quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

O leme está sem homem

23-06-1976: José Maria Pedroto a assinar contrato com o FC Porto

23-04-1982: Jorge Nuno Pinto da Costa a tomar posse como presidente do FC Porto

Pinto da Costa numa AG do clube, insurgindo-se contra a prepotência do poder lisboeta no futebol

----------

«Chegados aqui é fácil apontar o dedo a Lopetegui e "imolar no altar" da contestação mais um "cordeiro" (treinador).

Mas, como sempre, compete à Administração da FC Porto SAD avaliar e decidir.
Neste caso específico, a responsabilidade é de Pinto da Costa e de Antero Henrique, que terão de decidir se o timoneiro que foram buscar a Espanha, ainda tem condições para recuperar as "velas rasgadas", consertar os "rombos no casco" e levar a ziguezagueante nau dos dragões a bom porto.

Com a certeza, porém, que quanto mais dias passarem, mais Pinto da Costa, Antero Henrique e Julen Lopetegui estarão juntos neste "barco".
Nas vitórias e nas derrotas.

Aconteça o que acontecer, chega de atribuir os louros dos sucessos ao presidente e as culpas das derrotas aos treinadores e jogadores. Até porque, treinadores e jogadores não caem no Estádio do Dragão de pára-quedas...»

----------

Foi assim que terminei o último artigo que publiquei, após a derrota em Alvalade.
Hoje, após uma exibição que nem quero classificar (sugiro a leitura da crónica do FC Porto-Rio Ave, publicada no Maisfutebol), não tenho mais nada a acrescentar.

Aos portistas que, como eu, sentem que o leme está sem homem, dedico a música seguinte dos Xutos e Pontapés:



30 comentários:

Unknown disse...

Acho que chegada esta situação o melhor protesto não é o barulho, as esperas os cartazes ou os lenços brancos. Simplesmente um protesto silencioso de não comparecência dos adeptos no próximo jogo, claques incluídas. Acho que teria um impacto bastante superior. Junta-se, e se o jogo for em casa, o impacto nos cofres. Só assim....

Judge Dredd disse...

Facil ou não Lopetegui tem culpa no cartorio.
Ele não é treinador é um formador!
Para ser treinador é preciso muito mais do que aquilo que demonstra.
Como treinador é um vazio.
Obviamente que a SAD tb tem responsabilidades na politica errada de contratações e em más decisões(manter Lopetegui depois de tar 1 epoca sem ganhar nada)

Francisco A. disse...

O mais triste é que Lopetegui não será para já despedido ( provavelmente só em Março) e psicologicamente já entrou numa de " ai querem-me ver pelas costas? Ok, mas, passem para cá os 4,5 M" como Mourinho no Chelsea.

O problema é que a "amostra de treinador" nunca mostrou resultados ou trabalho que justificassem a margem de manobra de Mourinho.

FARTO!

Francisco Paulos disse...

O que se está agora a passar já era previsível há muito pois com este pseudo treinador o resultado só podia ser este. Com ele à frente o terceiro lugar é certo.

Luís Vieira disse...

Há várias semanas, manifestei, aqui, o meu temor em assistir a mais um annus horribilis. A cada jogo que passa, cada vez me convenço mais dessa inevitabilidade. Triste, muito triste.

Paulo Monteiro disse...

Como alguns disseram aqui, o treinador está só à espera da indemnização. Para mim esta época acabou: vou assistir a filmes, passear na praia, praticar desporto, entreter-me de mil e uma maneiras, menos a ver jogos do Porto. E Portista que se preze devia fazer o mesmo e deixar isolados os responsáveis e cúmplices desta situação a que o clube chegou.

Paulo Rodrigues disse...

Confesso que ontem fiquei triste ao ver o meu ( nosso ) FCP a jogar daquela forma e infelizmente após o golo do Rio Ave pensei lá se vão 3 pontos, deixei de ver o jogo e pus-me a ver uma série pois já não aguento ver o FCP jogar daquela forma.

