quarta-feira, 16 de março de 2016

Falar com os mortos, a nova mentira anti-Casillas da imprensa espanhola


O jornal online espanhol El Confidencial publicou hoje uma noticia em que afirmava falsamente que Jorge Nuno Pinto da Costa tinha dito, num jantar, a amigos e conhecidos, que a contratação de Iker Casillas era "um fiasco".

"El fichaje de Casillas ha sido un absoluto fiasco. Iker no sólo no ha cumplido ninguna de las expectativas que teníamos, sino que nos ha costado partidos, la Liga y nuestra eliminación prematura en Champions (...) Su sueldo es inasumible para el club. Si se va a EEUU, porque me han dicho que el New York City lo quiere, será la mejor operación que hayamos hecho."A noticia é falsa. 

Bem, a noticia pode até partir de uma verdade - ninguém pode dizer que, em algum momento, Pinto da Costa não tenha afirmado isso mesmo a alguém - mas no contexto em que foi dado é de uma falsidade atroz e absoluta. Porquê? Porque, entre outras coisas, linhas depois, a publicação cita como a casa e o protagonista do evento onde Pinto da Costa terá dito isso - informação que mais tarde, por artes mágicas, chegou a um jornal de Madrid - a residência de José Mello. 

"De cara al público, Pinto da Costa aparece como un padrino para Casillas, pero el presidente del Oporto, famoso por sus vehemencias, lleva tiempo desabrochando su lengua y cargando contra el exmadridista. Sucedió en los primeros días del mes en curso, durante una cena en el domicilio de José Manuel de Mello, magnate de los negocios en Portugal y simpatizante del Oporto."

Ora, José Manuel de Mello era, sem dúvida, um adepto portista, conhecido e amigo de Pinto da Costa, entre outros elementos do clube. Mas é difícil conhecer a sua opinião sobre Casillas porque, quando faleceu, em 2009, vítima de uma doença prolongada, o guarda-redes espanhol ainda era futebolista do Real Madrid, não tinha nem sido campeão do Mundo nem sequer tinha coincidido com José Mourinho, o homem que precipitou a sua saída do Santiago Bernabeu, então a viver o seu primeiro ano em Milão. Claro que o El Confidencial mente. Isso ou Jorge Nuno Pinto da Costa reúne-se com mortos que depois divulgam a jornais online espanhóis a informação trocada durante esses jantares. 

Está claro que esta noticia não tem nada a ver com o FC Porto.O El Confidencial é um jornal espanhol - afecto à direcção do Real Madrid - e está preocupado apenas em ressalvar todo o elemento negativo que se possa associar a Iker Casillas. Eu próprio fui entrevistado pelo jornal há umas semanas atrás sobre Casillas - por outro jornalista - e tenho amigos na redacção desse jornal, por isso sei do que a casa gasta e sei que perguntas me foram feitas e em que contexto se publicaram algumas afirmações sobre o jogador espanhol. Sei, sobretudo, que o objectivo de um artigo assim é alimentar o debate sobre a potencial titularidade de Iker Casillas no Euro 2016 com Espanha, enfrentando o seu momento negativo com mais um ano excelente de David de Gea em Mancheter. De Gea que é, como todos sabem, uma prioridade para Florentino Perez na planificação da próxima temporada. Um debate quente na imprensa espanhola estes dias e com consequências futuras. Estão a perceber não estão?

A verdade é que o El Confidencial sabe absolutamente zero do que se passa no FC Porto. Zero é zero. E muito menos no que diz respeito ao que Pinto da Costa pensa ou diz. Durante o mandato de Lopetegui a presença de jornalistas espanhóis no Porto aumentou, fenómeno ampliado com a chegada de Casillas, mas as suas fontes eram sempre de jogadores do balneário ou do staff técnico, nunca da cúpula do clube que não mantém relação com a imprensa espanhola e muito menos jornais online. Que um jantar de amigos gere numa noticia que, pasme-se, só o El Confidencial consegue, obviamente que é para desconfiar. Se já metemos mortos ao barulho, a situação cai na tragicomédia.A noticia já foi alterada porque o jornalista em questão foi avisado por vários portistas - eu incluído - da mentira que afirmava mas não existe no jornal nenhuma ressalva a essa mudança. Desapareceu o nome do falecido mas não o contexto. Percebe-se porquê se, mais abaixo, entre os comentários de portistas indignados se ler o que dizem os espanhóis, reforçando essa corrente de que Casillas é indigno de ser titular por Espanha. Noutros espaços chamar-se-ia a um artigo assim uma encomenda, algo que visa o FC Porto indirectamente porque gera um mal-estar quando o alvo, realmente, é outro. O clube deveria denunciar publicamente o espaço e obrigar o mesmo a retratar-se com base na informação publicada originalmente e que, ainda apagada, se encontra acessível.

