quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Panorama negro

Demonstrações de Resultados (fonte: Comunicado da FCP SAD - Resultados Consolidados 2015/2016)

Resultado Líquido Consolidado negativo em 58.411m€.

Proveitos Operacionais, excluindo proveitos com passes, reduzem-se em 17.778m€.

Custos operacionais, excluindo custos com passes de jogadores, crescem 13%, equivalente a 14.091m€.

O passivo total atinge os 349.181m€, o que representa um aumento de 73.049m€ face a 30 de junho de 2015.

Estes são alguns dos destaques apresentados no comunicado enviado hoje pela FC Porto SAD à CMVM, referente aos Resultados Consolidados 2015/2016.

Antes de uma análise detalhada às contas e à situação financeira do FC Porto (a qual carece de mais informação e tempo), o que já se pode dizer é que estes Resultados Consolidados são péssimos, os piores de sempre desde que foi criada a SAD (em 1997) e os piores de sempre da história centenária do Futebol Clube do Porto.

Custos Operacionais excluindo passes (fonte: Comunicado da FCP SAD - Resultados Consolidados 2015/2016)

O panorama é negro, os custos operacionais estão descontrolados e, no mínimo, exige-se uma explicação cabal da Administração da FC Porto SAD, bem como, dos responsáveis do principal acionista da SAD, que é o Futebol Clube do Porto.

23 comentários:

Alex Blue Zíngaro disse...

"FC Porto promete mais rigor na hora de contratar. Estratégia para não depender tanto das vendas de jogadores passa por reduzir salários, contratando mais barato sem perder competitividade"

Há 3 anos já era tarde... e podiam começar por baixar aos salários na SAD e mandar embora alguns incompetentes.

Penso eu de que.

Filipe Sousa disse...

Gabem e muito o André Silva. Nao se preocupem se os elogios sao prematuros, ou se o jogador tem ainda muito a provar, se se estao a criar demasiadas expectativas ou nao. Aplaudam-no, elogiem-no, venerem-no... porque em Janeiro, ou mais tardar no fim da época, vao ter de se despedir dele.

Vale tudo para manter esta fantástica equipa de gestores da SAD, nos seus cargos.

miguel.ca disse...

Fernando Gomes diz que a massa salarial atingiu níveis incomportáveis e que há que defenir um novo rumo.
Eu não podia estar mais de acordo e não sendo nenhum expert na matéria, parecem- me evidentes algumas das alterações de estratégia que deveriam ocorrer imediatamente a começar por uma que ja refiro há alguns anos que é refrear as compras de risco, isto é, aquele rapazola jeitoso do Maritimo em quem, aparentemente o Sporting ou o Benfica também estão interessados. Infelizmente estes "achados" apenas tem servido para agradar a empresários e engrossar o leque de emprestados. Os alvos têm de ser cirúrgicos e de acordo com as reais necessidades do plantel.
Ter 5 guarda-redes e ir comprar mais um não lembra nem ao diabo.
Emprestados. Já há muito que perdi a conta a quantos são. Ou realmente existe uma forte hipótese de se juntarem à equipa principal a breve prazo ou então não passam de peso morto na folha salarial e parece-me haver demasiados jogadores encalhados neste problema.
Milionários com pouca utilização. Eu nem quero imaginar quando ganham o Depoitre, o Adrian Lopez e o Brahimi mas para a utilização que têm tido talvez qualquer puto da B saísse bem mais barato.
Claro que nada disto se faz da noite para o dia mas, bolas... esta situação era mais do que previsível e já se podia ter feito alguma coisa, há muito tempo.

Alfredo das Iscas disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
Pedro disse...

O que Fernando Gomes diz dos custos com pessoal é em absoluto verdade. Falta saber se o FCPorto terá a capacidade, e vontade, de nos próximos 3 anos reduzir substancialmente os custos em salários.

Menos compras, mais aproveitamento da formação (cliché mas o potencial está lá) e inevitavelmente o Porto tem de fazer 1 grande venda por ano.

