segunda-feira, 2 de maio de 2016

Diferença de tratamento

Após mais uma derrota para o campeonato - este FCP de José Peseiro continua a bater recordes pela negativa... - houve quem comentasse que a sorte do treinador é «não ser espanhol, ao contrário de Lopetegui».

Pois bem: é verdade que a contestação a Peseiro não assumiu contornos extremos, mas parece-me que as razões para isso são bem mais prosaicas e passam por duas vertentes:

1) uma certa «anestesia» dos adeptos vis-a-vis um campeonato em que a nossa posição final está mais do que definida. O desânimo - e até mesmo a indiferença - apoderou-se de imensos portistas, que entraram psicologicamente «de férias»

2) a convição de que Peseiro tem um «prazo de validade» que não vai para além de umas semanas, estando já o seu destino traçado (i.e. fora do FCP). Para quê então «bater no ceguinho», passe a expressão?

Acho portanto errado tentar descortinar nesta diferença de tratamento entre Peseiro e Lopetegui uma xenofobia da parte da maioria dos adeptos (diga-se de passagem que a meu ver mais depressa haveria preconceitos contra um «mouro» como Peseiro do que contra um estrangeiro, no que diz respeito à maioria dos portistas que são do Norte do país). Acho aliás que não só isso é errado, como é até mesmo altamente injusto.

Entre os adeptos há de tudo, claro (incluindo xenófobos), mas temos uma longa tradição no FCP de receber bem quem vem de fora, Espanha incluída. O próprio Lopetegui foi inicialmente muito bem acolhido, tal como o próprio declarou na altura. O problema dos adeptos com Lopetegui (que aumentou de forma gradual) esteve - como sempre no que diz respeito a treinadores - nos resultados e exibições. 

Mas em muito menor grau, houve outro factor que alguns confundem com xenofobia: Lopetegui teve também um problema com os adeptos que passou não por ser espanhol ou estrangeiro, mas sim um espanhol ou estrangeiro que demonstrou bastante «autismo» e arrogância não tendo feito um esforço de adaptação à «realidade FCP» (a forma como os pequenos defrontam o FCP, a rivalidade FCP-slb, o jogo dos Media, etc). Nada mais natural que isso não tenha «caído no goto» dos portistas.

13 comentários:

Pedro disse...

Também entra nas contas Lopetegui o facto do estilo de jogo nunca ter entrado no "goto" dos adeptos. Mais até do que as suas pobres capacidades de adaptação.

Independentemente da personalidade teimosa e fechada, Lopetegui contou também com a conivência de uma estrutura que o devia ter "educado" ao máximo sobre o que é o futebol português.

Um bom exemplo foi a forma como abordou o Porto-Boavista.

Ainda assim o ser Espanhol não lhe trouxe de facto muitas simpatias. Existem algumas ideias pré-concebidas e rivalidades bacocas.

WTF disse...

Desculpem a minha expressão, mas acho que a partir de um determinado momento, o nosso clube entrou infelizmente em modo "sefoda"! É triste, mas é verdade.

André Guimarães disse...

De facto Lopetegui foi tão bem recebido...até por nós Portistas...que logo no jogo de apresentação, foi presenteado com assobios!
Desde o 1º treino que foi gozado, por ter uma torre...que agora toda a gente tem, mas agora é inovação!

Paulo Marques disse...

Depende de que adeptos falamos, há certamente xenófobos em todos os grupos, ainda para mais num país a caminho do terceiro mundo. Porque razão a maioria nunca gostou do basco não sei, até porque está muito longe dos piores que não ganharam nada.

reine margot disse...

Sobretudo foi muito mais fácil a campanha feita pelo benfas na cs... ora vamos lá pegar num estrangeiro que não é simpático, e usar aqui o condimento necessário para atear o fogo! ... e o povo emprenhou pelas orelhas...
ao peseiro não se pode fazer o mesmo
até porque é um genuíno ribatejano...

Miguel Magalhães disse...

