quinta-feira, 2 de junho de 2016

Nuno, velho perfil, novo confronto

Nuno Espirito Santo é o novo treinador do FC Porto.
A sua eleição não surpreende. Há vários anos que faz parte da lista dos futuriveis do banco do Dragão. Pela sua relação com o clube - Nuno é portista, quis ser jogador do Porto muito antes de ter, finalmente, logrado sê-lo, e viveu momentos históricos com a camisola ao peito - mas também pela sua relação com Jorge Mendes e o seu perfil, tão caro a Pinto da Costa, de jovem treinador português promissor que não ganhou nada até chegar ao Porto. Um perfil não muito diferente de Paulo Fonseca, por exemplo.

É Nuno um treinador para o FCP?
Depende do que quer o FCP para os próximos dois anos. Acabaram os tempos das vacas gordas (a corda financeira está ao pescoço) e do paleio para simplórios de que até um macaco é campeão graças á estrutura. Hoje a estrutura não existe, há um reflexo dela, do que quis ser e representou mas joga de vermelho e tem ajuda extra. Hoje o que há é uma guerra de tronos entre três grupos á volta de um Presidente que promete estar apto para liderar este novo capitulo mas que perde mais tempo em gerir os egos de quem lhe quer suceder por osmose do que a preocupar-se em defender o clube de rivais externos (para atacar os rivais internos já está o Dragão Diario). Nesse contexto, Nuno chega a um clube em guerra civil interna - ele próprio representa essa luta - e sem titulos há três anos. No melhor dos cenários o FC Porto só poderá ganhar um titulo em Maio de 2017 já que nem a Supertaça irá disputar, algo que foi fundamental no ciclo Villas-Boas/Pereira, para por um exemplo. Nesse cenário um treinador com escassa experiência, zero resultados e com problemas de jogo e de gestão de balneários era a solução? Para Pinto da Costa, para o filho de Pinto da Costa e para Jorge Mendes, sim. Para o FCP? Provavelmente não.

O que é Nuno como treinador?
Um péssimo gestor de grupo, com problemas recorrentes com jogadores e que nunca saiu a bem de nenhum projecto. Aliás, só esteve em dois projectos e em ambos casos não foi por mérito próprio e sim pelo agente que o representa. Não é nenhum ataque a Nuno, o próprio confessou-o sem qualquer tipo de pudor. O Rio Ave é, em Portugal, o clube mais próximo a Mendes e foi aí que começou a sua aventura de dois anos. O Valencia, através de Peter Lim, parceiro de negócios de Mendes, é a sua ponte preferencial actual em Espanha (já foi o Zaragoza, o Deportivo e o Atlético de Madrid pre-Simeone) e a chegada de Nuno com a mudança de dono foi o reflexo dessa postura. Nuno é um dos melhores amigos de Mendes, um homem de confiança e um amigo fiel. E por isso Mendes tem-no sempre na sua lista de prioridades para colocar em distintos projectos. A sua relação de amizade é tal que há muitos rumores - de fontes diferentes mas a indicar o mesmo - que falam abertamente que o despedimento de Nuno do Valencia e a subsequente contratação de Gary Neville - comentador de TV e amigo pessoal de Lim com quem tem negócios no Salford City e em edifícios de Manchester como promotor imobiliário- foi uma jogada para enganar os adeptos, cansados do português, e os jogadores. Nuno, á distância, continuava a coordenar treinos, questões técnicas e trabalhava com Neville de forma directa e silenciosa. E por isso, quando o FCP o abordou em Janeiro - porque o abordou, como a outros cinco treinadores - rejeitou a oportunidade que agora abraça. No fundo, continuava a trabalhar, não para o Valencia mas para Mendes, algo que só cessou quando Neville foi finalmente substituído por Pako Ayerastan, que não quis prolongar a charada e assumiu o comando da equipa totalmente.
Tendo em conta os resultados do Valencia com Nuno e com Neville, não impressiona demasiado o curriculum. Um sexto lugar no primeiro ano com o Rio Ave - algo que não é feito histórico - uma presença na final da Taça e um quarto lugar em Espanha (nesse ano o Valencia tinha o terceiro maior orçamento e gastou mais que o Atlético de Madrid com o celebre pack de 15 milhões de jogadores do Academia Seixal Encarnada) são tudo o que Nuno tem para oferecer.



Em campo, as equipas de Nuno são parecidas tanto com o Rio Ave como com o Valencia. Defesa baixa, linhas recuadas, um 433 que aposta no contra-ataque, jogo lateral e entrega do controlo do esférico ao adversário. Com Nuno, tanto o Rio Ave como o Valência marcavam poucos golos, jogavam de forma pouco atractiva (em Valência ainda hoje há quem refira a sua equipa como uma das menos atractivas da história recente do clube) e sobretudo praticavam um futebol de contenção. Contra rivais que colocavam o autocarro, sofria. Contra rivais que entregavam a iniciativa, sofria. Ou seja, contra a imensa maioria dos rivais na liga portuguesa, sofria. Não é, desde logo, o melhor dos presságios. Mais do que nunca o FCP tem de transmitir uma dupla sensação. Controlo absoluto da bola e do jogo e um gene competitivo que se perdeu nos últimos anos. Nenhuma das suas equipas tem qualquer um desses traços.
No entanto, Nuno é apenas uma escolha que trabalhará com o material que lhe for dado. A culpa nunca é toda do treinador nem os méritos o são e para julgar a Nuno convém primeiro ver que plantel vai ter disponível e se os jogadores que tem se adequam á sua ideia de jogo ou se ele será capaz de se adaptar ao que tiver nas mãos. A sua amizade com Mendes poderá - repito, poderá - facilitar algumas chegadas e saídas nesse sentido mas não será suficiente. Depois de três anos de desinvestimento e erros de casting convém montar um plantel á altura do desafio. Não se podem pedir milagres a treinadores com Suks, Maregas e afins. Mas também não se lhes pode dar caviar e receber em troca papas de sarrabulho.