Não vou criticar mais o sr. Floptegui pois acho que já se disse tudo e ele não tem capacidade para mais.

Soluções? Percebo quando se diz que não se deve mudar de treinador agora mas a realidade é que já estamos em 2º com a equipa de vermelho colada a nós e o barco está completamente á deriva e a minha sincera opinião é que este é o momento para colocar um novo treinador no banco.

Para mim a única competição em que estamos vivos é a Taça de Portugal e olhando para o historial do FCP e na minha opinião é francamente pouco.

bruno cláudio disse...

não há palavras!
ps - aqui há muita culpa dos jogadores. falta capital humano, liderança!

Pedro Reis disse...

Para mim é claro, que a culpa vai muito para além do Lopetegui e não poupa ninguém na Direção do FCP, nomeadamente Antero Henrique e Pinto da Costa, que provavelmente andam mais preocupados em resolver os seus problemas pessoais (leia-se envolvimento na Operação Fénix) do que no presente e futuro do FCP. E não me venham dizer que o problema é do Lopetegui e da indemnização que está à espera. Se ela existe é porque as partes acordaram dessa forma, quem é que no lugar dele abdicaria disso "só porque sim"? Em clubes profissionais essas situações resolvem-se, é para isso que os elementos da direção são pagos e bem!
Não nos iludamos, se o Lopetegui neste momento não sai, é porque a direção não quer, seja porque isso significa também assumir o erro na escolha, seja por não terem disponível a alternativa que querem ou seja por outras razões que desconhecemos...

Madureira disse...

Se o Lopetgui é um treinado fraco e na verdade é, o responsável é o presidente e a administração, que uma vez mais erraram ao contrata-lo.

Anda muita gente com os olhos fechados! Não vêm nem querem ver naquilo que o clube se transformou! Uma empresa de compra e venda de jogador, de comissões absuradas aos administradores e um centro de emprego para filha, filho e por aí em diante... se assim vamos continuar como estamos ou pior!

DC disse...

A única culpa dos jogadores é já não acreditarem no treinador. E culpam-nos por isso? Vocês acreditariam depois de 3 jogos sem marcar 1 golo ao JJ? Depois de sei lá quantos jogos a perder com o Marítimo?

De resto, quem joga com o Danilo em vez do Ruben, quem deixa Herrera e André 90 minutos, quem acha que é o Varela aos 85' que vai mudar o jogo, merece isto e muito mais.

Ficaram de fora Tello, Imbula, Evandro, Bueno, Sérgio Oliveira e Ruben. Devem ser piores que os que jogaram neste meio-campo de sonho.

Pedro disse...

Quer-me parecer que vamos ter uma repetição da cena-Paulo Fonseca, o qual andou a arrastar-se até Março.

O meu maior pesadelo neste momento é a eliminatória com o Borussia Dortmund, se querem saber.

E, sejamos francos: a substituição de Lopetegui não nos trará, muito provavelmente, um treinador de currículo e mérito (que pode falhar como qualquer um, claro, mas não seria mais um tiro no escuro). A não ser que assistamos ao regresso de André Vilas Boas, provavelmente chegará cá mais um produto da conceituada marca J. Mendes ("Compra que não te Arrependes"), talvez o Nuno, o que, decerto, nos faria entrar no Guiness como o primeiro clube do mundo a contratar dois ex-guarda-redes seguidos para treinador.

Entretanto, a "massa associativa" prepara-se para reeleger JNPC para mais um mandato, apos a recolha de milhares de assinaturas pelo indefectível e incansável Fernando Cerqueira, o homem que sabiamente interpreta o sentir dos devotos adeptos. E daqui a três anos, aí estará ele de novo.

Lápis Azul e Branco disse...

Devo insistir que as avaliações se fazem no final das épocas.

No entanto, se se confirmarem eleições antes do final desta época, deverá ser aberta uma excepção. Mas havendo-as, onde param os outros candidatos?