Este ciclo de compras sem nexo e altos salários acabou. E se a SAD não mostrar vontade em alterar... então chegou o fim de ciclo.

Luís Vieira disse...

Negro como breu. Este R&C é inenarrável. Se a situação desportiva é má, desde há 3 anos a esta parte, a situação financeira revela-se simplesmente catastrófica. Não resta senão endurecer o discurso: a SAD está caduca, impotente, sem ponta por onde se lhe pegue. Pior: delapida o clube a olhos vistos, torna-o mais decrépito a cada dia que passa. Fui enganado nas últimas eleições, confiei na ressurreição do espírito de conquista depois da "batida no fundo". A pré-época desenganou-me, o R&C pôs o último prego no caixão - urge uma alternativa, porque PdC e respectiva entourage são finitos.

bruno disse...

há que apresentar queixa crime por gestão danosa, e responsabilizar administradores como em qualquer outra sad.

reine margot disse...

"Estávamos mal, e paciência, demos um decisivo passo em frente, mas nos próximos anos vocês vão ver!... vamos poupar 20 milhões... "
O que o Fernando Gomes não disse, e deveria ter dito, era o que vai acontecer com os honorários dos administradores, começando por ele ! ... Estará disposto a trabalhar "pro bono" ?... Ou o "amor" ao clube não chega para tanto ?

O que nos vale é que agora vão apostar nos jovens portugueses. Mudanças estão a caminho. E todos os adeptos estão entusiasmados. Afinal a culpa era mesmo do Antero.
E do Lopetegui, óbvio.
Mas, se ganharmos o campeonato e fizermos boa figura na Champions, logo tudo muda. O futebol é assim...

E, o senhor FGomes continuará tranquilo .

Azul disse...

Ao longo dos últimos anos aqueles que eram competentes foram sido afastados da SAD. Se houvesse vergonha os membros da SAD demitiam-se hoje mesmo. Estes senhores são pagos a preço de diamante. "Temos de mudar de rumo!?" então não foram eles que traçaram este rumo?
O caminho das pedras vai ser muito longo e duro....

Mário Faria disse...

Quem se interessa e segue de perto tudo o que se passa no FCP, não se espantou com os números deste RC. É o meu caso. O que estranhei foi a forma como se apresentou o documento e como não se justificou coisíssima nenhuma. A apresentação não foi devidamente estruturada e não convenceu. Tudo o que foi defendido e explicado foi mal escrito, encenado e realizado. O FCP merecia uma outra abordagem. Vamos ter tempos difíceis que reclamam uma postura de compromisso. Os sócios precisam que lhes expliquem tudo direitinho e o que a SAD estima fazer para reverter a situação actual.

rbn disse...

Quem é leitor deste blog e costuma ler a caixa de comentários já leu várias vezes esta frase que várias vezes escrevi:
"Desde que o filho fez as pazes com a pai e começou a frequentar assiduamente e diariamente as dependencias do clube que as coisas começaram a descambar".

Mera coincidencia? Eu acho que não e vejo a coisa deste jeito: sendo filho de quem é, e feitas as pazes, deve se achar no direito de ser o herdeiro, ou no mínimo, ter uma fatia bem jeitosa no bolo... e para isso poder acontecer, o pai obviamente tomou partido pela família... e quem esteve junto com o pai nestas últimas 3 décadas de luta contra os nossos inimigos, não gostou e aos poucos foi saindo... um por um... até mesmo quem nós nunca esperávamos que saísse, saiu pelos próprios pés, que foi o caso de Antero Henrique...

Na minha ótica, a razão deste descalabro dentro do clube só pode ser a guerra pelo poder... deve ser muito chato ver um playboyzinho só por ser filho de quem é, surgir de repente e começar a querer opinar naquilo tudo... não esquecendo que o filho quando era brigado com o pai, foi sócio do zé veiga, que está no xilindró... não estou dizendo que o único culpado é o filho, mas é uma grande coincidencia desde que "chegou" ao clube que as coisas começaram a dar pro torto...