Nuno é o novo treinador do FC Porto porque Pinto da Costa assim o quis. Contra a vontade de Adelino Caldeiro e o seu grupo. Contra a vontade de Antero Henriques e o seu grupo (o homem que queria Jesus e Marco Silva vai ter, pelo terceiro ano consecutivo, de ser director do departamento de futebol de um treinador que desaprova, algo inédito...se fosse sério e estivesse realmente contra essa nomeação, demitia-se por falta de confiança no seu "projecto"). Chega da mão de um player cada vez mais relevante no jogo, um novo parceiro preferencial de Jorge Mendes. Curiosamente numa recente entrevista Pinto da Costa disse que não gostaria de ver nenhum filho a presidente do clube mas Nuno é um homem de Alexandre Pinto da Costa e o seu êxito (ou fracasso) também será o seu. Num momento em que o clube necessita, mais do que nunca, de unidade, Pinto da Costa preferiu tomar partido por uma facção contra outras. Num momento em que o clube necessita, mais do que nunca, competência, entregou a equipa a um treinador que não traz nada de relevante para mostrar no CV. O tempo julgará a decisão como o fez com as anteriores. Tempo ...precisamente o que o FC Porto tem cada vez menos.
   

50 comentários:

Martelo disse...

Caro Miguel
Em que sustenta a sua teoria de desunião da SAD ?
O NES ainda não calçou as chuteiras e já não é o seu treinador?
Uma derradeira pergunta, na sua opinião quem deveria ter sido o eleito?
Abraço portista

João disse...

Um futebol muito sofrível é o que tenho a registar do Nuno em Valência.

Mil vezes a continuidade de Peseiro. Sem pensar mais nisso.

Helder Oliveira disse...

em relaçao ao nuno no fim de ver o PORTO a jogar poderei entao dar uma opiniao,mas se apostar em todos os jogos em herreras que numa epoca faz dois jogos bons,em brahimizitos que so jogam para eles proprios,tera um fim igual aos outros.Agora criticarem um jogador que sempre que entrou deu o seu melhor que quando esteve nas outras equipas marcou varios golos ao PORTO,e se nao jogou mais foi porque nao apostaram nele,mas sao os mesmos que alem de terem engolido sapos hoje gabam muito o maxi,porque se entrega dizem,agora o suk nao se entrega,perdoa-lhe senhor.........

Pedro ramos disse...

Agora é oficial

#somos sporting

Paulo Marques disse...

Toca a treinar que os assobios não saem sozinhos. Quero-vos ver lá desde o primeiro treino, que é para eles aprenderem. Temos que encher o cemitério, que tão bem posicionado está mesmo ao lado do museu e tudo.

Cheue disse...

"Em campo, as equipas de Nuno são parecidas tanto com o Rio Ave como com o Valencia. "

Isto é simplesmente falso.

...mas para poder criticar tudo serve. Mesmo que seja falso.

Cheue disse...

Post cheio de critica fácil.

Já nem se dão ao trabalho de fazer criticas construtivas, com critério.

Neste momento são um blog dedicado a atacar tudo e todos no FCP...ao menos que tenham noção disso.

Quando se perde tempo a escrever textos a criticar e a atacar o FCP...se calhar não são os grandes Portistas que julgam ser.

Pedro disse...

-"Um péssimo gestor de grupo, com problemas recorrentes com jogadores"
-"Nuno, á distância, continuava a coordenar treinos, questões técnicas e trabalhava com Neville de forma directa e silenciosa"
-"E por isso, quando o FCP o abordou em Janeiro - porque o abordou, como a outros cinco treinadores"

Mais um exemplo do célebre eu sei tudo, mesmo do que não sei, sabendo. É salutar esta sapiência de alguns dos autores deste blog. Uma espécie de SIS dos rumores.

Vejam lá que até sabe o que pensa Antero Henrique. Se não fosse tão patético, dava para rir. O reflexão portista morreu.

BATCdC disse...

Crónica ao verdadeiro estilo do Correio da Manhã, diz que disse, que disse.
Mau gestor de balneário...ok:

http://www.maisfutebol.iol.pt/fc-porto/liga/nuno-o-lider-que-selou-o-compromisso-num-cofre

Marques disse...

Eu gostaria de ver estes iluminados, fazerem o mesmo que o NES fez com o valência e com o Rio Ave, Não estou familiarizado com o o futebol do valência, mas julgo, que numa liga como a Espanhola, não se podem todos armar-se em Barcelona, aliás temos exemplos disto mesmo aquí no Porto, Julen acreditava que podia fazer um mini Barça cá no burgo, e foi o que foi, o mais estranho é que os mesmos que criticavam o basco por tentar implementar um jogo aberto e atrativo, são os mesmíssimos que agora temem um jogo mais contido em NES.

Quanto as teorias sobre o NES ser o homem sombra de Gary, tens que me dizer o que andas a ler..... Eu conheço romances melhores.

Sérgio Coutinho disse...

Quem seria, então, boa escolha? O Marco Silva e o seu curriculum fantástico e futebol espetáculo? Porque é que o NES é escolha de facção e MS não seria? Por amor da santa. Infelizmente para mim, que não me revejo nesta postura, uma grande maioria dos nossos adeptos tem feito por merecer os últimos 3 anos. Apoiem um bocadinho, meus amigos. O homem ainda não chegou e já está a ser trucidado pela massa associativa. Com amigos assim, que precisa, de facto, de inimigos???

miguel azevedo disse...

É curioso verificar que à medida que a bluegosfera foi crescendo os treinadores do FC Porto deixaram de ter paz para trabalhar. Adriaanse campeão foi embora, Jesualdo campeão foi embora, vítor pereira campeão foi embora, paulo fonseca foi embora, lopetegui barata tonta foi embora, peseiro foi embora.

Hugo Mota disse...

Caro Miguel,

Começo a pensar que tem lançada algures uma jihad contra treinadores do FCP. O NES ainda não fez um único minutinho de treino no FCP, mas tem desde já o seu selo de desaprovação. Porquê? É vidente para saber qual vai ser o seu desempenho?

Que saiba, Ivic, Carlos Alberto Silva ou Adriansen não tinham os modelos de futebol mais atractivos do mundo, mas ganhavam! Artur Jorge, Oliveira, Jesualdo, Mourinho, AVB, V. Pereira, não tinham CV, mas ganharam! A seguir o seu raciocínio, nenhum destes nomes deveria ter vindo para o FCP no momento em que vieram, pois não tinham o background necessário.

NES não era o meu treinador preferido (gostava muito mais que tivesse sido Marco Silva), mas é neste momento o treinador do FCP, como tal o meu treinador. Até provas em contrário, terá o meu apoio e benefício da dúvida.

