segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Convém que JJ diga tudo o que sabe


Há um vídeo a circular na net que mostra um diálogo curto entre Jorge Jesus e o 4º árbitro, supostamente no recente jogo em Alvalade entre o Sporting e o Estoril.

"Eu conheço-o...
Eu sei muita coisa, atenção!
Eu sei muita coisa do ano passado… Beeeeem!"

Não é preciso ser um especialista em leitura labial para perceber que Jorge Jesus diz, em tom de aviso e ameaça, que conhece o árbitro e que sabe “coisas” do ano passado acerca dele. Ora, o “ano passado” é na prática a época desportiva 2014-2015, em que Jorge Jesus treinou o Benfica. E foi precisamente nessa época que ocorreram pressões sobre os árbitros para favorecerem o Benfica. O ex-árbitro Marco Ferreira já o denunciou publicamente por diversas vezes e, tanto os responsáveis federativos como os do Ministério Público assobiaram para o ar. O que está a acontecer é impensável mas demonstra bem que em Portugal há um clube do regime a quem tudo é permitido e que tem de vencer quase por decreto e há um clube de corruptos, a Norte claro, a quem tudo é penalizado mesmo sem nexo de causa-efeito dentro das quatro linhas. É este o nosso triste país que ainda guarda vícios nocivos do Estado Novo como as corporações, da qual o SLB é o maior exemplo vivo.

Convinha que Jorge Jesus viesse esclarecer as “coisas” que sabe do “ano passado” porque a suspeita está lançada e é preciso investigar o que se terá passado para, eventualmente, punir o Benfica e Vítor Pereira, o presidente da Comissão de Arbitragem. Todos vimos os favorecimentos de que foi alvo o clube do regime. Foi tudo tão óbvio que é perfeitamente possível documentar lances de favorecimento grosseiro.

Esses lances e essas situações foram denunciadas aqui no Reflexão Portista em diversos artigos:
Só não viu quem não quis ver.

Depois de tudo o que foi dito e feito na mega-investigação “Apito Dourado” e sobre a necessidade de haver “verdade desportiva”, não há outra alternativa que não seja a investigação pela polícia e a punição do SLB com a descida de divisão. O campeonato de 2014-2015 foi viciado no campo pela actuação das equipas de arbitragem. E isso o tempo nunca apagará.
   

15 comentários:

Carrela disse...

Mas nem assim, os Portistas deixam de usar o argumento "Não ganhou nada!", quanto querem criticar Julen!

O ano passado não havia nada para ganhar, a menos que a nossa equipa fosse perfeita e nunca falhasse ou nunca dependesse da "sorte" para ganhar um um jogo! COISA QUE NÃO EXISTE, por muito que nos custe!

Antonio Silva disse...

O benfica descer de divisão? Eu nem me lembro da última punição que o Benfica recebeu a nível nacional, tipo jogar em casa sem público ou ter o campo interditado, quanto mais retirada de, sei lá, 6 pontos ou descida de divisão.

Paulo Marques disse...

Nem sequer pagar a segurança social ou não apoiar claques ilegais.

João disse...

Basta lembrar o que foi um dos maiores escândalos de arbitragem em Portugal, o Moreirense - Benfica da época passada, em que com 1-1 no marcador há um jogador do Moreirense expulso por palavras e o 2º golo do Benfica é uma sequência de 4 ou 5 decisões erradas todas favoráveis ao Benfica.

Antonio Silva disse...

Bem Carrela, é possivel haver erros do treinador do Porto e, simultaneamente, colinho do adversário. A existência de uma não elimina a outra.

Por outras palavras: bastava ao Lopetegui ter ganho em casa ao Benfica para ser campeão ou bastava o Benfica não ter sido beneficiado em, pelo menos, dois jogos.

Hugo disse...

E que tal referir que o Jejum estava a condicionar o árbitro para esse jogo? Ninguém vê?

Carrela disse...

Já sabemos disso!
Se não tivesse-mos falhado em 3 ou 4 jogos, teria-mos sido campeões! Apesar de tudo!!

A questão é que falhar 3 ou 4 vezes ou longo de uma época é normal, MUITO MAIS AINDA, se tivermos em conta que vínhamos de um ano terrível, que implicou uma mudança profundo! "SÓ" tínhamos 16/17 jogadores novos no plantel...

O nosso rival falhou umas 13 ou 14 vezes, mas foi de tal forma amparado que mesmo assim chegou na frente... um NOJO NUNCA VISTO!

O argumento do "não ganhou nada", não serve, para mim não serve nem nunca serviu no contexto em causa!