Abraço portista,

LAeB : Do Porto com Amor


miguel87 disse...

"Hoje, após uma exibição que nem quero classificar (sugiro a leitura da crónica do FC Porto-Rio Ave, publicada no Maisfutebol), não tenho mais nada a acrescentar."

"(...)a vantagem no marcador conseguida cedo – e com sorte, pois o remate de Herrera desvia em Kizito e trai Cássio – e o apoio praticamente unânime saído das bancadas.

É certo que o Rio Ave fez um golo exatamente da mesma maneira – por João Novais, desvio em Danilo -, mas por essa altura já o FC Porto jogava mal, para trás e para os lados, a respirar em pânico e a não saber muito bem o que fazer com a bola. "

Crónica fraca, que peca por escassa e faz a crítica por decreto... Como se o jogo se resumisse a isto, como se o GR do Rio Ave não tivesse defendido 3 bolas com selo de golo, como se o arbitro não tivesse perdoado um penalty ao Rio Ave, como se o poste não tivesse negado um golo ao Porto.

É futebol. Uns têm a infelicidade de jogar pior uma vez ou outra e suceder isto e logo são os maiores incompetentes do mundo, do pior que já cá tivemos (a memória selectiva e resultadista é fodida), outros têm a felicidade de ganhar jogos atras de jogos sem saber como, ao cair do pano, e são levados ao colo e considerados profetas e midas em terra de crentes...
Vão dar banho ao cão.

PS. o nosso treinador está a pagar a factura, principalmente por não ter sido capaz de vencer o campeonato do colo, da APAF, do Vitor Pereira e seus arbitros pressionados.
Falhou em alguns aspectos, como todos falham, mas por azar nesses momentos nunca teve o amparo da APAF, pelo contrário.
Este ano, com (mais) uma equipa nova para construir, tem sido contra tudo e contra todos, próprios adeptos e agora (e cada vez mais) até próprios jogadores incluidos.
Que venha o próximo nome do catalogo Mendes / Doyen para ser atirado à fogueira.

Pedro disse...

Por essa lógica, Lápis Azul, não havia chicotadas psicológicas. As avaliações vão-se fazendo ao longo das épocas.

E não é "se se confirmarem eleições": o mandato termina em Abril, ou coisa assim.

Quanto aos "outros candidatos", basta o eterno candidato não se candidatar, e pode ter a certeza que candidatos não faltarão. Por questões de respeito, não surgem, obviamente, candidaturas contra ele. Isto é fácil de entender.

Quid disse...

Se de cada vez que uma equipa de futebol perder um jogo em Alvalade e a seguir empatar com o Rio Ave se começar a colocar tudo em causa.. Estamos bem servidos.


Ainda bem que PdC está de boa saúde. O que será do FCP um dia que ele nos falte.

Eh pá... ide lamber gelados com a testa.

Quero ver-vos aqui a TODOS os 'críticos' mas é em Maio quando o FCP festejar a dobradinha.

José Lopes disse...

Nem mais!

miguel.ca disse...

Perante o teu minimalismo para com uma situação que já se arrasta há 15 meses questiono-me... Em que planeta vives, Quid? (Sem ofensa, obviamente)
Ainda não reparaste que há 15 meses que o Porto joga mal, que a equipa vacila constantemente e que o treinador anda autenticamente à deriva?
Ainda não reparaste que este vai ser, muito provavelmente, o terceiro ano seguido a seco?
Ainda não reparaste que ainda há meia duzia de anos tinhamos o Hulk, Moutinho, Falcão, James, Lucho, Bruno Alves e Quaresma e hoje em dia temos o Imbula, o Aboubakar, o Martins Indi e o Tello?
Andas assim tão distraido, Quid?
Isto resume-se a uma derrota em Alvalade?

Azul disse...

