quarta-feira, 23 de março de 2016

Dragões Diário: pela boca morre o peixe

O Dragões Diário - o mesmo espaço que diz a leitores que escreve o que lhes mandam escrever ao mesmo tempo que publica que são um meio independente do clube...ai quanta confusão naquelas cabeças - ontem decidiu atacar uma das maiores referências da história do FC Porto.
Não é novidade e não dista, em nada, da politica de mensagens de quem lhes pagam. Pelo menos não são as companheiras dos que por lá escrevem que mandam esses bitaites, menos mal. Onde é que isso já se viu? 

Ora bem, Baía enganou-se. E Baía devia ter cuidado. Não porque não seja humano errar - quantos de nós não confundiu datas e nomes na vida, eu o primeiro? - mas porque cada erro que cometa vai ser aproveitado para deixá-lo em ridiculo. É triste quando um clube como este chega a esse ponto, malhar nos seus heróis para proteger-se das incómodas verdades. Baía disse - erradamente - que tinha sido treinado por Peseiro (foi por Couceiro, mas o contexto era o mesmo) e que o FC Porto tinha desinvestido no plantel depois de Dublin ao vender Meireles e Bruno Alves (foram vendidos no Verão anterior mas isso não invalida sequer que esse desinvestimento seja real). Portanto, disse duas verdades enganando-se nos protagonistas. E o Dragões Diário, vigilante como sempre da verdade absoluta, decidiu relembrar os portistas que um personagem assim, que confunde nomes, datas e momentos não merece muito respeito. 

Fico feliz, portanto, que o FC Porto tenha no Dragões Diário um pilar de sabedoria, conhecimento ímpar da história do futebol e dos seus protagonistas e eventos. Porque o Dragões Diário, ao contrário do Vítor Baía - esse tipo que é só o segundo jogador mais titulado da história do futebol - sabe sempre do que fala. 

Sabe?

Na edição de hoje dessa publicação tão impoluta e perfeita, chamo a atenção para o seguinte parágrafo:

"Há 58 anos, a 23 de março de 1958, o guarda-redes Acúrsio marca de baliza a baliza, com um pontapé fantástico aos quatro minutos, que adiantava o FC Porto em casa do Belenenses. Mas essa nem foi a maior façanha do guarda-redes, que sofreu uma fratura  num braço após um choque com Vicente, avançado do Belenenses. Estavam jogados apenas dez minutos e como então não havia substituições, Acúrsio aguentou estoicamente na sua posição até ao fim, um jogo que os Dragões venceram por 3-1."

Ah...esse grande Vicente, um avançado lendário do Belenenses. 
Esse portento goleador, figura ímpar da história do nosso futebol colectivo, estrela indiscutível e um jogador de quem é fácil falar de memória - já para não dizer, consultar o arquivo, coisa para preguiçosos - que curiosamente era defesa-central e não avançado. Esse Vicente - um jogador duro, duro, que o diga Pelé - mas que o Dragões Diário, na sua imensa sabedoria e infalibidade, se calhar confundiu com o seu irmão, um tal de Matateu - esse sim figura histórica dos golos com sabor a Ultramar e habitual goleador em jogos contra o FC Porto durante os anos cinquenta. 

Terá sido Vicente, o central que o DD transformou em avançado a lesionar Acúrsio? Terá sido Matateu, o fabuloso avançado que o DD transformou no irmão a chocar com o guarda-redes dragão?

Não conheço um registo video do episódio em detalhe para afirmar com veracidade absoluta qual dos dois é o protagonista infeliz desta história que envolve um grande portista como era Acúrsio mas a minha maior confusão é não saber que fazer, uma vez que tenho o Dragões Diário por um pilar de máxima sabedoria futebolística e não posso acreditar que os mesmos escribas que nada fizeram pelo FC Porto mas que não tiveram problemas em enxovalhar uma das maiores figuras do clube, sejam incapazes de distinguir entre dois irmãos. 

Amigos do DD, precisam de ajuda com precisões históricas? Olhem, perguntem ao Vítor Baía, ele sim sabe o que é defender uma baliza com as cores do FC Porto. Talvez ele saiba esta!

PS: Foi com Matateu, mas não digam a ninguém!

37 comentários:

HS disse...