Filipe Ferreira disse...

Claro que ninguém irá processar o benfica.
É muita preguiça para se investigar casos contra o clube bermelho.

Dias Salvador disse...

E que tal ganhar ao Benfica, ao Boavista e ao Belenenses. Era impossível, Carrela?

Hugo Mota disse...

Dias Salvador, penso que não seja muito honesto colocar o Benfica nessa listagem. No ano passado, o FCP fez uma exibição muito superior à que fez neste ano, com os resultados que sabemos. E mesmo contra o Boavista, não esquecer que jogamos mais de 1 hora com 10, num relvado extremamente pesado. Culpa, e muita, no execrável jogo do Restelo, e na forma displicente com que se perderam 3 pontos com o Nacional. Mas como deve recordar-se, a jogar mal ou pior do que nós, o slb venceu Gil Vicente ou Rio Ave, com as ajudas que nós sabemos. Não fosse o homem do apito, nessas 2 vitórias encarnadas (já para não falar nos escandalos do Nacional ou Moreirense) ter inclinado o campo, o campeonato também seria nosso.

Pedro ramos disse...

O Porto podia ter ganho todos os jogos na época passada?
Podia, tinha plantel para isso, como tem quase todos os anos.

Lope cometeu vários erros, continua a cometer e tem defeitos quer de gestao quer de modelo de jogo?
Sim

A questao é que actualmente o clube com um governo de gestão, cada vez tem mais espectadores que, independentemente dos beneficios aos adversários e das vezes em que a equipa é prejudicada, exigem que a equipa esmague em todos os jogos. Que vao aos jogos como um adepto de cinema que se aos 10min de jogo nao gosta do filme já está assobiar. O problema já existe ante de Lope, com VP o filme era o mesmo.

Em Lisboa temos um clube que faz o que quer nas nomeaçoes e promoçoes dos árbitros, outro que os ameaça, todos os jogos, quer por parte do seu presidente quer por parte do seu treinador, mas pelas zona norte do país temos um qualquer Beira-Mar que pura e simplesmente nao existe, e se o seu treinador sequer referir isso, é porque já se está a desculpar da sua incompetencia.

O estado a que o clube chegou leva a que alguns adeptos rezem para que os outros resolvam os seus problemas, e que os outros se auto-destruam, nós iremos continuar no nosso cantinho sem incomodar ninguém porque o importante sao os 75 milhoes de mais-valias que temos de fazer no final da época.

pedro carmo disse...

Se os a portistas que 'adoram' o lopetegui perdessem metade das suas energias a apoiar o seu clube, treinador, jogadores, e a assobiar e dificultar a vida a árbitros e adversários talvez fosse mais fácil para o clube atingir os seus objectivos.
Claro q quando os ódios de estimação estão em nossa casa fica mais complicado.

No ano passado só não ganhamos o campeonato pq não nos deixaram, facto.

Mas sim caros portistas anti lopetegui, a besta do basco devia ter levado a nossa equipa a ganhar todos os jogos de um campeonato, algo q nunca aconteceu, mas que a exigência portista assim o determina....

Q tristeza. ...

Dias Salvador disse...

Hugo Mota, honestidade no futebol, pelo que leio, vejo e ouço. só há 4 pessoas: Pedro Guerra, Rui Santos, Jorge Vassalo e Rui Gomes da Silva. Lembro-lhe só que tivemos 7 empates e 2 derrotas. Tivéssemos competência e não havia cólinho que lhes valesse. Para não falar nos 6 de Munique onde que me conste o árbitro não era freguês do Vitor Pereira.

Antonio Silva disse...

Claro, o apoio dos adeptos é que mete a bola na baliza! Descobriste a pólvora!

pedro carmo disse...

De facto não.
São os assobios q os fazem jogar melhor,
Aliás até podemos colocar a seguinte situação;
Estão um homem e uma mulher no ato, e há duas opções na interacção da mulher com o homem:
- numa delas a mulher está excitada, contente a a puxar pela performance do seu companheiro, até lhe dizendo q tem dos pénis mais bonitos e melhores do universo
- na outra a mulher está prostrada, sem reacção e quando fala é para perguntar se o marido já meteu o pénis, ou se é só aquilo que ele sabe fazer...

Pergunta:
- com q mulher o homem se sentirá melhor, e por qual estará disposto a lutar e sacrificar-se mais?

Domingo no dragao lá estaremos prontos para assobiar. ..

Infelizmente os nossos. ...

Mas de facto o q é q isso interessa?

Os adeptos não marcam golos, não é?