto.
Tudo o resto é conversa de quem gosta de ver fosquinhas em vez de futebol.

José Fernandes disse...

Caro Luis. O Quaresma fez a sua cama com a entrevista que deu e nao é pela amizade ao Jesus. Jogador com tantos anos de casa sabe que no FCP nao se lava roupa suja em Publico. O helton e o Maicon deram recados mas nao deixaram criticas de falta de portismo e identidade do plantel. Verdade ou nao, tem que dizer isso para dentro e nao vir armado em vedeta e simbolo que ainda nao era.

A entrevista sozinha nao tinha sido suficiente, e nao foi. Por muito que acrescente qualidade vindo do banco, ja nao ha pachora para a novela do quaresma todas as semanas. Esta necessiade de ser figura mesmo quando nao é, so distrai o clube e o plantel do que é importante.

O Quaresma continuara e bem a ser adorado por muitos portistas, mas desengane-se quem pense que foi um exemplo para quem quer que seja nas camadas jovens. Ficou muita relva por comer, estomago capaz de digerir os maus momentos e a cima de tudo faltou altruismo.

Com esta idade e papel de suplente, ja devia ter percebido que a contribuicao como exemplo no balneario seria crucial. Quaresma nao percebeu o novo pale, achou que seria novamente o numero 10, o 7 e o 9 quando lhe desse na mona, por isso vai para outras paragens.

Cada um sabe de si. Eu prefiro nao ter o Quaresma em campo e nao ter que aturar estas novelas que ele proprio cria. Talvez nos concentremos mais em futebol e menos nos egos.

O Iker esteve hoje em campo e porta-se como um senhor: parece que as "tacitas" a mais que o Quaresma e ter sido o melhor do mundo na posicao nao lhe subiu a cabeca.

A qualidade nao se perdoa tudo para sempre....

JCCJCC disse...

Porquê que tudo que envolve Quaresma tem que ser uma questão pessoal?
Para mim o rendimento desportivo actual do Quaresma não é suficiente para o manter no plantel em vez de qualquer um dos outros extremos.

Porque não se questiona a dispensa de Licá? Porque se assume que a saída de Josué é por "falta de talento" e a do Quaresma é por "questões pessoais"?

Alberto Silva disse...

O quaresma ja vai tarde...e que leve o a.lopez com ele...para entrar ponta de lança de bom nivel...

Madeiran Marvel disse...

Melhor Quaresma sair agora pela porta da frente (ou do lado) do que em Janeiro pela porta de traz. Com o Europeu a volta e Tello / Brahimi pela frente ele so estaria no banco com cara de quem tem pouco amigo. Sai bem para o bem do colectivo.
Em relação Metrovic ele esta em Newcastle e nao deve ser como turista.

José Rodrigues disse...

O que eu acho incrível é que alguém consiga ver neste artigo "bota-abaixismo". Extraordinário.

Tiago Stuve Figueiredo disse...

Concordo totalmente consigo Paulo. Ultimamente só saem artigos para cascar em tudo o que acontece. É pena, este blog não costumava ser assim

Pedro Mota disse...

Saída de Quaresma é o melhor que lhe pode acontecer e a quem gosta dele. Quaresma é ,foi e será sempre um ídolo para muitos portistas e isso, por muito que possa doer a alguns, é um facto .
Nenhum jogador gera tanta conversa, tanta importância como Quaresma, sinceramente até eu que gosto dele não acho que ele mereça metade da importância que recebe por parte dos que não gostam dele.
Bata ver os comentários, só falam de Quaresma ,mesmo quando ele é referido apenas num 1/3 do texto, isto é Quaresma um magnetismo semelhante ao que abanar da capa provoca nos touros.
Quaresma faz com quem não liga a salários,contas e custos com pessoal saiba de cor o seu salário(mesmo que seja incorrecto na maioria das vezes).
Isto é Quaresma , haverá muita gente que não sabe quantos pontos fez o Porto,quantos golos marcou,mas tem apontado e na ponta da língua todos cruzamentos falhados, todos gestos feitos nas substituições, todos beijos dados(bem aqui nem tanto,pois apesar de sempre ter dado beijo a JJ, só desta vez teve importância, ´que o jogo foi ao domingo e beijos ao domingo nem pensar).
Quaresma era o 3º extremo do Porto e se cá ficasse iria continuar a ser, seria suplente e ele não é feliz assim(tal como todos grandes jogadores). Eu como gosto do Quaresma espero que vá embora, é o melhor para ele e para todos que gostam dele e que vêem os ataques que ele sofre.

Desejo-lhe a maior sorte do mundo e agradeço-lhe pelos bons momentos,golos e assistências, muitas deles inesquecíveis.

Será para sempre um tri campeão e campeão do Mundo com o nosso clube, esperemos que todos os que agora lá estão possam um dia ser também, o tempo colocará todos no seu devido lugar.