Poderemos acrescer a tudo isso o facto de desde cedo o Lopetegui ter chamado os bois pelos nomes no que se refere ao continuo favorecimento do Benfica por parte das arbitragens.
Ora, isso valeu-lhe desde logo uma forte animosidade por parte da comunicaçao social e afins com uma constante campanha anti-Lopetegui.
Se em cima disto acrescentarmos um silencio absoluto da outrora famosa "estrutura" do Porto, tanto a defender o treinador como a corroborar as suas afirmaçoes, e um grande numero de adeptos que cada vez mais emprenha pelos olhos e ouvidos, temos uma equaçao que só poderia acabar mal.
Idependentemente de tudo o que é referido, e que é verdade, também é verdade que se não fossem os pontos que o Benfica ganhou às custas das arbitragens o Porto teria sido campeao - mas nesse caso possivelmente teriamos mais um marreta que só era campeão graças à tal "estrutura", uma espécie de Vitor Pereira versão espanhola. Ah, e obviamente que as vendas de jogadores num total de cerca de 100 milhoes foram apenas mérito da "estrutura"

Luís Vieira disse...

Lol, lacónico e realista.

Carrela disse...

As vertentes que apresenta contam, mas tenho para mim, que o que mais contou foi de longe, a PROPAGANDA CENTRALISTA!
A maioria comeu todo o que esta vomitou... nem deram tempo para criar opinião, foi desde o 1º dia a fazerem o papel de papagaios da propaganda!
Veja-se o que se passou no jogo de apresentação... PATÉTICO!
A culpa sobe e acaba na falta de liderança de quem dirige o nosso clube!! Porque NADA fez para proteger os nossos.
Mas isso não invalida a triste realidade, a maioria dos adeptos do FCP são uns comidos pela propaganda!

cumps,

Pedro disse...

Não tenho nada contra Peseiro como nunca tive nada contra o Lopetegui, para mim o que me irrita e o que me meteu farto desta situação toda é o facto dos dirigentes portistas incluindo Pinto da Costa se acharem mais espertos que nós todos, que andam a dar cabo do clube até ao tutano. Mais uma vez vemos o nosso clube na lama nos tribunais, foram para lá dizer que não sabiam de nada, então aquilo tudo aconteceu vindo do céu. Acham-se donos do clube atiram-nos areia para os olhos, etc etc etc fartei-me desta cagada de gente que não vale nada !!!! Não perco mais o meu tempo com esta gerência e com este clube que se tornou no pior dos 3 grandes, perdemos contra tudo e contra todos.
Ainda tenho que aturar conversas do tipo: a culpa é do Lopetegui, fixe era o sporting ser campeão em vez do benfica algo deste tipo, que tamos em pré epoca, para os jogadores se esforçarem que estão a ser avaliados.
Quando começo a ver coisas como a do Raul Godino ser emprestado e ficarmos com menos um formado no clube, quando temos falta de defesas centrais emprestamos o Maicon e contratamos maregas e guarda redes.
Oiço muitos portistas a concordarem com isto cheios de areia nos olhos, é isto que o nosso clube se tornou, é isto que nós portistas nos tornámos ? conformados com tudo isto " porque o Pinto da Costa é que sabe " então fazemos assim, mudamos o nome do clube e passa a ser Futebol Clube Pinto da Costa -FCPC- que dizem ?
Tá tudo tolo tá tudo cego ??? que merda é esta ???
Por isso não, não tenho nada a favor ou contra dos treinadores que se falou no post mas sim contra quem se acha mais esperto e que quer passar nós todos por tolos burros e ignorantes.... É isto que sinto ao ouvir o PdC, antes fazia os outros de burros, agora faz nós portistas sentirmo-nos estupidos.
Sinto esta gente estes dirigentes a atirarem-se contra nós, nós que tivemos sempre lá. Depois de 16 anos a seguir o FCP em todos os jogos fosse pela tv ou ao vivo, depois de acompanhar com gosto entrevistas e conversas de PdC e outros dirigentes do clube, parei à cerca de 4 meses. Acompanho o Reflexão Portista e o Tribunal do Dragão.