Talvez nada disto que escrevo tenha ponta por onde pegar, mas que é uma enorme coincidencia, ninguém pode negar...

Acho que o nosso grande presidente deve uma explicação convincente, séria, sem sarcasmos e piadinhas, em palavras simples que todos compreendam... porque a nação portista tem memória e tem eterna gratidão, mas a nação portista não é estúpida... e nesta época de vacas magras, nemhum portista gostou de saber que conseguimos fazer ainda pior que ... Godinho Lopes...

Pedro Reis disse...

O que me preocupa é que uma possível falência e desaparecimento do FCP, ou um cenário de forte downgrade competitivo é uma realidade bem possível!
Vergonhoso que face a isto se assobie impávido e sereno para o ar e que se continue a defender as direções que, especialmente nestes ultimos anos, delapidaram fortemente o clube e são responsáveis por esta situação.
De mim o FCP não vê um euro porque cada euro que lhes dê (seja na simples compra de um bilhete) é para alimentar mais do mesmo.

HULK 11M disse...

A opinião do Mário Faria, mais uma vez, reflecte o meu pensamento, mas eu terei que acrescentar que fiquei revoltado ao ouvir algumas das "explicações" do Dr. Fernando Gomes, pessoa que muito admirei enquanto Presidente da Câmara Municipal do Porto!
Primeiro diz que vamos ter que "fazer isto e aquilo", "cortar ali e acolá", como se estivesse agora achegar ao cargo e que não tivesse nada a ver com o descalabro financeiro a que se chegou! É preciso ter lata e pensar que os sócios e adeptos são todos uns imbecis!
Depois diz que "o NES é que decidiu que não se vendia o Herrera, o Danilo e o André Silva"!!! Mas que raio de afirmação! Quanto ao André Silva, que eles se preparam para vender, lembro que ainda em Janeiro o nosso ex grande presidente dizia aos sócios e adeptos que o queriam ver na 1a. equipa que fossem a Pedroso verem-no jogar na "b"...
E acho que vou ficar por aqui porque muito mais haveria de dizer mas esta estrutura da SAD já deu mais do que provas que "está finita" e que apenas tem uma missão: segurar os tachos o máximo tempo que lhes for permitido.

Alberto Silva disse...

o que mais assusta na massa salarial é que ela nao é de acordo com a qualidade da equipa, alem de claro nao ser suportavel.
Nunca gostei de Fernando Gomes, um politico da antiga escola, onde gastar o dinheiro dos outros sempre foi facil e quem vier a seguir que feche a porta.
Alem de baixar gradualmente a massa salarial, é preciso apurar se diretamente para a champions para o ano, que assim entram nas contas deste ano duas ligas dos campeões, sao cerca de 27/28 milhoes fora as perfomances.
A saida dos dois anteriores adminstradores ( fernando gomes e angelino) nos davam indicadores que existiam opiniões de diferentes caminhos a traçar e como nao concordavam com eles, sairam.
Daqui a pouco so nos falta fazer as Vmocs...enfim.
Há que arrepiar caminho, nao vale a pena lamentar.
Casilhas e Maxi sao dispensaveis para o ano, nao vamos colocar aqui valores em causa apenas o que ganham e o que rendem, podem ser substituidos e poupar uns bons milhoes. Tentar vender ao maximo os emprestados e um plantel mais curto ( por exemplo este ano temos no minimo 1/2 médios a mais), como se costuma dizer, grão a grão enche a galinha o papo, e neste caso foi mesmo isso, foi enchendo enchendo, agora é o inverso, poupar aqui e ali grão a grão as coisas têm de baixar.
Assusta quando o Fernando Gomes diz, que temos de ser mais criteriosos no momento de comprar, mas isso já nao devia ser sempre assim, ou seja, nao era politicas deles até á data, enfim.


miguel.ca disse...

Só agora é tomaste consciência disso?