Sinto o meu portismo a morrer a cada jogo que vejo...Sou do tempo do André, Lima Pereira, Domingos, kostadinov, Aluísio, Geraldão, entre tantos outros... Quando comecei a ir às Antas ia de comboio e depois tinha de andar 30 minutos a pé da trindade ao estádio, mas todos os sacrifícios valiam a pena para ver o Porto jogar éramos alma, raça...O mesmo presidente que me deu tantas alegrias está a levar o barco ao fundo.
Alguém lhe diga para ter dignidade na saída, que não se preocupe que ninguém mandará fazer uma auditoria ás contas da SAD.
Não matem a nossa paixão.

Luís Vieira disse...

DC, não vale a pena continuar a bater no ceguinho. Esse também não é o meu meio-campo de sonho (seria à volta de Rúben, Imbula e Evandro), mas o modelo torna-os piores do que efectivamente são. Aliás, se jogassem estes três, acredito que a qualidade de jogo a meio-campo não se alterasse muito, a não ser que desobedecessem ao treinador. Danilo, André e Herrera não são craques, mas são jogadores úteis, mal aproveitados/potenciados. Na verdade, os únicos jogadores com passaporte para brilhar nesta equipa são os extremos e os laterais, porque são constantemente solicitados. O resto está refém das ideias de um treinador pouco capaz.

miguel.ca disse...

Creio que do ponto de vista da SAD, manter o Lopetegui é visto como a unica forma de tentar o apuramento direto para a champs da próxima época porque, sejamos realistas, se o Lope for despedido não me parece que temos unhas para ir buscar o Mourinho! A probabilidade maior é que apareça um Luis Castro qualquer que provavelmente pacificará as coisas mas não trará nada de novo nem terá uma varinha mágica para alterar básicamente tudo em 5 meses e o risco de perder o acesso directo à champs é efectivamente muito maior.

Pedro disse...

30 minutos da Trindade às Antas é andar bem! Parabéns!

José Correia disse...

"Para mim é claro, que a culpa vai muito para além do Lopetegui"

Obviamente.

José Correia disse...

"se se confirmarem eleições antes do final desta época, deverá ser aberta uma excepção. Mas havendo-as, onde param os outros candidatos?"

O Futebol Clube do Porto tem cerca de 100 mil sócios.
Chega?

José Correia disse...

"...éramos alma, raça... O mesmo presidente que me deu tantas alegrias está a levar o barco ao fundo"

Ninguém é infalível e muito menos eterno.

Em meados dos anos 70 e início dos anos 80, juntamente com Pedroto, Jorge Nuno Pinto da Costa foi fundamental para a transformação de um clube de "andrades" em "dragões".
Mas 33 anos de presidência é muito tempo, ninguém é eterno e, aos 78 anos, naturalmente Pinto da Costa não é a mesma pessoa que era quando tinha 44 anos.

Paulo Marques disse...

Segundo os adeptos, a equipa só jogou bem em 2003, 2004 e 2010, pelo que não percebo o drama.

José Lopes disse...

Sim, Quid, a situacao actual e' tao normal e pouco dramatica que, aparentemente, acabaram de despedir um treinador com mais ano e meio de contrato...

Anónimo disse...

O Porto não tem tradição de ter sucesso com as chicotadas... Ainda está por provar que seja adequado mudar a meio das épocas...

DC disse...

Luís o Ruben entrou e aquilo foi logo outra música. Tem que jogar sempre. E tem que jogar a 6, sozinho, sem armários ao lado a estorvar. Temos ali um Busquets, não lhe metam um estorvo ao lado.

Luís Vieira disse...

Claro que sim DC, mas se o Busquets estivesse sempre a variar flanco, não seria metade do jogador que é. Daí que defenda que a apreciação individual dos médios do FCP (Rúben incluído) não possa ser muito precisa, actualmente, porque o meio-campo serve para muito pouco. Precisam de outros estímulos, de outros conhecimentos, de um formador (vide Jesualdo com Fernando e Jesus com Adrien). Felizmente, tudo acabou.