terça-feira, 12 de janeiro de 2016

O problema não está nos laterais

Na avaliação ao plantel, particularmente na apreciação dos dois laterais – Maxi Pereira e Miguel Layún –, já tinha escrito que «não será por causa da “troca” de Danilo por Maxi e menos ainda de Alex Sandro por Miguel Layún, que o FC Porto 2015/2016 é (será) mais fraco que o FC Porto 2014/2015».

Penso que isso se confirma.

O JOGO, 12-01-2016

36 comentários:

Carrela disse...

Só há um problema, é que a primeira missão de um defesa é defender. E nisso, digam o que disserem ficamos a perder.

Pés-Juntos disse...

O Layun tem sido uma surpresa muito agradável. Ainda bem que ficámos com a opção de compra.

Maxi é uma certeza. Não enganou e sabiamos bem o que fomos buscar. A única preocupação é encontrar uma alternativa credível a ambos, mas penso que estão na equipa B dignos sucessores (desde que façam uma transição para os séniores adequada.

DC disse...

Pois e defensivamente? E igual?

Luis Correia disse...

Bom dia
Num dos últimos jogos, falava com o meu filho sobre isso.
Respondeu-me: Ó pai, isso é fácil. é "sempre" ele a marcar os livres e os cantos...
Tem mostrado ser jogador empenhado, procura o confronto.
Mas, na minha opinião, considero melhor o AlexSandro.

Quanto ao Maxi, ainda tenho (de verdade já está esquecido, mas...) uma relação de "ódio"...
Bom que ele recupere a forma dos primeiros jogos do campeonato.

Aqui dou empate para o Danilo (se me esquecer daquilo...!!)

Que quem vier a ser responsável, faça uma equipa!
Depois, poderemos perceber quem são e o que valem os jogadores.

Merecemos boa escolha e merecemos também alguma fortuna que tem andado arredada. Não acredito que "as" há... mas ás vezes parece...

Um abraço

Joaquim Lima disse...

Estamos a comparar apenas pontos ofensivos onde, claramente, estamos melhor este ano. Em termos defensivos os laterais do ano passado pareciam-me mais competentes (avaliação subjectiva, não sei como estamos em termos de golos sofridos)! Mas tendo em conta os valores negociados, concordo que não é por aí que o plantel será mais fraco.

JON disse...

Haver pessoas que acham que Layun e Maxi estão ao nível de Sandro e Danilo é um exemplo perfeito de como se vê futebol com óculos de fundo de garrafão (de vinho tinto).

O Maxi é tão bom, tão bom, que no 2º golo do SCP em Alvalade nem foi ele que fez a borrada do costume de defender sempre pelo homem e nunca pela posição. Nesse lance, melhor só o grande Danilo a ser "intenso" com o Ruiz com aqueles seus grandes olhos!

Esqueço-me que o Maxi é melhor que o Danilo porque tem muita garra e "come a relva". Deve ser por isso.

Franco Baresi disse...

Exactamente!

Hugo Mota disse...

Se nos cingirmos aos frios dados da análise estatística, até poderemos dizer que estamos melhor servidos do que num passado próximo, ou mesmo em relação a outras equipas europeias.

Mas numa análise mais cuidada, esta falácia é facilmente desmontável.

Em primeiro lugar, porque defensivamente ambos demonstram grandes dificuldades no posicionamento, sendo frequentemente apanhados em contrapé, obrigando grande atenção e trabalho aos colegas da defesa e meio-campo defensivo.

Em segundo lugar, porque têm uma tendência para se eclipsar (nomeadamente Layun) perante adversários mais fortes.

Num caso, e noutro, quer Alex Sandro ou Danilo eram superiores aos actuais laterais. Muito mais completos como jogadores.

Relativamente aos campeão de assistências Layun, teremos que relativizar esse dado, visto que ele é o marcador de todas as bolas paradas. Mas p. ex. em 15 cantos contra o Rio Ave, só 1 criou algum perigo.

Feita a análise aos pontos negativos, e contestando este desajustado endeusamento, teremos também que ser justos em dizer que Maxi e Layun são jogadores muito interessantes que, sem serem fora de série, têm feito uma época muito competente. Layun chega mesmo a ser uma agradável surpresa, para a expectativa inicial. Não é por eles que o nosso sector defensivo tem sofrido tantos golos ultimamente.