Não faz lá muito sentido criticar o que o DD fez em relação aos erros de Baía, se se faz o mesmo em relação aos erros de DD! Criticar quem critica é criticável também!

OAutor disse...

O Vitor Baia enquanto falar na CMTV nunca terá o meu apoio!! Ele se tem coisas a dizer que as diga nos locais próprios! Se tem vontade de ser presidente do FCPorto, e se acha que quem está lá agora, está mal...que concorra às eleições!! Ou só vai concorrer quando tiver o apoio do Pinto da Costa? Gosto muito do Vitor Baia, mas ele que pense bem naquilo que vai dizendo em pleno território inimigo!! Ajudar o clube não está, de certeza absoluta!

miguel azevedo disse...

Tanto sarcasmo com o DD e depois censura-me comentários aqui no blogue.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Miguel,

Dizias?

O Autor,

Falar na CMTV é tão mau, pior ou melhor que convidar directores de Record e Bola para galas oficiais do clube?

HS,

Não estamos a criticar o DD. Só surpreendidos pelo facto de ainda não terem culpado o Baía por confundir dois irmãos históricos do futebol português.

miguel.ca disse...

O Vitor Baia pode ter os defeitos que tiver e cometer os erros que quiser porque para mim, neste momento, Vitor Baia é um herói.
Vitor Baia é o único com os ditos no sítio para falar e acusar aberta e publicamente sobre a vergonha que tem sido a gestão ultra danosa daquela SAD, do que tem sido o homicídio qualificado da nossa identidade, da nossa qualidade e respeito conquistado além fronteiras.
Bem haja Vitor Baia por fazeres aquilo que todos nós devíamos estar a fazer até aquela cambada de comissionistas ser corrida dali para fora.
Tal como Vitor Baia, todos nós queremos 2003 e 2004 outra vez.

DC disse...

Eu gostava de saber se é pior falar na CMtv ou dar comissões a filhos e irmãos em renovações de miúdos da equipa B.
Ou se é pior falar na CMtv ou pelo instagram da mulher.
Ou se é pior falar na CMtv ou sentar-se ao lado do Carlos Pereira depois do que ele disse sobre o Porto.

Por acaso gostava de saber...

OAutor disse...

Miguel Lourenço Pereira

Não vamos estar sempre a falar dessa aberração de convites! É evidente que foi uma vergonha terem convidado essa gente! Mas, vamos estar sempre a lembrar esse convite quando criticamos quem passa a vida nesses canais e jornais a lavar roupa suja em relação ao nosso clube??
Eu estive na assembleia geral e não vi lá o Vitor Baia, e outros tantos que gostam de puxar a si as coisas boas do Porto e sacudir as más! O Rodolfo era treinador adjunto do Porto quando no inicio deste século tivemos 3 anos sem ganhar...já falou disso alguma vez ele? Nessa altura havia mística e gente com muitos anos de casa...e perdemos!!! Por isso fico lixado com Portistas que sentiram na pele o poder da comunicação social lisboeta, e agora andam por lá a criticar o nosso clube!!!

Miguel Lourenço Pereira disse...

OAutor,

Vamos estar a falar a falar "dessa aberração de convites" as vezes que forem necessárias, principalmente quando se acusam referências do clube de coisas muito menos graves.

O Vitor Baía - que deu mais ao FCP e aos portistas que todos os elementos daquela SAD, salvo por um - disse alguma vez alguma mentira sobre a realidade do FCP? Não me parece.

O Vitor Baía convidou o presidente de um clube que insultou e tentou lixar sempre que pode o FCP para o camarote presidencial? Não me parece.
O Vitor Baía critica arbitros e depois elogia os mesmos, arbitros que prejudicaram em N vezes o clube? Não me parece.
O Vitor Baía coloca processos em sócios e adeptos do clube que pensam de forma distinta a quem dirige e o manifestam como lhes dá na gana? Não me parece.

O Vitor Baía podia assinar uma coluna no Record, ter um programa só para ele na CMTV e jantar com o director da Bola que, ainda assim, teria feito mil vezes menos dano ao FCP do aqueles que o criticam por isso desde dentro do clube.

Paulo Rodrigues disse...

Pois é critica-se Vitor Baia por falar na CMTV ( não é o melhor sitio para o fazer é certo) mas será assim tão grave? É que sinceramente de todas as antigas glórias só vejo uma a falar como se o clube estivesse bem e cheio de saúde.