Francisco Paulos disse...

Estes incompetentes da Sad foram os responsáveis por este estado financeiro desastroso e agora não assumem as suas responsabilidades dizendo que vão fazer isto e aquilo.Mas essas coisas já não deviam ter sido feitas??? E os salários principescos que recebem vão continuar? ?? Numa empresa a sério já tinham sido demitidos mas nós os sócios nada fazemos e assobiamos para o lado.Só temos o que merecemos.

Pedro ramos disse...

As contas podem ser assustadoras, mas eram previsiveis, verdadeiramente assustador foi ouvir aquela marioneta chamada Fernando Gomes e perceber até que nível desceu esta direcção.

Alguém acredita numa única palavra que sai desta sad?

As contratações têm de ser mais cirúrgicas?
Mas não foi esta sad que ainda no mês passado contratou Boly, Depoitre e Inacio por 6 milhões cada? Não temos 2 emprestados com opção de compra à volta de 20 milhões cada?

Foi um prejuízo assumido e rejeitaram vender 3 jogadores por 95 milhões? Um politico no seu pior, tratando todos os outros como idiotas.


PS. Parece que Helton soube pela cs que já não é jogador do clube.

Luís Vieira disse...

Quem edificou, ao longo de 30 anos, um clube fantástico merece 3 anos de benefício da dúvida.

Zé da Póvoa disse...

O que mais me dói é esta conversa tipo "para boi dormir"que os nossos dirigentes utilizam. É uma total falta de respeito para com os sócios e simpatizantes. Quem acredita na história dos 95 milhões? Julgam que somos todos burros e engendram histórias sem pés nem cabeça.
Gostaria era de saber a razão por que foram gastos cerca de 20 milhões no Alex Teles, Boly e Depauert quando tínhamos no plantel jogadores equivalentes, ou mesmo melhores, que foram despachados por tuta-e-meis, casos de Indy, Aboubakar, Suk, Rafa (o d.e.emprestado ao Rio Ave). Estes negócios é que deveriam ser bem explicados, a menos que tenham sido feitos tão-sòmente para gerar comissões. A favor de quem?

miguel.ca disse...

3 anos é apenas a falta de campeonatos! A gestão suicida e pouco direccionada aos interesses reais da equipa já se arrasta há mais de 10 anos.

Luís Vieira disse...

E nunca deixei de apontar os excessos dessa gestão durante estes anos. A questão é que o sucesso desportivo mitigava o risco financeiro. A falta daquele resultou neste prejuízo astronómico, como, de resto, se antecipava. O meu ponto de ruptura chegou agora. Para outros, como o miguel, talvez tenha chegado mais cedo.

José Rodrigues disse...

«Quem edificou, ao longo de 30 anos, um clube fantástico merece 3 anos de benefício da dúvida»

Esses 3 anos de beneficio da duvida nao coincidem com o mandato 2013-16 (em q nao ganhámos nada e para cúmulo assistimos a um descalabro nas contas)?

Ou será q o Luis Vieira queria dizer 6 anos de benefício da dúvida?

José Rodrigues disse...

««É evidente que os recursos que estão afetos ao futebol vão sendo cada vez mais curtos para fazer face às exigências do futebol. Tem de haver sensatez e prudência nesse equilíbrio. Senão, um dia, pode não haver recuperação fácil»

Quem é q disse isto? O Admin da SAD, F Gomes... há 2 atrás, na PortoCanal.

E como já aqui foi assinalado, um mês antes das palavras mais recentes fomos gastar um balúrdio em jogadores q não acrescentam nada ao q já tínhamos.

Enfim, o homem é um autêntico político no pior sentido da palavra, i.e. perito em atirar areia para os olhos das pessoas, o q ele diz vale ZERO (e o q o PdC diz tb vale pouco mais do q isso, hoje em dia). Costuma-se dizer q «entra por um ouvido e sai pelo outro», mas no caso dele é ainda pior, não chega sequer a entrar no ouvido...para o raio q o parta.