quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Agora sim, a competição que interessa

Com um grupo mais "claro" que o da época passada - onde havia três equipas candidatas ao primeiro lugar - o Porto terá de discutir apenas com o Chelsea de Mourinho, a vitória no grupo - mais que o poderio económico-futebolístico do petro-clube de Abramovich, há que temer o facto de a Grã-Bretanha ser uma ilha!

O Dínamo de Kiev é uma equipa perfeitamente ao nosso alcance - ou será ao contrário? - e o Maccabi Tel Aviv, se não se revelar um APOEL - também sediado numa ilha! - de outros tempos, não deverá colocar grandes dificuldades.

De resto, a melhor notícia do dia é mesmo que nenhum dos 3 jogos realizados longe do Dragão, terá lugar na ilha da Madeira.

5 comentários:

Ricardo Rodrigues disse...

No entanto a nossa deslocação à Ucrânia acontece dias antes da recepção ao slb, enquanto eles recebem o poderoso Astana...

Luís Vieira disse...

Grupo que abre boas perspectivas de passagem aos oitavos, contudo convém não desmerecer o Dynamo Kiev, campeão ucraniano, com uma equipa interessante. Pela lógica, somos os favoritos ao 2° lugar, mas como a lógica é uma batata, confirmemo-lo dentro de campo.

miguel.ca disse...

Hoje em dia neste Porto de Lopetegui, tornou-se muito complicado definir o que está ao nosso alcance. Este Porto de Lopetegui que empata no Dragão com o Boavista e que nos presenteia constantemente com exibições a roçar a mediocridade absoluta não me parece em posição de se achar superior a um Dinamo de Kiev nem tão pouco a um Maccabi Tel Aviv.
O futebol previsível da nossa equipa tornou-a altamente imprevisível em termos de exibições e de resultados e a facilidade com que fazemos jogos miseráveis não nos permite sequer avaliar a intensidade de esperança que podemos aplicar a cada jogo ou a cada competição.
infelizmente, lentamente, fomo-nos transformando nisto. De Villas Boas para cá, a decadência desta equipa tornou-se clara e indesmentivel e creio que se tornou mais do que evidente que neste momento o FCPorto perdeu o fôlego e sentou-se, pacientemente a descansar até que esta era Pinto da Costa termine de uma vez por todas, para que se entre num longo processo de reciclagem e nos tentemos levantar outra vez.

meirelesportuense disse...

Somos uma cidade de Pontes...Não temos tendência para ilhéus.
Lisboa tem duas Pontes, Coimbra, Viana do Castelo e Figueira da Foz idem...

João disse...

Maccabi Tel-Aviv sediado numa ilha?

Péssima a deslocação a Kiev antes do clássico, com o Benfica a receber os semi-amadores do Astana na Terça. De resto, temos tudo para passar, menos treinador. A referência ao APOEL justifica-se, tenho um feeling de "Champions 11/12, A reprise"