Não será mais grave os ordenados chorudos dos administradores da SAD?
Não será mais grave as elevadas comissões de passes de jogadores a parentes e admins da SAD?
Não será mais grave o Presidente fugir a questões pertinentes?
Não será mais grave o desnorte do clube?

Mas o criminoso é o Vitor Baia...

Paulo Rodrigues disse...

Miguel concordo em pleno!

OAutor disse...

Eu concordo com o que diz o Baia, o problema é que ele dizer isso na televisão é mais prejudicial do que benéfico para o clube! Acho que ele deveria ter avançado para as eleições. Ai sim, iria fazer campanha e chamar a atenção do porquê da sua candidatura, e provavelmente até votaria nele!
Acho que sim, se avançasse era algo de muito benéfico para o clube!
E para que fique bem claro, o Vitor Baia não está em causa, sempre o admirei e ninguém pode por em causa tudo aquilo que fez pelo clube, é um dos maiores nomes da nossa história!

Miguel Lourenço Pereira disse...

OAutor,

Querer ou não ser candidato é uma decisão exclusivamente pessoal do Vitor Baía.

Isso não o invalida - nem a ele nem a ninguém - de manifestar a sua opinião pessoal sobre o clube onde bem entender.

miguel.ca disse...

Na mouche DC.

miguel.ca disse...

Lol! Avançava para as eleições? Alguém avançou para eleições nestes últimos 10 anos? Claro que não. Ninguém quer ter aqueles tipos da segurança privada à porta de casa!

OAutor disse...

miguel. ca - Então qual é a solução?? Já que os criminosos estão dentro do clube, e segundo o que disseste, nem sequer deixam alguém apresentar uma candidatura. Diz-me o que nós, adeptos podemos fazer? É fácil mandar bocas aqui no blog, todos nós fazemos! Mas existe uma pessoa que em directo disse para o país inteiro que queria ser presidente do FCPorto! Eu só disse que essa pessoa, neste caso o Vitor Baia, deveria avançar para eleições! Se calhar perdia, era o mais provável...mas abria caminho para a sucessão de Pinto da Costa! É a minha opinião, claro que ele é livre de fazer o que quiser...só estou a olhar para o que é melhor para o clube!!

Daniel disse...

Penso que não faz qualquer sentido andar aqui a comparar quem faz pior, se a SAD ou o Baía.

No meu ponto de vista, o Baía tem todo o direito a ter a sua opinião mas podia oferecer a sua válida opinião nos locais próprios para o efeito, aka, Assembleias Gerais.

Não me parece que dar a sua opinião na casa do inimigo seja benéfico para o nosso clube. Os nossos problemas tratam-se na nossa casa.

Isso não invalida tudo o que de errado a SAD tem andado/ anda a fazer...

pedro carmo disse...

"Ninguém quer ter os tipos da segurança privada *a porta de casa"

tudo serve....

a comunicação social lisboeta conseguiu finalmente educar muitos portistas. A fama real, ou não está lá....

O baia é e será idolo, mas como muitos de nós precisa de ganhar a vida. é a CMTV que lhe dá essa opção, e ele faz o que o patrão manda, como a esmagadora maioria de nós.

Pedro disse...

Acho ridiculo sequer tentar pegar por qualquer um dos lados desta questão.
O DD diz o que quer, engana-se umas vezes, acerta na mouche em outras. O VB a mesma coisa.

Mas da mesma forma que critico o endeusamento da SAD por alguns, também não percebo esta súbita admiração pelo VB. Ele que um dia se achou maior que o clube e foi colocado no sitio por um tal de Mourinho. Ele que tem zero competências para falar de gestão e decisões acertadas. Ele que fala de mística mas que nem sabia quantos portugueses tinha a equipa na final de Dublin. Ele que para uns foi um heroi, para outros foi mais um. Ele que para uns é um simbolo da "resistência" contra SAD, para outros é um gajo que diz o que o patrão quer a troco de algum dinheiro para pagar as dividas.

miguel azevedo disse...

Se me estou a queixar é porque já me censurou. E não foi uma vez. Nem duas. Nem três.

meirelesportuense disse...