Quanto à má relação de balneário que sugere, não sei onde foi buscar essa ideia. Por uma incompatibilidade com um jogador do Valência? Do que li de ex-jogadores do NES no Rio Ave, adoravam-no. E o passado dele como uma voz importante no balneário portista é bem conhecido.

Um líder não aprende ou desaprende. É-o por ADN!

Miguel Lourenço Pereira disse...

Martelo,

1) Em que sustenta a sua teoria de desunião da SAD ?
Não é teoria, é um facto de muitos anos e qualquer pessoa que conheça o que se passa dentro do clube - e muitas nem disso precisam - sabem perfeitamente o que se passa, não é um segredo de Estado, lamentavelmente.

2) O NES ainda não calçou as chuteiras e já não é o seu treinador?
O NES é o treinador de Alexandre Pinto da Costa. É o treinador de Jorge Nuno Pinto da Costa. É o treinador de Jorge Mendes. O meu nunca foi para ter deixado de o ser.

3) Uma derradeira pergunta, na sua opinião quem deveria ter sido o eleito?
Há anos que defende um investimento importante no treinador como figura nuclear aglutinadora com um perfil similar ao que o Shaktar teve, e com excelentes resultados, com Mircea Lucescu. Um treinador de perfil similar, tacticamente competente, bom gestor de balneário e capaz de desenvolver jogadores jovens da formação e mercados externos e que se comprometa com o projecto e não veja o clube como um poleiro. Essa nunca foi a direcção de JNPdC.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Cheue,

"Em campo, as equipas de Nuno são parecidas tanto com o Rio Ave como com o Valencia."

É tão fácil como dar ao play.
Equipas sem posse, de contra-ataque, linhas baixas e juntas, jogadores rapidos nas alas (dobrados pelos laterais), um avançado movil e uma defesa compacta. Pouco espectacular, sem iniciativa e resultadista. Em ambos os casos o modelo foi o mesmo o que mudou foi a qualidade individual dos interpretes.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Pedro,

""Um péssimo gestor de grupo, com problemas recorrentes com jogadores"
-"Nuno, á distância, continuava a coordenar treinos, questões técnicas e trabalhava com Neville de forma directa e silenciosa"
-"E por isso, quando o FCP o abordou em Janeiro - porque o abordou, como a outros cinco treinadores""

A desinformação de alguns adeptos/sócios não transforma em falso o que outros adeptos/sócios conhecem. Esse pensamento mediocre de "se eu não sei então não é verdade" é muito tuguinho mas não por isso menos certo.

Um jornal como o El Pais, lider de vendas em lingua espanhola - não propriamente um CdM - publicou exactamente o mesmo há meio ano sensivelmente.

http://deportes.elpais.com/deportes/2016/01/03/actualidad/1451843086_506131.html

Miguel Lourenço Pereira disse...

Marques,

"Eu gostaria de ver estes iluminados, fazerem o mesmo que o NES fez com o valência e com o Rio Ave".

Felizmente não sou treinador de futebol, seguramente faria muito pior que o treinador do Arrifanense ou do Passarinhos da Ribeira.

"Não estou familiarizado com o o futebol do valência"

Como sempre, falar sem analisar jogos, de cabeça e partindo de certas presunções tácticas, o vulgo, falar desde a mais sublime ignorância, dá sempre asneira.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Miguel Azevedo,

"É curioso verificar que à medida que a bluegosfera foi crescendo os treinadores do FC Porto deixaram de ter paz para trabalhar. Adriaanse campeão foi embora, Jesualdo campeão foi embora, vítor pereira campeão foi embora, paulo fonseca foi embora, lopetegui barata tonta foi embora, peseiro foi embora."

- Adriaanse foi embora porque o clube se negou a dar-lhe os jogadores que quis.
- Jesualdo cumpriu quatro anos de mandato - histórico - e saiu porque depois do ano do túnel PdC achava que o modelo estava esgotado.
- Vitor Pereira foi embora porque a SAD não lhe quis renovar o contrato em tempo útil e pensava, ainda que, qualquer treinador era campeão.
- Paulo Fonseca foi embora de livre e expontânea vontade, um mês e meio depois de apresentar a sua primeira carta de demissão.
- Lopetegui foi embora por decisão exclusiva da SAD
- Peseiro foi embora por decisão exclusiva da SAD e com um Presidente que nem foi homem o suficiente para lhe extender a mão no Jamor.

Antes de todos esses treinadores citados a média de treinadores com JnPdC era de dois anos, sensivelmente.

Realmente a Bluegosfera mudou muita coisa sem dúvida!

Miguel Lourenço Pereira disse...

Sérgio,

"Quem seria, então, boa escolha? O Marco Silva e o seu curriculum fantástico e futebol espetáculo? Porque é que o NES é escolha de facção e MS não seria? "

Obviamente que seria, quem afirmou alguma vez o contrário?

Miguel Lourenço Pereira disse...

Hugo,

"Começo a pensar que tem lançada algures uma jihad contra treinadores do FCP. O NES ainda não fez um único minutinho de treino no FCP, mas tem desde já o seu selo de desaprovação. Porquê? É vidente para saber qual vai ser o seu desempenho?"

A resposta é evidente no artigo, é questão de ler.

"NES não era o meu treinador preferido (gostava muito mais que tivesse sido Marco Silva), mas é neste momento o treinador do FCP, como tal o meu treinador. Até provas em contrário, terá o meu apoio e benefício da dúvida."

Que eu deseje a melhor sorte do mundo a Nuno e que ganhe todos os jogos do ano como portista não signifique que aprove a contratação.

"Quanto à má relação de balneário que sugere, não sei onde foi buscar essa ideia."

Ler a imprensa internacional pode ajudar.

Zé dos telhados, Portugalistão disse...

já temos director de comunicação já podem contratar um treinador

agostinhop disse...

Neste blog, parece-me que se tornou demasiado normal atacar tudo o que mexe e que tem a haver com decisões da administração. NES é uma boa opção para treinar o FCP. Não sabemos ainda, tal como nunca saberiamos se o escolhido fosse AVB, o Libras Boas como ainda à poucos anos foi tratado, ou Marco Silva, ou L. Jardim ou qualquer outro. Penso que se deve antes apoiar e julgar à face dos resultados que o clube vier a ter. agora vir criticar o CV de NES quando Mourinho chegou sem ter ganho nada, AVB igual, Jesualdo ferreira idem, é que não me parece correcto.

