sábado, 8 de agosto de 2015

Jorge Jesus já não é Vaca Sagrada



Jorge Jesus teve uma tirada rasteira e de mau gosto ao dizer que falta na Luz o seu cérebro. Não sei, nem me interessa, se a ausência por aquelas bandas de uma massa cinzenta equivalente à sua é ou não real, mas ele foi imediata e justamente criticado, em alguns casos severamente. Já ao serviço do Benfica era exímio neste tipo de saídas, mas aí, contudo, os moralistas da paróquia calavam-se, incluindo o Manuel José .

Saídas deste tipo e piores são o pão-nosso-de-cada-dia do Mourinho, mas entre nós nunca há quem se atire a ele como agora se atiraram ao Jesus. Pior:  as mais inacreditáveis regorgitações do auto-proclamado "Especial" são por cá, regra geral, elevadas ao duvidoso estatuto de "mind games" E isto porquê? Porque a pequenez e complexos perante o estrangeiro da maioria dos portugueses os torna fácil presa da adoração de vacas sagradas, que é naquilo que transformam qualquer português de sucesso no estrangeiro, especialmente no campo desportivo.

Dentro deste rectângulo (refiro-me a Portugal Continental, e não a um campo de futebol), esse estatuto divino-bovino também costuma ser outorgado a muito boa gente ("boa", neste contexto, tem um sentido meramente retórico). O próprio Jorge Jesus, como acima refiro, permitia-se abrir a boca e impunemente disparatar à vontade quando ao serviço da "instituição". Tais tempos, para ele, passaram. Sem querer exagerar nas metáforas, à meia-noite os coches transformaram-se de novo em abóboras, e os cocheiros em ratos.

Jorge Jesus já não é vaca sagrada.


6 comentários:

Zé_Lucas disse...

Bom dia.
Na minha opinião, um adepto do FCP não deveria misturar nunca JJ com JM no mesmo post, sob pena de estar a renegar algumas das mais brilhantes páginas que o nosso clube escreveu. É que uma coisa é uma coisa, e outra coisa é outra coisa.
Cumprimentos.

Pedro Mota disse...

Não vou mentir, eu adorei as declarações do JJ, e ainda gostei mais das reacções e respostas..Adoro ver as comadres zangadas, a ver JJ sentir na pele aquilo que os outros sentem quando se atrevem a por em causa algo do clube do regime..Mourinho em nada se parece a JJ, tem mais classe e as suas declarações são mais em defesa do que em ataque..

DC disse...

Subscrevo. A forma como a imprensa tratou o caso com Lopetegui no ano passado foi nojenta. JJ é um traste como pessoa. É do mais baixo nível que já vi e só é comparável na sua falta de educação, arrogância e mau perder ao Mourinho mesmo.
E nem recebo isto como uma boa notícia, porque se ele continuar a ganhar irão continuar a esquecer-se disso. E ganhar, ser bom treinador, não apaga o facto de ser um grande ordinário.

Mas... Se calhar daqui a uns anos está no Porto e muitos irão dizer que são mesmo mind-games, da mesma forma que dizem que o Maxi é jogador à Porto. Já estou por tudo...

Pedro disse...

Portanto, se o Mourinho aderrise, proe xemplo, ao Estado Islâmico, não poderíamos dizer mal dele, "sob pena de estar a renegar algumas das mais brilhantes páginas que o nosso clube escreveu".

Pedro disse...

Que estava o Mourinho a defender quando recentemente criticou os gastos do FCPorto? Ou quando disse que vir ao Porto era como ir a Palermo?

E classe é coisa que ele não tem nas suas provocações. É muito rasteirinho.

Drax disse...

Perdeu a imunidade institucional.

Durante seis anos foi o melhor treinador em Portugal e um tipo bastante engraçado e com uma personalidade muito vincada.

Agora será apenas mais um traste arrogante e infiel.

Praise the Lord.