Quanto a Lopetegui, tem todo direito e apoio completamente que ele dispense e contrate quem quiser. Ele é o treinador, tem que ter total autonomia, é assim que deve ser com todos os treinadores .
No final das épocas ai serão analisados os resultados e serão ditadas sentenças,apesar de Lopetegui ser o 1ª treinador da era Pinto Costa imune a resultados e irresponsabilizado de tudo.

Sinceramente penso que Lopetegui com a dispensa de Quaresma sai a perder, nunca mais irá poder entrar num jogo que tem de ganhar cheio de medo e no final ninguém se lembrar dos seus erros. Não haverá beijos para tapar zero remates á baliza. Lopetegui acabou de perder o seu maior bode expiatória e terá mais dificuldade em escapar dos pingos das chuva com os seus erros. É bom sinal para todos, e sobretudo para o Porto.

Este ano temos novamente o melhor plantel em Portugal, somos de longe melhor que os rivais e somos favoritos, com humildade e trabalho este será um campeonato tranquilo e seremos campeões. Os rivais tem um plantel muito mais fraco que o nosso e treinadores novos, se isto não faz de nos favoritos,então nada faz.

Este ano seremos felizes.



Pedro Mota disse...

É verdade o que diz,mas olhe que houve adeptos ,como eu, que ficaram desagradados com a situação Fabiano e como foi tratado.

Pedro Mota disse...

Essa conversa do pedir para sair é treta e hipocrisia da parte de alguns jogadores. O Maicon nunca pediu para sair porque a sereia dos milhões nunca lhe cantou ao ouvido como a outros. Deco,Quaresma,B.Alves, Jackson, Lisandro, Lucho, Hulk etc todos pediram para sair e acordaram isso mesmo com P.Costa quando a sereia lhes cantou. Atenção isto não é uma critica, mas sim algo natural e legitimo por parte deles. 99% dos jogadores do Porto sairiam para um clube que lhes pagasse muito mais do que ganham no Porto. É o futebol moderno.

Pedro Mota disse...

"E o Lope, que é tudo menos burro, percebeu isso há muito. Deu-lhe um ano para que os adeptos da Casa do FCP dos Segredos não se chateassem com o seu "mais-que-tudo", e logo que pode dispensou-o."

Lopetegui é então um treinador que é pressionavel e convoca jogadores para agradar a adeptos. Bem, isso é uma critica violentissima e grave contra Lopetegui, um treinador que sabe que um jogar não tem categoria e ainda assim o põe a jogar está a prejudicar deliberadamente a equipa. Um treinador assim não pode treinar o Porto.
Atenção, eu não acho isso do Lopetegui, penso que põe a jogar quem ache que merece e não cede a pressões, mas se for como tu dizes então Lopetegui é um incompetente,sem personalidade que cede a pressões dos adeptos. Muito grave.

Paulo Marques disse...

É simples, há mais jogadores capazes de tirar coelhos da cartola no plantel que são mais constantes e certos a defender. Sendo assim, como não se pode jogar só com atacantes, está a mais.
Muito obrigado Quaresma, mas o FCP descobriu petróleo, por isso é melhor para todos assim.

Luís Vieira disse...

O Quaresma é melhor do que o Varela e de que o Hernâni, qualquer que seja o entendimento, a filosofia, a tese sobre o jogo. O Lopetegui conseguiu integrá-lo no colectivo na época passada e vi-o escrito e confirmado pelos colectivistas cá do burgo. Não fica por questões do jogo? É para rir? É para chorar? Ou é para voltar ao ritual de escárnio e maldizer? Obrigado Cigano. Apesar dos defeitos, puseste esta gente a festejar, pelo menos,19 vezes. Isto directamente, porque outro tanto saiu de forma mediata. Boa sorte para onde quer que vás.

JON disse...

Pelo contrário. É super inteligente no aspecto da gestão de relação com adeptos. Se ele tivesse dispensado o Quaresma o ano passado, tê-lo-iam crucificado à primeira derrota. Ele geriu isso muito bem.

Ser treinador não é só trabalhar no campo, é trabalhar também fora dele e de dentro para fora.

O Quaresma em campo é um jogador que não ajuda nada a equipa, estrega muito mais do que constrói. Lopetegui sabe muito bem isso. Só não sabe quem continua a ver o futebol com os cotovelos e achar que trivelas é que é...

JON disse...

Luís, pela enésima vez. Está aí. Veja. Você até parece uma pessoa que escreve bem, minimamente inteligente. Não seja casmurro e dê o braço a torcer. O Quaresma é um não-jogador de futebol. É uma foca, vá!


http://videos.sapo.pt/y8MUIilGkRTT79U0cp5L

Um abraço.