Dragon 79 disse...

Respeito a opinião do Miguel e dos muitos "Migueis" que são, por estes dias de crise, a corrente de pensamento dominante. Têm esse direito e devem exerce-lo!
Eu sou daqueles que prefere desenhar cenários mais otimistas. É uma postura diferente, só isso!
Como portista, tento cumprir o que considero ser a minha obrigação. Sou sócio, vou sempre ao Dragão ocupar a minha cadeira de sonho e estou lá para apoiar (quero sentir que faço parte e que contribuo com o que posso)! Não menos importante é estar presente em todos os eventos onde sejam debatidas questões importantes para o futuro do clube!
As perguntas que deixo aos "Migueis" são as seguintes: e vocês, o que fizeram ultimamente para fazer parte da solução de vitória? Quantos dos "Migueis" tiveram a mesma atitude do Maicon, salvaguardando as devidas distâncias, e deixaram de ir ao Dragão quando as coisas começaram a correr mal? Quantos é que estão dispostos a sofrer e a lutar até ao fim para serem campeões? Quantos dos "Migueis" é que acham que "Ser Porto" é um conceito que se aplica exclusivamente à equipa e à direção e não aos sócios? Qual é o nosso papel no meio disto tudo?
Antes de criticar o treinador, o comissionista, o que quer que seja (que podem e devem ser alvos de critica), devemos analisar o nosso comportamento enquanto sócios! Muitos dos "Migueis" irão (ou talvez não!) chegar à conclusão que a sua atitude não é assim tão diferente daquelas a que continuamente apontam o seu dedo inquisidor! Só fazem intriga, fazem parte de uma "facção contra outras", não são sócios, não acompanham a equipa, não vão às assembleias gerais, quando vão ao Dragão assobiam (e depois vão ao facebook "postar" vídeos dos adeptos a apoiar incondicionalmente o Borussia Dortmund ou Liverpool ou de qualquer outra merda?! Wtf?)
A credibilidade das pessoas pode ser avaliada pelo que elas julgam ou dizem saber sobre um determinado assunto! Caro Miguel, não ouviste nenhum telefonema, não estiveste presente em nenhuma reunião e não sabes a ponta de um corno acerca do número de pessoas que foram contactadas para serem os futuros treinadores (…"porque o abordou, como a outros cinco treinadores"). Lá porque conheces a senhora de limpeza dos WC's do Dragão caixa, não julgues ter acesso a informação privilegiada sobre estas questões! Não te coloques nessa arrogante e falsa posição! Se sabes tudo e tanta coisa, porque não usas esse conhecimento para ajudar o nosso clube a voltar às vitórias? Agora não te dá jeito, não é? Tens uma consulta no médico às cinco!
Parece-me que as pessoas que escrevem regularmente acabam por ganhar uma forma peculiar e pouco recomendável de expressar as suas opiniões. Traçam sempre um cenário catastrófico. Se errarem no prognóstico é fácil: Ainda bem que estava errado, dou o braço a torcer, mas viva o Porto e estou muito feliz! Se acertarem nas previsões catastróficas assumem o papel mais desprezível de um ser humano deprimente: Eu avisei! Sou o maior porque eu é que percebo da poda!
Uma tristeza é o que é! A vaidade de se ter razão sobrepor-se à vontade de ganhar e de ver o Porto campeão! É um pecado mortal, não divino, mas de personalidade.
Espero ver todos os "Migueis" no Dragão a apoiar e a cumprir as suas obrigações. Todos a remar para o mesmo lado. A dizerem que se houver uma Guerra Civil não serão eles a pagar nas armas porque o único alvo são os inimigos externos! Todos em uníssono a cantar o Hino do nosso clube e a dizer ao nosso vizinho do lado que não deve assobiar mas antes apoiar porque no fim há muito tempo para expressar a sua opinião! Todos com um desejo ardente no peito de mais uma vitória, seja com o Chaves ou com as papoilas saltitantes!
Como é Miguel, CONTO CONTIGO NA TUA CADEIRA DE SONHO? Vamos cantar até que a voz nos doa? Vamos dar tudo de nós enquanto sócios? És, obviamente, sempre bem-vindo!

JB disse...

Concordo com quase tudo! Acredito que Nuno possa evoluir, e mostrar ideias novas (espero bem que o faça!). A questão da liderança de balneário não tenho como saber. Mas a nível de modelo de jogo, de facto o que mostrou até hoje é fiel ao que é descrito pelo Miguel. Neste aspecto preferia 10x Peseiro

Luís Pires disse...

"Peseiro foi embora por decisão exclusiva da SAD e com um Presidente que nem foi homem o suficiente para lhe extender a mão no Jamor."

as imagens (gif) que viu são enganadoras. esqueça a cara do PC, siga o seu braço e reparará que trocaram um aperto de mão um instante antes de se cruzarem.

Pedro disse...

"Ler a imprensa internacional pode ajudar."

Apresentar provas (artigos, fontes) também podia ajudar. É que no Rio Ave tal não se ouviu, e no Valência 1 avançado vedeta não faz um caso. E quem sabe escutas que provem que a SAD está dividida. Já pensou em seguir uma carreira de tarologo?

Já agora esta pérola final:
"- Adriaanse foi embora porque o clube se negou a dar-lhe os jogadores que quis."
- É falso, literalmente falso. É aliás uma prova que não o podemos levar a sério. Já que manda os outros ler a imprensa, faça o mesmo e tenha a coragem de publicar o que escreveram na altura.

Pedro disse...

"Peseiro foi embora por decisão exclusiva da SAD e com um Presidente que nem foi homem o suficiente para lhe extender a mão no Jamor."

- Não viu o video do Tempo Extra (creio que de 24 d eMaio)? A provar que de facto existiu o cumprimento? Se viu, prova a sua intenção. Se não viu, faça o favor de ver antes de dizer parvoices. Não foi homem? Não ser homem é mentir de forma deliberada.

Pedro disse...

"Um jornal como o El Pais, lider de vendas em lingua espanhola - não propriamente um CdM - publicou exactamente o mesmo há meio ano sensivelmente."