É no meio da defesa que estão os problemas.

João Barbosa disse...

Com todo o respeito pelo autor, mas este artigo é disparatado. Continuam a cair no erro de tirar conclusões baseadas nos números. Pena em 2000/2001 foi melhor marcador do campeonato com 22 golos, Jackson na época passada marcou 21.

Danilo e Alex Sandro deixam Maxi e Layún a anos-luz em quase todos os aspectos.

Lápis Azul e Branco disse...

Maxi defende melhor que Danilo... E entre Layún e Alex, a diferença não deve ser muita.

O nosso problema defensivo é central.

Paulo Rodrigues disse...

No capitulo ofensivo concordo com a análise, no capítulo defensivo discordo totalmente, Danilo e Alex Sandro são muito superiores.

Luís Vieira disse...

Caro José, retomo o que escrevi nessa altura: "Ofensivamente, é um facto que o Layún e o Maxi têm estado bem. Não surpreende, uma vez que já jogaram em terrenos adiantados noutras fases das suas carreiras, o que lhes garante propensão ofensiva, mesmo não sendo prodígios da técnica. A estatística está aí e não oferece grandes dúvidas. Ainda assim, quer o Danilo, quer o Alex Sandro eram melhores no plano ofensivo: o primeiro no jogo interior, o segundo na condução de bola pelo flanco. No que respeita ao plano defensivo, a diferença é abissal. Velocidade, desarme, sentido posicional, força, capacidade de antecipação, etc. O Maxi e o Layún compensam as lacunas com muita entrega, mas o algodão não engana: os brasileiros são bastante melhores. Daí que estejam onde estão e tenham rendido o dinheiro que renderam, ao passo que o Maxi, naturalmente, nunca tenha dado o salto e o Layún esteja, apenas agora, no pináculo da carreira. Por isso, mantenho a posição de que o Porto está mais fraco nas laterais e que isso pode vir a notar-se em jogos de exigência elevada, não obstante o bom início de época do Maxi e do Layún, com o qual me congratulo." Acrescentando, agora, que as dificuldades defensivas têm sido evidentes nos tais jogos de exigência elevada. De resto, fui sempre um grande apreciador do Alex Sandro, o Danilo só me convenceu totalmente na sua última época, mas não há dúvida: ficámos a perder bastante.

Antonio Pinto Cardoso disse...

A defender, tanto os actuais como os anteriores, eram fraquitos. Tanto o Danilo como Alex Sandro mostravam alguma coisa do meio campo para a frente, alias não é por acaso que o Danilo gostava mais de jogar a médio, e sempres lutou nesse sentido. Quanto ao Alex Sandro, neste ultimo ano foi bastante fraco em todos os aspectos, comparando com o ano anterior.

miguel.ca disse...

"João Brandão reforça equipa técnica de Rui Barros"
Se calhar o Rui Barros está para ficar até ao final da época, o que até nem acho mal.

José Correia disse...

Não são o Maxi e o Layún que defendem mal.
É a equipa, como um todo, que defende muito mal.

Com a mudança de treinador, se os 11 jogadores, aos poucos, começarem a funcionar como uma EQUIPA, veremos como o Maxi, o Layún e toda a equipa vão passar a defender melhor.

José Correia disse...

E, já agora, na comparação com Danilo e Alex Sandro (dois grandes jogadores, cujas transferências representaram um encaixe de cerca de 60 milhões de euros), convém lembrar que os laterais brasileiros também eram melhores a atacar do que a defender.

Luís Vieira disse...

Independentemente da melhoria do processo defensivo da equipa, que representaria, provavelmente, a melhoria do desempenho individual do Maxi e do Layún, é nítida a diferença entre estes e os laterais brasileiros a defender, principalmente no caso do Layún (apoios errados, concessão de espaço, pouca assertividade no desarme, etc.).

Luís Vieira disse...

Certo, mas não deixavam de defender melhor do que Maxi e Layún.

Cheue disse...

Danilo é melhor em tudo que o Maxi...

E o Alex defende 10 vezes melhor que o Layun...e nem estou a exagerar...é muitoooooooooo melhor a defender.

Cheue disse...

E convem lebrar que em 1vs 1 eram quse uma parede...especialmente o Alex.

