sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Adaptações na Luz?

Segundo O JOGO de hoje (jornal que costuma estar bem informado acerca dos assuntos relacionados com o FC Porto), no SLB x FCP de logo à noite Danilo Pereira formará dupla com Indi, no centro da defesa portista.

Contudo, em declarações ao Record, um ex-defesa central dos dragões, o brasileiro Aloísio (que saudades de ver profissionais como o Aloísio no plantel do meu clube), avisa que o recuo de Danilo é uma opção que poderá comprometer o equilíbrio da equipa, porque “ao deslocar Danilo para central, o FC Porto perderia uma referência no meio-campo, onde faz uma boa dupla com Herrera”.

Ou seja, as opiniões dividem-se mas, aparentemente, o treinador tem apenas duas possibilidades:

1ª) Adaptar um médio defensivo – Danilo Pereira – a defesa-central, o que o obriga a mexer em duas posições fundamentais da equipa: no médio-defensivo (Danilo tem sido titular indiscutível) e na dupla de centrais.

2ª) Optar por um dos defesas centrais da equipa B – o ex-médio defensivo Chidozie (*) – o qual, esta época, tem vindo a ser trabalhado e adaptado à nova posição por Luís Castro.

(*) Para quem não sabe, Chidozie Awaziem é um jogador nigeriano de 19 anos (ainda podia jogar nos Sub-19!) e que o ano passado jogava a médio defensivo na equipa de juniores do FC Porto.

Quantos jogos completos é que a dupla Danilo-Indi já fez junta?
Quantos jogos completos é que a dupla Chidozie-Indi já fez junta?
Quantos jogos é que o Chidozie já disputou na I Liga?

Como é que foi possível, o FC Porto chegar ao absolutamente decisivo jogo da Luz e, para formar a dupla de defesas-centrais, o treinador estar nesta situação?

As razões imediatas são conhecidas.

Segundo a versão oficial, Marcano fica de fora devido a “uma distensão na face posterior da coxa direita”.
E Maicon fica de fora porque … (cada um preencha as reticências como quiser).

Contudo, é preciso recordar aos portistas menos atentos que, há duas semanas atrás, no fecho do mercado de Janeiro, a SAD “despachou” dois defesas centrais:

Igor Lichnovsky, um defesa chileno de 21 anos (era o 4º defesa central do plantel), foi emprestado ao Sporting Gijón;

Maurício Antônio, um defesa-central brasileiro de 24 anos, que estava na equipa B foi, no âmbito do negócio José Sá – Marega, emprestado (?) aos nossos “amigos” do Marítimo.

Eu nem sei o que dizer mas, num clube altamente profissional, com uma estrutura pesada e paga a peso de ouro, tudo isto me parece um bocadinho… amador.

Enfim, boa sorte para o treinador e para os jogadores do meu clube que, logo à noite, irão pisar o relvado do estádio da Luz porque, nas circunstâncias atuais do Clube/SAD e com tantas contrariedades (a maior parte delas com origem interna), bem vão precisar.

18 comentários:

Gonçalo Rodrigues disse...

São "coincidências" em quantidade excessiva nos últimos anos às quais me parece que a tendência são estes erros continuarem a aumentar. Neste momento estamos longe em todos os aspectos da "organização" do clube que iremos defrontar mais logo - no que depende de nós e naquilo que não depende... Espero mais logo e no final da época estar enganado porque tanto uma como outra me parecem ser negras para todos nós Portistas. Infelizmente não acredito em milagres mas sim em competência e essa já abalou há muito dos escritórios daquela Sad.

Fernando B. disse...

FCP único Clube no Mundo que precisa de comprar QUATRO Centrais! Isto diz bem os caminhos que a SAD segue. Inacreditável ACORDA DRAGÃO

bruno borges bayr disse...

que o meio campo seja composto por Danilo, Ruben e André!
ja que temos de fazer ajustes, que se meta o puto a central.

triste realmente vermos este amadorismo, esta péssima gestão de recursos.

eu pessoalmente, vou limitar-me a ver o resultado do jogo amanhã de manhã quando estiver a tomar o meu café, mostra bem o interesse que este porto, a jogar um clássico..

igualmente, estou confiante num 0-2, até porque me parece que os papagaios já estão a cantar vitória..

DC disse...

Outro pormenor que revela a ridícula gestão do clube: Se Gudiño terminasse a época no plantel contaria como jogador da formação. Com este empréstimo já não contará.
Um dia já tivemos gente que sabia o que fazia a gerir o clube, agora temos gente que a única coisa que planeia é quanto vai roubar ao clube em comissões para o ano.

MIguel Alexandre disse...