O Expresso também publicou que o Porto ofereceu 7 milhões época a Jesus. Porque é o Expresso, deve ser verdade....

Pior que a desinformação, é a vontade cega de algumas pessoas em adequar as dezenas de fontes de informação à sua própria ideia, filtrando apenas o que interessa para provar a sua visão. Se 99% das noticias ignorarem essa teoria de conspiração não interessam. Mas se apanhamos uma.... já se torna na verdade absoluta. Nada diferente da propraganda, nada diferente da manipulação de massas.

Tal como no exemplo de Addrianse. Existem umas 50 notícias que contam uma versão, e umas 2 que contam outra. Qual é a que o Miguel escolhe?

No seu artigo e respostas estão escritas várias mentiras, facilmente comprovadas, como o caso do aperto de mão de Pc a Peseiro. Mas essa é a realidade da blogosfera. Podemos dizer o que queremos, selecionar as fontes que nos interessam, e nunca, mas nunca reconhecer que dizemos coisas absurdas. Parabens, pela não coragem, merece.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Pedro,

Cada um acredita nas fontes que quiser, sejam o El Pais, o New York Times, o Expresso ou o Diário de Avintes. Como o artigo está assinado por mim, parece-me óbvio que eu acredito na informação que tenho. Seja no caso Nuno em Valencia, no caso Adriaanse ou no que quer que seja. Não acredita? O problema não é meu, não escrevo para individuos concretos estarem de acordo.

Quanto a fontes, só uma pessoa pouco letrada, informada ou sem noção da realidade acha que jornalistas divulgam fontes em foruns ou blogs. Seria a primeira vez. Muitas nem em tribunal quanto mais para agradar a uma pessoa desconfiada. É preciso ter lata realmente.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Dragon79

" Caro Miguel, não ouviste nenhum telefonema, não estiveste presente em nenhuma reunião e não sabes a ponta de um corno acerca do número de pessoas que foram contactadas para serem os futuros treinadores (…"porque o abordou, como a outros cinco treinadores"). Lá porque conheces a senhora de limpeza dos WC's do Dragão caixa, não julgues ter acesso a informação privilegiada sobre estas questões! Não te coloques nessa arrogante e falsa posição! Se sabes tudo e tanta coisa, porque não usas esse conhecimento para ajudar o nosso clube a voltar às vitórias? Agora não te dá jeito, não é?"

Não sabia que o meu telefone estava sobre escuta, as minhas viagens e presenças em determinados sitios monotorizados, os meus emails e mensagens lidos para que alguém que não conheço de lado nenhum diga, tão taxativamente que "não sei a ponta de um corno" - já agora, uma linguagem um pouco mais respeituosa não ficava mal. Provavelmente têm o telefone, a conta de email e as minhas deslocações erradas para poder achar, realmente, que sabem o que sei ou deixo de saber.

É muito triste quando se apoia, com ou sem voto, quem recebe milhões para colocar "o clube nas vitórias" mas depois aqueles que apontam erros, outros caminhos, os urgem a "juntar-se ao exército para ganhar a guerra", distribuindo cartões de "bom sócio/adepto", "mau sócio/adepto". Não há pachorra.

Não, não vou estar na cadeira de sonho nem vou sufragar, apenas porque sim, o que é feito porque isso de "follow the leader" até ao fim do barranco a cantar de viva voz sem perguntar para onde vamos, porque vamos com estes e porque é que vamos por aqui é para ovelhas.

Se não gosta dos artigos ou do que é dito, por mim ou qualquer outro membro da equipa RP, que não se encaixa nessa subserviência, há bom remédio. Não ler!

Luís Pires disse...

"Não sabia que o meu telefone estava sobre escuta"

"sob escuta"

é um lapso muito comum :)
não publicar este comentário pf

Unknown disse...

Caro Miguel,

Sempre apreciei a vossa critica á estrutura, no entanto detesto o registo actual pois está mais próximo do ódio do que objectivamente da critica. Baseado em argumentos frágeis do " diz que disse".

Aproveite para registar aquilo que não lhe interessou relevar sobre o NES:
"Nuno é um grande treinador. Na melhor liga do mundo bateu o recorde de pontos da história do Valencia (77 pontos). Isto diz bem do seu valor. Fez um extraordinário trabalho. É jovem e tem um grande futuro", refere CR7.

Ah pois o empresário deste também é o Mendes.

opinions are like assholes...everybody has one.

Candidate-se !! é o que neste momento precisamos, quem não está disponível que pare de atirar pedras. As ovelhas exigem respeito ! Quando é para festejar somos 5 milhões !!

Miguel Lourenço Pereira disse...

Unknow,

Sem saber um nome, para lá de unknow, agradeço o conselho mas com ovelhas e o seu eterno argumento do "candidate-se" e "somos x milhões nos Aliados", não tenho paciência.

Alberto Silva disse...

O NES nao seria a minha escolha, mas já que foi, agora terá de ser o nosso treinador, porque se criarmos este hambiente de desconfinaça antes de tudo começar, entao somos mesmo piores que o SCP e SLB, ao menos eles renovama a expetativa a cada inicio de época, nós ainda nem começamos a treinar e ja vemos posts de deitar toalha ao chao.

A minha escolha seria o VP, por varios fatores:
- conhece a casa e o campeonato PT.
- vai ser um preciso um lider forte em termos de linguagem com JJ ou CSocial.
- pressao de ganhar e por vezes sem os jogadores ideiais...
-questoes taticas que ganham campeonatos, como defesa.
- e teria muitos daqueles que foram contra ele, agora do lado dele...

Mas hoje é o Nuno, e temos e devemos pelo menos dar o beneifcio da duvida, e estar com o homem..

Bruno Martins Ferreira disse...

Boa tarde,

Após ler este seu post, julgo que a melhor coisa que poderá fazer é alterar o nome do blog, para não gerar confusão em quem procura vir aqui à procura de informação útil, verdadeira, e que possa de fato pôr-nos a "refletir". Falem mais do que o nos Une, do que o que nos separa !!

Joao Pedro De Magalhaes disse...

Caro Miguel,

Em sua opinião quem seria um treinador para o nosso Clube?

Não me responda com um "Perfil" de treinador porque isso é vago. Gostaria de ter um nome que lhe causasse conforto na escolha e que não estivesse ligado a nenhum empresário ou grupo económico.