O que não acontece com o Maxi e muito menos com o Layun...

pedro carmo disse...

Épa
Muito fraco o alex Sandro
Teve das melhores estatísticas de jogo no campeonato r champions é pode achar que o layun tem o mesmo nível??
Fonix...

Pedro Moreira disse...

Danilo e Alex fazem parte de um nutrido grupo de jogadores que nos último 3 anos encheram o plantel do FCP e que têm em comum um facto: a visão deslumbrada da nação portista sobre a sua qualidade e depois a crua realidade. A esperança e o desespero dos portistas inventou craques em jogadores tao mediocres como estes dois Oliver, Josue, Carlos Eduardo, Ghilas, Casemiro, Lica..e muitos outros cuja evoluçao foi a que se viu. Tenho apreciado a chacota em Espanha (país onde passo algum tempo e tenho muitos amigos) á volta de Danilo. Eu riu-me com a surpresa porque o homem joga como o fez nos últimos anos no Porto. No nosso FCP a evoluçao foi zero. Zero a defender, sempre mal posicionado, a falhar passes em lugares proibidos, perito em adormecer e deixar em jogo os adversários...E a atacar acho graça aos comentários anteriores...Bom bom so no centros repetidos a altura dos joelhos e para fora. Craque dos passes falhados. No atual Porto qualquer coisita é sobrevalorizada e então a gente fica so com a imagem de alguns bons golos que marcou. Que lastima estarmos como os benfiquistas ha 10 anos. Aposto com quem quiser que rapidamente vai desaparecer do mapa do futebol de elite...Quanto ao Alex acho que ai sim havia qualidade pelo menos a atacar pelo que recuso comparar um com o outro. Nao é seguramente pelos laterais que estamos mal.

meirelesportuense disse...

Só não compreendo como é que o Real -devem ser mesmo uns artolas- enfiou a carapuça com o Danilo -embora eu também não o aprecie- e com o Casimiro, nem como o Oliver é hoje titular do Atlético, como aliás já antes ali o fora...Agora, relativamente a Ghilas ou Josué nada a dizer. Jogadores medianos...Fica também por apreciar o comportamento do Jackson Martinez que fez uma época -a última- para esquecer no Porto -não fora isso teríamos ganho o Campeonato- e está a passar dias muito difíceis no Atlético. E relativamente a Carlos Eduardo acho que é um excelente jogador, desperdiçado no Porto, valorizado no Estrangeiro.

DC disse...

Na defesa há questões colectivas e há questões individuais.
O posicionamento da linha defensiva é colectivo, o controlo de profundidade, largura, as referências zonais ou ao homem é colectivo.
Agora o facto de o Salvio nunca ter conseguido passar no 1x1 pelo Alex Sandro não é colectivo, é capacidade individual.
E o Danilo e o Alex, nas capacidades técnicas, físicas e mesmo de leitura do jogo eram e são infinitamente superiores aos laterais actuais.

DC disse...

Errado. Alex Sandro foi provavelmente o melhor lateral da história do Porto no 1x1

miguel87 disse...

O Danilo, apesar de ter vindo a ser quase sempre titular, está considerado como um dos flops desta época em Espanha e no primeiro jogo de Zidane já foi para o banco. Aliás, numa votação de um dos jornais de Madrid, o preferido dos adeptos para titular é o Carvajal...
Portanto, até ver, sim o Real enfiou a carapuça...

Quanto ao Oliver, nunca foi titular absoluto no Atletico nesta época e muito menos antes de ter vindo para o Porto. Alias, neste momento a vontade dele é sair para jogar mais. Para mim nunca se vai impor numa equipa de topo, e tal como o Pedro Moreira escreveu, penso que é um dos jogadores que foram realmente sobrevalorizados pelos portistas.

Pedro Moreira disse...

Oliver não é titular do Atlético e cada vez joga menos e a ultima noticia que li dava conta de alguma insatisfaçao e da possibilidade de sair para ter mais minutos. Eu contratava-o se fosse para jogar num pátio um" barulhinho".Agora futebol profissional com a cabeça levantada a rasgar, a desmarcar a desiquilibrar...é um mito de algum portismo. O futuro vai tirar duvidas. Danilo foi titular com polémica e agora não vai jogar apesar de ter a frente um jogador mediano como é o Carvajal. Quanto ao Casemiro acho que começou bem porque no Real é o 6 e nao, como no FCP ao mesmo tempo 6,8,10...De qualquer forma o Danilo parece-me melhor. O tempo o dirá.