O que se vê nisto é impreparação e incompetência pelas mesmas pessoas que no FCPorto e noutras alturas fizeram exactamente o contrario.
Ha uma indisfarçável queda abrupta na competência que a SAD consegue dar ao clube e vai ter que ser falada e ajuizada.
La estatei na Luz, sempre com esperança de ganhar.
Miguel Alexandre.

JON disse...

O FCP é hoje alvo de chacota. Parecemos o Benfica circa ano 2000...

Cada vez mais acho que PdC não sai porque enquanto lá está mantém acesso a corredores de poder e informação que lhe interessam, mas na verdade o Presidente já pouco ou nada há-de controlar.

E volto a frisar, assim como estamos, nem Peseiro, nem AVB, nem sequer Guardiola fariam diferença...

André disse...

Sem querer desculpar a administração da Sad não sei até que ponto a ida do Maurício foi decisão da Sad visto ele estar emprestado pelo Portimonense. E como são vários negócios a envolver o nosso clube e o dono do Portimonense já nem se sabe quem toma algumas decisões...

Marco Monteiro disse...

É para ganhar! O resto é conversa, dos fracos não reza a história!

Filipe Sousa disse...

Ter "acesso a corredores de poder e informação que lhe interessa" nao é incompatível com uma gestao capaz; Pinto da Costa nao sai, porque nao pode, está completamente manietado.

Cheue disse...

O Mauricio nem era do FC Porto

Estava emprestado pelo Portimonense.

E de qualquer maneira...qual é a diferença do Mauricio e do Linch para o Chidozie?

A única diferença, na minha opinião , é o Chidozie ter muito mias potencial..

miguel87 disse...

O VP ganhou o último campeonato do Porto com 4 médios no plantel, isto jogando sempre em 4-3-3.

No mesmo ano foi jogar à luz com um banco que tinha 2 jogadores da equipa B e um jogador que tinha sido contratado 1 semana antes.

Dois meses depois foi eliminado da champions tendo que jogar com Moutinho e James acabados de vir de lesão. Só conseguiram jogar uma parte cada um.

Lopetegui foi jogar a 2ª mão de uns quartos de final da champions com os 2 laterais suspensos e sem alternativas no plantel.

Os exemplos de má construção e gestão do plantel já são de há muito (ainda agora o DC apontou mais um), mas enquanto houver treinadores, jogadores e agora pelos vistos árbitros a serem tidos como culpados pelos maus resultados, os verdadeiros culpados passam isentos pelos erros que têm feito.

Paulo Azevedo disse...

Esta gestão dos centrais é das coisas mais deprimentes que já assisti no meu clube. Como é possível chegar à fase crucial da época com 3 centrais, sendo que um deles apresenta problemas físicos há 4 meses!! Eu não queria dizer isto, mas não tenho dúvidas que tem gente dentro da SAD, ou que não estando na Sad têm poder de decisão (fundos, Super empresários?)que querem destruir o clube. Cabe aos sócios agir antes que seja tarde demais!
Nesta conjuntura o resultado de logo pouco interessa.

Ricardo disse...

Nada de surpreendente no F.C Porto versão 2012/2016.

Gudiño em formação não representa muito cifrão$$

DC disse...

Sim, em 6 meses de Chidozie já se sabe que é uma futura estrela. Ouvi o mesmo do Kadu, do Ventura, do Abdoulaye, do Tiago Ferreira, etc, etc

PAULA CARNEIRO disse...

Não entendo como no mercado de Janeiro não se foi arranjar um central, e foi buscar dois avançados

Pedro disse...

Lesões desculpam-se, castigos e situações imprevistas também. O que não se desculpa é que em cerca de 10 centrais comprados... nem 1 se aproveita.

Também é verdade que são os treinadores que potenciam os jogadores.

É só ver o que Jesualdo fez com Pepe e Bruno Alves, o Vitor Pereira até de Maicon fez defesa-direito com bons resultados.

Lopetegui secou-nos, não potenciou nenhum jogador, talvez Ruben Neves... de resto não foi capaz de melhorar o rendimento a nenhum jogador. Isso aliado a um fraco scouting... dá nisto.

Pedro Escobar disse...

Ter emprestado o Gudino perdendo assim a hipótese de ser formado no clube é mais um exemplo do desnorte na gestão do clube.

Francisco Paulos disse...

Esta Sad é o cúmulo da incompetência. Ainda me admiro como há gente que defende o Pinto da Costa.O homem desportivamente já morreu.O que hoje se passa com o nosso plantel nem nos distritais quanto mais numa equipa como a nossa.Incompetência pura por isso devem todos ser corridos.