Um nome realista, obviamente, não um Guardiola, Mourinho, Simeone ou mesmo um Bielsa ou Sampaoli.

A bem de uma Reflexão Portista, agradecia.

Obrigado

Dragon 79 disse...

Caro Miguel, não quis faltar-te ao respeito...no Porto, essa expressão é um carinho, mas se esse foi o resultado, peço desculpa.

Eu sei Miguel que não foste tido nem achado na decisão...eu sei Miguel que não estivesse presente...eu sei que a informação que te chega é muito distorcida... vês, não és só tu que tens informações privilegiadas? Vais chamar-me mentiroso? Desafio-te a provares o que dizes...sabes que às vezes até podemos saber uma coisa, nas se não a podemos provar, então, mais vale estarmos calados...quanto ao que tu sabes, eu vou-te sossegar... é só um palpite meu, mas estou com uma fezada!

Não te ouvi a expressar a opinião na assembleia geral (a não ser que tenhas usado outro nome), por isso, estranho a tua forma de oposição. Espero que tenhas expressado pelo menos nas urnas esse teu sentimento e necessidade de mudança. Eu expressei a minha visão.

Eu não falei no líder, por isso não entendo o follow the leader...eu sou um follow FCP! Há uma enorme diferença...

Mas já percebi o teu erro...falta de timming! Sabes que o tempo da discussão, do rumo a seguir, de quem vai liderar já passou... independentemente das nossas opiniões, discordâncias ou pareceres, a altura é de união. E sabes porquê? Porque quem lá está foi quem se submeteu ao escrutínio dos associados. Ponto! Os outros os "not follow" tiveram um comportamento desprezível... perderam por falta de comparência...e perderam o meu respeito. Não se assumiram como alternativa...perderam legitimidade. Ou agora, achas que, não concordando com a escolhado treinador, devemos sair à rua e pedir a cabeça de alguém? Para dizer mal do NES ou de outro qq que venha para o Porto, não é preciso esperar muito tempo nem contar com a opinião dos Portistas.

Sabes, eu não sei se sou ovelha (carneiro de signo sou) ou outro tipo de herbívoro, mas sei bem escolher a palha que como...e a que tu serves tem muito fel.

Eu vou embarcar nesta nau que espero que chegue a bom porto. Não conto contigo para já...mas quando quiseres também embarcar grita...eu dou-te a mão e ajudo-te a saltar para bordo! Todos somos poucos e todos fazem falta! Nós é que somos o Porto. Eu vou lá estar independentemente do comandante. Porque acima de tudo está é estará sempre o FCPORTO.

PS.- obrigado pelo conselho, mas vou continuar a ler. Só porque acredito que ainda vais embarcar connosco com destino às vitórias. Sei que vais ficar tão contente como eu. Por isso, além do timming, peço um pouco mais de otimismo.

Miguel Lourenço Pereira disse...

Dragon79,

Eu não me senti ofendido, não te preocupes, conheço bem o vocabulário do Porto e o que significa, mas tendo em conta que é um espaço aberto outros poderiam ter pensado de outro modo e gerar-se um debate paralelo sem sentido. Não seria a primeira vez.

Em relação ao que apontas, obviamente eu não estava na sala onde se assinaram contratos porque, se assim fosse, eu teria de ser um alias dos protagonistas principais e como quase toda a gente me põe nome e cara, seria bastante dificil. Não sou um nick, um user falso como há muitos pela net (não é o teu caso, que fique claro) e portanto não tenho problemas com isso. Mas tenho as minhas fontes em demasiada boa consideração para que quando muita gente diz o mesmo com detalhes que só podem ser dados por protagonistas, saber onde está o trigo e o joio. Como é normal o que chega publicamente ao RP é apenas um fiozinho do que se sabe, não só por mim mas também por outros membros da equipa e bloggers/jornalistas, do que se passa no clube (e noutros).

Quanto á questão de tomar partido activamente, como é publicamente sabido não resido no Porto e portanto nem participei nem vou participar em AG´s e processos eleitorais se estes não permitirem aos sócios no estrangeiro terem voz na matéria. Foi uma questão que já levantei várias vezes, é só ler o historial de artigos.

" Sabes que o tempo da discussão, do rumo a seguir, de quem vai liderar já passou."

Só uma ideia reduzida do conceito de critica democrática resume os tempos aos processos eleitorais. É um defeito português muito antigo. As discussões, os rumos, as lideranças são discussões diárias. As votações são para respeitar, faltaria mais, mas não passam cartas brancas a ninguém nem calam debates. A democracia não se vive nos dias prévios ás eleições de trÊS ou quatro em quatro anos que tem o clube. Vive-se todos os dias e pensar o contrário é, realmente, lavar as mãos no que possa suceder nesse tempo guardando-se para "as eleições" para manifestar-se. Opção respeitável, como qualquer outra, mas pouco saudável a meu ver.

"PS.- obrigado pelo conselho, mas vou continuar a ler. Só porque acredito que ainda vais embarcar connosco com destino às vitórias. Sei que vais ficar tão contente como eu. Por isso, além do timming, peço um pouco mais de otimismo."

Há uma eterna confusão entre critica e portismo que nunca entenderei.
O meu desejo a dia de hoje? Que Nuno ganhe os 34 jogos, vá á Luz espetar 5, a Alvalade marcar 6 e se não conseguir ganhar a Champions que vá o mais longe possivel ou, em defeito, ganhe a Liga Europa, a Taça e a Taça da Liga e qualquer um desses momentos naturalmente me dará felicidade. Sendo Nuno o treinador ou não a cada vitória do Porto ficarei contente, a cada derrota triste, a cada roubo indignado como qualquer outro portista. Quando eu comecei a chorar pelo Porto ainda nem o Nuno era GR profissional nem alguns comentadores deste espaço, habituais, eram nascidos. Isso não está nunca em causa. Da mesma forma que não está em causa ser portista, querer o melhor para o clube e ser critico com as opções tomadas.

Miguel Lourenço Pereira disse...

João Pedro,

O Sampaoli é um excelente perfil e seria um perfil Porto se o Porto estivesse disposto a pagar-lhe o que esteve disposto a pagar a Jesus, não entendo qual o problema na sua escolha.

Entre treinadores portugueses, Vitor Pereira. Já fiz há muito tempo publicamente mea culpa em relação a VP e acho que era o treinador português mais competente que podiamos ter.