O problema é que quem mais critica a aparente censura no Clube, faz censura indiscriminadamente no blogue.
Vicente e Matateu eram irmãos, jogaram múltiplas épocas no Belenenses, um era defesa e outro avançado. Ambos chamavam-se Lucas e os dois foram Internacionais por Portugal.Vi-os jogar os dois nas Antas assim como vi o Quinito...E quem não suporta erros de uns não pode criticar quem chama a atenção dos erros dos outros...Quem tem telhados de vidro, tem de comprar e usar todos os momentos um capacete de caço!...E preciso que a vergonha se faça sentir no rosto dos homens.
Quanto ao Baía acho que ele está a ser manipulado por muita gente devido à situação complicada que vive. Isso não deveria permitir que ele se deixasse envolver nestas matérias...

meirelesportuense disse...

Mas talvez não fosse nada errado que o Miguel verificasse que o Vicente veio para o Belenenses para jogar como avançado!...Depois é que se fixou a defesa!...A ânsia de dizer ou fazer mal a alguém mata...Pela boca morre o peixe.
"Se chegou a Lisboa envolto na expectativa de seguir as pisadas goleadoras do irmão, rapidamente desmentiu essa fantasia e criou uma verdade bem mais a seu jeito: a de ser um defesa de categoria ímpar, de técnica apuradíssima e rapidez de movimentos impressionante."

Nuno de Campos disse...

Absolutamente de acordo. O Victor Baía faz o trabalho que lhe pagam para fazer, que é expressar a sua opinião. Se achar que deve elogiar a actuação da SAD por certo que o fará. Se o Porto ganhar, por certo que vai ficar contente, por certo que vai gozar com os nossos rivais. Infelizmente, nos últimos 3 anos não há muito para louvar.

Alertar para esse facto, na CMTV ou em qualquer outro lugar, é prestar um serviço ao Clube. Não se confunda defender o Clube, com defender os interesses e os empregos dos administradores da SAD. De momento e infelizmente, são dois propósitos diferentes, senão mesmo incompatíveis.

Gostava de relembrar que o Víctor Baia foi funcionário desta SAD. Trabalhou como director de Relações Internacionais, na expectativa de um dia ter um papel mais ligado ao futebol profissional. Não é segredo, ele fez questão de esclarecer este tópico em público. Quando Pinto da Costa o preteriu em favor de Antero Henriques, demitiu-se. Não ficou acomodado a ganhar um ordenado chorudo num papel que não lhe interessava.

Dizem que devia expressar a sua opinião numa Assembleia Geral. Mas ele expressou inequivocamente a sua opinião quando pediu a demissão. Victor Baia não tem que expressar a sua opinião numa Assembleia Geral como um sócio qualquer, porque ele não é um sócio qualquer. O seu passado excepcional dá-lhe a opção de expressar a sua opinião onde bem lhe apetecer, e de ser bem pago por isso. Preferia por certo expressar a sua opinião no seio da SAD, em vez de o fazer na televisão. Mas só não o faz porque Pinto da Costa achou a opinião de Antero Henriques mais acertada, e as suas competências mais valiosas.

Pode até alegar-se que Victor Baia não tem capacidade para desempenhar o papel que Antero Henriques tão bem tem desempenhado e que até lhe valeram recentemente uma promoção a administrador. Será mesmo verdade? Os resultados - desportivos e financeiros - estão à vista.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Pedro,

"O DD diz o que quer, engana-se umas vezes, acerta na mouche em outras. O VB a mesma coisa."

Naturalmente. Eu aceito todo e qualquer erro (não é o primeiro, não será o último do DD) mas quando este espaço deixar de crucificar jogadores históricos do FC Porto por fazer o mesmo.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Miguel Azevedo,

Seguramente foram merecidas. No RP não censuramos opiniões de portistas, se as formas não acompanharem a opinião de forma educada ou se o comentário for despropositado, não se publica. Antes de verificar se foi "censurado", analise o conteúdo do comentário!

Miguel Lourenço Pereira disse...

Meireles,

O texto é ironicamente, de forma propositada.
Sei perfeitamente que o Vicente veio para Portugal como avançado - aliás Matateu sempre o considerou superior a ele. Mas, como profissional, o Vicente jogou 95% da sua carreira como central - um dos melhores da história do futebol português já agora.