O problema de noticias assim é que se tornam rapidamente conhecidas em todo o lado e como não há nem desmentido nem correcção, o mundo vai seguramente pensar que se trata de uma verdade quando não passa de uma vil mentira. Repito, Pinto da Costa pode pensar isso - há muitos portistas, eu incluído, que o pensa - mas não o afirmou nesse contexto nem está interessado em desestabilizar, ainda mais, o nosso guarda-redes titular. É perfeitamente possível que Casillas saia do clube em Junho (a saída de Lopetegui foi um duro golpe) especialmente porque o seu abandono da seleção é quase inevitável com a saída de Del Bosque e portanto a sua presença numa liga europeia torna-se menos relevante. Não disputar Champions de forma garantida pode pesar nisso. Mas noticias assim, falsas, não ajudam em nada. O FC Porto é vitima colateral de fogo cruzado noutra batalha mas não deve ficar calado quando se colocam mentiras na boca de um Presidente sobre um jogador da casa, seja ele quem for. O Clube tem a palavra, o Presidente e Casillas a nossa solidariedade.
   

10 comentários:

José Rodrigues disse...

Lá como cá, há pasquins rascas e nojentos...

Diga-se de passagem q por muito menos do q isto provavelmente já tinha caído mais um processo em cima de um MST, mais rápido do q um raio. Mas aparentemente a Direção só presta atenção ao q os portistas dizem, os pasquins podem fazer as acusações nojentas q quiserem que «no pasa nada».

bruno borges bayr disse...

que o casillas é o maior fiasco do FCP que não haja dúvidas!

o el confidencial não merece nem que lhe atendam o telefone..

DC disse...

O Bruno Borges a continuar assim vai receber uma proposta de emprego do El Confidencial ou da Bola. A forma de pensar e de disparatar sobre o Casillas é a mesma.

José Rodrigues disse...

Por acaso eu acho q a contratacao de Casillas nao fez sentido, nao valeu a pena. Mostrei cepticismo na altura e o tempo infelizmente mostrou q tinha razao para esse cepticismo (a meu ver). A mais valia desportiva e comercial nao justificou de todo os 2M/ano q veio ganhar.

Daí a dizer q o Casillas "é o maior fiasco do FCP"... bem, vai uma ENORME distancia. Quem nos dera q fosse mesmo, era bom sinal.

Antonio Silva disse...

Zé, quem é que contratamos no passado defeso que tenha realmente valido a pena?

Casillas, não.
Imbula, não.
Osvaldo, Deus me livre!

Sei lá, só o Danilo e o André André é que foram contratações positivas embora o André já anda em baixo de forma há uns bons meses.

Carlos disse...

E reparem que o texto do jornal já teve várias edições desde esta manhã

Luís Vieira disse...

Subscrevo.

Quid disse...

Essas noticias são plantadas em Espanha pelos Gabrieis, Delgados, Pinonas, Maleiros.. qual é a dúvida?!

A Nationale Propaganda não brinca em serviço.


Miguel Lourenço Pereira disse...

Quid,

O jornalista que escreveu esta noticia não sabe sequer quem é essa gente. A noticia vem por outro lado e com um objectivo que nada tem a ver com clubes de Lisboa. Não vale a pena entrar em teorias de conspiração.

Já agora, quando o AS sacou noticias sobre a corrupção e o Colinho, a fonte era o próprio staff de Lopetegui!

Pedro Reis disse...

E isto é notícia que nos interesse neste momento???
Estou é preocupado por logo a seguir à notícia, o PdC ter vindo anunciar a possibilidade de renovação/extensão do contrato com o Casillas... É mesmo daquelas jogadas "à Pinto da Costa dos últimos anos", que nada acrescentam e só servem para entreter o povo em tempo de eleições! Parece que teve necessidade de se justificar... totalmente a despropósito. Talvez sirva também para abafar os ecos da Assembleia Geral em que mais uma vez o FCP foi notícia pelos maus motivos.