DC disse...

Eu ao ler estas críticas ao Oliver só digo isto: há gente que merece tudo o que está a ter nestes últimos anos. Tudo e muitos mais anos assim, sem Olivers, Danilos e Vitor Pereiras e com Maxis, Danilos e Conceições.

Batam muito no peito a dizer somos Porto que bater em títulos vai ser dificil.

pancas disse...

Jon,
No segundo golo do Sporting o culpado e o Indi que esta 3 metros atras da linha defensiva formada pelos outros 3 defesas e com isso poe Slimani em jogo...

Pedro Moreira disse...

Vamos ver o futuro dos jogadores citados...Com onze Danilos no FCP sem duvida seriamos campeões mas da carica ou dos berlindes. VP sim deixou saudades. Quando ganhou so tinha Hulk, Moutinho, Otamendi, Fernado, Jackson, Mangala...mas isso nao interessa nada. Os outros com Licas, Tellos e Josues é que sao maus porque nao fizeram o mesmo. Eu farto-me a rir com a incapacidade de alguns verem a realidade. Comparar um treinador com um plantel de luxo com outros com um plantel pouco mais que nulo...E cuidado que não falo de Lopetegui que este ano teve meios para reconstruir com qualidade e foi trazer os Imbulas...e para mim tem um plantel superior ao do ano passado.

JON disse...

Esse é outro craque que nós lá temos... €8,5M de nada! Mas o Maxi e o Danilo também foram muito anjinhos...

Mas enfim, para muitos o Indi é outro que é duro e que precisamos é de jogadores assim... agora cá Otamendis, pff!, esse não prestava!

PS: há gajos aí em baixo a criticar o Oliver e o Danilo? opá, olha, enfim!

Firmino disse...

Não é possível comparar Oliver com qualquer dos médios do atual plantel... ou pensar que Layun ou Maxi são melhores do que o Danilo (já para não falar no Alex que é provavelmente o melhor defesa esquerdo que por cá passou [Branco é o único comparável, mas prefiro o Alex])...
Quanto muito, pode comparar-se o Danilo Pereira com o Casemiro, mas mesmo aí acho que é evidente que ficamos a perder largamente!

DC disse...

"Eu farto-me a rir com a incapacidade de alguns verem a realidade."

Já somos dois.

Pedro Moreira disse...

Eu vejo muito bem a realidade: com Hulk, Moutinho, James, Otamendi, Fernando, Mangala, por exemplo a obrigaçao de ganhar é a mesma que com Ghilas, Lica, Josue, Maicon e Kelvin. É tudo a mesma coisa, a mesma responsabilidade. Caro DC, se fosse a si mandava tudo embora e ia buscar jogadores a terceira divisão porque o que importa é o treinador, ele que faça omoletes sem ovos....A sua cegueira esta em não perceber que o VP com o segundo grupo de jogadores tinha sido campeão mas dos berlindes...

DC disse...

Eu vou continuar a ignorar o que você diz da mesma foram que você ignora o banco do Porto ou os laterais e ponta de lança da 1ª época de VP no Porto. Ficamos assim, ok? Eu continuo aqui a rir-me e o Pedro ri-se por aí. Ficamos os dois a parecer tolinhos mas felizes.

Pedro Moreira disse...

Acho que rir faz-nos bem a todos até nos vamos esquecendo do que esta a acontecer no clube. Agora eu não ignoro que desde a final de Glasgow o plantel foi encolhendo gradualmente, principalmente em qualidade. Agora peço-lhe para não ignorar a lista de jogadores que lhe referi. Se quiser inclua no inicio do primeiro ano James, Guarin , Belushi...Quanto aos laterais estavam Álvaro Pereira, Fucile e Sapunaru. Não eram extraordinários mas nao eram cepos. Acho curioso o seu esforço para comparar o incomparavel com o único objetivo de mitificar VP. E cuidado que eu gostei do trabalho que fez, muito meritório mas tinha armas que infelizmente não voltamos a ter, nem pouco mais ou menos. Saudações portistas.