Miguel Pinto disse...

Não há contestação ao Peseiro pelo simples facto que os portistas sabem que têm culpa na troca do treinador a meio da época, troca essa com os resultados absolutamente ridículos que vemos.

Nada tenho contra o Peseiro(bom moço, simpático e tal), mas demonstrou uma burrice tal ao querer mudar radicalmente o estilo que estava implementado, que bem ou mal, perdeu em ano e meio metade das vezes que o este FCP perdeu em 3 meses, que faz com que mantê-lo ser mais um tiro no pé.

Este apenas foi contratado e poderá se manter apenas para ser um pau mandado da SAD e não contestar a politica desportiva e comunicativa que esta tem vindo a praticar desde o apito dourado.

Pode vir o CR7 e o Messi, com esta atitude da SAD e o sistema implementado no futebol português, vamos jejuar muitos anos.

Precisamos de um treinador motivador e entusiasta(tipo simeone) como foi Mourinho e que conheça os poderes da nossa liga, pode nem perceber de futebol. E de jogadores raçudos que não caiam ao 1º roubo das arbitragens. Prejudicados sp fomos, mas a qualidade e a raça da nossa equipa ultrapassavam esses roubos. Deixar de contratar Maradonas e contratarmos mais Paulinhos Santos só assim é que invereteremos a situação

miguel.ca disse...

Por falar em "modo sefoda", o nosso prescrito Presidente resolveu atacar mais um ilustre conhecido portista, neste caso Rui Moreira, dizendo que o projecto 611 foi um sucesso...

...

...
Pronto, já parei de rir!
Eu gostava que o Presidente me relembrasse qual foi o objectivo do projecto 611 e quantos jogadores da formação atingiram os quadros da equipa principal!
Ruben Neves? 4 anos mais tarde? Um único jogador?
Isto é sucesso Jorge Nuno?
Ou o sucesso pretendido era apenas o encaixe financeiro da alienação dos nossos miúdos para gerar comissões na ordem dos 1.3 milhões por ano no bolso do Alexandre?

bruno disse...

concordo plenamente com o último parágrafo do Miguel Pinto.

o lopetegui vai ter no cv dele, o FCP como o melhor e maior clube que alguma vez vai treiinou, para mim a pieguice das queixinhas da arbitragem são de derrotistas com desculpas para tudo, a culpa é sempre dos outros.
não ganhou nenhum título a época passada, com muito bom plantel, por culpa própria, e como se não bastasse, fomos enxovalhados na alemanha.
esta época mais do mesmo, portanto, lopetegui tem de ser mais do que caso encerrado, nem sei porque ainda se fala dele.

no que toca a estas decisões da administração, vai de mal a pior, em mantê-lo mais uma época, despedi-lo com um péssimo timming, estar 3 semanas sem alternativa, e como não podia ser pior, contratar o peseiro. logo não satisfeitos, da merda toda feita, pimba, brilhantemente atiram as culpas a... lopetegui.

cheira tudo mal, mas continuar a falar de lopetegui, não melhora nada.

e do peseiro, simples, o tipo jogo sim, jogo sim, queixa-se do pênalti por marcar, haja paciência, isso é de treinador de tondela e afins. não serve para o FCP.
não ganha jogos, porque o FCP joga uma merda, e tem uma defesa que piora de jogo para jogo, aliado a um frangueiro com ordenado principesco na baliza.

Felisberto Costa disse...

Peseiro é da terra do Rui Vitória, logo tem uma imprensa "benéfica", cerejando o bolo com a triste campanha que o FC PORTO está a fazer, que de facto levou muitos adeptos ao tal "modo ksefoda"...
E depois, barafustamos como velhas baratas tontas, mas seguimos passo a passo a Bola, o Record, o Correio da Manhã e nos cafés do Porto é ver quem bate quem: SIC ou TVI!!!!
Honra seja feita ao Beira Alta, o único café da cidade que tem a televisão sempre ligada no... Porto Canal!!!!!