Entre treinadores estrangeiros passiveis de treinar o clube sempre e quando o clube investisse o que pode investir e não quer (é outro debate), cito os nomes de Marcelino Toral, Frank de Boer e Ralph Ragnick, por exemplo, e o perfil que representam futebolisticamente.

Bruno Martins Ferreira disse...

Caro João Magalhães,

Veja o comentário do Alberto Silva "e teria muitos daqueles que foram contra ele, agora do lado dele", em relação à sua preferência pelo VP. é paradigmático e diz tudo sobre a forma de ser de terminados adeptos do FCP, não estou a dizer que é o caso do Alberto Silva.

Em "x" milhões de adeptos/sócios/blogers portistas, cada um teria a sua visão, opinião e perfil, mas o que todos se esquecem de afirmar e defender é que, para o bem ou para o mal, este é o nosso treinador. E se escrevemos isto do atual treinador do nosso clube, a minha pergunta: o que escreveriam de um treinador adversário ?

Mas não podemos criticar quem critica ! Até dá dó ir ao Dragão e ver adeptos/sócios que desde que a equipa entra em campo não fazem mais nada do que assobiar e falar mal deste e daquele !

O NES foi escolhido pela direção que a maioria dos sócios elegeu, e como tal, temos que apoiar e puxar a favor, pois para puxar contra já temos os mais de 14 milhões dos outros ;)

Força PORTO

Paulo Marques disse...

Porra, que é que aconteceu ao sistema de respostas em threads separados? Isto agora é uma salganhada do caralho.

"Se 99% das noticias ignorarem essa teoria de conspiração não interessam. Mas se apanhamos uma.... já se torna na verdade absoluta. Nada diferente da propraganda, nada diferente da manipulação de massas."

Não é para defender o Miguel, mas se há coisa que se tornou evidente com a Internet e o cruzamento de informação é que os jornais só publicam o que lhes interessa publicar. Mesmo as excepções são de ter muita cautela.

"As ovelhas exigem respeito ! Quando é para festejar somos 5 milhões !! "

Na década em que voltar a acontecer vou lá ter convosco.

João Oliveira disse...

em tempos apreciei o Miguel, opinião independente e irreverente.
Hoje em dia não sei se afectado pelos vários confrontos com pessoal que só sabe pensar dicotomicamente, parece escrever apenas para provocar, e encarnar o espirito de Vasco Pulido Valente dos adeptos portistas.

Tal como respondeu a uma das criticas aqui feitas, cada um lê, e acredita no que quer, ams só para fazer o contraditório e responder a umas perguntas que o Miguel não respondeu:

ex jogadores portistas sobre o Nuno:
http://superportistas.com/veja-aqui-os-testemunhos-de-jogadores-que-foram-treinados-por-nuno-espirito-santo/

Futebol do Nuno não ser só 433:

http://grandecirculo.net/2015/01/15/como-o-valencia-venceu-o-real-madrid-analise-ao-3x5x2-de-nuno-espirito-santo/

Miguel Lourenço Pereira disse...

João,

Lembro-me perfeitamente desse jogo e desse sistema. Algo que utilizou provavelmente em quatro ou cinco jogos na sua carreira de, sensivelmente, 120. Não será o primeiro nem o único treinador a utilizar distintos modelos de forma pontual - nesse jogo assumiu-se claramente como inferior e montou um esquema de reacção, quantas vezes terá de fazer isso com o FCP? - mas como é natural, tem um sistema preferencial que é o 4-3-3 que descrevi acima. Por cada jogo que utilizou um sistema diferente ao 4-3-3 há 40 em que o utilizou.

Em relação ao primeiro ponto, acredito piamente nesses jogadores. Afinal estamos a falar de jogadores de super low profile, jogadores do Rio Ave que estão diante da melhor oportunidade da sua carreira e é normal que o manejo desse balneário seja mais fácil que de um Valencia - um clube quase ao nivel do FCP - onde passou isto:

http://www.elmundo.es/deportes/2015/09/24/5603cecde2704eaa6c8b4578.html

"los jugadores sí dudan ya de lo métodos de su entrenador, aunque le duela escucharlo o leerlo. Durante los minutos posteriores a la derrota en Barcelona se suceden algunos corrillos de jugadores, en la zona mixta del estadio, en el autobús que les lleva al aeropuerto y en la terminal del mismo. Predomina el silencio, pero se produce algún comentario cruzado entre los futbolistas, igual que ayer, en la vuelta al trabajo. El sentimiento es común en el vestuario, tanto de los jugadores que ya estaban la temporada pasada -digamos la base que llevó al equipo a la Champions-, como de las nuevas incorporaciones. Tanto los representados por Jorge Mendes -una amplia mayoría- como los 'acogidos' en este Valencia 'Made in Mendes' coinciden."

http://www.superdeporte.es/valencia/2015/11/06/vestuario-valencia-nuno/275300.html

"Todo un equipo contra Nuno. El luso no ha soportado la prueba del tiempo, es víctima de su pulsión autodestructiva y solo le sostiene en el cargo la circunstancia de que a día de hoy Peter Lim todavía no ha dado el paso al frente para que su destitución se haga efectiva. Después de deslizar que Negredo "no quiere estar en el equipo" hasta en tres ocasiones, el ´7´ fue el primero de los jugadores en acceder al campo de entrenamiento de Paterna ayer por la tarde. No fue una coreografía ni mucho menos. Álvaro bullía por dentro, en las últimas horas se ha sentido atacado injustamente por el entrenador y está lleno de espíritu reivindicativo... pero si alguien espera una reacción a la altura de la del técnico se equivoca. Si Nuno busca un pulso con el delantero no lo tendrá, al menos a través de los conductos de la prensa. No habrá declaraciones enfrentadas. El atacante no es partidario de entrar al trapo del técnico, que le manda constantemente mensajes a través de los medios de comunicación pero no lo hace a la cara, cuando es él quien aboga por hacer análisis internos, como denunció hace unas semanas, antes de apartarlo de las convocatorias. Entrar al juego de Nuno significaría quedar en evidencia y Negredo solo piensa en apretar los dientes y presentar batalla dentro del terreno de juego, día a día y en cada entrenamiento."

José Pedro Fernandes disse...