É obvio que o protagonista do episódio era o Matateu (fontes de consulta do episódio há muitas) e que o erro foi lapso. Do mesmo modo que o Baía, seguramente, também cometeu um lapso. A diferença é que ninguém, até o DD se lembrar ontem disso, decidiu começar a fazer de lapsos "noticias".

meirelesportuense disse...

O DD faz no seu newsletter várias abordagens ao universo FCdoPorto e dá uma panorâmica da actualidade do Futebol e nas Diversas modalidades. -Entre essas abordagens surgem as de reavivar certos momentos mais ou menos importantes para o Clube. O comentário a esse jogo em que se notabilizou Acúrsio -também do meu tempo, embora muito curtinho- aconteceu, por uma questão, penso eu, simplesmente cronológica. Estamos em Março o jogo realizou-se em 23 de Março de 1958!...

miguel.ca disse...

A solução seria obviamente alguém com reconhecida capacidade avançar para uma candidatura concreta e com um programa assente na mudança de rumo.
Quanto à teoria dos capangas, obviamente que estou a teorizar mas nunca deixei de achar tremendamente estranho que uma SAD como a do FC Porto não atraia uma quantidade substancial de gente interessada em tomar-lhe as rédeas, não achas?

meirelesportuense disse...

Mas devo dizer alguma coisa mais relativamente a Vítor Baía...Uns dizem que ele era benfiquista quando era pequenino e depois se transformou em Portista. Outros garantem que não era nada assim sempre fora Portista. outros ainda afirmam que ele sempre foi e continua benfiquista. -Já vi muitos afirmarem-se "assim" e depois transformarem-se em "assado" até abalarem as minhas convições...O importante é que Baía é uma figura incontornável e impossível de apagar dentro da história do Futebol Clube do Porto, mas também é verdade que muitos dos que hoje o apoiam firmemente fora do Clube, moveram-lhe campanhas autenticamente destrutivas quando ele era jogador do Porto e do Barcelona e tentaram acabar com a carreira dele dentro do Futebol e da Selecção Nacional...Será que ele não tem sequer um pouquinho de memória desses momentos não tão distantes assim?
-Eu não esqueceria jamais os episódios passados durante o Euro 2004!...
O Euro 2004 foi escolhido como momento de arranque para a tentativa de destruição de muitas personalidades Portuguesas...Recuem um pouco e reanalisem esses anos...Quem foi posto em causa desde que alguém se decidiu a levar a cabo esse evento e a construir para ele e para a maioria dos Clubes Nacionais os célebres novos Estádios Portugueses?...Muita e boa gente. E muita dessa gente continua ainda hoje sob suspeita absoluta. Quem terá dado origem e promovido essa campanha de destruição e amesquinhamento do núcleo central que levou avante a Organização desse Campeonato? Quem tomou a peito a destruição dessas personalidades?...Um dia essa história vai ser melhor contada com mais e melhores condimentos ou pormenores e nessa altura, muita coisa, hoje envolta em completo mistério, vai fazer finalmente algum sentido.

Hugo disse...

Era bom que o Baia fosse as AG em vez de se limitar a cm tv. Tb criticar as vendas do B.Alves e do Meireles quando se andaram a poupar para o Mundial de 2010 e o pai do B.Alves mandava constantemente recados, abona pouco a favor do Baia.
Em suma, Baia nunca sera solucao para lider mas claro que estas bocas do DD sao ridiculas.

José Correia disse...

O Vítor Baía é comentador da CM TV, como o Pedro Marques Lopes (grande apoiante de Pinto da Costa) é cronista de A BOLA e comentador de A BOLA Tv.

O Vítor Baía é cronista no Record, como Rui Moreira (Presidente da Câmara Municipal do Porto e defensor intransigente do Porto e do Norte) é cronista do Correio da Manhã.

O problema, como é óbvio, não é o Vítor Baía ser cronista do Record ou comentador da CM TV.

O problema é o Vítor Baía ter dito, alto e bom som, aquilo que muitos portistas dizem nos cafés e bancadas do Dragão.
O problema é o Vítor Baía ter criticado abertamente a política desportiva seguida nos últimos anos e ter dito umas verdades sobre esta SAD.
E, como é sabido, há verdades que doem mais do que punhais espetados em carne viva.

José Correia disse...

