domingo, 6 de setembro de 2015

Prestígio no México intocável

A desistência do FC Porto em participar na International Champions Cup 2015 (por não querer fazer um 4º jogo no México) deixou, naturalmente, os adeptos portistas que vivem no Canadá (Toronto) e nos EUA (New Jersey) muito descontentes, com a agravante de alguns até já terem adquirido bilhete para assistir ao vivo a um jogo do FC Porto.

Ora, conforme já referi no artigo ‘Felizmente que não fomos’, na altura, a explicação dada pelo FC Porto não me pareceu aceitável mas, à posteriori, penso que a decisão de não ir foi a mais correta.

Contudo, um dos problemas de não ir (e que foi referido por alguns adeptos portistas), seria uma eventual imagem negativa que o FC Porto iria deixar, principalmente no México.

Pois, pelos vistos, esse receio era infundado.

O JOGO, 02-09-2015

Vários (bons) destaques televisivos;
Notícias e primeiras páginas em três dos quatro principais jornais desportivos do México;
Entrevistas aos internacionais mexicanos que pertencem aos quadros do FC Porto, cheias de elogios ao clube;
Milhares de novos seguidores mexicanos nas redes sociais portistas;

Vendo tudo isto, não parece que, nesta altura, a palavra que melhor caracteriza a imagem do FC Porto no México seja “negativa”…

2 comentários:

Luís Pires disse...

onde se pode consultar a origem dos "likes" na página do Porto no facebook? por vezes leio comentários a dizerem que tem x seguidores da Argélia, y do México etc. mas acedendo à página só consigo ver o número de seguidores e a evolução semanal...
grato :)

João Silva disse...

Como representante portista no México posso dizer que o Porto é muito acarinhado neste país. As referencias que me fazem aqui sao Herrera, Gudiño e Reyes (por esta ordem) se bem que acho que com a entrada do Layún e do Tecatito essa realidade vai mudar. Para dar um exemplo prático, num torneio semi-profissional de futebol de 7, as equipas tiveram a oportunidade de escolher a camisola de qualquer equipa da Champions. Escusado será dizer que a do Porto foi a única escolha portuguesa. Aliás essa equipa escolheu a camisola e o nome. Pode parecer um exemplo parvo mas é uma mostra que o Porto tem muitos simpatizantes mexicanos.