PS: pela enésima vez também: eu estou-me a cagar para quanto ganha o Quaresma, para as tattoos, para o bate-no-peito pros SD, para ele andar a montar a Cristina (faz ele muito bem, que ela é bem gira). Eu não tenho nada contra a pessoa/personalidade Quaresma. Quero lá saber. Quero é tipos no meu clube que joguem bem futebol e sobretudo que respeitem o que é a cultura do clube, que é a de um clube que põe a vitória de todos muito muito à frente da vitória pessoal nos highlights do Eurosport.

Pedro Mota disse...

A questão é que de acordo com o que diz, ele trabalha de fora para dentro,pois está escolher jogadores para agradar os adeptos e não para jogar com os melhores e ganhar jogos, é uma contradição.
Resumindo, Lopetegui sabe que um jogador não presta,coloca esse jogador a jogar para agradar os adeptos e com medo de ser criticado, prejudica a equipa pois esta passa a jogar com um a menos,perde o campeonato e a conclusão que se tira é que ele é inteligente. Pronto está bem.
Na minha opinião Lopetegui é uma pessoa inteligente,quer vencer e sabe que para isso devem jogar aqueles que ele acha serem os melhores, é simples, são assim todos os treinadores. Outra coisa, há mais gente que não gosta do Quaresma do que gosta,logo ele colocando Quaresma a jogar não está agradar ninguém muito pelo contrario.
Já agora,será que ele colocava o Herrera a jogar ,mesmo este sendo dos mais criticados para agradar a alguem?!

Para se agradar os adeptos basta ganhar titulos,não é preciso estar a por jogadores que se gosta ou não.

meirelesportuense disse...

Não façam nenhuma tragédia em torno deste caso.
O Quaresma é um tecnicista ímpar, mas é também alguém que se julga superior e intocável. Isso num grupo numeroso de pessoas, em que desse grupo, apenas uma parcela pode jogar e ser titular é sempre muito complicado para gerir. Quaresma é uma pessoa difícil e acaba por criar mais problemas do que aqueles que ajuda a resolver. Não vale a pena fazer muita borbulha por causa de indivíduos que ganham milhares de milhar. Quaresma acabará por ficar sempre bem.

Luís Vieira disse...

JON, não se trata de casmurrice, trata-se de convicção. Neste aspecto, temos uma diferença irreconciliável. Eu acho o Quaresma um jogador de futebol. O JON vê-o como uma foca. São posições muito diversas, difíceis de compaginar. Obrigado pela sugestão (embore rejeite a condescendência subreptícia - "parece", "minimamente"), mas já conhecia o vídeo. Não me demove. O Quaresma foi integrado no colectivo por três treinadores: Adriaanse, Jesualdo e Lopetegui. Com todos eles - sem excepção - demonstrou a sua utilidade. Mesmo que fosse inconsciente, que só procurasse o momento no "highlight", como referiu, o facto é que ajudou sobremaneira a equipa. Reconheço que o Quaresma tem uma tendência congénita para pisar o risco e para desconsiderar o colectivo, mas a sua qualidade técnica (soberba) posta ao serviço da equipa faz flores e, isso, não pode ser desprezado. Precisa de uma liderança muito forte, caso contrário sente-se com o rei na barriga, mas aquela existindo são mais os benefícios do que os prejuízos. Como, aliás, se viu na época passada. O Lopetegui domou-o de uma forma incrível. O Quaresma esteve muito bem na grande maioria das vezes. Sem o mesmo repentismo ou capacidade de desequilíbrio foi, ainda assim, muito útil e protagonizou golos e assistências ao nível do Brahimi e do Tello. Melhorou posicionamentos, sobretudo defensivos e tinha tudo para fazer o mesmo este ano, sendo o joker, o 3º extremo. Não fica porque o Lopetegui não quis. Não por não perceber o jogo, como o JON disse, porque a ser assim já tinha sido encostado anteriormente ou não tinha sido tantas vezes utilizado (relembro que o basco é de convicções fortes), mas em virtude de uma questão pessoal. O Lopetegui chegou ao limite, não vai mais à bola com ele e pô-lo fora da porta. Nada contra, mas não me atirem areia para os olhos (entrevistas ao Expresso e desconhecimento absoluto do jogo). Devolvo-lhe o abraço ;)

meirelesportuense disse...

Há uma coisa que não entendo: -A permanência de David Bruno no plantel principal. Não quero ser injusto, mas será que avalio mesmo muito mal o jogador?
Em contrapartida Opare ruma à equipa B e junta-se a Victor Garcia.

Luís Pires disse...

com o devido respeito, mas eu não publicaria o comentário do JON das 13.24 (o p.s.)

lee disse...

Concordo em absoluto. Quaresma este.ano vai fazer falta como fez na época passada, durante um bom tempo foi o extremo em melhor forma do clube.