Eu concordo com o Miguel na apreciacao do NES enquanto treinador, mas o resto é o tipico exemplo do texto que ja lhe critiquei um par de vezes por acrescentar absolutamente 0 a discussao entre portistas. O novela da SAD e o resto, como associar o treinador ao filho do PdC é na minha opiniao uma conversa da treta, porque nao esta sustentada em qualquer facto e por isso so pode convencer quem quiser ver outra novela que nao a da TVI.

"...e qualquer pessoa que conheça o que se passa dentro do clube...". O Miguel tem de entender que estas frases sao o melhor exemplo do que diz que geram o chorrilho de criticas que leva a seguir. Das duas uma, ou tem provas e deve mostra-las (entrevistas, cartas, sms, videos, etc) ou entao fala nisto como suspeitas e assume que valem o que uma suspeita de cada um de nos vale.

O que eu mais conheco sao portistas (amigos e familia) que dizem que estiveram com o AC, o AH ou ate o PdC e que ouviram que vem este e aquele reforco. O problema é que estes portistas acertam nas informacoes que transmitem ainda menos que a imprensa de Lisboa. Nao so a SAD muda de opinioes muitas vezes como as decisoes tem muitas variaveis que nos nao conhecemos. Se o Miguel é realmente um oasis que esta verdadeiramente bem informado sobre o que se passa na SAD de-nos provas: quais sao so reforcos nao apresentados ou falados na imprensa para a proxima epoca?

Dr Sigmund V disse...

« Na melhor liga do mundo bateu o recorde de pontos da história do Valencia (77 pontos). Isto diz bem do seu valor. Fez um extraordinário trabalho. É jovem e tem um grande futuro", refere CR7.»

ahahah, gargalhou o cínico. Este tem de ser o melhor comentário deste thread. "A melhor Liga do Mundo", aquela onde, semanalmente, duas equipas espetam cabazadas de meia-dúzia a uma série ignóbil de incompetentes da bola. Ah, mas espera aí! A opinião é do "CR7" que acerta no que diz na proporção inversa do que acerta na baliza. Ao pé dele, o Figo é o novo Eloquente.

Além disso, já se acabava com os comentários próprios de regimes tirânicos e ditatoriais, do estilo "tudo pela Nação, nada contra a Nação". Até porque, diga-se, o Dragões Diário, por esta caixa também referido, parece achar que há mais inimigos nas fileiras dos portistas, que no exterior. Mas os Dragões Diários podem maltratar outros portistas, os blogues é que não, pois aparecem logo os defensores da "unidade nacional", os "verdadeiros portistas", os quais, claro, têm lugar (a que chamam "de sonho")no Dragão e nunca assobiam a equipa. São uns rapazes muito bem comportados, dignos e respeitáveis.

Ah, já me esquecia: gostei muito de ler o artigo. Não faço ideia se é tudo verdade, mas não tenh motivos para duvidar da boa-fé do autor.

Dr Sigmund V disse...

Àqueles que insistem no ridículo e infantil brado de "candidatem-se!", contra os que ousam criticar seja o que for, faço uma sugestão à sua medida: se não gostam do que lêem na bluegosfera, abram vocês um blogue, de tipo elogioso, "positivo" e "consensual". Começa a haver mercado para isso, pois até os cantos menos insuspeitos da referida bluegosfera começam a ter imperdoáveis dúvidas, indignas de homens de verdadeira e inquebrantável fé. Força nisso!

Mário Rui magalhāes disse...

Miguel,

Apenas uma questao: quantos textos, ou artigos de opiniao, que citou de jornais espanhois, existem em relacao ao periodo de Jose Mourinho em Madrid?
E sera por ai que vamos aferir que e um mau treinador? Ou parte sera o "olhar de lado" dos nossos vizinhos?

Apesar do NES nao ser o meu treinador preferido, foi o escolhido, e penso que o seu trajeto merece um pouco mais a crenca nele...

Em relacao ao resto do artigo, nem o 8 que alguns querem fazer transparecer, nem o 80 como o Miguel afirma. A verdade anda ai no meio...

Abraco

Mario

miguel azevedo disse...

Tive o privilégio de ter mais um comentário censurado. Obrigado! Miguel diz que Nuno tinha má relação com os jogadores do Valencia, nomeadamente Negredo. Chegou a treinar à parte de facto. Ora bem, quem é que o Valencia quer despachar o mais rápido possível neste mercado de Verão? Sim, acertou...Negredo. Querem ver que ainda é o Nuno que controla aquilo?

bruno disse...

cajuda, professor neca e tino de rãs! se não contratamos nenhum destes, está tudo lixado.

o nes, não serve!
é portista, ganhou uma série de troféus pelo clube, conhece os cantos à casa, é um treinador jovem e com equipa técnica jovem, trabalhador, experiência de liga portuguesa e espanhola, curta passagem por champions league, aposta na juventude.
é um tipo com discurso pausado, que vai defender à morte o plantel e clube!

não serve, mas tentemos um exercício, apoiar o nuno! deixemos o mister trabalhar! apoiemos e transmitamos confiança!
critiquemos e soltemos o "eu avisei" daqui a exactamente um ano!

eu quero é ver o FCP campeão! com nes ou tino de rãs!

ps - preocupa-me mais o casillas na baliza que o nes a treinador. ou o herrera como capitão. ou a compra do passe do layun, continuar a ver o indi, marcano, chilodzie, angel, corona, marega, suk ou Helton no plantel, isso sim será preocupante


bruno disse...

ps- este artigo é patético http://deportes.elpais.com/deportes/2016/01/03/actualidad/1451843086_506131.html e basta ver quem o assina, e como apesar de não viver no reino de espanha, vivo na catalunya, tento manter-me informado do que passa na terra do rei, sei bem aonde vai este artigo dirigido.

e até lanço um desafio, ao miguel e outros bloguistas que atacaram o miguel, o blog, o nuno, o pc, o FCP, e o falancio ou o emplastro: procurem na imprensa espanhola artigos sobre o nes, no final da primeira época, artigos de opinião, sócios do valencia, jogadores, antigos jogadores, reportagens pelas ruas de valencia, etc
depois compare-se, e debata-se o tema.
logo analisemos o que se passou nesse mesmo verão, e a campanha manipuladora para rebentar o que tinha sido feito, e por quem, talvez ajude a entender muita coisa.