Quanto ao ‘Dragões Diário’, conforme ficou claro na última AG do Clube, escrevem aquilo que lhes mandam escrever.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Meireles,

"O DD faz no seu newsletter várias abordagens ao universo FCdoPorto e dá uma panorâmica da actualidade do Futebol e nas Diversas modalidades. -Entre essas abordagens surgem as de reavivar certos momentos mais ou menos importantes para o Clube. O comentário a esse jogo em que se notabilizou Acúrsio -também do meu tempo, embora muito curtinho- aconteceu, por uma questão, penso eu, simplesmente cronológica. Estamos em Março o jogo realizou-se em 23 de Março de 1958!..."

Não está em causa o texto nem o facto em si.
O DD pode e deve relembrar momentos históricos do clube utilizando o pretexto que melhor considere (habitualmente utilizam a cronologia) e parece-me uma boa iniciativa.

O que não pode é usar esse espaço para atacar uma das maiores figuras da história do clube por ter cometido dois lapsos e depois cometer os mesmos sem pedir desculpa pelo erro. Todos nos enganamos alguma vez e todos voltaremos a cometer erros de factos ou personalidades - eu o primeiro - mas se o DD não tem problemas em criticar o Baía pelo ter feito hoje podia perfeitamente ter corregido o erro, especialmente porque dizem, regularmente, que são leitores atentos da bluegosfera (olá Francisco ;-)!).

Mas o que fez hoje o DD?
Decidiu tentar crucificar outro espaço da Bluegosfera que diz aquilo que alguns não querem ler/ouvir.
O Pravda não era um espaço diferente até porque, ali, também escreviam o que lhes mandavam e escreviam tanto contra o inimigo do outro lado da cortina como contra os "dissidentes" internos.

DC disse...

Já agora, essa do Baía ir falar para as AGs apenas é porquê? Alguém teve acesso ao conteúdo da AG? Ou o Porto é só para os sócios que vão à AG?
É que se é, faça-se um estádio com 100 cadeiras só, já que os outros não têm direito a crítica.

O que custa a muitos é o Baía expor os podres num meio de comunicação generalizado, em vez de andar só a falar baixinho. Ia falar à AG, tudo muito bonito, as coisas ficavam por lá. Mudos e calados, toda a gente iria dizer que correu bem e até que se bateram palmas ao PdC.

Faz muito bem o Baía, o Carlos Abreu Amorim e todos os outros. Quando o rei vai nu não é o puto que fala que está errado.

Mário Rui magalhāes disse...

Boa tarde,

Apesar de concordar bastante com algumas das opinioes transmitidas pelo VB, e de ser de mau tom o facto de ser criticado pelo DD, o que me parece estranho e a defesa feita pelo Miguel se basear em tudo o que VB fez pelo Porto...
Entao o que pensar sobre as criticas feitas, post sim post sim, a essa figura menor do nosso clube chamada JNPC???!!!!

Cumprimentos

MM

Miguel Lourenço Pereira disse...

Mário,

Fácil.
O Baía fala a titulo pessoal e nunca teve nenhum acto que fosse negativo para o presente e futuro do clube. É um cidadão portista que opina nos meios que lhe pagam para isso, além de ser uma referência histórica do clube fora do activo.

O presidente do FC Porto é isso mesmo, o presidente do FC Porto. Ganha o seu salário, toma decisões que têm impactos negativos no presente e futuro do clube e ainda que isso não minorize o seu glorioso passado, está em serviço activo do clube e deve-se apenas e exclusivamente avaliar a sua gestão presente ao que está ou não está a fazer agora.

Hugo disse...

Nao e apenas na AG. Alguem que diz que varria toda a estrutura e semanalmente faz felizes anti-portistas primarios, o minimo que se esperava e que fosse a AG. Ate podia nao fslar mas marcava presenca,
Ou ja se esqueceram como ele no ano passado veio desvalorizar o colinho do regime?

Silver(io) disse...

Esse Vicente - um jogador duro, duro, que o diga Pelé...
até tu..como diria o outro,pois isto de atirar pedras....
Vicente jogador e defesa central de marcação,era leal e jogava na antecipação tendo nos jogos com o Brasil marcado Pélé,mas sem nunca o magoar.Quem o atingiu com violência no Mundial em Inglaterra de 1966 foi o Morais o do "cantinho"e jogador dos kalimeros,os diferentes!
O seu a seu dono.