terça-feira, 8 de setembro de 2015

Modalidades de alta competição: antevisão da nova época

[Artigo de autor convidado: José Pedro Costa Lima]

Este fim de semana tivémos o primeiro jogo da época de Andebol, marcando o regresso das modalidades do Caixa. Começo aparentemente dificil, com uma visita a Aguas Santas mas resolvido competentemente com a primeira vitória da época. Nada então como um pequeno “preview” sobre as nossas equipas que vão evoluir no Caixa este ano:

Andebol: Porto reforçou-se muito bem, com dois jogadores cruciais retirados a Benfica e Sporting, Areias e Rui Silva à cabeça das contratações para esta época. Outra grande “contratação” foi a manutenção de Gilberto Duarte, claramente o melhor jogador do campeonato passado. De saídas destacam-se Joao Ferraz e Mick Schubert. No entanto a noticia aqui é a saida do homem que nos levou a 6 dos 7 titulos do hepta. Obradovic pela sua competencia e carisma vai fazer falta mas acredito que seja bem substituido por Ricardo Costa que já foi seu pupilo. Na baliza Tino e Quintana, os dois melhores guarda redes portugueses de muito longe, continuarão a ser garante de muitissima qualidade.

Do lado do adversário Sporting também se reforçou bem e com uma mudança de treinador para alguem (Zupo Equisoain) de inquestionavel competencia, ABC, Carnide e Aguas Santas parecem-me correr por fora. Acredito que o P0rto terá o favoristismo mas o Sporting promete dar muita luta. Não esquecer que desde ano passado esta modaliade se decide num playoff final o que dá (como já deu) espaço para que as coisas possam ser “equilibradas” doutra maneira, como quase foram ano passado.
Relevo também para a entrada direta na fase de grupos da Liga dos Campeões, o que só prova o enorme prestigio que esta equipa adquiriu nos ultimos anos.


Hoquei: Finalmente a verdadeira “vassourada” no Porto que já há 2 anos era necessaria. To Neves não era o único problema e concerteza que não foi o único culpado dos insucessos dos ultimos 2 anos mas não conseguiu como treinador imitar os enormes sucessos que teve como jogador.Sai quase um plantel inteiro (pedro Moreira, Caio Ricardo Barreiros…) e na minha opinião lamentavelmente o nosso REI Ventura sai também.
As contratações dão esperança: um treinador competente (Cabestany) e contratações como Gonçalo Alves ou o regresso de Reinaldo Garcia são excelentes apostas para um novo ciclo de sucesso.
Quanto aos adversarios, o Recreativo de Carnide mantem plantel (saem Lopez e Tuco) e ainda o reforça com duas contratações brutais como Marc Torra e JordiAdroher. Não esquecer que mantem Nicolia no plantel ainda a rir-se do golo marcado à selecção no ultimo Mundial. Oliveirense alem do To Neves foi buscar Ricardo Barreiros, Caio, Pedro Moreira e ainda Carlos Lopez e será um adversario fortissimo.
Não há como negar aqui o favoritismo do 5LB e precisaremos de uma grande época para o contrariar, Veremos se a equipa liderada pelo veterano Edo e pelo sangue novo do Helder Nunes o conseguirá fazer
Não esquecer que disputaremos e com legitimas ambições, a Liga dos Campeões que há muito nos foge.

Basquete: Grande revolução para um muito ansiado regresso do Basquete de primeira depois de tres anos de sucesso do Dragon Force. POrto reconstroi o plantel e mantem Moncho, alias como tinha de ser para um ataque ao titulo. Várias entradas (3 americanos,1 comunitario e ainda 2 portugueses, Silva e Hartmann). Não posso comentar a qualidade das contratações (não conheço nenhum dos americanos) mas confio plenamente na avaliação que certamente o Moncho Lopez fez. A sul, um investimento completamente milionario incluindo um ex-finalista da NBA e segundo melhor marcador em França, no que parece ser uma medida acertada dado que tem de disfarçar a incompetencia tecnica e moral do treinador. Apesar desta reconstrução creio que será um ano de transição para o Porto, pelo que atribuo 90% de favoritismo ao Carnide e 10% ao Porto (essencialmente porque Lisboa é um treinador miseravel). Não me parece que nenhima outra equipa tenha hipotese.
Disputaremos também as competições europeias o que certamente será um factor adicional de motivação para todos.

Tudo dito, agora... vamos ao Caixa! Muito portistas me dizem que nunca lá foram o que me parece um bocado incrivel. Não só é um espaço quase perfeito, como as equipas que jogam lá são nossas tanto quanto o futebol, dentro do que é um ambiente muitas vezes absolutamente fantastico. Mais, é um sitio ideal para levar crianças. A aproximação ao jogo e proximidade dos jogadores bem como o excelente habito de no final todos cumprimentarem o publico leva a que os mais novos tenham lá uma experiencia muito melhor da que tem no Estadio. Alem disso é barato os bilhetes costumam ser 2€ para socios…

Não há desculpa para não ir. Dia 12 primeiro jogo-treino da equipa de Basquete contra o Oviedo.

PS - O Reflexão Portista agradece ao José Pedro a elaboração deste artigo.

3 comentários:

João Silva disse...

Eu gosto muito de ir ao Caixa. Os jogos de hoquei sao uma coisa incrível, acho que se vive muito mais o desporto do que no estádio. Também vi os jogos de futsal com os "velhinhos" foi uma daquelas recordacoes para a vida.

santosanonymus disse...

É pena ser um convite esporádico pois gostaria de ler um balanço dos últimos 30 anos das modalidades (quantas e quais eram na altura e quantas e quais são hoje, como evoluiu a competitividade, méritos, deméritos, perspectivas para o futuro, etc.). Uma "Reflexão" ao nível das que o blog habituou os leitores (e que nunca vi ser feito em outros locais).

Cumprimentos.

José Lopes disse...

Excelente e informativo texto! Fazem muito bem em tentar alargar os assuntos abordados.